Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA REALIZA EXPOSIÇÃO CANINA INTERNACIONAL

Exposição Canina Nacional e Internacional de Regresso a Ponte de Lima

De 13 a 14 de Abril, a Exposição Canina Internacional, e a Exposição Canina Nacional retornam à Vila mais bonita de Portugal, para a sua segunda e quarta edição, respetivamente, no recinto do Pavilhão de Feira e Exposições de Ponte de Lima.

_Convite_Expo_Caninas-02.jpg

A iniciativa que abrange ainda a 267ª e 268ª Exposições Internacionais de Gatos, e o Campeonato (Canino) Nacional de Agility, conta com diversas ações, dedicadas aos vários públicos, ao longo de dois dias.

Convite_Expo_Caninas-01 (1).jpg

Estas competições de grande projeção internacional trazem à vila cerca de 1.500 dos mais creditados exemplares, de múltiplas raças, que irão competir pelo derradeiro prémio — o “Best in Show”.

A partir das 9 horas de sábado e domingo, juízes de renome internacional, vindos diretamente da Austrália, Israel, Rússia, Croácia, Ucrância, Biolorússia, Itália, Espanha e Portugal selecionam os melhores espécimenes: “Melhor por Grupos”, “Melhor Júnior Macho/ Fêmea”, “Melhor Bebé”, “Melhor Cachorro”, “Melhor Par”, “Melhor Grupo Criador”, “Melhor Veterano”, “Melhor Reprodutor” e “Melhor das Raças Portuguesas”. Ao terminar do dia será escolhido o Best in Show Nacional e Internacional, premiados pelas 15h.

A exposição Felina, será premiada pela mesma hora no sábado, e pelas 16h00 de domingo.

Decorrem ainda em paralelo, a “Mostra de Cães de Companhia”, a “Especializada de Serras da Estrela”, a “Monográfica de Golden Retriever”, e as “Especiais” de Boxer, Doberman, Dogue de Bordéus, e Bulldog Francês. O programa não se fica por aqui, com um espetáculo de Volteio Artístico a Cavalo, pela EPAPL, às 16h00 de Domingo.

No intuito de promover a afluência de participantes, a organização oferece inscrição no Concurso Nacional a todas as raças Portuguesas.

As Exposições regem-se pelos regulamentos da Fédération Cynologique Internationale e do Clube Português de Canicultura, estando abertas aos exemplares de todas as raças e variedades oficialmente reconhecidas, registadas em Livros de Origens ou com Registos Iniciais emitidos por organismos reconhecidos pela Fédération Cynologique Internationale.

52602990_2061782710542468_6173974565551603712_n (5).jpg

PONTE DE LIMA REALIZA EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE CANICULTURA

Ponte de Lima acolhe a Exposição Canina Nacional e Internacional, nos dias 13 e 14 de abril, numa organização do Município de Ponte de Lima com o apoio do Clube Português de Canicultura.

Estarão presentes cerca de 1500 cães para disputar o Certificado Nacional e Internacional ao Campeonato de Beleza da Canicultura.

Em simultâneo, decorrem duas Exposições Internacionais da Felinicultura e uma Prova para o Campeonato Nacional de Agility.

Será certamente uma oportunidade única para conhecer Cães e gatos de raças raras, muitos deles campeões do mundo.

52602990_2061782710542468_6173974565551603712_n.jpg

CLUBE DO CÃO DE CASTRO LABOREIRO REALIZA EXPOSIÇÃO MONOGRÁFICA EM MONTALEGRE

Caros Sócios e Amigos,

Vimos convidá-los a participar na 29.ª Exposição Canina Monográfica do Cão de Castro Laboreiro, organizada pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro, com o apoio doClube Português de Canicultura e do Município de Montalegre, contando ainda com o patrocínio da Novavet e da Ownat.

A 29.ª Monográfica terá lugar no Parque do Torrão da Veiga, em SaltoMontalege, no dia 27 de julho (sexta-feira) e contará com a presença do Ex.mo Juíz João de Paula Bessa que avaliará os exemplares presentes.

Não se esqueçam de inscrever os vossos Castros até ao próximo dia 20 de julho, utilizando o Boletim de Inscrição que enviamos em anexo. Para mais informações podem consultar o Programa que anexamos.

Contamos com a presença de todos, nesta Exposição especial que reúne criadores e amigos desta raça única.

Saudações

A Direção do CCCL

Capturar1

Capturar2

QUEM OFERECE UM CÃO "CASTRO LABOREIRO" AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA?

Quando o Presidente dos Estados Unidos da América escolheu um cão de raça autóctone portuguesa, concretamente um cão de água, para companhia dos seus filhos na Casa Branca, os portugueses regozijaram-se pela sua escolha que desse modo contribuiu para dar a conhecer um animal de raça originária portuguesa.

Entretanto, ao Presidente da República Portuguesa, Professor Dr. Marcelo Rebelo de Sousa, um português com raízes minhotas, oferecem-lhe um cão de raça “pastor alemão” em lugar de um animal de raça portuguesa, entre a variedade de espécies existentes, porventura um “Sabujo” do Soajo, vulto Castro Laboreiro, entre as várias raças autóctones existentes em Portugal. Até nisto insistimos no nosso provincianismo no pior sentido do termo!

Na área montanhosa limitada pelos rios Minho e Lima e as agrestes penedias das serras do Soajo e da Peneda situa-se a região do Castro Laboreiro, no Concelho de Melgaço, atingindo alguns pontos quase mil e quinhentos metros de altitude. Aqui, o cão de Castro Laboreiro tem o seu solar, guardando os rebanhos comunitários na pastagem de transumância de curta distância que ainda ali se verifica.

Considerada uma das raças caninas mais antigas da Península Ibérica, o cão de Castro Laboreiro é dócil e sociável com os animais de outras raças, afetuoso com as crianças e dedicado ao dono, sendo um excelente cão de guarda e de companhia.

Quem será capaz de levar ao Palácio de Belém um magnífico exemplar da raça Castro Laboreiro para que os portugueses passem a orgulhar-se daquilo que realmente lhes pertence? Ou será que é necessário que o Presidente dos Estados Unidos da América escolha mais um cão de raça portuguesa para servir de exemplo aos envergonhados portugueses?

CACHORROS

MINHOTOS DIVULGAM CÃO DE CASTRO LABOREIRO

Na área montanhosa limitada pelos rios Minho e Lima e as agrestes penedias das serras do Soajo e da Peneda situa-se a região do Castro Laboreiro, no Concelho de Melgaço, atingindo alguns pontos quase mil e quinhentos metros de altitude. Aqui, o cão de Castro Laboreiro tem o seu solar, guardando os rebanhos comunitários na pastagem de transumância de curta distância que ainda ali se verifica.

Considerada uma das raças caninas mais antigas da Península Ibérica, o cão de Castro Laboreiro é dócil e sociável com os animais de outras raças, afetuoso com as crianças e dedicado ao dono, sendo um excelente cão de guarda e de companhia.

Quando pretender um animal de estimação, sugerimos que pense prioritariamente em escolher um exemplar de uma raça portuguesa e, porque não, um cão de Castro Laboreiro!

CACHORROS

Fotos: http://evasilva.tripod.com/