Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GRUPO VOX ANGELIS REALIZA EM CABECEIRAS DE BASTO CONCERTO ALUSIVO AOS 500 ANOS DO NASCIMENTO DE LUÍS VAZ DE CAMÕES

Tem lugar no próximo dia 7 de junho de 2024, pelas 21h30, na Casa do Tempo, um espetáculo do conceituado grupo Vox Angelis, evento que conta com o apoio da RTP, do Instituto Camões, do Turismo de Portugal, do Plano Nacional das Artes e da Direção-Geral do Património Cultural.

O concerto "CAMÕES: 500 ANOS - História, Música e Poesia" é um espetáculo no âmbito das Comemorações Nacionais dos 500 Anos do Nascimento de Luís Vaz de Camões, poeta maior da Língua Portuguesa, autor de "Os Lusíadas" e de uma vasta obra lírica de referência mundial.

Um belíssimo espetáculo de História, Música, Poesia e Pintura, onde serão interpretados musicalmente, na versão de cantor, violoncelo e piano, alguns dos seus mais famosos sonetos, intercalando o mesmo concerto musical com um documentário inédito sobre a vida do poeta com projeção de quadros de grandes pintores portugueses, tais como Columbano, Bordalo Pinheiro e José Malhoa.

443822525_826050282887672_8251446438461703718_n.jpg

CABECEIRAS DE BASTO: ARCO DE BAÚLHE COMEMOROU DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS

443711132_950206400449259_3866371933539700931_n.jpg

Automotora saiu à linha férrea no Dia Internacional dos Museus

Para assinalar o Dia Internacional dos Museus, a automotora ME5 percorreu no dia 18 de maio, um curto trajeto da linha da antiga estação ferroviária do Arco de Baúlhe onde está sediado o Núcleo Ferroviário do Museu das Terras de Basto.

A automotora ME5, construída em 1948 nas Oficinas Gerais de Santa Apolónia e movida a gasolina, saiu assim ‘à linha’ desfilando e encantando os seus passageiros que dessa forma puderam viver a experiência de viajar com a História.

De salientar que esta automotora, a par das carruagens reais e de outras máquinas a vapor integram o espólio do Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe do Museu das Terras de Basto, um museu polinucleado que integra também a Casa da Lã em Bucos e o Núcleo de Arte Sacra na Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos.

De referir que desde a abertura do Museu das Terras de Basto ao público, em 2004, a Câmara Municipal tem vindo a recuperar e conservar o património edificado mas também o espólio existente, dinamizando um vasto conjunto de atividades agregadoras de novos públicos.

Ao longo destes últimos 20 anos, o Museu das Terras de Basto – que integra o Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe, a Casa da Lã e o Núcleo de Arte Sacra – tem cumprido a sua missão com investigação, realização de encontros de património, renovações de exposições, serviço pedagógico/educativo, entre outras iniciativas destinadas à comunidade educativa e ao público em geral.

Fotos: Rádio Voz de Basto

436200195_950207237115842_8518281203999176862_n.jpg

436225916_950207490449150_2964627001568257151_n.jpg

436241183_950206880449211_8828848576126133752_n.jpg

436263848_950209310448968_6724637438152427768_n.jpg

436392588_950207813782451_1420421281648128243_n.jpg

436407253_950208813782351_243887216990131622_n.jpg

441926517_950206213782611_7621443658600498628_n.jpg

443698770_950208917115674_8125236770325527284_n.jpg

443711661_950208407115725_2752728449063543564_n.jpg

443713752_950207420449157_4613128839680232438_n.jpg

443719669_950206680449231_2176151643078372288_n.jpg

443733858_950207030449196_1906451321183598604_n.jpg

443944239_950206773782555_3451214820140468729_n.jpg

444150554_950207317115834_2433776048067831032_n.jpg

CDU CONDENA “ACTOS PROVOCATÓRIOS OCORRIDOS EM CABECEIRAS DE BASTO”

A CDU expressa uma firme condenação do acto provocatório levado a cabo por um grupo de extrema-direita em Cabeceiras de Basto, que pretendeu impedir com recurso à intimidação e ao insulto a realização de uma sessão de combate às discriminações.

Como a CDU tem vindo a sublinhar, esta e outras manifestações de grosseira intolerância que lamentavelmente ocorreram correspondem a acções motivadas pelo ódio e exigem uma resposta célere e firme das autoridades competentes.

É fundamental combater o clima de condicionamento e medo que alguns pretendem instalar e defender os valores de Abril, da democracia, da liberdade e da justiça social.

LAVOURA TRADICIONAL ASSINALA DIA DO TRABALHADOR EM CABECEIRAS DE BASTO

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, em colaboração com a Basto Vida e com as Juntas de Freguesia, promove na próxima quarta-feira, dia 1 de maio, Dia do Trabalhador, a realização da edição 2024 da Lavoura Tradicional.

A lavoura à moda antiga que decorre na Quinta da Portela tem como objetivo reviver e recriar os trabalhos agrícolas dos nossos antepassados, valorizando as atividades ligadas à agricultura e à pecuária, promovendo, em simultâneo, os costumes e tradições e preservando-os na memória coletiva.

A participação é livre.

438081474_855812396588557_8554622945326745639_n.jpg

CABECEIRAS DE BASTO EVOCA D. NUNO ÁLVARES PEREIRA

“𝑇𝑒𝑟𝑡𝑢́𝑙𝑖𝑎 𝑁𝑢𝑛’𝐴́𝑙𝑣𝑎𝑟𝑒𝑠 𝑃𝑒𝑟𝑒𝑖𝑟𝑎 – 𝑛𝑎 𝑚𝑒𝑚𝑜́𝑟𝑖𝑎 𝑝𝑜𝑝𝑢𝑙𝑎𝑟, 𝑛𝑎𝑠 𝑙𝑒𝑡𝑟𝑎𝑠 𝑒 𝑛𝑎𝑠 𝑎𝑟𝑡𝑒𝑠” 𝑟𝑒𝑎𝑙𝑖𝑧𝑎-𝑠𝑒 𝑎𝑚𝑎𝑛ℎ𝑎̃ 𝑎̀ 𝑛𝑜𝑖𝑡𝑒 𝑛𝑎 𝐶𝑎𝑠𝑎 𝑑𝑜 𝑇𝑒𝑚𝑝𝑜

A Câmara Municipal, através do Centro de Estudos Beneditinos de Cabeceiras de Basto - Prof. Doutor Frei Geraldo Coelho Dias, O.S.B. e em colaboração com a Junta de Freguesia de Pedraça, evoca amanhã à noite, dia 12 de abril, a partir das 21h30, a vida de D. Nuno Álvares Pereira.

Durante a “Tertúlia Nun’Álvares Pereira – na memória popular, nas letras e nas artes”, que vai decorrer no auditório da Casa do Tempo, será partilhado com o público “o percurso de guerreiro, grande senhor e santo, figura invulgar que merece ser celebrada como referência da Portugalidade”.

São oradores neste evento: Ana Líbano Monteiro, Maria Helena Vilas-Boas Alvim e João Barroso da Fonte. O coordenador do Centro de Estudos Beneditinos, Pedro Vilas Boas Tavares, será o moderador desta tertúlia.

O evento será, também, momento para “homenagem e memória daquele que, para muitos portugueses, sempre foi o Santo Condestável, canonizado em Roma pelo Papa Bento XVI a 26 de abril de 2009”.

  1. Nuno Álvares Pereira nasceu, segundo vozes autorizadas, em Cernache do Bonjardim, a 25 de junho de 1360. Casou em Vila Nova da Rainha, no ano de 1376, com D. Leonor Alvim, nobre senhora das Terras de Basto. Casamento após o qual vêm viver para Pedraça. Nascem os seus três filhos, dos quais apenas sobreviveu D. Beatriz, futura Condessa de Barcelos e 1.ª Duquesa de Bragança.

Aqui residiu, treinou os seus escudeiros e cavaleiros, exercendo a arte da caça e a gestão do património da família.

A sua ação foi decisiva na guerra contra Castela – determinante para a independência do reino de Portugal – com destaque para a Batalha de Aljubarrota.

A iniciativa tem como objetivo o reforço da identidade local e a preservação da memória coletiva, perpetuando a vida e os feitos de ilustres personalidades ligadas ao concelho – como D. Nuno Álvares Pereira – que, pela sua ação, contribuíram para engrandecer e difundir o nome de Cabeceiras de Basto.

434460162_844504147719382_8869001737071330851_n.jpg

CABECEIRAS DE BASTO: VEREADOR FERNANDO BASTO ENTREGOU PRÉMIOS AOS VENCEDORES DO RALI SERRAS DE FAFE, FELGUEIRAS, BOTICAS E CABECEIRAS DE BASTO

425308355_816887760481021_1596174610739962271_n.jpg

Em representação do presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, o vereador Fernando Basto acompanhou, este fim de semana, o Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto, tendo participado no sábado, 24 de fevereiro, na entrega de prémios aos vencedores, iniciativa que decorreu em frente à Câmara Municipal de Fafe.

O vereador esteve também no passado sábado presente na chegada dos carros ao reagrupamento de Cabeceiras de Basto, no Parque do Mosteiro.

O grande vencedor do Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto foi o piloto norte-irlandês Kris Meeke, naquela que foi a prova de abertura do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) de 2024.

Note-se que neste terceiro ano consecutivo em que Cabeceiras de Basto integrou o Rali Serras de Fafe, foram três os pilotos cabeceirenses presentes nesta prova, designadamente Hélder Miranda, Rui Guedes e Pedro Araújo.

O evento foi dinamizado pela Demoporto em colaboração com as Câmaras Municipais de Fafe, Cabeceiras de Basto, Felgueiras e Boticas.

Mais um grande evento marcado pelo espetáculo, adrenalina e emoções fortes.

425317908_816887770481020_2876839553875942399_n.jpg

425334654_816888200480977_2788981753838857341_n.jpg