Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO INTEGRA SISTEMAS AUTÓNOMOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Câmara integra Sistemas de Abastecimento de Água dos lugares de Gondiães, Torneiro e Samão no Sistema Público do Município. Reunião de Câmara de 14 de agosto de 2019

O Executivo Municipal Cabeceirense aprovou, por unanimidade, na sua reunião de hoje, dia 14 de agosto, o protocolo a celebrar com a Freguesia de Gondiães e Vilar de Cunhas para a integração dos Sistemas Autónomos de Abastecimento de Água dos lugares de Gondiães, Torneiro e Samão no Sistema Público e Predial de Águas do Município de Cabeceiras de Basto. Através da assinatura deste protocolo, a Câmara Municipal assegurará o fornecimento de água aos utilizadores bem como a todos os que o requeiram, depois de concretizadas as obras de beneficiação dos equipamentos e infraestruturas afetas àqueles Sistemas Autónomos de Abastecimento de Água. Este assunto que será apreciado pela Assembleia Municipal na sua próxima sessão.

Bandeira do Município de Cabeceiras de Basto.JPG

Por maioria – com os votos favoráveis dos eleitos do PS, dois votos contra do IPC e a abstenção da vereadora Laura Magalhães – foi aprovada a candidatura à Linha de Crédito BEI PT 2020 – Autarquias para a contrapartida nacional de projetos Portugal 2020 para a operação de ‘Requalificação Urbana da Avenida Capitão Elísio de Azevedo – NORTE- 03- 1406-FEDER-000102’ até ao montante de 1.141.781,85 euros pelo prazo de 15 anos, bem como a abertura de procedimento para a contratação de um empréstimo de médio e longo prazo até ao montante de 304.794,33 euros, por 15 anos, para financiamento complementar da importante intervenção de Requalificação Urbana da Avenida Capitão Elísio de Azevedo, na vila do Arco de Baúlhe.

Por maioria – com os votos favoráveis dos eleitos do PS e da vereadora Laura Magalhães e dois votos contra do IPC – foi aprovado um protocolo de colaboração a celebrar com a BastoEmpreende – Núcleo Associativo de Empresas para a execução de um plano de ações a dinamizar nas Festas de S. Miguel e Agrobasto. A celebração deste protocolo visa implementar um maior dinamismo empresarial e económico à realização da Feira e Festas de S. Miguel e Agrobasto 2019.

Por unanimidade foram aprovados, também, nesta reunião o protocolo para o fornecimento de refeições escolares aos alunos da EB1 e JI do Arco de Baúlhe para o ano letivo de 2019/2020, bem como o Plano de Transportes Escolares para o mesmo ano letivo.

Durante a reunião de Câmara foi aprovada, por unanimidade, a celebração de um protocolo de colaboração com o ArcoBike – Associação Desportiva que prevê a atribuição de um apoio financeiro para a organização da iniciativa ‘Cabeceiras Urban Race’, bem como a organização e participação em outras atividades desportivas. Foi igualmente aprovada uma adenda ao protocolo de condições de contratação e funcionamento das Equipas de Intervenção Permanente nos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses.

De entre outros assuntos, foram aprovados, mais dois apoios à natalidade; um pedido de cedência do auditório da Casa da Juventude à Mútua de Basto/Norte (Centro Qualifica de Basto); um pedido de alteração de alvará de loteamento; bem como a Modificação Orçamental n.º6 que prevê apenas alterações de valores entre rubricas do Orçamento Municipal.

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO VISITA BARRAGEM DE DAIVÕES

Presidente da Câmara visitou hoje a obra da Barragem de Daivões

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado pelo vereador Eng. Pedro Sousa, visitou hoje, dia 7 de agosto, as obras de construção da Barragem de Daivões, equipamento que integra o Sistema Eletroprodutor do Tâmega, sistema que inclui ainda a barragem e central de Gouvães e a barragem do Alto Tâmega.

Presidente da Câmara visitou hoje a obra da Barragem de Daivões.JPG

Na oportunidade, os responsáveis da empresa construtora e da Iberdrola deram a conhecer o ponto de situação atual das obras, destacando-se que o paredão (corpo da barragem) se encontra já a 85% no que diz respeito ao betão, esperando-se que no próximo mês de outubro se encontre concluída a betonagem do paredão.

Em avançado estado de desenvolvimento estão também as obras de construção da central, equipamento que inclui dois grupos de produção e um grupo para o caudal ecológico, e que fica implantada na margem direita do rio já em território Cabeceirense.

Foi possível verificar igualmente o estado de construção do descarregador de cheias e bacia de dissipação que se situa imediatamente a seguir ao corpo principal da barragem e que apresenta também alguma complexidade.

Por fim, a visita seguiu pela Pista de Pesca de Cavez. Aqui, a Iberdrola procede ao reperfilamento do rio onde vai ser construído um açude, recuperada a margem esquerda em processo natural e executadas as obras de instalação de pesqueiros na margem direita e requalificação dos respetivos acessos.

A Barragem terá uma altura de 77,5 metros, quatro comportas de descarga e 265 metros de comprimento do coroamento.

No momento estão em obra cerca de 400 trabalhadores.

CABECEIRAS DE BASTO "ABRAÇA" O MOSTEIRO... COM CACHECÓIS!

Cachecóis do ‘Abraço ao Mosteiro’ dão vida a belíssimas criações artísticas na Praça da República

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, inaugurou no dia 1 de agosto, na Praça da República, a magnífica exposição ‘Muitos Cachecóis... um Abraço ao Mosteiro’ que integra 12 instalações, 16 caça sonhos, cinco ovelhas, centenas de flores e centenas de pompons em lã. O momento foi assinalado com o corte da fita, momento aplaudido pelos presentes.

Cachecóis do ‘Abraço ao Mosteiro’ dão vida a belíssimas criações artísticas (1).JPG

Acompanharam o presidente da Câmara nesta iniciativa a vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, o presidente da Junta de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, a diretora do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Dra. Céu Caridade, entre outros convidados e público em geral. O evento contou com a participação especial dos ‘Amigos da Galhofa’ que animaram o momento inaugural, bem como a visita à mostra.

A exposição ‘Muitos Cachecóis... um Abraço ao Mosteiro’ é o resultado da iniciativa ‘Dá Lã… um Abraço ao Mosteiro’ que foi concretizada no passado dia 3 de junho com a presença de mais de 4 mil pessoas a formar vários cordões humanos à volta do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, uma ação integrada no programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’ financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

‘Um Cabeceirense um cachecol, uma família um cachecol, uma instituição um cachecol’ foi o desafio que a Câmara Municipal lançou aos Cabeceirenses e que possibilitou a produção de belíssimos cachecóis de diferentes tamanhos, muitos deles de grandes dimensões que foram oferecidos ao Mosteiro, precisamente com o propósito de ficarem em exposição em espaço público, em novo momento de grande manifestação de afeto pelo Nosso Património.

Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, esta exposição foi concebida e instalada por Deolinda Cunha, Fernanda Bastos e Mário Teixeira que, graciosamente, aceitaram o desafio de dar uma nova ‘vida’ aos cachecóis em lã que foram produzidos pelas crianças, jovens e adultos para darem um abraço gigante ao Mosteiro, numa manifestação de carinho pelo Nosso Mosteiro, Bem único e universal, ex-líbris de Cabeceiras de Basto.

As 12 criações artísticas (damas, esferas, flores gigantes…), os 16 caças sonhos, as cinco ovelhas, as centenas de flores e centenas de pompons em lã produzidos para esta exposição pelos seniores dos Espçaos de Convívio e Lazer podem ser apreciados na envolvente ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mais concretamente na Praça da República, Jardim dos Arcebispos e nas imediações da Casa do Tempo.

A exposição ‘Muitos Cachecóis... um Abraço ao Mosteiro’ estará patente ao público até ao dia 31 de agosto de 2019.

Cachecóis do ‘Abraço ao Mosteiro’ dão vida a belíssimas criações artísticas (2).JPG

Cachecóis do ‘Abraço ao Mosteiro’ dão vida a belíssimas criações artísticas (3).JPG

CABECEIRAS DE BASTO JUNTA AVÓS E NETOS

Avós e netos celebraram ‘Dia dos Avós’ com piquenique-convívio no Parque de Merendas de Vinha de Mouros

Mais de 150 pessoas participaram hoje, dia 26 de julho, no piquenique-convívio que assinalou o ‘Dia dos Avós’ em Cabeceiras de Basto. A iniciativa decorreu no Parque de Merendas do Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, onde não faltou a animação, com muita música, dança, jogos tradicionais e muitos afetos à mistura.

Avós e netos celebraram ‘Dia dos Avós’ (1).JPG

O presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, participou no evento, onde se fez acompanhar do presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro Campos.

A tarde de grande animação que proporcionou momentos de lazer e de confraternização a todos os participantes contou com a presença do CTCMCB e de cantadores e tocadores de concertinas. As crianças que frequentam as Férias de Verão promovidas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cabeceiras de Basto (CPCJ) também se associaram à iniciativa.

A comemoração do Dia dos Avós juntou no Parque de Merendas utentes dos Espaços de Convívio e Lazer do concelho, utentes de IPSS’s e população em geral.

A iniciativa foi organizada pela Basto Vida, através do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS 4G), em colaboração com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com o CTCMCB - Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, com o objetivo de celebrar o Dia dos Avós, num convívio intergeracional que pretende sempre promover a qualidade de vida dos Cabeceirenses.

Avós e netos celebraram ‘Dia dos Avós’ (2).JPG

CABECEIRAS DE BASTO APRESENTA "MULHERES DE BUCOS"

Exposição de Helena Cardoso no Museu de Alberto Sampaio com ‘Mulheres de Bucos’. Inauguração decorreu no passado dia 19 de julho em Guimarães

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, esteve presente na inauguração da Exposição de Arte Têxtil Contemporânea ‘Narrativas’ da designer Helena Cardoso, evento que decorreu na passada sexta-feira, dia 19 de julho, no Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães. O evento assinalou o arranque da iniciativa ‘Museu à Noite’ e contou com a participação das ‘Mulheres de Bucos’.

Exposição de Helena Cardoso no Museu de Alberto Sampaio com ‘Mulheres de Bucos’.jpg

Helena Cardoso, designer portuense que trabalha o têxtil, colabora há já vários anos com as ‘Mulheres de Bucos’ e com a Casa da Lã, Cabeceiras de Basto. Nesta exposição, a designer apresenta peças de tecelagem de várias tipologias e formatos que combinam tradição e modernidade.

Durante a inauguração, as artesãs – ‘Mulheres de Bucos’ - que colaboraram na criação de algumas composições têxteis (no tear), animaram o evento com os seus cantares tradicionais da aldeia.

A diretora do Museu de Alberto Sampaio, Dra. Isabel Fernandes, ela que é também a responsável pelo Paço dos Duques e Castelo de Guimarães, e a designer Helena Cardoso, autora da Exposição ‘Narrativas’, receberam também neste evento a vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Dra. Adelina Pinto, a diretora do Centro de Emprego do Médio Ave, Dra. Helena Chaves, o membro da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Dr. Domingos Machado, entre muitos outros convidados e público em geral.

Considerada uma das mais originais artistas no contexto da arte têxtil contemporânea portuguesa, Helena Cardoso apresentou no Museu de Alberto Sampaio um processo criativo singular e inovador no desenvolvimento de peças que combinam design e tradição, valorizando a cultura e identidade nacionais.

“Combinando teias de linho com tramas de seda natural, lã e elementos da natureza, a artista justapõe e intercala estes materiais com elementos em plástico e papel, compondo tramas e matizados de diferentes texturas e transparências que vão contrastar com a solidez do granito” refere a organização da exposição.

De salientar igualmente que Helena Cardoso colabora há muitos anos com artesãs de aldeias do norte do país, como é o caso da aldeia de Bucos, Cabeceiras de Basto, onde fomentou a renovação dos saberes tradicionais, na Casa da Lã com as ‘Mulheres de Bucos’.

A Câmara Municipal felicita a designer pela exposição, congratula-se com a realização desta mostra no Museu de Alberto Sampaio e orgulha-se pela colaboração das ‘Mulheres de Bucos’.

CABECEIRAS DE BASTO ESCUTA MÚSICA BARROCA

Câmara Municipal recebeu último concerto do ciclo ‘Sons do Silêncio’

Realizou-se ontem, dia 21 de julho, no Edifício dos Paços do Concelho, o terceiro e último concerto integrado no ciclo ‘Sons do Silêncio - A Música e o Barroco’ inserido no âmbito do programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’.

Câmara Municipal recebeu último concerto do ciclo ‘Sons do Silêncio’ (1).JPG

O concerto intimista protagonizado por Pedro Sousa Silva e Ricardo Leitão Pedro consistiu na apresentação de cinco peças musicais dos séculos XVII e XVIII através da flauta, do alaúde e da tiorba.

O flautista Pedro Sousa Silva é doutorado em Música pela Universidade de Aveiro. É professor adjunto na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo (Porto) e integra o centro de investigação CESEM da Universidade Nova de Lisboa, dedicando grande atenção ao imenso repertório inédito contido nas fontes portuguesas dos séculos XVI e XVII.

Ricardo Leitão Pedro é um dos raros músicos de hoje dedicado à prática histórica do canto al liuto, acompanhado-se a si mesmo com diferentes instrumentos antigos de corda dedilhada. No concerto deste domingo, no edifício dos Paços do Concelho, tocou alaúde e tiorba.

O concerto contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, do vereador Eng. Pedro Sousa, do presidente da Junta de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, entre outros convidados e público em geral.

Esta foi mais uma iniciativa integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções que é financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

Câmara Municipal recebeu último concerto do ciclo ‘Sons do Silêncio’ (2).JPG

Ó DIABO!... CABECEIRENSES PASSEIAM PELA LITERATURA

‘Rio’ de gente na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade para um Passeio Literário pela ‘mão’ do Centro de Teatro

Centenas de pessoas assistiram ontem à noite, 18 de julho, na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade, ao Passeio Literário conduzido pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Basto. ‘Ó Diabo! O Rapaz que lhe tirou o coiso de ser bruxa’ foi o espetáculo cómico levado à cena, inspirado nas histórias e crendices populares dos mais antigos sobre os seres mais misteriosos da nossa imaginação: as bruxas.

Passeio Literário 'Ó Diabo' (1).JPG

“Nada como o amor. Tão cheio de surpresas… Quando tudo parece bem, afinal não está! O Quim gosta da Rosa. A Rosa é Bruxa. As Bruxas são prometidas ao Diabo. E agora, Quim? Esta história acaba assim?” lê-se na sinopse. Mas Não! Esta história não acabou assim porque o Quim enfrentou o Diabo! O amor venceu e a Rosa livrou-se de ser bruxa.

Este Passeio Lieterário traduziu-se em mais uma brilhante encenação teatral, desta feita com a participação especial da Associação Vilela com Vida, Amigos da Galhofa e Sérgio Oliveira.

Organizado pela Câmara Municipal, o evento foi produzido pelo Centro de Teatro com o apoio da Associação Encanto Radical.

Participaram neste Passeio Literário o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, a vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, os presidentes das Juntas de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela e também de Abadim, respetivamente, Leandro Campos e Fernando Basto, entre outros convidados e população em geral.

Uma vez mais, o numeroso público que participou neste evento demonstra bem o interesse dos Cabeceirenses por este projeto cultural que valoriza o teatro de comunidade.

Passeio Literário 'Ó Diabo' (2).JPG

CABECEIRAS DE BASTO TEM GENTE NOVA!

Presidente da Câmara entregou mais 13 apoios à natalidade

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, entregou ontem à tarde, dia 17 de julho, mais 13 apoios de incentivo à natalidade no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho, num total de 6.500 euros.

Presidente da Câmara entregou mais 13 apoios à natalidade.JPG

Acompanharam o presidente da Câmara nesta cerimónia vereadores e presidentes de Juntas de Freguesia.

O incentivo à natalidade traduz-se num apoio financeiro no valor de 500 euros, sempre que ocorra o nascimento ou a adoção de uma criança. A verba de 250 euros é entregue de imediato e os restantes 250 euros serão entregues mediante a apresentação de documentos de despesa realizada com os bebés.

Este apoio surge em consequência da crescente intervenção do município no âmbito das políticas de ação social com vista à melhoria das condições de vida dos estratos sociais mais carenciados ou dependentes, fomento à natalidade e à fixação da população.

FUNDAÇÃO ANTÓNIO JOAQUIM GOMES DA CUNHA DINAMIZA PLANO DE CAPACITAÇÃO NO ÂMBITO DO PROGRAMA PORTUGAL INOVAÇÃO SOCIAL

A Fundação António Joaquim Gomes da Cunha, com o apoio da Junta de Freguesia de Cabeceiras de Basto, irá dinamizar um Plano de Capacitação para criação de um Ginásio Terapêutico de Reabilitação, com Terapias Holísticas e Medicinais. Esta iniciativa conta com o apoio do Programa Portugal Inovação Social, POISE, Portugal 2020 e União Europeia (Fundo Social Europeu).

20190510_152959 (1).jpg

Com a implementação do Plano de Capacitação pretende-se dar resposta a um problema social, em concreto o desemprego e as dificuldades de inserção em pessoas com deficiência/incapacidade seja ela física, deficiência mental, de duplo diagnóstico (deficiência mental associada à doença mental) e outras do foro mental, com maior impacto social e melhor custo de oportunidade dos recursos utilizados. Pretende-se, ainda, melhorar as competências organizativas e de gestão da Fundação, necessárias ao desenvolvimento do Ginásio Terapêutico, colmatando lacunas e preparando a Iniciativa para atrair e aplicar investimento social.

A inserção deste publico alvo, acima referido, será concretizável através de formação ao nível pessoal, social e profissional, de forma a serem integrados na vida ativa, através de Medidas de Reabilitação e Inserção do IEFP, que constitui também um dos desideratos do projeto em questão.

Neste enquadramento, através de uma intervenção estruturada e multidisciplinar, pretende-se alavancar a criação de valor partilhado, com o apoio do investidor social, promovendo a avaliação do impacto social, como condição para o investimento.

O Plano de Capacitação é composto por cinco etapas: realização de uma análise económica do modelo de negócio do Ginásio Terapêutico; desenho de uma análise estratégica; definição de um plano de comunicação; realização de ações de formação para capacitação dos recursos humanos e elaboração de um sistema de informação.

Estas fases antecedem a criação do Ginásio Terapêutico de Reabilitação, com Terapias Holísticas e Medicinais, sendo que a constituição desta Iniciativa dependerá dos resultados obtidos ao longo do Plano de Capacitação.

CABECEIRAS DE BASTO RECEBE COM CARINHO O PADRE TIAGO VARANDA, O PRIMEIRO PÁROCO INVISUAL DE PORTUGAL

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto congratula-se com a ordenação de Tiago Varanda

Missa de Apresentação à Comunidade Cabeceirense realiza-se a 18 de agosto na Igreja do Mosteiro de S Miguel de Refojos.

184265_108671229213246_3269461_n.jpg

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto congratula-se com a ordenação sacerdotal de Tiago Varanda, jovem professor de História que lecionou na Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto durante vários anos, período durante o qual granjeou a simpatia e a amizade de muitos Cabeceirenses.

Tiago Varanda, 35 anos de idade, foi o primeiro padre cego a ser ordenado em Portugal. Invisual desde a adolescência, Tiago Varanda foi ordenado padre no domingo, dia 14 de julho, na Cripta do Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, em Braga. À cerimónia assistiram dezenas de Cabeceirenses, entre os quais o vice-presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Dr. Mário Machado.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto deseja as maiores felicidades ao padre Tiago Varanda no desempenho destas suas novas funções.

Cabeceiras de Basto prepara-se, agora, para receber, no próximo dia 18 de agosto, na belíssima Igreja do Mosteiro de S Miguel de Refojos, a Missa de Apresentação à Comunidade, momento que contará com a presença do presidente da Câmara, Francisco Alves.

Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.JPG

CABECEIRENSES RUMARAM À SENHORA DO ALÍVIO

Piquenique levou centenas ao Santuário de Nossa Senhora do Alívio

Realizou-se ontem, dia 14 de julho, o Piquenique ‘Com'Vivências’ que levou centenas de pessoas ao Santuário de Nossa Senhora do Alívio, em Vila Verde, um passeio-convívio que proporcionou momentos de lazer e de confraternização a todos os participantes.

Piquenique levou centenas ao Santuário do Alívio (1).JPG

O convívio no Parque de Merendas do Alívio foi um momento de reencontro intergeracional de pessoas de todas as freguesias do concelho. Durante a manhã realizou-se a eucaristia no Santuário, seguindo-se uma tarde de grande confraternização.

A animação musical esteve a cargo de Carlos Mendes, bem como de outros grupos de tocadores e cantadores de Cabeceiras de Basto que se quiseram associar ao convívio.

O piquenique contou com a presença dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves e Eng. Joaquim Barreto, respetivamente, dos vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, bem como de presidentes de Juntas de Freguesia, entre outros autarcas.

A iniciativa foi organizada pela Basto Vida, através do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS 4G), em colaboração com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com as Juntas de Freguesia, com o objetivo combater o isolamento e promover a qualidade de vida dos Cabeceirenses.

Piquenique levou centenas ao Santuário do Alívio (2).JPG

Piquenique levou centenas ao Santuário do Alívio (3).JPG

CABECEIRAS DE BASTO É "SUPER ESPECIAL" EM AUTOMOBILISMO

‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses

Velocidade, espetáculo e emoções fortes! Assim se resume a ‘Super Especial Cabeceiras’, uma prova de automobilismo em circuito urbano que decorreu no passado sábado, 13 de julho, no centro da vila.

‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses (1).JPG

Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, produzida pela MadSpeed Eventos e com direção do Motor Clube de Guimarães, a Super Especial contou com a presença de 26 pilotos, três drifs e ainda com participações especiais com protótipos construídos em Cabeceiras de Basto.

Adrenalina e perícia fizeram as delícias aos amantes do automobilismo que assistiram às magníficas exibições dos pilotos em prova.

No final, em frente ao edifício dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, acompanhado dos vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, entregaram os troféus aos melhores classificados.

‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses (2).JPG

‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses (3).JPG

‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses (4).JPG

COLEÇÃO DE POSTAIS DIGITAIS MOSTRA CONVENTO DE S. MIGUEL DE REFOJOS EM CELORICO DE BASTO

Coleção de Postais Digitais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos para visitar no Espaço BONINA, Porto, até final do mês

Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 12 de julho, no Espaço BONINA, Casa das Associações, no Porto, a exposição ‘Passe Partout’ - Coleção de Postais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mostra que estará patente ao público até ao final de julho, data do encerramento do programa cultural Mosteiro de Emoções.

Presidente da Câmara inaugurou Coleção de Postais Digitais no Espaço Bonina.JPGNa inauguração desta iniciativa marcou presença o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, acompanhado do vereador Eng. Pedro Sousa, bem como alguns artistas que integram esta Coleção, entre outros convidados e população em geral.

De referir que, sob a orientação de Rebecca Moraladizadeh, Curadora da Exposição, foi criado um conjunto de reproduções de postais digitais em diversas técnicas artísticas, plásticas e audiovisuais que se encontram também disponíveis ao público no site da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

No total, 18 postais - quinze obras digitais, dois postais sonoros e um em vídeo – compõem a Coleção de Postais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos ‘Passe Partout’, cujo grande objetivo é dar visibilidade ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos – monumento beneditino, ex-líbris de Cabeceiras de Basto.

Desde o vídeo ao som, desde o desenho à pintura, desde a fotografia à colagem, desde a filografia à instalação, a Coleção apresenta uma forma contemporânea de valorizar e perpetuar a História e a Imagem do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, considerada a Joia do Barroco em Terras de Basto.

Trata-se de mais uma iniciativa integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções que é financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

CABECEIRENSES FAZEM CADA VEZ MAIS RECOLHA SELETIVA DOS RESÍDUOS

Recolha seletiva regista “boa evolução” nos últimos anos

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto regista com satisfação “o bom funcionamento dos equipamentos para deposição e recolha seletiva de artigos de roupas, calçado, brinquedos, livros” nos ecopontos que se encontram distribuídos pelo concelho, destacando-se a importância das quantidades recolhidas.

Ecoponto de recolha de Roupa, calçado, brinquedos.JPG

Só no passado mês de maio foram recolhidas duas toneladas, na sua grande maioria roupas e calçado. No ano de 2018 foram recolhidos 23.422Kg.

De salientar que a recolha destes materiais, sem encargos para o Município, reduz os custos com a deposição em aterro, cujo custo atual se cifra nos 39 euros por tonelada, possibilitando o encaminhamento desses mesmos materiais para a reutilização ou reciclagem.

No âmbito do protocolo celebrado com a empresa de recolha, o Município Cabeceirense possui 10 ecopontos dispersos pelo concelho, estando ‘em cima da mesa’ a possibilidade de aumento do número de ecopontos com a instalação de novos equipamentos nos próximos dois anos.

A Câmara Municipal apela à colaboração de todos os munícipes para a boa utilização dos ecopontos, no sentido de tornarmos o concelho de Cabeceiras de Basto cada vez mais limpo e amigo do ambiente. Note-se que através da diminuição da quantidade de resíduos em aterro sanitário conseguimos reduzir significativamente a pegada ecológica.

MÚSICA BARROCA INVADE CABECEIRAS DE BASTO

Salão Nobre palco de concerto de flautas antigas

O Salão Nobre dos Paços do Concelho acolheu ontem, dia 7 de julho, o segundo concerto ‘Sons do Silêncio - A Música e o Barroco’, inserido no âmbito do programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’.

Salão Nobre palco de concerto de flautas antigas.JPG

Intitulado ‘Sete obras, sete flautas, um flautista’, o concerto foi protagonizado por Pedro Sousa Silva e comentado por Dimitris Andrikopoulos, compositor e professor da ESMAE, ele que é também o comissário do evento ‘Sons do Silêncio - A Música e o Barroco’.

No Salão Nobre dos Paços do Concelho, Pedro Sousa Silva tocou sete obras utilizando sete flautas antigas, réplicas dos séculos XIV, XV, XVI e XVII. Flauta Basset Claude Rafi, Flauta Tenor Claude Rafi, Flauta Baixo Hiers, Flauta Alto ‘Dolcimelo’, Handfluyt, Flauta de Voz Pierre Bressan e Flauta Alto Jacob Denner foram as escolhas de Pedro Sousa Silva para este concerto intimista.

De salientar que o flautista integra o centro de investigação CESEM da Universidade Nova de Lisboa e tem dedicado grande atenção ao imenso reportório inédito contido nas fontes portuguesas dos séculos XVI e XVII.

O concerto contou com a presença dos vereadores Dr. Mário Machado, Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, presidentes de Juntas de Freguesia, entre outros autarcas e público em geral. A renomada flautista Cabeceirense, Adriana Ferreira, que integra a Orquestra da Academia Nacional de Santa Cecília de Roma e que se encontrava de visita a Cabeceiras de Basto este fim de semana, honrou a organização do evento com a sua presença neste concerto.

A Torre dos Clérigos, no Porto, foi o palco do primeiro concerto em junho. Ontem foi a vez do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mais concretamente o Salão Nobre, receber o espetáculo. No próximo dia 21 de julho, domingo, realiza-se o terceiro e último concerto inserido no ciclo ‘Sons do Silêncio - A Música e o Barroco’. O concerto pedagógico e comentado por Pedro Sousa Silva e Ricardo Leitão Pedro terá novamente como palco o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, a partir das 18h30.

Esta é mais uma iniciativa integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções que é financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

CABECEIRAS DE BASTO VAI REMODELAR MERCADO MUNICIPAL

Câmara aprova projeto de remodelação do Mercado Municipal

Reunião de Câmara de 28 de junho de 2019

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, na sua reunião do passado dia 28 de junho de 2019, aprovou, por unanimidade, o Projeto de Remodelação do Mercado Municipal de Cabeceiras de Basto, tendo em vista a apresentação de uma candidatura a fundos comunitários, no âmbito das Cadeias Curtas e Mercados Municipais. Trata-se de uma intervenção que prevê a readaptação do espaço de mercado com renovadas áreas para os vendedores de peixe, frutas, hortícolas, fumeiro, entre outros, conferindo-lhes mais e melhores condições de conforto, higiene e segurança.

Mercado Municipalcabast.JPG

Foi igualmente aprovada, por unanimidade, a proposta do Presidente da Câmara Municipal referente à celebração de protocolo com a Associação Patinhas Abandonadas de Vieira (APAV) com vista ao acolhimento de canídeos e felídeos errantes nas instalações da APAV em Vieira do Minho. De referir que esta associação colabora já há alguns anos com o Município, formalizando-se agora uma cooperação efetiva.

Por unanimidade foram aprovados dois apoios à natalidade no montante global de 1.000 euros. Os incentivos revestem a forma de atribuição de um apoio financeiro de 500 euros sempre que ocorra o nascimento ou a adoção de uma criança. Com esta medida, a Câmara Municipal pretende promover estímulos específicos que conduzam, por um lado, ao aumento da natalidade e, por outro, à melhoria das condições de vida das famílias residentes no Município.

De entre outros assuntos, foram aprovados três pedidos de cedência de transporte, dois ao Agrupamento de Escolas e um à Associação Mútua de Basto/Norte; seis pedidos de certidão de desanexação; três pedidos de alteração de utilização; tendo sido declarada a caducidade de um processo de obras particulares.

MUNICÍPIO DE CABECEIRAS DE BASTO APROVA VOTO DE LOUVOR A DIOGO GRAÇA

Piloto cabeceirense reconquista título de Campeão Nacional de Motocross MX2

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, na sua reunião desta sexta-feira, dia 28 de junho de 2019, aprovou, por unanimidade, um Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo ao piloto cabeceirense Diogo Graça, pelos extraordinários feitos conseguidos nos últimos anos no desporto motorizado de motocross e supercross de que se destaca por agora, neste ano de 2019, o título de Campeão Nacional de Motocross MX2, título que havia já conseguido em 2016 e 2017.

Foto Diogo Graça - direitos reservados.jpg

A Câmara Municipal manifesta assim grande satisfação e orgulho por este cabeceirense ter atingido no desporto motorizado tão alto patamar a nível nacional, reconhecendo que este feito honra Cabeceiras de Basto.

O Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo aprovado apresenta o seguinte teor:

“Diogo Emanuel Teixeira da Graça, nascido em 1998, na freguesia do Arco de Baúlhe, deste concelho de Cabeceiras de Basto, piloto de motocross e supercross, conta já com nove títulos nacionais e muitas outras presenças nos pódios das provas em que tem participado. Iniciou a sua carreira com apenas 4 anos e aos 5 anos participou no seu primeiro campeonato regional. O gosto pelo desporto motorizado revelou-se assim bem cedo, tendo o seu pai um papel fundamental no seu acompanhamento pelos montes de Cabeceiras de Basto logo a partir de tão tenra idade.

Depois de ter subido ao pódio por diversas vezes entre 2005 e 2010, em 2011 sagrou-se Campeão Nacional de Motocross Iniciados, facto que a Câmara Municipal distinguiu na altura com a atribuição de um Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo.

Em 2012, Diogo Graça sagrou-se Campeão Regional Norte de Motocross MX2.

Em 2015, foi Campeão Nacional de Motocross MX2 Júnior e Vice-Campeão Nacional de Motocross MX2.

Em 2016, foi Campeão Nacional de Motocross MX2 e MX2 Júnior e Campeão Nacional de Supercross SX2.

Em 2017, Diogo Graça repetiu a proeza do ano anterior sagrando-se Campeão Nacional de Motocross MX2 e Campeão Nacional de Supercross SX2.

Em 2018, sagrou-se, pelo terceiro ano consecutivo, Campeão Nacional de Supercross SX2, ano em que participou no Motocross das Nações, nos EUA.

No passado dia 23 de junho do corrente ano de 2019, Diogo Graça reconquistou o título de Campeão Nacional de Motocross MX2, novo feito que muito orgulha e honra Cabeceiras de Basto e os Cabeceirenses.

Considerando os excelentes resultados obtidos nos últimos anos nesta modalidade tão exigente, bem demonstrativos de uma enorme dedicação, disciplina e entrega ao desporto motorizado e de uma forte vontade de vencer, a Câmara Municipal, hoje reunida, delibera:

  1. Atribuir ao piloto cabeceirense Diogo Emanuel Teixeira da Graça um Voto de Louvor Congratulação e Regozijo, em sinal de reconhecimento do seu valor consubstanciado nas inúmeras participações vitoriosas de que se destaca, por ora, o título de Campeão Nacional de Motocross MX2 conquistado em 2019, feitos extraordinários que têm contribuído para a promoção e valorização do desporto em geral, mas também para a promoção do nosso concelho, ao mesmo tempo que tem reforçado o prestígio e a imagem de Cabeceiras de Basto. 2. Proceder à entrega do galardão em cerimónia pública solene a realizar em data oportuna.”

CELORICO DE BASTO É PONTO DE CONVERGÊNCIA DO CAMPISMO E DO CARAVANISMO

Parque de Campismo e Caravanismo de Celorico de Basto uma referência

Celorico de Basto é, cada vez mais, o “spot” preferido para centenas de pessoas que ambicionam por paisagens de natureza e desportos ao ar livre.

_DSC1379.jpg

Nesse sentido, o Parque de Campismo e Caravanismo do Município de Celorico de Basto mostra-se um dos locais de alojamento de eleição para muitos turistas. Neste momento, conta com 62 lugares ocupados entre campistas e caravanistas mas ainda tem vagas para acolher quem gosta desta tipologia de alojamento.

 “Temos um parque de campismo com todas as condições para acolher os campistas e os caravanistas e também alojamento em bungalows, ainda recentemente, este espaço sofreu obras de requalificação e mostra-se como um lugar muito apelativo para quem gosta de turismo de natureza.

Este espaço situado mesmo à margem do rio Freixieiro é dos parques de campismos do país mais próximo da vila e por isso, mais prático para quem dele usufrui.

José Capelão e Rosa Capelão, reformados, do Porto, estão neste parque há 8 anos e dizem-se apaixonados por este lugar. “Celorico de Basto é um encanto. Descobri o parque de campismo por influência do meu filho e por pesquisa na internet, sempre fui apaixonada por campismo e caravanismo mas precisava um lugar onde me sentisse confortável e no meio da natureza. Aqui encontrei o conforto, proximidade com a vila, gente acolhedora, as melhores condições físicas e a natureza” disse José Capelão.

_DSC1387.jpg

_DSC1396.jpg

_DSC1406.jpg

TEATRO EM CABECEIRAS DE BASTO CONTA HISTÓRIAS COM MENSAGENS QUE EMOCIONAM

Oficinas de Jogos Dramáticos do CTCMCB encerram época com duas magníficas representações

Para assinalar o encerramento da temporada das Oficinas de Jogos Dramáticos, espaço de aprendizagem, partilha e formação de crianças dos 6 aos 12 anos, que o CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto dinamizou ao longo dos últimos meses, na passada quarta-feira, dia 19 de junho de 2019, na Casa da Juventude, familiares, amigos e muitos outros cabeceirenses lotaram o auditório da Casa da Juventude, para assistirem à representação de duas magníficas peças protagonizadas pelo pequenos atores e atrizes.

DSC_9041.JPG

“Onde está o branco?”

Os mais pequeninos contaram-nos uma extraordinária história, a partir da representação de um ambiente de competição e egoísmo que existia numa fábrica de tintas onde as cores, faltava lá o branco, não se entendiam, não trabalhavam em equipa e competiam desenfreadamente entre si. Com a chegada do branco tudo muda e passa a existir a harmonia e o trabalho de equipa. Uma bela história que encantou todos os presentes não só pela atuação dos dezassete meninos e meninas mas também pela mensagem de paz e amor que a história transmitiu.

Uma história baseada no texto de Luciano Luppi, encenada por Francisca Magalhães, com cenografia, figurinos e adereços de Joana Veloso e Francisca Magalhães.

“O Construtor de Sonhos”

Os onze atores mais velhinhos contaram aos espetadores a história de um mundo imaginário que de repente se vê mergulhado num grande roubo. O “construtor de sonhos” foi roubado pelas malvadas insónias e para que tudo se resolvesse foi preciso muita determinação e uma grande e forte união entre todos. Cansado e velho, o “construtor de sonhos” morreu mas, felizmente, houve alguém para continuar o seu extenuado trabalho, até porque a força, a determinação e o trabalho de todos permitiu recuperar o objeto mágico, simbolizado por um martelo, que possibilitou continuar a construir todos os sonhos. Com efeito, um mundo sem sonhos é um mundo triste, enfadonho e infeliz.

Uma história que emocionou os presentes, com texto e encenação de Roberto Moreira e cenografia, figurinos e adereços de Joana Veloso e Francisca Magalhães

Entre outras participações, designadamente na Festa do S. Pedro da Raposeira, no final deste mês, o CTCMCB está já a preparar o próximo espetáculo da agenda cultural do Município, o Passeio Literário que terá lugar no dia 18 de julho à noite.

DSC_9182.JPG

CABECEIRAS DE BASTO TESTA PLANO DE EVACUAÇÃO DA ZONA INDUSTRIAL DE VILA NUNE

No âmbito dos programas ‘Aldeia Segura’ e ‘Pessoas Seguras’ foi realizado no passado sábado, dia 8 de junho, um simulacro para testar o plano de evacuação da Zona Industrial de Vila Nune, o qual pretendeu criar dinâmicas e hábitos de autoproteção, familiarizar as populações com as condutas adequadas a observar em caso de evacuação ou confinamento, treinando-as para esse efeito.

Testado Plano de Evacuação da Zona Industrial de Vila Nune.jpg

Neste simulacro que envolveu um total de 37 operacionais, apoiados por 13 veículos, marcou presença o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, enquanto responsável pela Proteção Civil Municipal, o presidente da Junta de Freguesia do Arco de Baúlhe e Vila Nune, Carlos Teixeira, bem como as seguintes entidades: Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil de Braga, Gabinete Técnico Florestal (GTF), GNR, Bombeiros Cabeceirenses, Polícia Municipal, Cruz Vermelha Portuguesa – Núcleo do Arco de Baúlhe, Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Baldio de Vila Nune e Oficiais de Segurança Local de Vila Nune e Arco de Baúlhe.

Com a concretização deste simulacro foi possível testar a implementação de estratégias destinadas a sistematizar o conjunto de ações essenciais a uma evacuação o mais segura e eficaz possível, que permita movimentar as pessoas face à aproximação de um incêndio rural para locais mais seguros.

Através da realização deste simulacro foi possível testar o sistema de alerta de evacuação, o sistema de aviso à população e o sistema de comunicação entre as forças operacionais. Testados foram igualmente o plano de evacuação, o abrigo coletivo e o papel do Oficial de Segurança Local.

De referir que os programas ‘Aldeia Segura’ e ‘Pessoas Seguras’ têm como principais objetivos criar nas freguesias a função de Oficial de Segurança que tem como missão transmitir avisos à população, organizar a evacuação do aglomerado em caso de necessidade e fazer ações de sensibilização junto da população. Pretendem ainda sinalizar caminhos de evacuação nos aglomerados populacionais, definir locais de refúgio nas aldeias, sensibilizar populações para o que fazer em caso de incêndio e como evitar comportamentos de risco.