Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ACADEMIA DE MÚSICA DE BASTO DEU CONCERTO DE ANO NOVO EM CELORICO DE BASTO

2020 é o ano de celebração dos 15 anos da Academia de Música de Basto e, por isso, será um ano pleno de iniciativas marcantes.

A primeira dessas iniciativas decorreu no sábado, 11 de janeiro, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses, o Concerto de Ano Novo com a Grooving Orchestra  by AMB e a participação especial de Rui Andrade.

_DSC0831.jpg

Um concerto marcante que procurou brindar a comunidade local, demonstrando o “trabalho excecional que a Academia de Música tem feito com os jovens desta terra, em particular, desde 2005, em que foi possível criar condições para que todos tivessem acesso ao ensino das artes, concretamente à música” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. O autarca, presente neste Concerto de Ano Novo, não pode deixar de enaltecer o empenho e dedicação de todos para que este projeto perdure com sucesso. “Este é um projeto marcante para a vida dos jovens e de toda a comunidade e eu, em particular, fico especialmente satisfeito por verificar o caminho de sucesso que tem percorrido e que irá continuar a percorrer. Um trabalho que é fruto do desempenho particular da professora Carla e da Professora Cristiana Lopes que, nunca baixaram os braços na busca da concretização dos seus objetivos. É um projeto que nos deixa, enquanto autarquia, muito satisfeitos, ao verificar este dinamismo, com objetivos concretos alcançados, contando com mais de 100 alunos a lecionar nesta AMB, e com muitos projetos aliciantes para concretizar”.

Um concerto que encheu o Cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses onde foi possível ouvir um vasto repertório ao som da Grooving Orchestra by AMB nomeadamente Gonna Fly Now de Bill Conti, Bohemian Rapsody dos Queen, Feeling Goog de Nina Simone e muitos outros temas. A participação especial de Rui Andrade foi também muito aguardada pelo público que interpretou o tema “My Way” de Frank Sinatra e participou em outros temas.

Um espetáculo memorável no arranque das comemorações dos 15 anos da Academia de Música de Basto como nos salientou uma das Diretoras Pedagógicas, Carla Lopes. “Estamos muito gratas pela evolução da nossa Academia, foram 15 anos únicos, cheios de trabalho e dedicação a um projeto que nos deixa imensamente felizes. Um projeto só possível graças ao apoio de várias entidades nomeadamente o Município de Celorico de Basto e em particular o Sr. Presidente, Joaquim Mota e Silva, que sempre nos apoiou e permitiu que fosse possível criar as condições para hoje, podermos contar uma história de sucesso”.

_DSC0859.jpg

_DSC0864.jpg

_DSC0892.jpg

_DSC0896.jpg

_DSC0961.jpg

_DSC0985.jpg

CELORICO DE BASTO JUNTA IDOSOS EM FESTA DE NATAL

Convívio de Natal Senior juntou centenas de idosos em Celorico de Basto

“Uma festa onde todos têm lugar, como Jesus em nossos corações”

“Que o Natal seja o encontro connosco próprios, num projetar de 2020 sobre a proteção da virgem Maria”

_DSC0499.jpg

Cerca de 800 idosos participaram hoje, 20 de dezembro, no Gimnodesportivo da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto, no Convívio de Natal Senior, uma festa convívio de evocação da quadra natalícia promovida pelo Município de Celorico de Basto em parceria com o Arciprestado de Celorico de Basto.

Para Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, presente no Convívio de Natal Senior, esta é a “festa convívio da evocação da quadra feita numa união fraterna entre todos nós, em que nos juntamos para celebrar o nascimento de Jesus, evocarmos a comunidade e nós próprios como seres humanos. À semelhança de Jesus, todos nós nascemos, crescemos, aprendemos um ofício e a maioria de nós constituiu família e procura viver da melhor forma com todos aqueles que nos acompanham na nossa caminhada. No fim de contas, o que conta é a forma como conseguimos viver a vida, de forma empenhada, construtiva, positiva, a forma como apoiamos os nossos familiares e os nossos familiares nos apoiam a nós”. Numa cerimónia centrada na mensagem do anjo a Maria, o autarca não pode deixar de salientar que “o que realmente importa são os atos, a generosidade, o carinho, a disponibilidade e o apoio que damos a quem nos acompanha na caminhada e é esse comportamento altruísta, que nos permite deixar de lado o que não interessa, o que só prejudica, que faz de nós verdadeiros seres humanos com carácter e nobreza”. Joaquim Mota e Silva reforçou a necessidade de cada um “procurar viver a essência do nascimento de Jesus, nas suas casas, em família, com os amigos, da forma mais autêntica como hoje, juntos, aqui vivemos, com esta devoção, com união, num apoio mutuo e sentido, juntos vamos seguir com a nossa epopeia, enquanto comunidade que caminha lado a lado”.

 O autarca agradeceu o brio com que o Arcipreste de Celorico de Basto, padre Albano Costa, presidiu à eucaristia deste Convívio de Natal Senior e a todos os colaboradores do Município que de forma empenhada e generosa participaram e colaboram para a promoção desta iniciativa. De forma especial agradeceu a todos e desejou que este Natal “seja um momento de paz e de tranquilidade, e que 2020 seja um ano de paz, saúde e que cada um consiga alcançar o que mais ambiciona”.

Um Convívio de Natal Sénior que vivenciou profundamente a mensagem de Natal amplamente refletida pelo Arcipreste de Celorico de Basto, numa celebração eucarística que incidiu numa frase que revolucionou a história da humanidade pronunciada por Maria em resposta ao Anjo, “faça-se em mim, segundo a tua palavra”. Face à mensagem da liturgia da palavra, o Arcipreste questionou se “será que nesta festa de aniversário de Jesus haverá lugar para Maria, José e Jesus, na estalagem do nosso coração, ou nos deixamos levar pelas campanhas das grandes cadeias de marketing de consumo? Que tenhamos ao menos um bocadinho, uns segundos do nosso tempo, para pensar no intimo do nosso coração, o acolhimento que fomos fazendo ao longo do ano, o que é que eu fiz para agradar a Deus que veio do céu para a terra para nos preparar o lugar, lado a lado, com a sua mensagem, a sua pessoa, o seu procedimento, confiando que ele é verdadeiramente o messias que deve ser levado pelos povos de toda a terra”. O Arcipreste pediu reflexão na Mensagem de Jesus, e almejou que “cada aniversário de Jesus seja mais um degrau a caminho da nossa salvação” desejando “ boas festas a todos e que cada um tenha um Natal verdadeiramente Santo”.

Este Convívio de Natal Senior reuniu cerca de 800 idosos do concelho que vivem este Convívio com a devoção, a alegria e a união que caracteriza o Natal.

_DSC0523.jpg

_DSC0593.jpg

_DSC0632.jpg

_DSC0638.jpg

CELORICO DE BASTO RECRIA "ALDEIA DE NATAL"

“Aldeia de Natal” volta a ser o principal ponto de atração da quadra festiva em Celorico de Basto

Apesar das condições atmosféricas pouco convidativas, a Aldeia de Natal, com réplicas de edifícios do concelho de Celorico de Basto, já se encontra devidamente disposta junto à entrada do Mercado Municipal e aguarda os centenas de visitantes que usualmente acodem a Celorico de Basto propositadamente para ver este presépio que cresce a cada edição.

_DSC2182.jpg

“Esta Aldeia de Natal fica situada mesmo no centro da vila de Celorico de Basto, junto à entrada do Mercado Municipal e mostra-se, nesta quadra festiva, como um dos locais mais visitados por turistas e residentes curiosos com as novas réplicas que, ano após ano, são colocadas neste presépio” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. O autarca salienta o dinamismo dos colaboradores do Município na execução das réplicas “sempre da forma mais fiel possível aos edifícios originais o que torna este presépio ainda mais atrativo e visitado. A exatidão com que os que os edifícios são construídos aguça a curiosidade e torna este, um presépio único”.

Toda esta obra é promovida integralmente pelos funcionários do Município que se unem para que o Natal seja vivido com mais intensidade por todos. A mesma estará patente no jardim lateral à entrada o Mercado Municipal até meados de Janeiro, sendo esperados milhares de visitantes.

_DSC2196.jpg

CELORICO DE BASTO PROMOVE FESTA DAS CAMÉLIAS

Município de Celorico de Basto leva camélias à XVI Exposição da Camélia Sasanqua e outras. Promover a Festa Internacional das camélias e adquirir novos conhecimentos é o objetivo

O Concelho de Boiro, em Espanha, promoveu a XVI Exposição da Camélia Sasanqua e outras e o Município de Celorico de Basto foi o único Município Português convidado para participar na exposição. A iniciativa decorreu no fim de semana, 14 e 15 de dezembro, e foi uma forma de Celorico de Basto otimizar ainda mais a promoção à XVII Festa Internacional das Camélias que decorrerá em Celorico de Basto de 13 a 15 de março de 2020.

_DSC0156.jpg

A receber a comitiva de Celorico de Basto esteve a conselheira do turismo de Boiro, Marisa Collazo, e posteriormente o alcaide de Boiro, José Ramon, antes da sessão de abertura do certame promovido pelo Município de Boiro com forte intervenção de Ana Calo uma das maiores colecionadoras de camélias daquele Município e da Galiza, e participante ativa na Festa Internacional das Camélias, em Celorico de Basto. 

Para o vereador do turismo e cultura do Município de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, presente do certame, “este género de promoções é crucial para ajudar a crescer a Festa Internacional das Camélias. Aqui, encontramos muitos dos expositores que compõem anualmente o nosso certame e atraímos outros a querer participar na nossa exposição/ concurso e na nossa festa no seu todo. A Galiza é riquíssima em colecionadores e apaixonados por camélias e por isso, continuaremos a dar-nos a conhecer para que também eles nos conheçam e reconheçam pelo objetivo comum, a promoção das camélias”.

_DSC0167.jpg

_DSC0173.jpg

_DSC0186.jpg

_DSC0226.jpg

CELORICO DE BASTO CANTA O NATAL

As mais belas melodias de Natal cantadas em Celorico de Basto. Família, união e alegria nos coros do Celorico a Mexer

Os Coros de Natal do Celorico a Mexer, em Celorico de Basto, decorreram anteontem, 15 de dezembro, no Cineteatro do Bombeiros Voluntários Celoricenses, um espetáculo de Natal que juntou grande parte da família deste programa promovido pelo Município de Celorico de Basto.

_DSC0317.jpg

O Presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, felicitou todos os grupos pela forma como participaram neste espetáculo, “um encontro que já é uma tradição e que reúne, mais uma vez, de forma especial, nesta quadra festiva, a família do Celorico a Mexer. Estamos juntos, próximos, num renovar da esperança, num espetáculo onde foram interpretadas as mais belas melodias de Natal com os idosos como protagonistas. Obrigada pelo vosso empenho, pela entrega, pelo amor que depositam em cada ação que desenvolvem”. O autarca agradeceu também o empenho e dedicação dos colaboradores do Município que integram o programa Celorico a Mexer, “exímios na coordenação e colaboração para que este dia tão importante decorresse como esperado, da melhor forma”.  A terminar o espetáculo, Joaquim Mota e Silva reiterou o convite aos idosos presentes para o convívio de Natal Sénior que terá lugar no próximo dia 20 de dezembro, no gimnodesportivo da Escola Básica e Secundária, “uma verdadeira festa de Natal, de família, de união. E aos que não puderem estar presentes no dia 20 deixo já os meus votos de um santo Natal e que 2020 seja um ano feliz, cheio de sonhos” concluiu o autarca.

A iniciativa contou com a participação de todos os grupos que integram o Celorico a Mexer que interpretaram melodias como “Natal, Natal”, “Boas festa, é Natal”, “Ó meu menino Jesus”, “Natal em todos”, “É Natal, ó Deus que me escutais”, “Porque é Natal”, “No presépio pequenino”, “Hoje uma estrela”, “Uma estrela” e “Correi pressurosos”.  Os ensaios destas melodias decorreram nos locais de animação do Celorico a Mexer e proporcionaram um espetáculo único a todos os presentes.  “O Celorico a mexer é uma grande família que vive intensamente o Natal e sinal dessa vivencia é este espetáculo que, e apesar das condições meteorológicas adversas, juntou neste espaço grande parte dos seus membros, numa matiné alegre, cheia de energia, com músicas lindíssimas, cheias de significado, e quem canta encanta e alegra a alma” observou Helena Martinho, coordenadora dos serviços de Ação Social e Saúde do Município”.

Uma matiné que deixou os idosos rendidos como nos contouSalvador Lopes, idoso do programa Celorico a mexer. “Este espetáculo é muito bonito, nós cantamos, encantamos e torcemos para que os outros grupos cantem tão bem como nós. Eu já sei a letra toda, a música do meu grupo é muito bonita, tem uma mensagem de paz e de amor muito forte e que todos devemos viver, não apenas nesta época, mas sempre”.

_DSC0331.jpg

_DSC0353.jpg

_DSC0378.jpg

_DSC0403.jpg

_DSC0415.jpg

CELORICO DE BASTO JUNTA COROS DE NATAL

Os coros de Natal do Celorico a Mexer decorrem no próximo domingo, dia 15 de dezembro, às 15h00, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários. Um espetáculo com entrada livre, com os idosos como protagonistas.

coros de natalcel.jpg

A iniciativa conta com a participação de todos os grupos que integram o Celorico a Mexer e consta da interpretação das mais belas melodias de Natal.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, esta é uma das mais belas iniciativas promovidas no Natal. “Este é o verdadeiro espirito de Natal em que as famílias se reúnem para assistir às mais belas canções de Natal protagonizadas pelos nossos idosos. É a valorização, o carinho, o convívio entre gerações, a união familiar retratado num momento tão especial. O convite é dirigido à população em geral mas em especial à família direta dos nossos idosos, venham fazer parte desta festa, fazê-los ainda mais felizes”.

Durante cerca de uma hora, o Cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses irá encher-se de magia com esta iniciativa.

Uma ação que decorre anualmente e que procura dar a conhecer parte do trabalho desenvolvido nas “oficinas” do Celorico a Mexer, “um espaço cheio de vida, alegria e boa disposição, onde os idosos desenvolvem a sua motricidade física e aperfeiçoam de forma lúdica muitas das suas potencialidades. Os coros de Natal são uma mostra de algumas das capacidades dos nossos idosos que irão, certamente, inebriar a plateia presente” disse Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde da Câmara Municipal.

PROJETO LAÇO BRANCO UNE CABECEIRAS DE BASTO E CELORICO DE BASTO CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Projeto Laço Branco visa prevenir Violência Doméstica contra pessoas portadoras de deficiência

O projeto “Laço Branco” é uma iniciativa financiada pelo Programa Operacional Inclusão Social e Empreso (PO ISE), pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), pelo Portugal 2020 (PT2020) e União  Europeia/Fundo Social Europeu (EU/FSE).

Carla Lousada.jpg

Este projeto foi desenhado pela Fundação António Joaquim Gomes da Cunha, uma IPSS que dirige a sua ação à população portadora de deficiência, sendo promotora de um Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), de um Lar Residencial para Pessoas com Deficiência e de um Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS).

Tem como objetivos “prevenir a ocorrência de situações de violência doméstica contra a população portadora de deficiência, desocultando o fenómeno e trazendo-o para discussão pública, numa perspetiva de apoiar e proteger aquela população, ampliando e consolidando a intervenção já desenvolvida pela Fundação”, referiu Carla Lousada, Presidente da Direção da Fundação.

Assim, o projeto sustenta-se na Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação — Portugal + Igual (ENIND), especificamente no Plano de Ação para a prevenção e o combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica (PAVMVD). Dentro do PAVMVD circunscreve-se ao objetivo II: Apoiar e proteger - ampliar e consolidar a intervenção.

O projeto pretende promover as 3 linhas transversais definidas pela ENIND, concretamente a territorialização, a promoção de parcerias e a intersecionalidade.

Assim, pretende promover a territorialização, através do envolvimento das entidades locais/regionais, estando previsto envolvimento de 5 IPSS`s: 3 de Cabeceiras de Basto e 2 de Celorico de Basto, com especial relevo no âmbito da prevenção da Violência Doméstica (e em particular da VD contra pessoas portadoras de deficiência), em diferentes ações do projeto,

A promoção de parcerias promove a corresponsabilização, a partilha de conhecimentos (ex: Ação “Rede de Partilha”/Plataforma de Debate) e parcerias estratégicas (ex: escolha de IPSS`s com elevado potencial disseminador junto de outras ONG`s), sendo que tudo se refletirá numa mais sólida sustentabilidade do projeto, na medida em que garante uma mais profícua disseminação, noutros contextos e noutras entidades.

O projeto pretende, igualmente, promover a intersecionalidade, considerando que a Violência Doméstica contra pessoas portadoras de deficiência resulta não apenas de um fator, mas sim de uma multiplicidade de fatores, pelo que ao ser abordada esses fatores devem ser considerados”, adiantou Carla Lousada.

A perspetiva interseccional alerta relativamente aos riscos das análises simplistas perante o caráter complexo do fenómeno da violência contra pessoas portadoras de deficiência. A intersecionalidade implica admitir um processo multicausal, que faz com que se combinem várias categorias para produzir fenómenos como a violência contra pessoas portadoras de deficiência, sendo necessário identificar as fontes estruturais deste fenómeno que geram resistência perante situações tão graves e acutilantes.

CELORICO DE BASTO ASSINALA DIA INTERNACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência celebrado em Celorico de Basto

“A sociedade somos todos, uns com mais, outros com menos dificuldades”

O dia 03 de dezembro é o dia Internacional das Pessoas com Deficiência e a Associação de Solidariedade Social de Basto com o apoio do Município de Celorico de Basto, algumas escolas e IPSS´S uniram-se, na praça Albino Alves Pereira, para celebrar a data, uma efeméride que procura lembrar “os que são diferentes numa sociedade em que ninguém é igual”.

_DSC9793.jpg

Aula de Zumba e árvore de Natal da amizade marcaram as celebrações deste dia.

“Hoje é um dia muito especial, um dia em que lembramos e sensibilizamos para a inclusão. Incluir será sempre a palavra de ordem até que já não seja necessário fazer-lhe referência” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e da Associação de Solidariedade Social de Basto. O autarca marcou presença na iniciativa promovida no âmbito das celebrações do dia 3 de Dezembro e salientou que “estas iniciativas só são possíveis quando trabalhamos de mãos dadas, todos por um mesmo objetivo, apoiar, incluir, ajudar. Quando damos as mãos e desenvolvemos projetos para o bem comum, quando despertamos consciências, quando consciencializamos para a igualdade na diferença, todos e todas somos humanos, todos e todas merecemos uma oportunidade para construirmos a nossa história o nosso caminho”. Joaquim Mota e Silva agradeceu a presença de todos e o empenho na elaboração da árvore de Natal ou árvore da Amizade, “uma árvore feita graças ao empenho das várias entidades, uma árvore que irá crescer, que nos anos futuros terá a dimensão que desejamos, a dimensão dos nossos sonhos, dos nossos projetos, da amizade que nos une”.

Este dia foi instituído pelas nações unidas em 1992 e procura promover uma maior compreensão para assuntos direcionados para a deficiência, como a acessibilidade, a mobilidade, a inclusão, numa busca ativa pela defesa da dignidade, do direito e do bem-estar das pessoas.

Fernando Peixoto, Provedor Intermunicipal do Tâmega e Sousa não pode deixar de referir que a inclusão tem que ser da responsabilidade de todos, “é uma questão de civismo, de humanidade, de direitos humanos. É dever de todos contribuir para que cada um se sinta pertença a uma mesma sociedade de forma digna e para isso é preciso uma maior consciência para os obstáculos que as pessoas com deficiência se debatem diariamente. Ainda existe um longo caminho pela frente na mitigação dos obstáculos, na criação de infraestruturas inclusivas, na descriminação laboral, social e cultural, o trabalho de consciencialização é fundamental”.

Nesta ação de sensibilização os utentes o CAO – Centro de Atividades Ocupacionais foram os protagonistas. “O meu sonho é ser professora de Zumba, mas também vou tirar o curso de cozinha, adoro fazer bolos e rissóis e tenho a certeza que vou concretizar os meus sonhos”, disse-nos Diana, de 19 anos, com trissomia 21.

Para sensibilizar ainda mais para a temática foi desenvolvido um vídeo com os utentes do CAO a desempenhar diferentes profissões, em diferentes espaços do concelho. O mesmo será divulgado nas diferentes plataformas digitais ao longo do dia.

_DSC9817.jpg

_DSC9847.jpg

_DSC9898.jpg

_DSC9912.jpg

_DSC9920.jpg

ALUNOS DE CELORICO DE BASTO MOSTRAM INTERESSE PELAS ACTIVIDADES PROMOVIDAS NE FEIRA DE SANTA CATARINA

Município de Celorico de Basto agradece empenho dos alunos da Escola Profissional de Fermil, CB

Ciente do trabalho de excelência que os alunos da Escola Profissional de Fermil, CB, realizaram no âmbito da parceria na organização da Feira Anual de Sta. Catarina, o Vereador da Educação da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, esteve no dia 27 de novembro, na escola de Fermil para agradecer o empenho e dedicação de todos nas atividades promovidas.

_DSC9255.jpg

“Estamos gratos e reconhecemos o trabalho destes alunos que se entregaram, durante todo o fim-de-semana, às atividades promovidas no âmbito da Feira Anual de Sta. Catarina. Efetivamente, não posso deixar de reconhecer o excelente trabalho de parceria entre o Município e a Escola Profissional nesta e em outras ações promovidas sempre com um destaque de excelência para os alunos, pela forma como se dedicam, como se entregam, como interagem com os diferentes intervenientes, com os visitantes e em particular pela forma como dinamizaram ainda mais este evento” disse o autarca. Continuou reforçando que “a educação é para nós uma prioridade e não podemos deixar de enaltecer todo o bom trabalho que tem vindo a ser promovido neste setor neste concelho. Recordo também o empenho alunos universitários deste concelho que quiseram integrar as festividades e de forma exemplar organizaram o I TUNACEL- Festival de Tunas Universitárias de Celorico de Basto, dando a conhecer aos alunos oriundos de vários pontos do país, que incorporam as tunas participantes na iniciativa, um pouco do que é este concelho, contribuindo de forma exemplar para fomentar a cultura e o turismo. Esta disponibilidade, esta entrega, só nos pode deixar gratos”.

O autarca agradeceu de forma particular aos alunos do 10º, 11º e 12º ano do curso técnico de Restauração variante Cozinha, aos alunos do 10º, 11º e 12º ano do curso técnico de Produção Agropecuária, aos alunos do 10º, 11º e 12º ano do curso técnico de Gestão Equina, aos alunos do 12º ano do curso técnico de Comércio e aos alunos do CEF – Operadores de Máquinas Agrícolas.

_DSC9257 (1).jpg

_DSC9266.jpg

CELORICO DE BASTO PARTICIPA NA APRESENTAÇÃO DOS FINS-DE-SEMANA GASTRONÓMICOS

Decorreu no dia 28 de novembro no Hotel Fernando Horta, na Lixa, a apresentação dos Fins-de-semana Gastronómicos, o Município de Celorico de Basto fez-se representar na sessão de apresentação do evento com a promoção de algumas das iguarias gastronómicas e vínicas do concelho.

apresentação de celorico de Basto (1).jpg

A ação procurou dar o pontapé de saída para os Fins-de-semana gastronómicos que decorrerão em Celorico de Basto nos dias 27, 28 e 29 de novembro de 2020. Um fim-de-semana que pretende valorizar a gastronomia local com enfoque para um prato em particular, o cabrito assado no forno, confecionado, nesse fim-de-semana, pelos restaurantes aderentes à iniciativa.

 Nesta ação de promoção, o Município levou para degustação o cabrito assado, as pataniscas, o pão-de-ló, as cavacas, o bolo de cenoura, o vinho verde, e também informação promocional e de merchandising do Município e dos parceiros nesta ação de apresentação dos Fins-de-semana Gastronómicos. 

“A gastronomia e vinho são duas razões de excelência para visitar Celorico de Basto. Aqui a gastronomia é de qualidade e o vinho de excelência o que ajuda, de forma considerável, a potenciar o setor do Turismo” disse Fernando Peixoto, Vereador do Turismo do Município de Celorico de Basto. Esta iniciativa em particular “é muito positiva no combate à sazonalidade turística por isso, escolhemos desenvolve-la em novembro, aquando da Feira Anual da Sta. Catarina, para que, em sintonia, possam ser motivos mais que suficientes para atrair turistas e visitantes a Celorico de Basto nesse período do Ano”.

Nos Fins-de-Semana Gastronómicos em Celorico de Basto todos os restaurantes aderentes, o Restaurante Santiago, o Nova Vila, o Grilo, restaurante Adelina, Quinta do Forno, Quinta da Fontinha, Sabores da Quinta e Varanda das Camélias, terão na sua ementa o cabrito assado no forno, as pataniscas e o pão-de-ló como iguarias gastronómicas sempre acompanhadas pelo vinho verde do concelho.

Os Fins-de-semana gastronómicos são uma iniciativa promovida pelo Turismo Porto e Norte de Portugal em parceria com os Municípios aderentes e terminam no dia 29 de novembro de 2020, data do fim-de-semana gastronómico em Celorico de Basto.

apresentação de celorico de Basto (2).jpg

CELORICO DE BASTO PROMOVE FORMAÇÃO E EMPREGABILIDADE

IV Mostra Educativa e Profissional em Celorico de Basto

“Um olhar sobre a formação e a empregabilidade para elucidar jovens estudantes e jovens desempregados”

Universidades, politécnicos, escolas profissionais, forças de segurança e empresas marcaram presença na IV Mostra Educativa e Profissional que decorreu hoje, 26 de Novembro, no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto.

_DSC9089.jpg

A abrir a Mostra Educativa e Profissional, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, anfitrião do evento, recordou a importância de iniciativas deste âmbito na orientação educativa e profissional dos jovens em transição de ciclos educativos e na procura de vertentes profissionais. “Esta iniciativa é uma mais-valia para todos aqueles que nela participam, trata-se de uma mostra de ofertas educativas e profissionais diversificadas que ajudam os jovens a escolher o que pretendem para o futuro de acordo com os seus anseios e desejos, em busca de um futuro promissor”. O autarca agradeceu a presença de todas as entidades presentes em, particular ao Agrupamento de Escolas pelo “trabalho que tem vindo a desenvolver em prol dos nossos alunos, um trabalho de dedicação e de empenho na criação das melhores condições de ensino”.

No mesmo sentido, a Diretora do Agrupamento de Escolas, Eduarda Alves, disse que “nós este ano, aqui nas instalações da escola sede, nesta mostra Educativa e Profissional, apostamos também na promoção dos nossos cursos, os cursos científico – humanísticos e o curso profissional direcionado aos alunos do 9º ano mas também aos alunos do 10º ano que pretendam fazer uma reorientação no seu percurso formativo”. A Diretora acrescenta que esta Mostra é uma mais-valia para todos os alunos no âmbito da orientação vocacional que “começam cedo a perceber que tipos de ofertas existem, a vários níveis, não só a nível superior, como também a nível do ensino secundário”.

A abertura desta mostra educativa e profissional contou com a presença de outras individualidades nomeadamente o chefe de equipa multidisciplinar de apoio pedagógico da Dgeste Norte, Jorge Araújo, e o Vereador da Educação da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, que fizeram uma visita por todos os expositores presentes e puderam ouvir aquilo que cada um tinha para oferecer aos possíveis candidatos.

Manuel Alves, Sargento-Mor da Força Área, com especialidade em Mecânica de Armamento e Equipamento, disse que a participação nestas mostras é muito importante “na medida em que, assim como acontece em todos os ramos das forças armadas, estamos com enorme falta de pessoal, e por isso fazemos ações promocionais em escolas, centros de emprego, feiras, exposições, escolas profissionais, escolas secundárias, porque a urgência é grande, estamos apenas a preencher 40% das vagas”.

Num total estiveram presentes 29 entidades nomeadamente o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto com os cursos científico – humanísticos, o curso profissional Técnico de Restauração e Bar, bem como o Qualifica e o Projeto Beca, a Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto, com Curso Profissional Técnico Auxiliar de Saúde, o CENFIM (Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica), a Escola de Turismo do Porto, o IESF (Instituto de Estudos Superiores de Fafe), o ISSSP (Instituto Superior de Serviço Social do Porto), o CESPU (Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário), o ISAG (Instituto Superior de Administração e Gestão) – Porto, o ISMAI (Instituto Universitário da Maia), o IPVC (Instituto Politécnico de Viana do Castelo), o IPP (Politécnico Porto)-ESTG, o IPB (Instituto Politécnico de Bragança), o IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing), a Universidade Fernando Pessoa, a Universidade Católica Portuguesa, a Universidade Lusíada, a Universidade Lusófona, a Universidade de Aveiro, a Universidade do Minho, a UTAD (Universidade de Trás -Os - Montes e Alto Douro), a Universidade do Porto, o Lancaster College, a GNR (Guarda Nacional Republicana), a Marinha, a Força Aérea Portuguesa, o Exército, o IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional), o CICCOPN (Centro de Formação Profissional da Indústria da Construção Civil e Obras Públicas do Norte), e o gabinete de Desenvolvimento Económico e Empreendedorismo do Município de Celorico de Basto.

Cientes da importância deste evento estavam os alunos que visitaram a iniciativa como nos reportou o aluno do 12º ano do Agrupamento de Escolas, Carlos Gonçalves, “aqui posso ver as várias escolhas que posso fazer, as universidades, os cursos que posso escolher, as médias, os preços dos quartos, tudo. Apesar de já estar orientado para o curso que pretendo seguir que é Engenharia Informática, é sempre muito importante conhecer de perto aquilo que pretendo seguir e para onde quero ir, de acordo com os meus objetivos”. 

A organização do evento foi da responsabilidade do Município de Celorico de Basto em parceria com as diferentes entidades com destaque para o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto.

_DSC9127.jpg

_DSC9168.jpg

_DSC9183.jpg

CELORICO DE BASTO VALORIZA RAÇAS BOVINAS AUTÓCTONES

Feira Anual de Sta. Catarina voltou a atrair milhares de pessoas à vila de Celorico de Basto. Valorização das raças autóctones voltou a destacar-se na programação da feira.

A Feira Anual de Sta. Catarina decorreu em Celorico de Basto de 22 a 25 de novembro e como habitualmente o enfoque esteve na valorização das raças autóctones com um concurso pecuário a juntar produtores concelhios e regionais no Mercado Municipal.

_DSC8502 (1).jpg

Uma Feira que contou com uma programação abrangente para incentivar à visita e manter os usos e costumes inerentes às tradições locais como referiu o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, “as nossas gentes estão habituadas a visitar este certame, a assistir à programação promovida e a deambular pela feira adquirindo os produtos que precisam como os cobertores, os chinelos quentinhos, as sardinhas, as árvores de fruto, as alfaias agrícolas...” continuou dizendo que “neste certame valorizamos os concursos pecuários como pontos principais de atração mas não descuramos outras iniciativas, também elas, promotoras da cultura rural e do setor primário”. O autarca enalteceu ainda a organização do I Tunacel - Festival de Tunas Universitárias de Celorico de Basto, inserido na programação da Feira Anual da Santa Catarina, “bem demonstrativo do empenho dos jovens de Celorico de Basto que se envolveram de corpo e alma na organização de uma iniciativa que dinamizou ainda mais o certame e o comércio local e que continuará a ter o nossa colaboração para se tornar também uma tradição na feira anual de Sta. Catarina”.

Esta feira iniciou efetivamente no sábado, mas na sexta houve lugar para a serenata das tunas no Mercado Municipal. No sábado, de manhã, a programação incidiu no concurso pecuário de raças autóctones, raça Minhota, Barrosã e Maronesa, com uma participação ativa dos produtores locais. À tarde decorreu a garraiada também ela promovida no Mercado Municipal. No domingo, o principal foco de atração durante a manhã foi o concurso Pecuário Interescolas Profissionais da raça Holstein Frísia, que juntou no mesmo espaço, vários exemplares da raça frísia de várias escolas Profissionais sob a orientação da Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto. Durante a manhã teve ainda lugar um passeio cavalo pelas ruas da vila de Celorico de Basto.

À tarde a programação incidiu numa corrida de cavalos a passo travado e duas chegas de bois. A Feira anual de Sta. Catarina terminou no dia 25 de novembro.

Este certame é centenário e é promovido pela Câmara Municipal de Celorico de Basto em parceria com a Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto.

_DSC8608.jpg

_DSC8701.jpg

_DSC8708 (1).jpg

_DSC8727.jpg

_DSC8815.jpg

_DSC8922.jpg

_DSC8952.jpg

_DSC9028.jpg

FEIRA ANUAL DE SANTA CATARINA EM CELORICO DE BASTO É JÁ ESTE FIM-DE-SEMANA

De 22 a 25 de novembro irá ter lugar em Celorico de Basto a Feira Anual de Sta. Catarina, um certame que conta com a tradicional feira pela avenida principal de Celorico de Basto e com um vasta programação com destaque para o concurso pecuário, concelhio e regional, das Raças Autóctones e o concurso pecuário da Raça Holstein Frísia Interescolas Profissionais.

_DSC5058.jpg

Chegas de bois, garraiada e corrida de cavalos farão parte da programação.

“A Feira Anual de Sta. Catarina é uma feira centenária que faz parte da nossa cultura e que procura dar enfoque aos tradicionais concursos pecuários sobretudo das raças autóctones como forma de valorização do nosso território e da nossa identidade” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara municipal de Celorico de Basto. O autarca reforça a importância deste certame na economia local, “uma feira que atrai milhares de pessoas e que é muito importante para a dinamização do comércio, do alojamento e da restauração, o que contribui consideravelmente para a promoção de um cartaz cultural ativo, dinâmico e que vai ao encontro daquilo que as pessoas procuram neste género de feiras”.

Esta é uma feira reconhecida pelas suas tradições muito particulares, segundo os mais antigos “é a altura em que se comem as últimas sardinhas do ano, voltando a ser boas apenas nos santos populares”, é também uma feira onde se compram os cobertores para fazer frente ao inverno e as árvores de fruto.

A programação para esta edição contempla dois concursos pecuários, no sábado, dia 23, para raças autóctones, e no domingo, dia 24 de novembro, para a raça Frísia. No sábado, irá decorrer ainda uma garraiada e o I TUNACEL – Festival de Tunas Universitários de Celorico de Basto, no domingo, terá lugar um passeio a cavalo, uma corrida de cavalos a passo travado e chegas de bois. Na segunda-feira, o Mercado Municipal irá acolher os jogos tradicionais promovidos pela Escola Profissional de Fermil.

_DSC5115.jpg

_DSC8053.jpg

_DSC8065.jpg

CELORICO DE BASTO CELEBRA DIA MUNDIAL DA DIABETES

Idosos do Celorico a Mexer estiveram ontem, 14 de novembro, Dia Mundial da Diabetes, nas antigas instalações do ciclo Velho, a participar numa aula de educação física e a participar num flash Mob, como forma de consciencializar para a prevenção da Diabetes. Uma ação promovida pela Unidade Móvel de Saúde de Celorico de Basto.

_DSC8397 (1).jpg

Nem o frio que se faz sentir demoveu os idosos a participar numa das iniciativas promovidas no âmbito da prevenção e sensibilização para a diabetes, “uma doença que afeta muitas pessoas e que pode condicionar verdadeiramente a sua qualidade de vida por isso atuamos na sensibilização, com conselhos preventivos que incentivem a comportamentos saudáveis” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Um trabalho de sensibilização feito pela UMS, “neste campo, a UMS tem feito um trabalho de excelência e com formas de sensibilizar cada vez mais diversificadas e que chegam verdadeiramente às populações, mudando comportamentos”.

Neste dia, Dia Mundial da Diabetes, a sensibilização para a problemática foi mais intensa e direcionou-se ao público-alvo que acode à UMS. Estiveram presentes idosos das freguesias de Agilde, Arnoia, Borba da Montanha, Codessoso, Rego, Ribas e Veade e dos lugares de Pereira e Nespereira. Juntos fizeram uma aula de educação física orientada pela técnica Sandra Novais e terminaram a sessão com a presentação de um flash mob ao som de uma das músicas do Toy (toda a noite) com letra original criada pela UMS para sensibilizar para a diabetes.

“A música é uma excelente forma de sensibilizar para uma doença que pode surgir a qualquer momento sendo crucial uma atenção redobrada à alimentação e ao exercício físico como forma de a combater. É uma doença grave que leva a uma perda considerável da qualidade de vida das pessoas e por isso é das doenças com mais enfoque na sensibilização” disse Joana Teixeira, técnica da UMS. Efetivamente, em Portugal são diagnosticados, diariamente, 200 novos doentes com diabetes, “é um número assustador que nos deve fazer refletir e levar os outros à reflexão” disse.

Vários dos idosos que participaram nesta iniciativa têm diabetes como nos testemunhou Maria Oliveira, de Nespereira, “é muito duro, muito difícil viver com a diabetes, condiciona muito a minha vida”.

A ação terminou com a distribuição de uma peça de fruta pelos participantes uma vez que, a Organização Mundial de Saúde recomenda como forma de prevenção para esta e outras doenças, o consumo de 400g diárias de frutas e hortaliças.

Esta atividade insere-se no mês dedicado à prevenção para Diabetes e centrado no tema “Família e Diabetes”. A ação é promovida pela UMS de Celorico de Basto que resulta da parceria entre o Câmara Municipal de Celorico de Basto e a ARS Norte, na unidade de prestação de cuidados UCC Mãos Amigas, no Centro de Saúde de Celorico de Basto.

Até ao final de novembro, a Biblioteca Municipal continuará azul, cor que simboliza a Diabetes, e a UMS mantém a sensibilização para a saúde de combate à diabetes.

_DSC8418.jpg

_DSC8421.jpg

_DSC8425.jpg

CELORICO DE BASTO SENSIBILIZA PARA A PREVENÇÃO DA DIABETES

Mês da prevenção para a Diabetes em Celorico de Basto

Associada à Federação Internacional da Diabetes, e ao tema “Família e Diabetes”, a Unidade Móvel de Saúde de Celorico de Basto está a promover um mês de sensibilização para a Diabetes com atividades marcadas para o Dia Mundial da Diabetes celebrado oficialmente a 14 de novembro.

_DSC4623.jpg

Sensibilizar e consciencializar para a Diabetes é o objetivo da UMS durante este mês por isso, “de forma lúdica vamos procurar incutir na nossa população mais idosa, principais utentes da UMS, o gosto por uma atividade física regular e uma alimentação saudável como forma de prevenção para esta doença. Procuraremos, em simultâneo, informar e esclarecer para as principais causas, sintomas e fatores de risco, e, em caso de já estar diagnosticado com a doença, sensibilizar para os comportamentos a adquirir para um melhor controlo da doença” disse a técnica da UMS, Joana Teixeira.

No dia 14 de novembro, dia Mundial da Diabetes será realizado um flash mob com os idosos do programa Celorico a Mexer, uma iniciativa que “mexe com todos, não apenas com os intervenientes. Efetivamente, em Portugal são diagnosticados, diariamente, 200 novos doentes com diabetes, é um número assustador que nos faz refletir e por isso, continuamos este exemplar trabalho da UMS na sensibilização. É urgente que as pessoas tomem consciência e percebam que não acontece só aos outros, é preciso que ajam, que tenham comportamentos benéficos para a sua saúde” disse Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde do Município de Celorico de Basto.

Durante o mês, alguns espaços públicos estarão iluminados de azul, como a Biblioteca Municipal e são promovidas avaliações da glicemia capilar na UMS com ensinos complementares na perspetiva da prevenção.

_DSC9292.jpg

CELORICO DE BASTO SENSIBILIZA PARA AS ALERGIAS DE ORIGEM ALIMENTAR

“Alergia Alimentar - Anafilaxia” é tema de ação de formação em Celorico de Basto

 As alergias de origem alimentar são um fenómeno cada vez mais frequente, estimando-se que tenha aumentado 18 % numa década com uma prevalência de 8% na população infantil

Decorreu ontem, 7 de novembro, no auditório da Escola Básica e Secundária de Celorico de Basto, uma ação de formação direcionada aos docentes, auxiliares da ação educativa e manipuladores de alimentos subordinada ao tema “Alergia Alimentar-Anafilaxia”.

anafilaxia_fYlwRA3.jpg

A ação ministrada pela Equipa Médica de Pediatria do hospital da Senhora da Oliveira – Guimarães, EFE procurou, de forma concreta e objetiva, esclarecer os formandos para a forma de atuação junto dos alunos em caso de “alergia alimentar – Anafilaxia”.

Efetivamente, o tratamento base para a alergia alimentar e a prevenção das reações alérgicas consiste na não ingestão do alergénio em causa e também de todos os alimentos ou preparações culinárias que contenham ou possam conter o alergénio em questão. Contudo, num contexto de consumo fora de casa, pode verificar-se um risco acrescido (a uma exposição acidental aos alimentos implicados) associado por exemplo, a uma contaminação cruzada dos alimentos. Nestas situações, as manifestações clínicas das reações alérgicas podem ser particularmente graves, podendo mesmo, em alguns casos, ser fatais.

Este é um tema que tem vindo a preocupar os pais e encarregados de educação de Celorico de Basto e por isso a Associação de Pais de Celorico de Basto e Arnoia uniu forças com outras entidades nomeadamente com a Câmara Municipal, a UCC Mão Amigas, o Agrupamento de Escolas e, em conjunto, promoveram a ação de formação para capacitar a comunidade escolar para uma intervenção pronta e exemplar em caso de alergia alimentar – anafilaxia.

De realçar que “a Escola, os seus profissionais e os fornecedores de refeições têm um papel determinante na prevenção das reações alérgicas, quer através de um trabalho de prevenção à exposição aos alergénios (para as situações de alergia alimentar já identificadas) quer através da capacidade de resposta da Escola a um episódio de reação alérgica, devendo conhecer os sinais e sintomas associados à anafilaxia, assim como os procedimentos a adotar mais adequados, nos casos de uma reação alérgica” referiu a equipa técnica de Saúde.

imagemalergalim.jpg

CELORICENSE AIDA ARAÚJO DUARTE LANÇA LIVRO "VILLA DE BASTO ESTUDO LINGUÍSTICO E ETNOGRÁFICO"

O Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, em Celorico de Basto, vai receber este fim de semana, dia 9 de novembro, pelas 15h30, a apresentação do livro “Villa de Basto Estudo Linguístico e Etnográfico” da autora Celoricense Aida Araújo Duarte.

conv_vdb_aad_seda.jpg

O livro, segundo a autora, é “um contributo para a divulgação de aspectos da Etnografia e do modo de falar das gentes do lugar do Castelo, concelho de Celorico de Basto, nos anos 70”. Um retrato de um pedaço de território rural profundo apresentado em livro pela autora celoricense residente no Porto, autora de outras obras amplamente conhecidas como a “Filha da Montanha e do Vento”, a “Limpidez Ausente” e as “Sandálias da Lucinda”.

Uma autora versátil na forma de escrita passando pelos contos, pela poesia, pelo romance e agora, “numa paixão imensurável à tua terra” como salienta o Vereador da cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, pela história e memória “numa obra voltada para a histórias das gentes que povoaram a Villa de Basto até aos anos 70, onde se evidencia o rigor e a excelência, como é apanágio desta autora”.

A apresentação do livro da autora Aida Araújo Duarte, em Celorico de Basto, direciona-se a todos os interessados em conhecer um pouco mais da história e memória da Villa de Basto e do Concelho, e terá lugar no Centro Cultural, no próximo dia 9 de novembro, pelas 15h30.