Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CÂMARA DE CELORICO DE BASTO COM DOIS VEREADORES A TEMPO INTEIRO

Foi aprovado por unanimidade na 1ª reunião de Câmara do Executivo Municipal, no dia 21 de outubro, a fixação de mais um vereador a tempo inteiro, para fazer face ao acervo de atribuições e competências inerentes à Camara Municipal.

_DSC0805.JPG

A fixação de um segundo vereador a tempo inteiro surge ao abrigo do disposto no nº 2 do artigo 58º da lei nº169/99, de 18 de setembro, que estabelece que compete à Câmara Municipal, sob proposta do Presidente da Câmara, fixar um número de vereadores em regime de tempo inteiro ou meio tempo que exceda os referidos limites.

“Apesar de termos um número de eleitores inferior a 20 000, e a lei determinar apenas um vereador a tempo inteiro no Executivo Municipal, verificamos que esse número é manifestamente insuficiente para fazer face às atribuições e competências que existem no Município e as que nos serão atribuídas com a delegação de competência na saúde, educação e ação social” aferiu o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima.

Nesta reunião foram também aprovadas, por maioria, as competências atribuídas por lei à Câmara Municipal, e autorizadas as subdelegações nos vereadores. As competências do Presidente e dos Vereadores ficarão, a curto prazo, disponíveis para consulta na página do Município.

O regimento das reuniões de Câmara ficou também aprovado por unanimidade deste órgão executivo Colegial, passando as reuniões ordinárias a ser quinzenais, sendo pública a última reunião de cada mês. Deliberou-se ainda, por unanimidade, levar à Assembleia Municipal a proposta de autorizar a Câmara Municipal de realizar obras ou reparações por administração direta.

Esta foi a primeira reunião do Executivo Municipal após tomada de posse a 16 de outubro, e no período antes da ordem do dia, foram abordados vários assuntos de assinalável interesse Municipal. Informou-se o atual Executivo Municipal da posição da Câmara Municipal relativamente à atribuição dos direitos para a prospeção, pesquisa e exploração do lítio. O executivo Municipal deliberou, em reunião ordinária de 20 de fevereiro de 2020 opor-se à exploração, pesquisa e exploração do Lítio, na área do concelho de Celorico de Basto, verificadas consequências ambientais, económicas e sociais que poderão gerar graves impactos ambientais e paisagísticos, com prejuízos para a saúde e qualidade de vida da população. A decisão do Executivo Municipal será agora participada junto das entidades competentes.

Deu-se conhecimento aos presentes que será incluída na ordem de trabalhos da próxima reunião de Câmara para conhecimento e encaminhamento para a Assembleia Municipal, o Plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios, cujo conhecimento técnico será desde já disponibilizado as vereadores para uma análise atenta do processo. Este PMDFCI visa estabelecer uma estratégia municipal que defina medidas necessárias para a defesa da floresta contra incêndios e para o planeamento integrado das intervenções das entidades com responsabilidades nesta matéria.

Por fim, antes da ordem do dia, deu-se conhecimento da Estratégia Local da habitação, já devidamente fundamentada que será encaminhada para análise e aprovação na próxima reunião de Câmara.

PEÇA DE TEATRO "PEDRAS DA MEMÓRIA" EXIBIDA EM CELORICO DE BASTO

A Rota do Românico promoveu a produção de uma peça de teatro designada "Pedras de Memória", voltada para a valorização do património imaterial e dos monumentos da Rota do Românico, em cujas pedras está preservada a memória de séculos passados, com lendas, contos e histórias do Tâmega e Sousa como base de inspiração.

_DSC0204.jpg

Celorico de Basto conta com a inclusão de 4 monumentos na Rota do Românico, o Castelo de Arnoia, a igreja de São Salvador de Ribas, a Igreja de Santa Maria de Veade e de S. Salvador de Fervença.

A peça subiu ao palco do Centro Cultural Marcelo Rebelo de Sousa no dia 16 de outubro e contou com uma plateia atenta a assistir a um enredo inspirado nas lendas da região do Tâmega e Sousa, que procura fixar na dramaturgia uma parte do património imaterial. O espetáculo é trazido para a contemporaneidade através dos dispositivos cénicos, do jogo teatral, do humor, do canto e da música ao vivo.

A peça “Pedras de Memórias” é produzida pela companhia Jangada Teatro, com texto e encenação da responsabilidade de Luís Oliveira, e conta com um leque de atores amadores dos concelhos de Celorico de Basto, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel. Em representação de Celorico de Basto integram o elenco Natércia Seixas e Teresa Canais Seco, atrizes do Grupo de Teatro Celoricense, que aceitaram o desafio e se associaram a esta iniciativa.

Para Teresa Canais Seco esta é uma experiencia fantástica “que nos permite, enquanto atores amadores, ganhar mais experiência e crescer numa arte única, desafiante e que me deixa, particularmente, realizada. Esta peça procura, de forma hilariante, fazer referência a vários monumentos da Rota do Românico, com histórias, contos e lendas guardadas na memória de muitos e dramatizada com humor”.

A peça, que foi já exibida em Penafiel e Lousada, segue agora para o Auditório da Biblioteca Municipal de Felgueiras, onde será apresentada no próximo dia 22, no dia 23 na Casa da Cultura de Paredes e no dia 24 na Associação de Socorros Mútuos Freamundense, em Paços de Ferreira.

Esta iniciativa é cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

_DSC0220.jpg

_DSC0238.jpg

FUNCIONÁRIOS DO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO DÃO AS BOAS-VINDAS AO NOVO PRESIDENTE

Autarca iniciou funções com agenda preenchida

O novo Presidente da autarquia Celoricense, empossado no dia 16 de outubro, começou o seu primeiro dia de trabalho, no dia 18 de outubro, bem cedo, reunindo com os funcionários da autarquia que iniciam o trabalho às 07h00.

_DSC0793.jpg

De seguida, à chegada aos Paços do concelho foi agraciado com uma receção calorosa dos funcionários que desejaram sucesso ao autarca neste mandato que agora inicia.

“Iniciar o meu mandato com esta mensagem de união é a certeza de que confiam em mim e acreditam que tudo irá correr pelo melhor ao longo deste quatro anos. Sinto a confiança da minha equipa de trabalho, que são todos os funcionários da autarquia, e por isso sei que faremos um trabalho de excelência”.

Nesta primeira ação, o Presidente da Câmara transmitiu aos funcionários uma mensagem de confiança no futuro e um pedido especial aos funcionários para que deem o seu melhor ao serviço do município e dos munícipes.

Ainda durante a manhã, o novo Presidente da Câmara visitou as obras a decorrer no Castelo de Arnoia e as ações de limpeza urbana no núcleo urbano da Mota e as obras de beneficiação do polidesportivo de Fermil.

José Peixoto Lima marcou ainda presença na conferência promovida pela Confederação Empresarial do Minho dedicada ao tema dos Fundos Europeus: o Minho e a Galiza, presidida pelo Presidente da República, momento em que apresentou cumprimentos ao Chefe de Estado.

_DSC0573.jpg

_DSC0590.jpg

_DSC0652.jpg

_DSC0728.jpg

_DSC0738.jpg

_DSC0782.jpg

JOSÉ PEIXOTO LIMA EMPOSSADO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE CELORICO DE BASTO

“A renovação é um dos princípios do processo democrático. Acredito numa governação municipal que faça a diferença na vida das pessoas, desenvolvendo ações que vão de encontro aos seus anseios e necessidades nas mais diversas áreas” disse o recém-empossado Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima.

_DSC0504.jpg

A tomada de posse dos novos órgãos autárquicos decorreu no passado dia 16 de novembro, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

O Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto vê esta missão como um voto de confiança dos celoricenses para orientar os destinos de Celorico. “Trabalharemos desde o primeiro dia para não os desiludir, e contamos com todos para fazer da nossa terra um concelho próspero, desenvolvido e com melhor qualidade de vida”. O autarca agora empossado reconhece as dificuldades inerentes a uma ainda presente crise pandémica, e observa que “temos pela frente enormes desafios mas também grandes oportunidades. Esta crise demonstrou e provou a importância do trabalho dos Municípios, um trabalho de proximidade e de colaboração com todas as entidades, onde se destacam os profissionais de saúde deste concelho, mas também de todas as Ipss´s, Câmara Municipal e juntas de freguesia. Um trabalho de cooperação numa ação concertada que resultou em frutos muito positivos. E, apesar do perigo ainda não ter passado sei que temos capacidade para nos debatermos com sucesso na ajuda e conforto junto de todos em especial dos mais necessitados”.

José Peixoto Lima propõe-se desenvolver um trabalho versado no presente mas orientado para o futuro, “aproveitando todas as oportunidades para desenvolver o nosso concelho. Antes de mais quero agradecer aos ex-autarcas o legado que nos deixaram, cada um à sua maneira fez o melhor que sabia e podia por esta terra. Agora compete-nos a nós essa nobre missão, e iremos trabalhar de forma concertada e sustentável, criando emprego e riqueza sem sacrificar o património natural e a herança cultural. Os celoricenses não nos perdoariam se não aproveitássemos bem o PRR e o próximo quadro comunitário. São oportunidades para fazer de Celorico um concelho mais apelativo, mais competitivo, capaz de capitalizar as mudanças do mundo do trabalho, melhorar a vida de todos. Lutaremos por cada cêntimos para investir no nosso concelho seja no apoio às famílias, às empresas, ao investimento público”. As obras a executar serão na sua maioria comparticipadas “fazendo desta forma mais com menos dinheiro. Lutaremos pelas acessibilidades externas em conjunto com as forças políticas representadas no executivo Municipal, com a força da nossa razão e das nossas convicções”. E ciente das responsabilidades crescentes com a delegação de competências na saúde e na educação, José Peixoto Lima mostra-se convicto de que “poderemos ser mais atuantes em áreas que até então eram da responsabilidade do Poder Central, faremos uma negociação atenta e responsável”. O autarca propõe-se melhorar as condições de trabalho dos mais de 300 funcionários da autarquia ao nível das competências e salários, “já lhes comuniquei e eu serei mais um no trabalho que vamos desenvolver”. Propõe-se trabalhar com rigor e disciplina, “seremos uma Câmara de contas certas e cumpridora dos seus compromissos. E, estaremos sobretudo e principalmente, junto das pessoas nas suas necessidades”.

A tomada de posse dos novos órgãos autárquicos foi presidida pelo Presidente da Assembleia cessante, José Silva. Na primeira reunião de trabalho da Assembleia Municipal foi eleito pelos deputados, pela maioria, o novo Presidente da Assembleia Municipal, António Machado.

No final da sessão todos os presentes foram convidados a desfrutar de um verde de honra, um gesto de respeito dos produtores de vinho verde do concelho para com o autarca empossado, que não quiseram deixar de se associar a este momento de renovação democrática.

_DSC0261.jpg

_DSC0410.jpg

_DSC0424.jpg

_DSC0430.jpg

_DSC0432.jpg

_DSC0453.jpg

UNIDADE MÓVEL DE SAÚDE DE CELORICO DE BASTO SENSIBILIZA PARA A PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA

O Município de Celorico de Basto através da Unidade Móvel de Saúde associou-se à campanha da Liga Portuguesa Contra o Cancro, outubro rosa, e durante todo o mês irá sensibilizar para a prevenção do cancro da mama.

_DSC0077.jpg

Durante todo o mês de outubro, todos os utilizadores da UMS além da avaliação habitual dos parâmetros vitais, são informados sobre o cancro da mama, sinais e sintomas, e sensibilizados para a melhor forma de o combater, estilos de vida saudáveis e rastreio.

A campanha local associa-se a campanha da Liga Portuguesa contra o Cancro, outubro Rosa, e prevê-se rosa na sensibilização, prevê-se rosa na consciencialização, prevê-se rosa na tomada de consciência para a gravidade de um dos cancros mais comum nas mulheres.

Esta sensibilização é feita pelas técnicas da UMS, através de palestras auxiliadas por material impresso, flyers, com informação clara e objetiva. Uma campanha que se mostra essencial para instigar a comportamentos saudáveis, e sensibilizar para a prevenção e diagnóstico precoce. “Por vezes é preciso ser incisivo na forma como passamos a mensagem, dizer as coisas tal como eles são, refletir sobre os números, as mortes, os novos casos. O nosso público-alvo são sobretudo idosos e apesar da incidência deste flagelo ser menor nestas idades, acreditamos que são os melhores transmissor da informação junto dos mais jovens, filhas e netas, porque este é um cancro com maior incidência nas mulheres. E queremos que olhem para a informação e percebam que não se brinca com a saúde, que temos de ser proativos, que temos de fazer exames de rotina, que não podemos facilitar. Perceber que temos que fazer a nossa parte para evitar males maiores, porque não toca só aos outros” disse Joana Teixeira, Técnica da UMS.

De facto, é preciso refletir e perceber a importância destas campanhas na comunidade. “O cancro da mama é um flagelo com consequência muito nefastas não apenas pela gravidade do cancro, mas também pelo facto de agredir um órgão que é o reflexo da maternidade e feminilidade, acarretando um simbolismo acrescido e um decréscimo substancial na auto estima da mulher” disse Helena Martinho, Coordenadora da Ação Social e saúde do Município. Helena Martinho esteve em Caçarilhe na UMS a assistir à transmissão da informação relativa ao cancro da mama e sentiu o pulsar de um serviço que se mostra cada vez mais necessário junto dos idosos. “Aqui sou muito bem atendida, por bons técnicos, muito simpáticos, que controlam a minha saúde e ainda explicam tudo muito bem para nos podermos defender” disse Teresa Oliveira, utente da UMS.

Para o autarca, Joaquim Mota e Silva, “informar a população é proporcionar uma atenção redobrada e aumentar as hipóteses de sucesso em caso de cancro da mama. O perceção de que são diagnosticados mais de 7000 novos casos de cancro é assustador e não pode ser tratado de forma leviana. E aqui a UMS tem-se batido de forma exemplar levando à população a informação para a saúde necessária que incentiva ao rastreio e se necessário, consequente tratamento precoce”. Joaquim Mota e Silva mostra-se satisfeito com o trabalho da UMS e a excelente recetividade da população. “A saúde é um bem precioso, senão o mais precioso, por isso é normal que a população ocorra à UMS para avaliar os sinais vitais, sentindo-se mais protegida e amparada na sua saúde”.

_DSC0099.jpg

_DSC0138.jpg

LAR RESIDENCIAL DA ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DE BASTO INAUGURA OBRAS DE AMPLIAÇÃO

Espaço tem agora capacidade para mais 18 pessoas portadoras de deficiência ficando com uma capacidade para 30 utentes. Um investimento superior a 400 mil euros que dotou o espaço das melhores condições para acolher os seus destinatários com a dignidade e respeito que merecem.

cabeceirasbastosoli (1).jpg

A cerimónia de inauguração das obras de ampliação decorreu ontem, 06 de outubro, e foi presidida por Joaquim Mota e Silva em dupla função, como Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e como Presidente da Associação de Solidariedade Social de Basto. E foi enquanto autarca que demonstrou a alegria de ver aquela valência ampliada para fazer face às necessidades de procura. “Hoje vivemos uma cerimónia carregada de emoção e sentido, estamos a inaugurar a ampliação de uma valência para corresponder às necessidades efetivas da nossa população. Estamos aqui porque existem pessoas que vivem momentos frágeis e que precisam de uma vida digna, de apoio, respeito, sem pena ou compaixão, estamos entre irmãos, entre iguais que merecem toda a dignidade e respeito”.

Esta valência está em funcionamento desde 2014 mas o sonho iniciou em 2005 com a inauguração da Associação de Solidariedade. “Em 2005 foi dado o pontapé de saída de um sonho que se transformou em realidade, uma realidade que dá muito trabalho. Um trabalho com visão onde se fazem coisas que fazem sentido, numa lógica de complementaridade entre entidades, e com uma perceção clara das necessidades das populações.”

Esta obra de ampliação corresponde a um investimento superior a 400 mil euros, “um investimento necessário que conta com o apoio fundamental da Segurança Social, e de outras entidades, e que permitirá que o lar residencial possa albergar mais 18 pessoas portadoras de deficiência”. Para o autarca a economia social tem crescido substancialmente no concelho nos últimos anos. “Uma área que cresce, que se modernizou e que conta com a vontade de homens e mulheres que fazem um trabalho extraordinário. Verifica-se uma economia social muito positiva que proporcionou a criação de muitos postos de trabalho e, por consequência, que ajudou e continua a ajudar muitas as famílias”.

Presente na cerimónia de inauguração, o Diretor da Segurança Social de Braga, João Ferreira, enalteceu o trabalho da Associação de solidariedade e dos homens e mulheres que fazem o impossível para dar as melhores condições aos mais frágeis. “Este é agora um espaço que irá responder às necessidades de mais gente, iguais nas vontades, na alegria e no reconhecimento e no empenho de todos os presentes. Um espaço mais capacitado para aqueles que precisam de um verdadeiro lar, oferecendo muitas outras garantias. Agora concretizado com apoios humanos, materiais e financeiros resume o esforço de todos os que integram os órgãos sociais, define o trabalho e dedicação de todos os profissionais que se entregam a esta instituição”. Para João Ferreira, ainda há um longo trabalho a fazer no reconhecimento das pessoas com deficiência. “É preciso garantir a participação na vida social das pessoas com deficiência, um trabalho que esta associação faz com especial rigor. Sentimos que a sociedade está em mudança mas ainda há muito a fazer para que seja mais junta e inclusiva, é preciso conjugar esforços na área da deficiência para a criação de oportunidades, riqueza e desenvolvimento”.

A cerimónia iniciou com a bênção do espaço pelo padre Carlos Macedo, seguindo-se o descerramento da placa evocativa, e após os discursos protocolares seguiu-se uma visita ao espaço por todos os convidados. 

A cerimónia de inauguração contou com uma série de convidados, entre utentes e órgãos sociais, mas também com a presença do Provedor para a Deficiência da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Fernando Peixoto, e o Presidente eleito da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima.

cabeceirasbastosoli (2).jpg

cabeceirasbastosoli (3).jpg

cabeceirasbastosoli (4).jpg

CELORICO DE BASTO CELEBROU O DIA DO IDOSO COM VISITA AO MOSTEIRO S. BENTO DA PORTA ABERTA

Os idosos do programa Celorico a Mexer da Câmara Municipal de Celorico de Basto celebraram o Dia do Idoso, dia 1 de Outubro, com um passeio a um dos locais de maior adoração religiosa, ao S. Bento da Porta Aberta.

IMG-20211001-WA0019.jpg

Os idosos mostraram-se muito agradados com o passeio realizado. “Foi muito bom voltar à normalidade, já tinha saudades de viver estes momentos em convívio. Visitar o S. Bentinho é dos melhores passeios que poderíamos fazer, sou devota do S. Bento, tenho por ele muita fé, e devoção” disse Jacinta Macedo.

O programa de celebração do Dia Idoso contou com a participação na eucaristia, visita ao Santuário e lanche convívio. No final do passeio os idosos foram brindados com uma oferta realizada pelas animadoras do programa Celorico a Mexer.

Para Helena Martinho, Coordenadora da Ação Social e Saúde do Município de Celorico de Basto, “este passeio foi a forma encontrada para celebrar os nossos idosos, para lhes dar valor e atenção, depois de um período especialmente difícil e conturbado que muito os abalou. Queremos que nunca se esqueçam que este programa existe por eles e para eles, para os fazer felizes, connosco, em família”. Helena Martinho destacou ainda a pequena lembrança, uma compota, feita na íntegra ”com toda a dedicação e amor, pelas animadoras do programa Celorico a Mexer”. 

O Celorico a Mexer está a articular todos os esforços para que o programa funcione dentro da maior normalidade possível com a celebração do dia do idoso a destacar-se como primeira ação extra concelho. Para Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara municipal de Celorico de Basto, “esta pandemia veio alterar a rotina de muita gente e os idosos sofreram muito com o isolamento e a privação da liberdade, esta atividade veio dar alegria e conforto aos nossos idosos. Mostrar-lhes que estamos aqui como sempre estivemos para os acompanhar na caminhada”.

IMG-20211001-WA0023.jpg

IMG-20211001-WA0026.jpg

IMG-20211001-WA0010.jpg

IMG-20211001-WA0012.jpg

IMG-20211001-WA0017.jpg

IMG-20211001-WA0018.jpg

CELORICO DE BASTO NA "EXPOvacaciones" EM BILBAU

Promoção ao turismo de Celorico de Basto esteve em destaque na Feira “Expovacaciones” Tendências e Experiências, em Bilbau, Espanha, de 1 a 3 de outubro, através do Turismo Porto e Norte de Portugal.

IMG-20211002-WA0007.jpg

O vereador do Turismo da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, marcou presença no certame para ver de perto este mercado Espanhol sempre muito atrativo para a região. “Estivemos em Bilbau através do Turismo Porto e Norte de Portugal que tem procurado fazer um trabalho de excelência na promoção de todo o território. Foi a primeira vez que nos fizemos representar neste certame mas temos procurado, de forma concertada, estar em todas as feiras, exposições e atividades que tenham por objetivo promover o turismo da região e mais especificamente no meu concelho. O nosso trabalho tem sido árduo mas tem dado frutos com um excedente na procura face à oferta”, disse o autarca.

 Fernando Peixoto sente o turismo como motor impulsionador da economia da região, “um local idílico com um potencial turístico único pela diversidade na oferta e pela forma acolhedora como as nossas gentes recebem quem nos visita. Não podemos descurar os números e estamos convencidos que, cada vez mais, o nosso concelho será o refúgio de muitos e a oportunidade de outros tantos. A confiança de quem trabalha nesta área é cada vez maior, as condições oferecidas, cada vez melhores, e, apesar de ainda faltar limar algumas arestas, como a facilidade de chegar ao interior, o caminho tem sido trilhado para que este setor seja propulsor na economia do concelho”.

Recorde-se que Celorico de Basto viu a sua ecopista a ser galardoada no passado dia 30 de setembro, pela Associação Europeia de Vias Verdes que distinguiu ecopista do Tâmega no 10.º Prémio Europeu de Vias Verdes na categoria de prémio especial concedido para recompensar iniciativas que valorizem a herança ferroviária e/ou iniciativas ou produtos turísticos que promovam o uso de comboios, incluindo o transporte de bicicletas, para aceder às vias verdes, e destinadas a um ou mais desses trilhos. Sinal da importância deste equipamento para quem vive no concelho mas também para quem nos visita.

IMG-20211002-WA0008.jpg

IMG-20211002-WA0012.jpg

CELORICO DE BASTO MANTÉM RITMO DE CRESCIMENTO NO LICENCIAMENTO DE OBRAS PARTICULARES

Qualidade de vida do concelho e a capacidade do Município na resolução célere dos procedimentos têm sido fatores que contribuem substancialmente para o aumento crescente do número de licenciamentos para a construção da 1ª habitação.

_DSC9335.JPG

Celorico de Basto tem sentido, nestes últimos anos, um forte investimento privado fruto da confiança dos celoricenses motivada pela qualidade de vida que o concelho reflete, nos diferentes setores de desenvolvimento.

Em 2020, o Município executou 124 licenciamentos de obras particulares e em setembro de 2021 já conta com 123 licenciamentos. Denota-se ainda um aumento substancial das comunicações prévias para obras de construção, reconstrução, ampliação e alteração de imóveis, de 4 em 2020 para 13 em agosto de 2021.

Para o Vereador do Urbanismo da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, “os números são o reflexo da qualidade de vida que o concelho oferece mas também do empenho dos técnicos do Município na resolução célere e profissional na tramitação dos processos”. Para Fernando Peixoto “o crescimento do concelho nos diferentes setores de desenvolvimento evidencia-se também nesta confiança, nesta vontade de investir, neste querer viver em Celorico de Basto. A pandemia, que poderia imprimir um retrocesso neste setor, veio contrariar as espectativas e é demonstrativa de que Celorico de Basto está a crescer de forma concertada e bem planeada, onde o foco desse desenvolvimento são as pessoas e o seu bem-estar”.

É também de salientar o aumento do número de loteamentos comparativamente ao ano transato. Em 2020 foram licenciados 2 loteamentos e em 2021 já foram licenciados 3 loteamentos.

Este forte crescimento urbano do concelho “é fruto do bom trabalho do Executivo Municipal que ao longo dos anos colocou em prática políticas atrativas, promotoras do progresso, com incentivos à fixação de empresas, da indústria, promovendo um grande dinamismo no concelho o que se reflete também neste boom na construção. E esse facto não é indiferente aos números que apresentamos, um concelho cada vez mais apelativo e diferenciador quando está em causa escolher um lugar para morar, evidenciando-se, nos últimos anos, um excedente na procura face à oferta” disse o autarca, satisfeito com os resultados apresentados.

_DSC9346.JPG

CELORICO DE BASTO PROMOVEU CORRIDA DE S. TIAGO COM MAIS DE 200 PARTICIPANTES

Celorico de Basto sentiu este domingo, 19 de setembro, a adrenalina da VI edição da Corrida de S. Tiago, usualmente inserida nas festas do concelho mas que, por questões pandémicas, não pode realizar-se na altura prevista. 

DSC_0323.jpg

Este domingo e verificadas melhores condições de segurança, a iniciativa realizou-se e contou com mais de 2 centenas de pessoas a participar. Uma prova organizada pela AMA – Associação Mondim Atletismo com o apoio do Município de Celorico de Basto que recebeu o término da prova.

Foram 12 kms de corrida e 8 kms de caminhada numa extensão que liga Mondim a Celorico e que tem como pano de fundo as margens do Rio Tâmega, as vinhas e a vista para o Monte Farinha, alto da Senhora da Graça.

Para o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto “esta prova é indissociável das festas do concelho apesar de, por questões pandémicas, ter sido realizada fora de época. Uma prova que junta sempre muitos participantes apaixonados pela atividade física e pelo bem-estar mas também ansiosos por percorrer paisagens deslumbrantes que tão bem nos caracterizam e são motivo de atração para muitos turistas. De facto, a organização da prova, a AMA, tem a sensibilidade de promover uma iniciativa que reporta do melhor que temos para oferecer ao nível paisagístico, mas também na forma de bem receber quem nos visita”.

Em termos competitivos, Nuno Costa do MAIA AC, voltou a vencer a Corrida S.Tiago pelo segundo ano consecutivo com o tempo de 38min32seg, seguido de Paulo Barbosa do MAIA AC com o tempo de 39min12seg, completou o pódio masculino o atleta João Figueiredo da Associação Figueiredos Runners e Friends com o tempo de 42min19seg.

Andreia Santos do Recreio Desportivo De Águeda foi a primeira atleta feminina a cortar a meta com 50min13seg, Andreia Cunha do Clube Desportivo Feirense, segunda classificada com 50min14seg  e fechou o pódio a atleta Sílvia Teixeira da equipa ARLVG com o tempo de 56h06m.

Manuel Machado da AMA - Associação Mondim Atletismo foi pelo 6º ano consecutivo o atleta mais veterano a participar na Corrida S. Tiago.

A nível coletivo, a equipa Associação Desportiva de Amarante foi a equipa mais numerosa da prova a participar na distância de 12km pelo segundo ano consecutivo.

242374139_4320056991455722_3774897293231240176_n.j

DSC_0882.jpg

"O MINHOTO" TROFÉUS DESPORTIVOS PREMIARAM O AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CELORICO DE BASTO

Foi em Viana do Castelo, no dia 13 de setembro, que “O Minhoto” Troféus Desportivos reconheceu valor ao Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto atribuindo-lhe o prémio de melhor clube de Desporto Escolar na época 2020.

_DSC8192.JPG

A Gala do Minhoto Troféus Desportivos tem por missão homenagear o desporto de Braga e Viana do Castelo (Minho) em todas as suas categorias, este ano o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto estava nomeado na categoria “Clube Desporto Escolar”, acabando por ganhar o troféu.

O Vereador da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, presente na gala, foi quem entregou a distinção à diretora do Agrupamento de Escolas, tendo manifestado regozijo na atribuição do prémio. Para Fernando Peixoto “este prémio é o reflexo do trabalho de excelência promovido na época de 2020 e nestes últimos doze anos entre Agrupamento de Escolas e o Município de Celorico de Basto. Sempre fomos, Município, muito ativos no incentivo e apoio às atividades desportivas desenvolvidas em complemento curricular e ocupação dos tempos livres contribuindo para que os nossos jovens possam praticar outras modalidades e sentir-se mais motivados para o ensino recorrente”. Para o Vereador “o desporto é uma componente fundamental no desenvolvimento dos nossos jovens sendo evidentes as suas vantagens ao nível físico, moral e de promoção da integração individual”.

Esta foi a primeira distinção, em 24 anos de edição, na categoria de Clube Desporto Escolar atribuída a Celorico de Basto.

O Minhoto Troféus Desportivos mostra-se como impulsionador para excelência no desporto. A gala o Minhoto Troféus Desportivo vai na 24 edição e decorre, a cada edição, num concelho diferente, promovendo a rotatividade entre os concelhos do Minho, uma iniciativa promovida pela Associação “A nossa Terra”.

MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO MANTÉM APOIO ÀS CRIANÇAS DO 1º CICLO COM OFERTA DAS FICHAS ESCOLARES

Educação igual para todos é prioridade do Município de Celorico de Celorico de Basto

Autarquia de Celorico de Basto mantém apoio às crianças do 1º ciclo com entrega gratuita das fichas escolares a todos os alunos que integram o primeiro ciclo de estudos independentemente da condição socioeconómica do agregado Familiar.

fichas.jpg

Este ano, o Município adquiriu as fichas diretamente junto da Porto editora e as mesmas serão entregues a cada aluno em cada Centro Escolar no início das aulas.

Segundo os dados fornecidos pela secretaria do agrupamento de escolas de Celorico de Basto estão matriculados 451 alunos, sendo que este número poderá oscilar com a eventual saída e/ou entrada de novos alunos. Considerando o número de alunos do 1º Ciclo a aquisição das fichas escolares tem uma estimativa de custo total para o município de valor idêntico ao do ano passado.

cENTRO ESCOLAR DA VILA (1).JPG

CELORICO DE BASTO DINAMIZA CAMPANHA "VIOLÊNCIA, NÃO!"

Uma iniciativa dinamizada pelo Projeto Laço Branco que alcançou mais de 50 pessoas

O projeto Laço Branco é uma iniciativa da Fundação António Joaquim Gomes da Cunha (Cabeceiras de Basto), financiada pelo Programa Operacional Inclusão Social e Empreso (PO ISE), pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), pelo Portugal 2020 (PT2020) e União Europeia/Fundo Social Europeu (EU/FSE).

DSC_7004.JPG

Um dos objetivos centrais do projeto é “prevenir a ocorrência de situações de violência, de estigmatização e marginalização contra a população portadora de deficiência, desocultando o fenómeno e trazendo-o para discussão pública, numa perspetiva de apoiar e proteger aquela população, ampliando e consolidando a intervenção já desenvolvida pela entidade promotora”, referiu Sandra Neto, Psicóloga Clínica.

As pessoas portadoras de deficiência podem apresentar maiores dificuldades na efetivação plena dos seus direitos, posicionando-se em situação de maior fragilidade e contribuindo, consequentemente, para um aumento dos fatores de risco. Foi neste enquadramento que o Projeto Laço Branco dinamizou a Campanha de Sensibilização “Violência, Não!”, que decorreu na Associação de Solidariedade Social de Basto.

A ação, dinamizada por Sandra Neto, teve como objetivo estimular aquelas pessoas a não tolerar a violência e a denunciá-la, se isso se aplicar. Adaptando a linguagem à população alvo, pretendeu-se demonstrar que, de uma lista de atitudes e comportamentos referidos, há uma série deles que configuram o crime violência doméstica. Assim, “explicou-se que a presença de um ou mais destes comportamentos pode significar que é vítima de violência física, psicológica e/ou sexual e que a violência doméstica é crime e, por conseguinte, deve ser denunciada (ex: aos/às técnicos/as que o/a acompanham)”, referiu a Psicóloga Clínica, Sandra Neto.

A Campanha “Violência, NÃO!” pretende alcançar 50 pessoas portadoras de deficiência, dos concelhos de Celorico de Basto e de Cabeceiras de Basto, contando já com a participação da Associação de Solidariedade Social de Basto.

O projeto Laço Branco tem vindo a desenvolver diversas iniciativas com impacto regional, nomeadamente dirigida a profissionais de IPSS`s, comunidade em geral, estudantes universitários, entre outros.

OBRA LITERÁRIA LANÇADA EM CELORICO DE BASTO

“ (Algumas) Memórias de Teixeira Lucas” a primeira obra literária do autor Manuel Teixeira, foi lançada este sábado, 31 de julho, no auditório do Centro Cultural prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

_DSC7988.jpg

Uma obra há muito almejada pelo autor, de 87 anos, que viu o seu sonho realizado com o apoio da autarquia de Celorico de Basto, que comparticipou a produção literária da obra.

Manuel Teixeira, conhecido por Lucas, pseudónimo, tinha um sonho, “transcrever em livro alguns dos muitos poemas que foi escrevendo ao longo da sua vida”. “Estou tão feliz e realizado pela concretização deste sonho, por ver finalmente este dia acontecer. No livro escrevo sobretudo em verso muito do que fui vivendo a nível pessoal, profissional e politico. A minha memória, apesar da idade, ainda me permite recordar momentos marcantes e que me inspiraram para a criação literária” referiu o autor. “Fiz questão de, neste dia, ter comigo duas das pessoas que mais contribuíram para evolução da minha freguesia, Basto Santa Tecla. O meu grande amigo Presidente Albertino Mota e Silva e o meu grande amigo Dr. Peixoto Lima. Dois homens que me acompanharam e permitiram que muito fosse feito na minha pequena aldeia”.

Neste livro, além da parte poética está escrito em prosa parte da história da freguesia de Basto Santa Tecla, a terra natal do autor. Teixeira Lucas procurou imortalizar neste livro as famílias, os lugares, os monumentos, as lendas e os usos e costumes daquela freguesia, para que nunca fossem esquecidos.

A cerimónia de lançamento do livro contou com um vasto leque de convidados que olham para o autor como “um homem bom, que não suscita invejas um unificador, um pacificador, e ao mesmo tempo um chato, um chato por nunca desistir de buscar o melhor para a sua freguesia, por nunca baixar os braços” disse O Antigo Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Albertino Mota e Silva.

Também José Peixoto Lima, autor do Prefácio, teceu largos elogios ao autor, com quem também trabalhou durante o seu percurso como autarca. “Teria tanto a dizer sobre o Sr. Manuel Teixeira Lucas mas recordo sobretudo, a sua entrega à causa pública. Nos dias de inverno, o nosso autor levantava-se cedo para, religiosamente, acender o fogareiro que existia na escola primária para que os meninos que ali estudavam não tivessem frio enquanto aprendiam, e isto mostra a bondade do autor, a generosidade, a entrega abnegada aos outros”.

A obra estará disponível em algumas papelarias locais e pode ser adquirida em troca de um donativo de 5€,todo o valor angariado reverte a favor dos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

_DSC7933.jpg

_DSC7938.jpg

PRESIDENTE DA REPÚBLICA VISITA CELORICO DE BASTO E PRESIDE ÀS COMEMORAÇÕES DO DIA DO MUNICÍPIO

Decorre no próximo dia 25 de Julho a cerimónia comemorativa do Dia do Município, promovida pelo Município de Celorico de Basto, com entrega de medalhas de honra do Município aos atleta Diogo Dalot e João Sousa e homenagem póstuma a Fernando Freitas, antigo Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

A cerimónia será presidida pelo Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

prceloric.jpg

MAIS DE 600 CICLISTAS VIBRARAM EM PROVA DE N GPS EM CELORICO DE BASTO

A prova “Rota das Camélias” passou pelos lugares mais extraordinários do concelho e deixou os atletas fascinados com tamanha beleza. Castelo de Arnoia, Viso, ecopista foram alguns dos locais por onde passaram os mais de 600 ciclistas que participaram na prova de NGPS - Circuito Nacional de Eventos BTT.

Uma prova orientada por GPS por um circuito com alguma dificuldade mas que poderia ser feito de acordo com a velocidade de cada atleta “aqui o tempo é o menos importante”. Sem qualquer competição, os atletas, grande maioria de fora do concelho, aproveitaram para desfrutar das paisagens, da gastronomia, do convívio salutar que este concelho proporciona muito por força das suas gentes.

imagens n GPS (1).jpg

“Este é um dos percursos mais intensos que fiz, temos muitos picos de adrenalina, grandes descidas e subidas, paisagens soberbas e gentes fabulosas que nos receberam com um rasgado sorriso” disse Sérgio Dias, atleta que integrou a prova.

Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, mostrou a sua satisfação pela organização desta iniciativa “que permitiu conhecer um pouco do muito que temos para oferecer. O concelho encheu-se de atletas, apaixonados pelo BTT, e ansiosos por conhecer locais novos, circuitos diferentes, paisagens únicas. Aqui, neste concelho encontraram a adrenalina que estas provas de BTT proporcionam, conjugada com o deleite das paisagens, da gastronomia, das gentes”.

Durante a prova, os 600 participantes foram parando nos vários restaurantes, tascas e cafés que foram encontrando pelo caminho para reforçar a energia e aguentar o passeio até ao fim, numa conjugação perfeita entre lazer e economia local.

 Para o autarca o mais importante destas ações é promover um concelho que tem vindo a crescer substancialmente no turismo. “Nos dias de hoje, o turista não busca apenas a paz e a tranquilidade que o nosso concelho oferece, procura, também, atividades dinâmicas, que misturem lazer e atividade física, procuram lugares que possam conjugar várias experiências e levar daqui as melhores recordações e, é esse trabalho que temos vindo a desenvolver para que o turista venha, desfrute e regresse”.

A iniciativa foi organizada pelo Município de Celorico de Basto e a Cabreira Solutions. Foi uma prova/passeio de navegação por GSP e total autonomia dos participantes num circuito orientado por lugares únicos e que colocou à prova a destreza e capacidade física dos participantes.

A prova iniciou e terminou no centro da vila de Celorico de Basto, junto à Casa da Terra.

imagens n GPS (2).jpg

imagens n GPS (5).jpg

imagens n GPS (6).jpg

imagens n GPS (7).jpg

CELORICO DE BASTO: "IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA" EM DEBATE NO AUDITÓRIO DA AUTARQUIA

Iniciativa organizada pelo Curso EFA B3 de Geriatria, da Die Apfel

Frequentemente encontramos famílias com forte poder económico, mas com graves debilidades do ponto de vista afetivo. E o contrário também é verdade: há famílias que vivem de forma espartana, mas que não são desprovidas de amor.” - Joana Azevedo

Joana Azevedo.jpg

A família representa uma instituição de caráter universal, nas várias relações espácio-temporais. Trata-se de um núcleo social basilar que foi analisado, na Conferência “Importância da Família”, numa perspetiva interdisciplinar: significado, tipos, funções da família e evolução sociodemográfica da mesma.  De acordo com a Oradora, Joana Azevedo, a “família é a primeira forma de organização social e a sua existência é relatada ao longo da história, assumindo igualmente um caráter universal. Definida como a «célula básica da sociedade», a família assume múltiplas funções e formas (família nuclear, alargada, monoparental, entre outras).”

Joana Azevedo concetualizou o conceito de família em três componentes: funções básicas, afetivas e sociais. As funções básicas referem-se à supressão das necessidades fundamentais (ex: as necessidades alimentares) e as afetivas referem-se à componente emocional. É dentro do lar e da família que a criança recebe ou não as primeiras manifestações de amor e carinho, que posteriormente terão repercussões a nível psicossocial. “O exemplo perpassado pelos pais tem, igualmente, um peso inequívoco no desenvolvimento cognitivo, moral e social da criança”, adiantou a Oradora. As funções sociais integram o impacto da família no meio ambiente, sendo que a criança é, também, produto da educação recebida. Esta traduz-se em cognições e comportamentos que, invariavelmente, têm impacto social. Por outro lado, a própria sociedade influencia a família, pois esta é permeável às diferentes mutações societais.

De acordo com a Oradora, a família, ainda que seja um constructo ancestral, está em permanente devir, não sendo por isso uma unidade estanque.

O desenvolvimento bem-sucedido do papel educativo da família não pode ser visto, apenas, pelo cumprimento de uma ou de outra função, mas antes da conjugação da tríade funcional: básico, afetivo e social. Joana Azevedo terminou referindo que “frequentemente encontramos famílias com forte poder económico, mas com graves debilidades do ponto de vista afetivo. E o contrário também é verdade: há famílias que vivem de forma espartana, mas que não são desprovidas de amor”.

A iniciativa foi dinamizada no âmbito da Atividade Integradora do quarto Tema de Vida, do Curso EFA B3 de Geriatria, promovido pela Die Apfel e financiado pelo Programa Operacional Capital Humano (POCH), Programa Portugal 2020, Estado Português e Fundo Social Europeu (FSE).

CELORICO DE BASTO COM PROVA DE CICLISMO NGPS, ROTA DAS CAMÉLIAS

Atletas propõem-se a conhecer o concelho passando por percursos de extrema dificuldade e elevada beleza, proporcionando ao atleta um misto de emoções.

rota das caméliascel.jpg

É já este sábado, 03 de julho, que Celorico de Basto recebe a prova de ciclismo NGPS – Circuito Nacional de Eventos BTT, Rota das Camélias, com um circuito que irá inebriar os mais de 600 participantes inscritos nesta prova completamente isenta de competição.

Esta é uma prova/passeio de navegação por GSP e total autonomia dos participantes o que exige uma boa preparação dos atletas para conseguirem concretizar as suas metas. A iniciativa é organizada entre o Município de Celorico de Basto e a Cabreira Solutions.

Para Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, “este é um passeio que irá orientar os atletas por locais únicos do nosso concelho, de exuberante beleza por entre a natureza que o caracteriza. Ao mesmo tempo, os atletas terão a oportunidade de colocar à prova as sua resistência e resiliência com subidas ingremes e difíceis como ao monte do Viso”. O autarca salienta que “esta é mais uma forma de promover este concelho dando a conhecer trilhos, percursos e miradouros, assim como património edificado e a simpatia das nossas gentes que tão bem acolhem quem nos visita”. Joaquim Mota e Silva salienta também o facto de ser uma prova que permite que os atletas parem nos cafés, restaurantes e supermercados para recarregar energias o que também contribui para a economia local.

A iniciativa começa às 7h30, junto à Casa da Terra e termina no mesmo local sem hora marcada.