Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO CELEBRA DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE

Diversas atividades assinalam amanhã e domingo, dias 11 e 12 de agosto, o Dia Internacional da Juventude que se celebra oficialmente no domingo, dia 12.

Festa da Juventude 2018 - cartaz

Para celebrar com os jovens Cabeceirenses o Dia Internacional, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto encontra-se a organizar a Festa da Juventude na Praia Fluvial da Ranha, um evento com entrada grátis que proporcionará a todos os participantes uma noite de grande animação com Dj´s. Os ‘The Fucking Bastards’, Cozta e DJ Fiftly são os artistas convidados para a Festa da Juventude que irá decorrer entre a meia noite e as 6 horas da manhã.

A anteceder esta grande festa na Praia da Ranha, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, em colaboração com as Juntas de Freguesia e com produção da PRODESP – Associação Desportiva, está a organizar os Jogos sem Fronteiras no Parque do Mosteiro, amanhã, a partir das 21h30.

Os jogos que pretendem celebrar a alegria e o movimento serão disputados por oito equipas em representação de oito freguesias – Refojos, Outeiro e Painzela; Arco de Baúlhe e Vila Nune; Alvite e Passos; Cabeceiras de Basto; Riodouro; Basto; Faia; e Abadim – esperando-se, à semelhança do que tem acontecido em anos anteriores, uma magnífica moldura humana, para assistir à destreza, perícia e velocidade dos concorrentes.

Para além destes eventos, no domingo, dia 12 de agosto, os jovens (dos 12 aos 29 anos) podem aceder gratuitamente às Piscinas Municipais Descobertas de Refojos, Arco de Baúlhe e Cavez.

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto pretende envolver todos os jovens em iniciativas de confraternização salutar para celebrar este Dia Internacional da Juventude.

Jogos sem Fronteiras - cartaz. JPG

DEPUTADOS SOCIALISTAS VISITAM CABECEIRAS DE BASTO

Presidente da Câmara acompanha visita dos deputados socialistas à Unidade de Internamento Pública

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhou ontem à tarde, a visita dos deputados socialistas eleitos pelo Círculo de Braga, Eng. Joaquim Barreto e Dr. Luís Soares, à Unidade de Internamento Pública de Cabeceiras de Basto, gerida pelo Hospital de Guimarães.

Presidente da Câmara acompanha visita dos deputados socialistas à Unidade de Internamento Pública (1)

Acompanharam o presidente da Câmara Municipal e os deputados, o vereador Eng. Pedro Sousa, o Vogal Executivo do Hospital de Guimarães, Dr. João Miranda, o Diretor Clínico do Hospital, Dr. Hélder Trigo e a Enfermeira Diretora, Enf.ª Elsa Fernandes, bem como o Diretor Clínico da Unidade de Internamento, Dr. Sá Nogueira, o presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, e o representante do PS de Cabeceiras de Basto, João Pacheco.

De salientar que esta Unidade de Internamento, depois de cerca de 4 anos de suspensão, voltou a ter inscritas na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados 11 camas para internamentos de Curta Duração (até 30 dias) na sequência da publicação do despacho conjunto da Secretaria de Estado do Orçamento, da Secretaria de Estado da Segurança Social e da Secretaria de Estado Adjunta e da Saúde, de 29 de dezembro de 2017. Este despacho estabelecia a celebração de contratos-programa com as entidades integradas ou a integrar na referida Rede, no âmbito do funcionamento e implementação da mesma, como era o caso de três unidades em Cabeceiras de Basto, designadamente esta Unidade Pública.

Contudo, até ao momento, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte ainda não criou condições para a assinatura do referido protocolo com o Hospital de Guimarães, não tendo, por isso, ao fim de 8 meses, sido posta em prática a decisão do Governo.

A Unidade de Internamento Pública de Cabeceiras de Basto continua, assim, a ser apenas uma “unidade de retaguarda” do Hospital de Guimarães.

Os deputados Socialistas manifestaram-se preocupados e indignados com esta situação, posição com a qual se solidariza o presidente da Câmara, uma vez que a Unidade se encontra subaproveitada, com uma taxa de ocupação de 50 por cento. Os deputados socialistas tomaram conhecimento de que a ARS Norte tem criado algumas dificuldades burocráticas, esquecendo o facto de que esta Unidade já integrou a Rede de Cuidados Continuados durante quatro anos.

No final desta visita, os deputados socialistas desejaram que a Unidade “integre rapidamente a Rede de Cuidados Continuados com todas as valências” que lhe devem estar adstritas, evidenciando a necessidade de “materializar a vontade política manifestada em dezembro de 2017” com a publicação do mencionado despacho e apelando à ARS Norte celeridade na assinatura do protocolo e concretização do mesmo.

De referir que Cabeceiras de Basto foi contemplada, por aquele despacho, com a criação de 50 novas camas integradas na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. Para além das 11 camas atribuídas à Unidade de Internamento Pública de Cabeceiras de Basto, cujo protocolo, tal como já se disse, não foi ainda efetivado, a Régie Cooperativa Basto Vida já tem em funcionamento 30 camas na Unidade de Cuidados Continuados Integrados a Pessoas Dependentes de Média Duração e Reabilitação, enquanto que a Santa Casa da Misericórdia de S. Miguel de Refojos viu esta resposta alargada a mais 9 camas, já disponíveis, na sua Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Longa Duração e Manutenção.

Presidente da Câmara acompanha visita dos deputados socialistas à Unidade de Internamento Pública (2)

CABECEIRAS DE BASTO INAUGURA RAMAL ELÉTRICO EM CARRAZEDO

Inauguração de Ramal Elétrico de Iluminação Pública em Carrazedo, Bucos

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, e o presidente da Junta de Freguesia de Bucos, Adriano Pereira, inauguraram no passado domingo, dia 5 de agosto, o Ramal Elétrico de Iluminação Pública do Caminho e Largo da Capela do Sr. dos Aflitos, cujo investimento atingiu o montante de 6 mil euros.

Inauguração de Ramal Elétrico de Iluminação Pública em Carrazedo, Bucos

Acompanharam o presidente da Câmara nesta iniciativa o vereador Eng. Pedro Sousa entre outros autarcas da freguesia de Bucos.

Após a singela cerimónia de inauguração e a convite dos habitantes da aldeia de Carrazedo de Bucos, designadamente do Sr. Acácio Alves, o grande dinamizador da festa e principal responsável pelo pedido da iluminação pública, o presidente da Câmara participou na missa anual na Capela do Sr. dos Aflitos, celebrada pelo pároco Avelino Vilela, e na festa que se seguiu.

De referir que o ramal elétrico, agora inaugurado, era um anseio da população local que o solicitou ao presidente da Câmara na festa do ano passado e que o edil se comprometeu a concretizar até à festa deste ano.

DANÇAS CLAUSTRAIS ANIMAM CABECEIRAS DE BASTO

Danças Claustrais animaram Praça da República

A Praça da República encheu-se de dança, música, cor e ritmo na noite do passado domingo, dia 5 de agosto. Inserida no programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’ a iniciativa ‘Danças Claustrais’ animaram o centro da vila, um momento protagonizado pela Academia GINDANÇA de Vila Nova de Famalicão e pela Academia Sempre em Forma de Cabeceiras de Basto.

Danças Claustrais animaram Praça da República (1)

Participaram neste evento os vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, bem como os presidentes das Juntas de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela e também de Abadim, Leandro Campos e Fernando Basto, respetivamente.

A Praça da República servirá este mês de palco para as danças do mundo que contam com a participação de diferentes grupos locais e de municípios vizinhos, desde o folclore ao tango, passando pelas danças africanas, orientais e pela dança contemporânea.

As ‘Danças Claustrais’ regressam na próxima sexta-feira à noite, 10 de agosto, a partir das 21h30, com capoeira pela ABADÁ Capoeira e com a patinagem artística pela Escola de Patinagem Artística de Basto (EPAB). Na noite de 25 de agosto o palco é do jazz, danças contemporâneas e danças urbanas com as participações do Fitness BodyGate e Clube Desportivo de Cabeceiras de Basto.

Danças Claustrais animaram Praça da República (2)

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA MINAS DA BORRALHA

Exposição e Livro sobre as Minas da Borralha apresentados na Casa do Tempo. 5.º Aniversário da Casa do Tempo

Foi inaugurada na passada sexta-feira à noite, 4 de agosto, na Casa do Tempo, a exposição ‘Minas da Borralha’ e apresentado o livro ‘Minas da Borralha 1900 -1951’ de Pedro Araújo, uma iniciativa integrada no programa comemorativo do 5.º aniversário da Casa do Tempo.

Exposição e Livro sobre as Minas da Borralha apresentados na Casa do Tempo (3)

O evento contou com a presença dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, respetivamente, do presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, e do autor do livro Pedro Araújo.

Participaram também nesta iniciativa vereadores e presidentes de Junta de Freguesia, a equipa do Centro Interpretativo das Minas da Borralha, entre outros convidados e público em geral.

Exposição e Livro sobre as Minas da Borralha apresentados na Casa do Tempo (1)

De salientar que a exposição ‘Minas da Borralha’ resulta de uma parceria do Município de Cabeceiras de Basto e da Casa do Tempo com o Município de Montalegre, o Ecomuseu de Barroso e o Centro Interpretativo das Minas da Borralha.

O livro ‘Minas da Borralha 1900 -1951’ do autor Pedro Araújo, que foi apresentado pelo Eng. Álvares Pereira, refere-se à primeira parte da história do Couto Mineiro da Borralha, desde a sua origem, em 1900, até ao início da década de 1950.

De salientar que a Casa do Tempo festejou neste fim de semana 5 anos com um vasto programa de animação cultural. Ao longo destes cinco anos de atividade e até ao passado mês de junho, a Casa do Tempo recebeu cerca de 110 mil visitantes.

Capturar1

CABECEIRENSES FORAM AOS FADOS

Concerto com os Fado Alterne encerrou comemorações do 5.º aniversário da Casa do Tempo

Integrado no programa comemorativo do 5.º aniversário da Casa do Tempo e no âmbito do programa cultural Mosteiro de Emoções, decorreu no dia 4 de agosto, mais um Concerto Rápido, desta feita com os ‘Fado Alterne’ que animaram a noite quente do passado sábado no exterior da Casa do Tempo.

Concerto com os Fado Alterne - 5.º aniversário da Casa do Tempo (1)

Participaram neste evento, que antecedeu o brinde aos 5 anos da Casa do Tempo, os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, respetivamente, os vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa e ainda dos presidentes das Juntas de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela e de Abadim.

O grupo de originais com influências do fado, da música tradicional e ligeira portuguesa proporcionou uma magnífica noite cultural, destacando-se a belíssima performance dos músicos e da vocalista Susana Ferreira.

Terminaram, desta forma, as comemorações do 5.º aniversário da Casa do Tempo, verdadeiro Centro Interpretativo do concelho e também Centro UNESCO, que se iniciaram na passada sexta-feira, dia 3 de agosto, com a Tertúlia ‘Turismo de Saberes e Sabores’, seguida da Inauguração da exposição ‘Minas da Borralha’ e apresentação do livro ‘Minas da Borralha 1900-1951’, continuando no sábado de manhã com a apresentação do Livro de Atas do III Seminário ‘Ora et Labora em Refojos de Basto - Espacialidades, Materialidades e Espiritualidades’.

De referir que a Casa do Tempo, coordenada pela chefe de Divisão Dra. Fátima Oliveira, recebeu já cerca de 110 mil visitantes e tem merecido rasgados elogios por todos os que a visitam, quer no que diz respeito à arquitetura, quer no que diz respeito aos conteúdos, como também à forma como são acolhidos e orientados naquele espaço.

Concerto com os Fado Alterne - 5.º aniversário da Casa do Tempo (2)

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA LIVRO DE ATLAS DO III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA CASA DO TEMPO

Foi apresentado esta manhã, 4 de agosto, na Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto, o Livro de Atas do III Seminário Internacional que a Câmara Municipal organizou sob o tema ‘Ora et Labora em Refojos de Basto: espacialidades, materialidades, espiritualidades’, evento que se realizou em junho de 2017 e cujo resultado é agora publicado em livro.

Assinatura do protocolo entre a Câmara e a FLUP-CITCEM

A apresentação da obra insere-se no programa comemorativo do 5.º aniversário da Casa do Tempo que termina esta noite com um concerto.

No auditório, com lotação esgotada, estiveram presentes os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, respetivamente, o Diretor Regional da Cultura do Norte, Dr. António Ponte, a Diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Professora Doutora Fernanda Ribeiro, vereadores, presidentes de Junta de Freguesia e membros da Assembleia Municipal, académicos, historiadores e investigadores do CITCEM /FLUP da Universidade do Porto entre muitos outros interessados e estudiosos das questões ligadas à valorização e defesa do Património Cultural, individualidades e representantes de várias instituições e público em geral.

Na nota de abertura desta sessão de apresentação do Livro de Atas do III Seminário Internacional, e depois de agradecer a presença de todos, o presidente da autarquia afirmou que a Câmara Municipal tem “investido na procura do conhecimento para que todos possamos, conhecendo melhor, transmitir aos vindouros o legado que nos foi deixado pelos nossos antepassados”.

Salientando a “colaboração muito especial do CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória” para o aprofundamento do conhecimento da história de Cabeceiras de Basto e particularmente da passagem dos Beneditinos por este território”, Francisco Alves falou da importância da publicação desta obra. “Porque é fundamental disponibilizar a todos os que se interessam por esta temática, pela história, pela cultura, pelo conhecimento e saber, editamos esta publicação que guardará para memória futura todas as intervenções e comunicações realizadas no decurso deste terceiro Seminário Internacional”.

Coube ao professor universitário e investigador do CITCEM/FLUP, Pedro Vilas Boas Tavares, um cidadão de Basto, fazer a apresentação do Livro de Atas do III Seminário Internacional. Na oportunidade, o investigador destacou o “esforço da Câmara na promoção cultural e na valorização deste Mosteiro”.

Entrega do Livro de Atas do III Seminário Internacional a António Ponte

Depois de fazer uma abordagem sucinta aos vários painéis que integraram o último Seminário Internacional, Pedro Vilas Boas Tavares lançou o desafio: “com este Seminário e com todos os estudos que lhe estão associados, estamos a criar de uma forma informal um verdadeiro Centro de Estudos Beneditinos. Seria até bom concretizar formalmente este grupo de trabalho”, considerou o professor universitário.

Na sua intervenção, a diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), disse ser “um gosto para a FLUP estabelecer esta parceria com a Câmara Municipal”, trabalho que tem vindo a ser materializado, também, através da publicação destas obras que são “o fruto” das investigações realizadas pelos académicos. Fernanda Ribeiro falou, ainda, da estratégia da Universidade que tem vindo a privilegiar a ligação à sociedade civil, dando como exemplo o protocolo estabelecido há alguns anos com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. A concluir a sua intervenção, a diretora da FLUP felicitou a autarquia pelo seu interesse e investimento realizado na Cultura.

Por seu turno, o Diretor Regional da Cultura do Norte, Dr. António Ponte, enalteceu o trabalho que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem vindo a realizar em prol da valorização e conservação do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

“Patrimonializar é reconhecer, salvaguardar e valorizar”, sustentou o Diretor Regional da Cultura, declarando que “a vigilância e a salvaguarda do património é uma obrigação coletiva”.

António Ponte reconheceu publicamente a importância da realização dos Seminários Internacionais organizados pela edilidade Cabeceirense, encontros estes que têm exaltado o Mosteiro de S. Miguel de Refojos como bem patrimonial.

O Diretor Regional da Cultura louvou, ainda, todo o trabalho desenvolvido no sentido de ver este Mosteiro inscrito na Lista Indicativa de Portugal ao Património da UNESCO, agora como bem em série. Recorde-se que o Mosteiro de S. Miguel de Refojos aderiu à Rede de Mosteiros e Paisagens Culturais Beneditinas que inclui o Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro, Felgueiras; o Mosteiro de Santo André de Rendufe, Amares; o Mosteiro de São Bento da Vitória, Porto; o Mosteiro de São Bento, Santo Tirso; o Mosteiro de São Martinho de Tibães, Braga; e o Mosteiro de São Miguel de Refojos, Cabeceiras de Basto, sob a coordenação da Direção Regional da Cultura do Norte.

Coube ao presidente da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng. Joaquim Barreto, encerrar a sessão de apresentação do Livro de Atas do III Seminário Internacional. Depois de felicitar a Casa do Tempo pela passagem do seu 5.º aniversário e de louvar a capacidade de unir e agregar gerações, o presidente da Assembleia Municipal disse: “estou aqui porque acredito. Porque sinto a minha terra e o meu concelho”.

Realçando o “importante trabalho que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver na área cultural”, Joaquim Barreto declarou: “compete-nos a nós salvaguardar o património coletivo, sendo também agentes ativos na construção do saber, registando as nossas tradições individuais e familiares em prol da sociedade vindoura”. E continuou: “conhecendo a nossa cultura e a nossa história, compreenderemos melhor a importância de mantê-la viva na memória, protegê-la e valorizá-la como forma de preservar o que somos, as nossas características, a nossa identidade”.

Exaltando a aposta do Município “na dinamização de ações e projetos válidos e que humanamente tanto nos enriquecem”, Joaquim Barreto, concluiu: “estamos a dar continuidade à valorização da nossa terra, das nossas gentes, da nossa história, do nosso Mosteiro de S. Miguel de Refojos e da nossa identidade, com mais cultura, mais economia e consequentemente mais bem-estar para os Cabeceirenses”.

No final, o presidente da Câmara e a diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto assinaram um protocolo que renova o já existente celebrado com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar ‘Cultura, Espaço e Memória’ e que tem como objeto a prossecução de iniciativas dirigidas ao desenvolvimento de investigação histórica, análise do património histórico, realização de atividades científicas e culturais, elaboração de estudos e ações de divulgação junto da comunidade científica e do público em geral, como é o caso do Seminário Internacional, no âmbito da defesa e valorização do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

“Aproveitamos este momento para assinar hoje um novo protocolo que renova essa importante parceria que valorizamos particularmente porque, estamos certos que a defesa e salvaguarda do património imaterial só será bem conseguida e terá bons resultados quando feita por quem sabe”, destacou o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

De referir, ainda, que os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto entregaram um livro a cada um dos participantes neste evento.

Intervenção do Presidente da Câmara, Francisco Alves

CABECEIRAS DE BASTO EXPÕE COLETIVA DE PINTURA

Presidente da Câmara inaugurou exposição Coletiva de Pintura

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, inaugurou esta tarde, dia 3 de agosto, na Casa da Cultura, a Exposição Coletiva de Pintura e Desenho ‘Diálogos 20+2’ da artista Cabeceirense Rosa Dixe e do artista Portuense José Silva.

Presidente da Câmara inaugurou exposição Coletiva de Pintura (1)

Constituída por 20 quadros, a mostra estará patente ao público até ao dia a 12 de setembro próximo.

Acompanharam o presidente da Câmara nesta iniciativa o presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro campos, a secretária da Junta de Freguesia de Bucos, Manuela Martins e a presidente da Basto Vida, Fátima Oliveira, familiares e amigos dos artistas e público em geral.

A inauguração terminou com um momento de convívio e de contacto com os trabalhos expostos na sala de exposições.

Presidente da Câmara inaugurou exposição Coletiva de Pintura (2)

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA SABERES E SABORES

Tertúlia ‘Turismo de Saberes e Sabores’ realizou-se hoje na Casa do Tempo

‘Turismo de Saberes e Sabores’ foi o tema da segunda tertúlia que integra o Ciclo ‘O Futuro Visita o Passado’ do programa cultural Mosteiro de Emoções.

Tertúlia ‘Turismo de Saberes e Sabores’ realizou-se hoje na Casa do Tempo

O encontro decorreu esta tarde, dia 3 de agosto, na Casa do Tempo, e teve como oradores Agostinho Peixoto, responsável pela área do Produto, Gastronomia e Vinhos da TPNP; Anabela Ramos, investigadora histórica na área da alimentação, da justiça e da sociedade; Arminda Costa, fundadora da Quelha Branca; e João Rocha, guia da Fábrica do Chocolate Hotel/Restaurante/ Museu, de Viana do Castelo.

Esta iniciativa teve como principais destinatários os empresários ligados ao turismo, da restauração ao alojamento, e outros interessados na temática do turismo dos saberes e sabores.

Coube ao vereador Pedro Sousa proceder à abertura deste evento, evidenciando potencialidades e recursos de Cabeceiras de Basto e destacando a aposta do Município na promoção dessas oportunidades, especialmente a partir do Nosso Mosteiro.

CABECEIRAS DE BASTO BENEFICIA RESERVATÓRIOS DE ÁGUA

Câmara Municipal beneficia reservatório de abastecimento de água de Juguelhe

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem em curso obras de beneficiação do reservatório de água para consumo doméstico da aldeia de Juguelhe, na freguesia de Riodouro, tendo em vista melhorar a qualidade deste bem essencial.

Instalação de equipamento de tratamento de água do reservatório de Juguelhe (2)

Os trabalhos previstos para esta 2.ª fase, entre outros, envolvem a colocação de equipamento automático de tratamento de água com recurso a energia solar.

Este ano o investimento previsto pelo Município de Cabeceiras de Basto para Juguelhe e Toninha visa a instalação de sistemas de tratamento da água automáticos nos reservatórios daquelas aldeias que foram recuperados e beneficiados no ano passado, tal como havia acontecido já em 2016 na aldeia de Formigueiro.

A remodelação total dos reservatórios das três aldeias, num investimento que atingiu já os 15 mil euros, resulta da transferência gradual que está em curso dos sistemas de abastecimento de água da freguesia de Riodouro para gestão da Câmara Municipal.

Os investimentos realizados nos últimos anos visam dotar estes três sistemas de garantias de qualidade e quantidade da água disponibilizada, sendo que o investimento seguinte será a remodelação das redes de distribuição e execução de novos ramais domiciliários.

Instalação de equipamento de tratamento de água do reservatório de Juguelhe (1)

CABECEIRAS DE BASTO PROMOVE AGRO PASTO

Executivo Municipal aprova todos os pontos da última reunião de Câmara por unanimidade

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, sob a presidência de Francisco Alves, aprovou, por unanimidade, na sua reunião do passado dia 27 de julho, quatro pedidos de cedência de transporte efetuados pelo Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga, Associação Guias de Portugal 1.ª Companhia de Cabeceiras de Basto (2), Rancho Folclórico ‘As Lavradeiras da Vila de Cavez’. Aprovou igualmente dois pedidos da Associação Encanto Radical e da Banda Cabeceirense para a cedência gratuita da Unidade Turística da Veiga para a realização de atividades culturais e recreativas.

Mosteiro de S. Miguel de Refojos - Cabeceiras de Basto

Nesta reunião foi também aprovado, por unanimidade, o Programa de Procedimento por Hasta Pública para a Exploração de Espaço para Promoção Gastronómica na Agro Basto 2018.

A Câmara Municipal deliberou, igualmente, por unanimidade, aprovar a minuta de Acordo de Gestão para a integração paisagística da rotunda de Morgade, na vila do Arco de Baúlhe, a celebrar entre a Câmara Municipal e as Infraestruturas de Portugal, S.A. O arranjo paisagístico e a requalificação da rotunda de Morgade, na variante à EN 205 e 210, são fundamentais para promover o asseio dos espaços e equipamentos públicos e respetiva segurança, favorecendo o ordenamento do território promovendo a imagem da vila, do concelho e de todos os elementos culturais presentes.

O Executivo Cabeceirense aprovou, ainda, por unanimidade a constituição de uma comissão de vistorias técnicas em matéria de arrendamento urbano, reabilitação urbana e conservação do edificado.

Por fim, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, sobre três processos de obras particulares.

CABECEIRENSES REVIVEM BAILE DE SÃO MIGUEL

‘O Baile’ levou Cabeceirenses a reviver o antigo Baile de São Miguel

Integrado na Agenda Cultural do Município de Cabeceiras de Basto, realizou-se no passado sábado, dia 28 de julho, nos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, o Passeio Literário intitulado ‘O Baile’ que levou os Cabeceirenses a reviver o antigo Baile de São Miguel. Uma noite esplêndida e de muito glamour organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto através do seu Centro de Teatro (CTCMCB).

O Baile levou Cabeceirenses a reviver o antigo Baile de São Miguel

“O Baile de Outono, conhecido pelos mais antigos como ‘Baile de São Miguel – Noite de Outono’, leva o imaginário dos cabeceirenses a tempos gloriosos de muito glamour e muito charme. E é a partir dessas memórias vividas e não vividas que construímos o espetáculo ‘O Baile’. Através de pesquisas e conversas com diferentes gerações que aproveitaram o tão famoso evento, criámos uma peça de encontros e desencontros pelos corredores do Mosteiro de S. Miguel de Refojos na década de 60. Leve, romântica e com muito respeito, como a própria história pede. As memórias dançam com a música. Os olhos brilham. O ambiente está lá. O Baile permanece vivo”, lê-se na sinopse.

A peça contou com a participação especial da Escola Pé de Dança e da Banda Bisarma.

Mais uma soberba produção do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto que trouxe até aos Claustros do Mosteiro centenas de pessoas.

O Centro de Teatro é um projeto inclusivo, intergeracional, envolvente e comunitário que pretende ser impulsionador de um processo de transformação cultural na sociedade, ancorado ao Município de Cabeceiras de Basto.

As extraordinárias e inspiradoras produções do Centro de Teatro continuam a marcar o vasto programa cultural do Município Cabeceirense e o numeroso público que assiste aos espetáculos promovidos pelo CTCMCB é bem demonstrativo do interesse dos Cabeceirenses por este projeto que tem vindo a ser amplamente acarinhado pelas pessoas.

SAÚDE E AROMAS SÃO FESTIVAL EM CABECEIRAS DE BASTO

Presidente da Câmara inaugurou Festival Aromático e Festa da Saúde nos Claustros do Mosteiro

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, inaugurou esta manhã, dia 28 de julho, a iniciativa ‘Cheira Bem, Cheira a Cabeceiras – Festival Aromático’ integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções, bem como a Festa da Saúde, iniciativas que decorreram ao longo do dia nos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

Presidente da Câmara inaugurou Festival Aromático e Festa da Saúde (1)

Acompanharam o presidente da Câmara os vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, o presidente da Junta de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, a presidente e membros dos órgãos sociais da Basto Vida, entre outros autarcas do Município, convidados e público em geral.

Destaque para a realização de três workshops – Arte Floral (Raquel Viana), de bolachinhas e compotas beneditinas (Quelha Branca) e Bolos de Leite (Dentada Produções) – durante esta manhã e para dois showcooking’s, com a Chef Lígia Santos, que ocorreram durante a tarde e direcionados especialmente para a restauração, bares e cafetaria, com a utilização preferencial de plantas e ervas aromáticas das empresas cabeceirenses Arboreto e da Olfactus, e ainda fruta da empresa local Apetece Começar.

Exposição e venda de plantas aromáticas, rastreios de saúde, jogos de terapia, dinâmicas de grupo com crianças, entre outras decorreram também ao longo do dia com a presença de produtores locais e de empresas e entidades ligadas à saúde e ação social.

A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal e pela Basto Vida, recebeu durante a tarde a visita do presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, e continuou ao final do dia com demonstrações de dança e aulas de pilates e karaté pela Escola Pé de Dança, Academia Sempre em Forma e Clube Desportivo de Cabeceiras, respetivamente.

Este dia dedicado ao ‘Cheira Bem, Cheira a Cabeceiras – Festival Aromático’ e Festa da Saúde termina com o Passeio Literário ‘O Baile’ pelas memórias do antigo Baile de Outono, a partir das 22 horas, nos Claustros do Mosteiro. “O Baile de Outono, conhecido pelos mais antigos como ‘Baile de São Miguel – Noite de Outono’, leva o imaginário dos cabeceirenses a tempos gloriosos de muito glamour e muito charme. E é a partir dessas memórias vividas e não vividas que construímos o espetáculo ‘O Baile’. Através de pesquisas e conversas com diferentes gerações que aproveitaram o tão famoso evento, criámos uma peça de encontros e desencontros pelos corredores do Mosteiro de S. Miguel de Refojos na década de 60. Leve, romântica e com muito respeito, como a própria história pede. As memórias dançam com a música. Os olhos brilham. O ambiente está lá. O Baile permanece vivo”, lê-se na sinopse.

Presidente da Câmara inaugurou Festival Aromático e Festa da Saúde (2)

CABECEIRAS DE BASTO APOIA ASSOCIATIVISMO

Município Cabeceirense entregou 72 mil euros às associações

O vice-presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Dr. Mário Machado e o vereador Eng. Pedro Sousa, entregaram ontem, dia 27 de julho, subsídios a 21 associações locais e outras que promovem iniciativas em Cabeceiras de Basto.

Município Cabeceirense entregou 72 mil euros às associações

Trata-se da entrega de uma verba que ascende a 72.200 euros que a autarquia recentemente deliberou atribuir com o intuito de impulsionar o desenvolvimento das atividades das associações, numa perspetiva de cooperação e parceria com o movimento associativo.

A cerimónia de entrega dos cheques às associações decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Na oportunidade, o vice-presidente da Câmara Municipal saudou as associações pelo trabalho desenvolvido, agradecendo e reconhecendo o movimento associativo pelas iniciativas que desenvolvem e que promovem o concelho de Cabeceiras de Basto, destacando a importância da parceria do Município com a sociedade civil.

De salientar que a Câmara Municipal atribui apoios às associações pelo trabalho que desenvolvem, reconhecendo, deste modo, que a cooperação e parcerias com estas coletividades são fator de desenvolvimento que este município tem privilegiado ao longo dos anos, uma vez que permitem um maior envolvimento das populações na concretização de iniciativas sociais, culturais, económicas, desportivas, humanitárias entre outas, promovendo a identidade, os valores, usos, costumes e tradições desta terra de Basto.

CABECEIRENSES CELEBRAM DIA DOS AVÓS E NETOS

Cabeceiras de Basto celebrou Dia dos Avós com netos e muitos afetos

Cerca de uma centena de pessoas participou esta tarde, dia 26 de julho, na iniciativa ‘Avós, Netos e Afetos’ que se realizou na Área de Lazer de Painzela com o objetivo de celebrar o Dia dos Avós.

Cabeceiras de Basto celebrou Dia dos Avós com netos e muitos afetos (1)

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, participou no evento, onde se fez acompanhar pelos vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, bem como pelo presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro Campos.

A festa que teve como objetivo fomentar o convívio intergeracional no seio da comunidade neste dia dedicado aos avós que são ‘abraçados’ pela Comissão de Proteção de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto (CMPPICB), juntou na Área de Lazer de Painzela utentes dos Espaços de Convívio e Lazer de Refojos de Basto, Outeiro, Painzela e Cucana, bem como crianças que frequentam as Férias de Verão promovidas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cabeceiras de Basto (CPCJ).

A tarde foi animada pelos jovens atores do Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) com divertidos contos, música, danças e muitos afetos à mistura.

A comemoração do Dia dos Avós teve como objetivo homenagear e agradecer toda a consideração e carinho que os avós dão aos netos. Mas como nem sempre os netos estão por perto, a Comissão Municipal de Proteção de Pessoas Idosas – desde 2015 e em articulação com várias entidades tais como a CPCJ e o CTCMCB – tem levado nesse dia, até junto dos avós, o carinho e atenção que eles tanto merecem.

A par das atividades culturais e de animação, também a Polícia Municipal se associou ao evento com o objetivo de sensibilizar e promover a segurança e o bem-estar da população mais idosa e em situação de maior vulnerabilidade social, através da distribuição de panfletos e cartões com contactos úteis.

De salientar que a iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Comissão de Proteção de Pessoas Idosas, e CTCMCB, em colaboração com a Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela e com a Polícia Municipal.

No final da atividade foi entregue uma lembrança a todos os participantes.

Cabeceiras de Basto celebrou Dia dos Avós com netos e muitos afetos (2)

Cabeceiras de Basto celebrou Dia dos Avós com netos e muitos afetos (3)

CABECEIRAS DE BASTO CUIDA DA HIGIENE PÚBLICA

Câmara Municipal desinfeta contentores de lixo por todo o concelho. Mais e melhor ambiente

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto está a promover à lavagem, desengorduramento e desinfeção dos contentores de lixo e espaço envolvente, trabalhos que estão a ser executados por todo o concelho com recurso a uma viatura especializada, tendo em vista garantir as melhores condições de limpeza e salubridade dos espaços públicos.

Desinfeção de contentores do lixo 1

Esta ação de promoção da melhoria da qualidade ambiental no nosso concelho insere-se num conjunto de outras medidas que têm como objetivo aumentar a qualidade do serviço prestado na área da limpeza e higiene, designadamente a implementação de novos circuitos, a instalação de contentores e o aumento da capacidade de recolha seletiva, num investimento total que ascende a cerca de 45 mil euros neste ano de 2018.

Desinfeção de contentores do lixo 2

CABECEIRENSES FESTEJAM DIA DOS AVÓS E NETOS

Cabeceiras de Basto festeja Dia dos Avós com netos e muitos afetos

Realiza-se amanhã, dia 26 de julho, a iniciativa ‘Avós, Netos e Afetos’ que tem como objetivo celebrar o Dia dos Avós, uma atividade que vai decorrer na Área de Lazer de Painzela, a partir das 14h30.

Avós, Netos e Afetos 2018 - Cartaz

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Comissão de Proteção de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto (CMPPICB), Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cabeceiras de Basto (CPCJ) e Centro de Teatro (CTCMCB), em colaboração com a Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela e com a Polícia Municipal.

A comemoração do Dia dos Avós tem como objetivo homenagear e agradecer toda a consideração e carinho que os avós dão aos netos. Mas como nem sempre os netos estão por perto, a Comissão Municipal de Proteção de Pessoas Idosas – desde 2015 e em articulação com várias entidades tais como a CPCJ e o CTCMCB - tem levado nesse dia, até junto dos avós, o carinho e atenção que eles tanto merecem.

A Área de Lazer de Painzela, junto ao rio, é este ano palco desta iniciativa de afeto e proximidade que visa fomentar o convívio intergeracional no seio da comunidade, neste dia dedicado aos avós que são ‘abraçados’ pela Comissão Proteção de Pessoas Idosas. A iniciativa reunirá os utentes dos Espaços de Convívio e Lazer de Refojos de Basto, Outeiro, Painzela e Cucana, crianças que frequentam as Férias de Verão promovidas pela CPCJ e os jovens atores do CTCMCB. A estes últimos cabe-lhes o importante papel de animar os participantes com danças, música e muitos contos à mistura.

A par das atividades culturais e de animação, também a Polícia Municipal se associará ao evento com o objetivo de sensibilizar e promover a segurança mas também o bem-estar da população mais idosa presente na iniciativa e em situação de maior vulnerabilidade social, recorrendo à distribuição de panfletos e cartões com contactos úteis.

No final da atividade será entregue uma lembrança a todos os participantes.

ORQUESTRA XXI ATUA EM CABECEIRAS DE BASTO

Mosteiro de S. Miguel de Refojos será palco de extraordinário concerto

Cabeceiras de Basto integra a digressão da Orquestra XXI que se inicia no próximo dia 6 de setembro na Casa da Música do Porto e que termina no dia 9 no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. A Orquestra atuará no Mosteiro de S. Miguel de Refojos no dia 7 de setembro, seguindo depois para Ílhavo, onde atua no dia 8.

Orquestra XXI

Esta passagem por Cabeceiras de Basto insere-se na celebração do 5.º aniversário da Orquestra XXI, um projeto que reúne dezenas de jovens músicos portugueses residentes no estrangeiro e que tem o duplo objetivo de manter uma forte ligação entre estes jovens e o seu país de origem e, ainda, de levar momentos musicais de excelência a públicos diversificados.

É para Cabeceiras de Basto um enorme orgulho receber a Orquestra XXI que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República.

O concerto de Cabeceiras de Basto apresentará a Sinfonia Concertante de Mozart, cuja partitura tem uma história misteriosa que, entretanto, acabou por desaparecer, mas reconstruída por Robert Levin depois de anos de investigação. A flautista Cabeceirense Adriana Ferreira, o oboísta Samuel Bastos, o trompista Ricardo Silva e o fagotista Virgílio Oliveira formam o quarteto de solistas que irá interpretar esta obra no Mosteiro de S. Miguel de Refojos. Antes disso, as cordas da Orquestra XXI apresentam uma obra emblemática de Ligeti, terminando o concerto com a genial 7ª Sinfonia de Beethoven.

Cabeceiras de Basto recebe no seu Mosteiro um extraordinário espetáculo dirigido pelo jovem maestro Dinis Sousa que, curiosamente, viveu já, em criança, em Cabeceiras de Basto.

O concerto tem entrada livre e proporcionará aos Cabeceirenses e a todos os que nos visitarem uma noite cultural única que coloca Cabeceiras de Basto na rota dos maiores eventos culturais do país.

CABECEIRAS DE BASTO RECEBE MISS PORTUGUESA

Miss Portuguesa em Cabeceiras de Basto

Aceitando o desafio do Turismo Porto e Norte de Portugal, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto recebeu nos últimos dois dias, 18 e 19 de julho, a Miss Portuguesa em título e as candidatas a Miss Portuguesa 2018.

Miss Portuguesa recebida nos Paços do Concelho

A comitiva, liderada pelo presidente da organização, Dr. Isidro de Brito, foi recebida na passada quarta-feira no Salão Nobre dos Paços do Concelho pelo vice-presidente da Câmara Municipal, Dr. Mário Oliveira, bem como pelos vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa.

Miss Portuguesa fez caminhada pela magnífica Ecopista do Tâmega

Durante a sua estadia em Cabeceiras de Basto, a comitiva teve oportunidade de conhecer mais em pormenor o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, o Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe do Museu das Terras de Basto, a Casa do Tempo, o Centro de Educação Ambiental e ainda fazer uma caminhada pela Ecopista do Tâmega e desfrutar das belíssimas paisagens serranas do concelho Cabeceirense.

De salientar que a final nacional do Concurso Miss Portuguesa, onde participam as representantes de várias regiões do Continente, Ilhas e das Comunidades Portuguesas do Canadá, França e Espanha, realizar-se-á no dia 28 de julho em Gondomar.

O Concurso Miss Portuguesa iniciou em 2011 e é o maior concurso de beleza português que veio dar seguimento ao antigo título Miss Portugal elegendo as representantes portuguesas aos principais certames de beleza mundiais.

É a Organização Miss Portuguesa que possui os direitos e elege as representantes de Portugal nos cinco concursos do Grand Slam (Miss Mundo, Miss Universo, Miss Internacional, Miss Supranacional e Miss Grande Internacional), entre outros concursos internacionais de prestígio.

Esta iniciativa integra-se no plano de promoção e divulgação que o Município de Cabeceiras de Basto tem vindo a desenvolver para projetar o território e dinamizar a economia.

Miss Portuguesa visitou Mosteiro de S. Miguel de Refojos

CABECEIRAS DE BASTO HOMENAGEIA ÁGUIAS DE ALVITE

Câmara Municipal aprova Voto de Louvor à Associação Águias de Alvite

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, aprovou por unanimidade, na sua reunião desta manhã, dia 13 de julho, atribuir um Voto de Louvor Congratulação e Regozijo à Associação Cultural e Desportiva Águias de Alvite por se ter sagrado Campeão de Infantis de futebol de 7, feito conseguido sem qualquer derrota na série K Distrital com dezasseis equipas participantes. De salientar, igualmente, que esta equipa de Infantis venceu também o Torneio do Peso da Régua e o Cabeceiras Cup.

Câmara Municipal aprova Voto de Louvor à Associação Águias de Alvite - Torneio Cabeceiras Cup

O Voto de Congratulação aprovado apresenta o seguinte teor: “a Associação Cultural e Desportiva Águias de Alvite, fundada em 9 de julho de 1992, desenvolveu, ao longo da sua ainda curta existência, diversas atividades desportivas e culturais tendo-se destacado mais, no entanto, na área do desporto, através da participação em campeonatos distritais de futebol.

Em 2012, estabeleceu com a ‘Geração Benfica’ atualmente designada ‘Escolas de Futebol Benfica’ uma parceira que visa a formação das crianças e jovens de Cabeceiras de Basto na modalidade de futebol.

Esta aposta da Associação Águias de Alvite permitiu, desde logo, avançar com a formação de algumas dezenas de crianças e jovens que, no decurso da época 2017/2018, atingiu já cerca de 100 atletas distribuídos pelos escalões de petizes, traquinas, benjamins, infantis, juvenis e iniciados.

De referir que esta atividade formativa permitiu, desde o seu início em 2012 e até aos dias de hoje, transferir para o Vitória de Guimarães 6 atletas, para o Benfica 2 atletas, para o Sporting Clube de Braga 1 atleta (já internacional) e, neste último ano, um atleta juvenil para o F. C. Porto.

Na época 2017/2018 a Associação Águias de Alvite teve inscritas e em competição na Associação de Futebol de Braga 7 equipas. De acordo com informação prestada pelo diretores da agremiação é objetivo para a próxima época inscrever uma equipa júnior e no curto prazo inscrever uma equipa sénior.

Na presente época, que terminou no final do passado mês de junho, a Associação Águias de Alvite sagrou-se Campeão de Infantis de futebol de 7, feito conseguido sem qualquer derrota na série K Distrital com dezasseis equipas participantes. Esta equipa de Infantis venceu também o Torneio do Peso da Régua e o Cabeceiras Cup.

Para além destes importantes feitos também a equipa de Traquinas venceu o Torneio Joel Cup realizado em Painzela e as equipas Benjamins, Iniciados, Juvenis A e Juvenis B classificaram-se todas num honroso terceiro lugar nas diferentes competições da A. F. de Braga em que participaram nesta época.

A Câmara Municipal considera todo o trabalho desenvolvido por esta Associação na formação de crianças e jovens, muito relevante para a promoção do desporto e da atividade física, da ocupação salutar dos tempos livres, mas também para formação da personalidade e formação cívica destes jovens atletas.

A Câmara Municipal considera ainda que os feitos desportivos alcançados, especialmente nesta época de 2017/2018, contribuíram para a afirmação do concelho e das suas gentes e para o aumento do prestígio e da imagem do concelho de Cabeceiras de Basto.

Por tudo isto, a Câmara Municipal, hoje reunida, delibera aprovar um VOTO DE LOUVOR, CONGRATULAÇÃO E REGOZIJO à Associação Cultural e Desportiva Águias de Alvite voto, este, extensivo à dedicação, ao empenho e ao abnegado trabalho dos diretores, dos técnicos, dos atletas e de todos os restantes colaboradores da Associação e seus associados”.