Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CABECEIRAS DE BASTO INVESTE EM ARCO DE BAÚLHE

Presidente da Câmara visita obra da nova ETAR do Arco de Baúlhe. Novecentos e um mil euros de investimento na melhoria da qualidade ambiental

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, acompanhado do vereador Pedro Sousa e do presidente da Junta do Arco de Baúlhe e Vila Nune, Carlos Teixeira, visitou ontem, dia 17 de abril, as obras de construção da ETAR no Arco de Baúlhe, estação de tratamento que será totalmente renovada.

Presidente da Câmara visita obra da nova ETAR do Arco de Baúlhe

De salientar que a obra é financiada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), Portugal 2020.

A candidatura designada ‘Construção de ETAR no limite das freguesias do Arco de Baúlhe e Basto’ visa a substituição da ETAR do Arco de Baúlhe no mesmo local da atual; a construção de uma estação elevatória que fará a ligação das redes da ETAR de Alvite e da ETAR de Basto que vão ser seladas; dotar novas zonas com rede de drenagem de águas residuais para servir mais 300 habitantes, designadamente desde a Portela, Alvite, até Olela, Basto; e melhorar o nível de tratamento das mesmas. Com a reabilitação da ETAR do Arco de Baúlhe, que é “imprescindível”, fica assegurado um adequado tratamento das águas residuais da vila do Arco de Baúlhe, o segundo maior polo urbano do concelho, mas também de parte das freguesias de Basto, Refojos e Alvite.

As três redes de drenagem respeitantes às três ETAR’s atuais (Portela, Basto e Arco de Baúlhe) estão distanciadas por escassas centenas de metros, o que facilita a sua ligação e a existência de uma rede de drenagem única. A obra foi adjudicada por 901 mil euros, sendo a taxa de cofinanciamento de cerca de 65%.

Mais um importante financiamento para a melhoria e ampliação da rede de recolha e tratamento de efluentes, o que se traduzirá numa melhoria da qualidade ambiental e da qualidade de vida das populações.

CABECEIRAS DE BASTO DIVULGA O PATRIMÓNIO

Dia Internacional de Monumentos e Sítios celebrado na Casa da Lã
Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, através do Museu das Terras de Basto, associou-se hoje, dia 18 de abril, à comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios promovida pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), em colaboração com a ICOMOS Portugal.

Dia Internacional de Monumentos e Sítios (1)

A iniciativa decorreu na Casa da Lã, um dos quatro núcleos que integram o Museu das Terras de Basto, onde os visitantes puderam participar na atividade ‘Mulheres de Bucos: conversas e lãs em dia...’.

Esta manhã, as crianças do Jardim de Infância de Bucos estiveram na Casa da Lã a assistir à execução de diversos trabalhos em lã efetuados pelas mulheres de Bucos que, na oportunidade contaram as suas histórias e partilharam experiências e memórias.
Durante a tarde, as Mulheres de Bucos estiveram a trabalhar e receberam outros visitantes neste Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, cuja celebração pretendeu salvaguardar a herança cultural, reforçar os laços identitários e fomentar o diálogo entre a tradição e o progresso.
Cabeceiras de Basto celebrou, assim, este Dia Internacional dos Monumentos e Sítios num núcleo museológico ‘vivo’, onde o visitante, para além de ver o espólio exposto, pode apreciar a arte de trabalhar a lã ao vivo que as Mulheres de Bucos partilham com mestria e sabedoria.

Dia Internacional de Monumentos e Sítios (3)

Dia Internacional de Monumentos e Sítios (4)

Dia Internacional de Monumentos e Sítios (6)

CABECEIRAS DE BASTO REDUZ DÍVIDA E AUMENTA PATRIMÓNIO

Contas da Câmara de Cabeceiras apresentam saúde financeira: a dívida foi reduzida e o património aumentado. Executivo Municipal aprovou por maioria as Contas e o Relatório de Gestão 2017

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto, sob a presidência de Francisco Alves, aprovou por maioria, na sua reunião de 13 de abril, a Prestação de Contas e o Relatório de Gestão referente ao ano de 2017, que agora serão remetidos à Assembleia Municipal para deliberação.

Cabeceiras de Basto - vista aérea panorâmica

Os documentos, aprovados pela maioria Socialista e com os votos contra dos vereadores do IPC, refletem pormenorizadamente a atividade desenvolvida pela Câmara Municipal no ano transato, demonstrando que foram atingidos os objetivos a que o executivo se propôs.

O Município de Cabeceiras de Basto evidencia um continuado reforço da consolidação do equilíbrio financeiro, obtendo-se uma poupança corrente de 1,4 milhões de euros entre as receitas correntes e as despesas correntes, acrescidas das amortizações médias.

A dívida de médio e longo prazo foi reduzida em 715 mil euros, menos 12,6% face a 2016, destacando-se também o pagamento a fornecedores a tempo e horas.

De realçar, igualmente, a manutenção da capacidade de endividamento face à lei em vigor, o que permite ao Município dispor de uma margem de endividamento de 2,7 milhões de euros. Verificou-se também um aumento do património municipal em 2,1 milhões de euros.

Na lógica da descentralização, o estabelecimento de parcerias levou a Câmara Municipal a disponibilizar 2,4 milhões de euros para apoios financeiros destinados à Régie-Cooperativa Basto Vida, às Juntas de Freguesia, a Instituições, Associações e Clubes, com o objetivo de reforçar a autonomia destas entidades e apoiar a concretização, por aquelas, de iniciativas e obras que têm contribuído para o bem-estar e melhoria da qualidade de vida da população. Destaque para os Acordos de Execução celebrados com as Juntas de Freguesia para a limpeza de caminhos e espaços públicos, entre outros, decisão que se revelou de grande assertividade.

De destacar, igualmente, o apoio social às famílias com a atribuição de 135 incentivos à natalidade, num montante total de 67.500 euros; apoio ao Fomento da Produção Pecuária a 127 agricultores, num total de 13.798 euros; a atribuição de 16 apoios à iniciativa empresarial e económica nas áreas Agrícola, Pecuária ou Florestal, num montante total de 16.000 euros; a entrega de 36 bolsas de estudo num montante global de 24.287 euros e de 84 auxílios económicos, num total de 59.430,00 euros; a entrega de manuais escolares e material escolar; a entrega de 513 cabazes de Natal, num investimento de mais de 10 mil euros; atividades de animação e apoio à família (pré-escolar) e a componente de apoio à família (1º ciclo) para cerca de 212 crianças; atividades de enriquecimento curricular a todos os 552 alunos do 1º ciclo; fornecimento de refeições às crianças do ensino pré-escolar e aos alunos do 1º ciclo, num total aproximado de 100 mil refeições/ano; e ainda o transporte diário de cerca de 1.197 alunos de todos os níveis de ensino.

Os documentos de prestação de contas demonstram que este período fica, ainda, marcado por grande atividade na área cultural, educativa, social e desportiva, bem como na promoção do património e do território.

A Câmara Municipal continuou a trabalhar na candidatura do Mosteiro de S. Miguel de Refojos a Património Cultural da Humanidade da UNESCO, agora através da Rede de Mosteiros e Paisagens Beneditinas; realizou o III Seminário Internacional sob o tema ‘Ora et Labora’; deu início a importantes obras no Mosteiro de S. Miguel de Refojos como as intervenções de requalificação do Mosteiro no âmbito da Candidatura ‘Mosteiro de S. Miguel de Refojos – Património Cultural Ímpar’ aprovada e financiada pelo programa comunitário NORTE 2020 – FEDER e as obras de remodelação do piso térreo da ala poente dos Paços do Concelho para a instalação do novo SAU – Serviço de Atendimento Único e Espaço do Cidadão; bem como a substituição integral da cobertura da cocheira que alberga as carruagens reais do Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe do Museu das Terras de Basto, obra totalmente suportada pelo orçamento municipal.

Destaque para o regresso do Rally de Portugal a Cabeceiras de Basto, bem como a organização de diversas outras provas desportivas nas modalidades de ciclismo e automobilismo.

Em 2017, e no âmbito da promoção do sucesso escolar, foram instaladas três Salas de Aula do Futuro, espaços totalmente tecnológicos que visam estimular a aprendizagem nas escolas do 1º ciclo.

De salientar, ainda, a obra de renaturalização das margens do Rio Peio, na Ranha, melhorando aquela que todos conhecem como ‘Praia da Ranha’ num investimento próximo dos 200 mil euros.

Nos documentos apresentados destaca-se a forte aposta no setor da água, designadamente o investimento de mais de 300 mil euros totalmente suportados pelo orçamento municipal no abastecimento público de água.

Na melhoria da qualidade ambiental, particularmente nos setores do saneamento e resíduos, e com financiamento comunitário, evidenciam-se duas grandes empreitadas destinadas a investimento em saneamento no valor de dois milhões de euros, uma destinada ao tratamento das águas residuais de Cabeceiras de Basto e Painzela e outra para a construção de uma ETAR no Arco de Baúlhe; e ainda a instalação de 34 ecopontos subterrâneos para recolha seletiva, 34 pilhões e 12 unidades de recolha de resíduos domésticos orgânicos indiferenciados nas vilas de Cabeceiras de Basto, Arco de Baúlhe e Cavez mas também em Basto e Alvite, empreitada adjudicada por 465 mil euros.

O trabalho realizado de forma equitativa por todos os espaços, aldeias e freguesias e abrangendo todos os setores da atividade humana foi importante para o nosso território e para as nossas gentes pretendendo-se, naturalmente, melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e criar condições para um desenvolvimento sustentável que fixe os investidores, os trabalhadores e a população em geral.

Apesar do ano muito positivo em termos de realizações e do muito que foi feito, a Câmara vai continuar a trabalhar com muita determinação, com as pessoas e para as pessoas, na certeza de que muito mais há para fazer.

PROJETO CREATIVE VILLAGE DINAMIZA FEIRA DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO

Projeto Creative Village dinamizou I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, em parceria com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com a Basto Empreende

O projeto CREATIVE VILLAGE é promovido pela Associação Famílias, com o apoio da Iniciativa Portugal 2020, com financiamento EU/ FEDER, através do Programa POCI/COMPETE.

30712155_10213566772896874_4758126587311709122_n

O objetivo daquele projeto é potenciar o empreendedorismo qualificado e criativo, facilitando instrumentos e dinamizando iniciativas que visem a deteção, o estímulo e o apoio ao empreendedorismo. O projeto conta até à data com um Conselho de Parceiros, composto por autarquias do Norte e Centro do país, associações empresariais e de desenvolvimento local, universidades e institutos politécnicos, bem como com o Movimento Lírio Azul.

Nos passados dias 13 (das 10h00 às 18h00) e 14 de Abril (das 14h30 às 19h00), o projeto CREATIVE VILLAGE, em parceria com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com a Basto Empreende, promoveu a I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, a qual teve lugar na Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações de Cabeceiras de Basto.

30706650_10213566774336910_5188627045347344458_n

De acordo com a mentora do projeto, Benedita Aguiar, “esta iniciativa pretendeu promover a deteção de potenciais empreendedores, incentivar/ estimular e apoiar o empreendedorismo e a capacitação de arranque de iniciativas empresariais. Pretendeu-se, pois, ser um espaço com múltiplas atividades, sendo de salientar o apoio técnico, a disseminação de informações, a partilha de casos de sucesso e de iniciativas complementares, tais como talks e workshops

A Feira abriu no dia 13 de Abril, às 10h00, contando na Sessão de Abertura com o Presidente da Direção da Associação Famílias, Carlos Aguiar Gomes, com o Vice-presidente da Direção da Basto Empreende, Pedro Sousa e com o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

30728644_10213566786417212_2895633785800076064_n

A seguir à Sessão de Abertura iniciou-se o Workshop “Incentivos ao Empreendedorismo Jovem” (10h30 às 11h45), o qual contou com a presença do Diretor Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vítor Dias (condicional), do Diretor Regional do Norte do Instituto de Emprego e Formação Profissional, António Leite, do Presidente da Direção da Associação Intercultural para Todos, Alexandre Coutinho e da Empresária Cabeceirense, Mónica Vaz.

Da parte da tarde desenvolveram-se os ciclos de Workshops, nomeadamente o Workshop “Como desenvolver um Plano de Negócios” (14h00 às 15h30), o qual contou com a presença do Consultor de Gestão, Tiago Ferreira, da Consultora de Recursos Humanos, Fátima Silva e da Empresária Elsa Gonçalves. Mais tarde dinamizou-se o Workshop “Criatividade e Inovação” (16h00 às 17h00), orientado pelo Designer André Ferreira.

No Sábado, dia 14 de Abril, a Feira abriu às 14h30, com o Debate “Emprego e Empreendedorismo: Desafios Atuais”, moderado por Eduardo Coturela, o qual contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, do CEO do Grupo Bernardo da Costa, Ricardo Costa e do CEO do Grupo PARTTEAM, Miguel Soares. 

30738365_10213566781257083_8903310628651943119_n

Pelas 17h00 teve início a Sessão Solene de Distinção das Startups locais, algumas delas constituídas com o apoio do Projeto Creative Village. Nesta sessão esteve presente o Presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Joaquim Barreto, a Mentora do Projeto Creative Village, Benedita Aguiar e o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

Integraram a Sessão de Encerramento, às 18h00, o Presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Joaquim Barreto, o Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, João Ferreira (condicional) e o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

30727200_10213566783377136_8571186075820877856_n

CABECEIRAS DE BASTO JÁ TEM PLANO OPERACIONAL PARA DEFENDER A FLORESTA

Comissão Municipal de Defesa da Floresta aprovou Plano Operacional Municipal para 2018

O Plano Operacional Municipal 2018 (POM) para o concelho de Cabeceiras de Basto foi apresentado e aprovado por unanimidade, no passado dia 13 de abril, durante a reunião da Comissão Municipal de Defesa da Floresta, presidida pelo presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves.

Reunião Comissão Defesa Floresta Contra Incêndios (13-04-2018)

O POM é um documento de elaboração obrigatória que visa estabelecer de forma coordenada o envolvimento das entidades municipais que intervêm nas ações de vigilância, deteção, fiscalização, primeira intervenção, combate, rescaldo e vigilância pós-incêndio. O presente plano assume-se, assim, como um instrumento de relevo no planeamento do combate aos incêndios florestais e no apoio à atuação da Comissão Municipal de Defesa da Floresta.

Nesta reunião, a Comissão tomou, ainda, conhecimento detalhado das ações e trabalhos executados ao longo do ano de 2017, bem como das ações a executar em 2018 no âmbito da defesa da floresta, designadamente, faixas de gestão de combustível, pontos de água e rede viária florestal.

FEIRA DE EMPREENDEDORISMO DISTINGUE EMPRESÁRIOS DE CABECEIRAS DE BASTO

Empresários Cabeceirenses distinguidos na primeira Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, marcou presença na sessão de encerramento da I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, uma iniciativa organizada pelo projeto Creative Village, em parceria com a Câmara Municipal e com a Basto Empreende, que decorreu nos passados dias 13 e 14 de abril na Casa da Juventude de Cabeceiras de Basto. Estiveram também presentes nesta sessão o presidente da Assembleia Municipal, Eng. Joaquim Barreto, o diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, Dr. João Ferreira, e a mentora do projeto Creative Village, Dra. Benedita Aguiar.

Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo

O encerramento que aconteceu no passado sábado foi antecedido pela sessão solene de distinção de startups locais, algumas delas constituídas com o apoio do projeto Creative Village, onde estiveram em destaque dez investidores que criaram as suas empresas recentemente em Cabeceiras de Basto. São empresas ligadas as setores da engenharia e arquitetura, ourivesaria, imagem e fotografia, estofagem, restauração, apoio social e saúde.

Na oportunidade, o presidente da Câmara destacou o empenho e trabalho dos jovens empreendedores Cabeceirenses, afirmando que é intuito da Câmara Municipal tornar o concelho cada vez mais atrativo, capaz de fixar a população. Francisco Alves deu ainda os parabéns aos empresários que viram reconhecidos os investimentos através deste galardão atribuído pelo projeto Creative Village. O edil louvou, ainda, esta iniciativa promovida pela Associação Famílias, com o apoio da Iniciativa Portugal 2020, com financiamento EU/FEDER, através do Programa POCI/COMPETE.

Por seu turno, o diretor da Segurança Social de Braga, Dr. João Ferreira, falou da importância do empreendedorismo na atualidade, com destaque para o empreendedorismo social que se assume como uma “alavanca para o desenvolvimento do setor social”.

Joaquim Barreto, presidente da Assembleia Municipal, deputado da Assembleia da República e também ele presidente da direção da Basto Empreende – Núcleo Associativo de Empresas, começou por evidenciar as “oportunidade e desafios” existentes no interior do país, como é o caso do concelho de Cabeceiras de Basto. Joaquim Barreto disse ser necessário “mudar as políticas para o interior”, políticas essas que “combatam a desertificação e que fomentem o povoamento” destes territórios de baixa densidade, onde o “sentido humanista e solidário” está mais presente.

Na sessão estiveram também presentes os vereadores Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, entre outros convidados e público em geral.

Durante os dois dias da I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, sexta-feira e sábado, foi promovido o empreendedorismo qualificado e criativo, impulsionando-se a deteção de potenciais empreendedores, o estímulo e apoio às ideias inovadoras, bem como a capacitação de arranque de iniciativas empresariais.

O certame pretendeu ser, assim, um espaço com múltiplas atividades, sendo de salientar o apoio técnico, a disseminação de informações, a partilha de casos de sucesso e de iniciativas complementares.

CABECEIRAS DE BASTO DINAMIZA FEIRA DO EMPREENDEDORISMO

Cabeceiras de Basto dinamiza I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo

Cabeceiras de Basto recebe amanhã e sábado, dias 13 e 14 de abril, a primeira Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, um certame organizado pelo projeto Creative Village, em parceria com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com a Basto Empreende, que irá decorrer na Casa da Juventude de Cabeceiras de Basto.

programa1

Amanhã, dia 13, a iniciativa decorre entre as 10h00 e as 18h00, e no sábado, dia 14, entre as 14h30 e as 19h00. A entrada na Feira é livre e gratuita.

De acordo com a mentora do projeto, Benedita Aguiar, a I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo de Cabeceiras de Basto “visa promover a deteção de potenciais empreendedores, incentivar/estimular e apoiar o empreendedorismo e a capacitação de arranque de iniciativas empresariais. Pretende ser um espaço com múltiplas atividades, sendo de salientar o apoio técnico, a disseminação de informações, a partilha de casos de sucesso e de iniciativas complementares, tais como talks e workshops”.

O objetivo desta Feira é, assim, potenciar o empreendedorismo qualificado e criativo, facilitando instrumentos e dinamizando iniciativas que visem a deteção, o estímulo e o apoio ao empreendedorismo. O projeto conta até à data com um conselho de parceiros composto por autarquias do Norte e Centro do país, associações empresariais e de desenvolvimento local, universidades e institutos politécnicos, bem como associações não-governamentais.

De referir que o projeto Creative Village é promovido pela Associação Famílias com o apoio da Iniciativa Portugal 2020, com financiamento EU/FEDER, através do Programa POCI/COMPETE.

Dois dias de Feira a promover o empreendedorismo qualificado e criativo

A Feira abre amanhã, às 10h00, contando, na sessão de abertura, com o presidente da direção da Associação Famílias, Carlos Aguiar Gomes, o vice-presidente da direção da Basto Empreende, Pedro Sousa, e com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

Os trabalhos prosseguem durante a manhã e durante a tarde com a realização de três workshops intitulados ‘Incentivos ao Empreendedorismo Jovem’, ‘Como desenvolver um Plano de Negócios’ e ‘Criatividade e Inovação’.

No sábado, dia 14, a Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, arranca às 14h30 com o debate ‘Emprego e Empreendedorismo: Desafios Atuais’, seguindo-se a sessão solene de distinção das startups locais, algumas delas constituídas com o apoio do Projeto Creative Village.

A sessão de encerramento, às 18h00, contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, e com a presença do presidente da Assembleia Municipal, Joaquim Barreto.

programa1

CABECEIRAS DE BASTO RECEBE I FEIRA DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO

Projeto Creative Village dinamiza I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, em parceria com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com a Basto Empreende

DIAS 13 (10h00 às 18h00) e 14 (14h30 às 19h00) de ABRIL

O projeto CREATIVE VILLAGE é promovido pela Associação Famílias, com o apoio da Iniciativa Portugal 2020, com financiamento EU/ FEDER, através do Programa POCI/COMPETE.

Beni foto

O objetivo daquele projeto é potenciar o empreendedorismo qualificado e criativo, facilitando instrumentos e dinamizando iniciativas que visem a deteção, o estímulo e o apoio ao empreendedorismo. O projeto conta até à data com um Conselho de Parceiros, composto por autarquias do Norte e Centro do país, associações empresariais e de desenvolvimento local, universidades e institutos politécnicos, bem como associações não-governamentais.

Nos próximos dias 13 (das 10h00 às 18h00) e 14 de Abril (das 14h30 às 19h00), o projeto CREATIVE VILLAGE, em parceria com a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e com a Basto Empreende, irá promover a I Feira de Empreendedorismo Qualificado e Criativo, a qual terá lugar na Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações de Cabeceiras de Basto.

De acordo com a mentora do projeto, Benedita Aguiar, “esta iniciativa visa promover a deteção de potenciais empreendedores, incentivar/ estimular e apoiar o empreendedorismo e a capacitação de arranque de iniciativas empresariais. Pretende, pois, ser um espaço com múltiplas atividades, sendo de salientar o apoio técnico, a disseminação de informações, a partilha de casos de sucesso e de iniciativas complementares, tais como talks e workshops

A Feira abrirá no dia 13 de Abril, às 10h00, contando na Sessão de Abertura com o Presidente da Direção da Associação Famílias, Carlos Aguiar Gomes, com o Vice-presidente da Direção da Basto Empreende, Pedro Sousa e com o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

A seguir à Sessão de Abertura iniciar-se-á o Workshop “Incentivos ao Empreendedorismo Jovem” (10h30 às 11h45), o qual contará com a presença do Diretor Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vítor Dias (condicional), do Diretor Regional do Norte do Instituto de Emprego e Formação Profissional, António Leite, do Presidente da Direção da Associação Intercultural para Todos, Alexandre Coutinho e da Empresária Cabeceirense, Mónica Vaz.

Da parte da tarde desenvolver-se-ão os ciclos de Workshops, nomeadamente o Workshop “Como desenvolver um Plano de Negócios” (14h00 às 15h30), o qual contará com a presença do Consultor de Gestão, Tiago Ferreira, da Consultora de Recursos Humanos, Fátima Silva e da Empresária Elsa Gonçalves. Mais tarde ir-se-á dinamizar o Workshop “Criatividade e Inovação” (16h00 às 17h00), orientado pelo Designer André Ferreira.

No Sábado, dia 14 de Abril, a Feira irá abrir às 14h30, com o Debate “Emprego e Empreendedorismo: Desafios Atuais”, moderado por Eduardo Coturela, o qual contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, do CEO do Grupo Bernardo da Costa, Ricardo Costa e do CEO do Grupo PARTTEAM, Miguel Soares. 

Pelas 17h00 terá início a Sessão Solene de Distinção das Startups locais, algumas delas constituídas com o apoio do Projeto Creative Village. Nesta sessão estará presente o Presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Joaquim Barreto, a Mentora do Projeto Creative Village, Benedita Aguiar e o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

Integrarão a Sessão de Encerramento, às 18h00, o Presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Joaquim Barreto, o Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, João Ferreira (condicional) e o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves.

A entrada na Feira é livre e gratuita.

programa1

programa1

FAFE, CABECEIRAS DE BASTO E MONDIM DE BASTO COMBATEM DESEMPREGO JOVEM

1º Meeting ASA em Fafe: Estratégia definida para a Comunidade Empreendedora de Fafe, Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto

Decorreu, ontem, na Casa de Docim, o primeiro Meeting ASA da Comunidade Empreendedora de Fafe, Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto que contou com a participação de instituições de ensino, IPSS’s e empresários do concelho de Fafe e Mondim de Basto.

DSA_2914A

Nesta primeira reunião, que contou com o apoio do Município de Fafe, partilharam-se ideias para o futuro e programou-se a actividade e estratégia de atuação desta Comunidade Empreendedora.

Recorde-se que o Projecto ASA – Ave Social Angels, promovido pela Sol do Ave, e que conta com o Município de Fafe como parceiro, tem como principal objectivo o combate ao desemprego jovem.

Até Julho de 2019, o desafio passa pela mobilização e participação activa de múltiplos agentes do território na (co)construção de projectos facilitadores da empregabilidade jovem, confluindo as repetitivas missões, vocações, competências, interesses e vontades para a concretização deste desígnio.

DSA_2925A

DSA_2929A

CABECEIRAS DE BASTO ASSINALA DIA MUNDIAL DA ATIVIDADE FÍSICA

Dia Mundial da Atividade Física juntou centena e meia no Desportivo de Refojos

Mais de 150 utentes dos Espaços de Convívio e Lazer (ECL’s) de Cabeceiras de Basto participaram hoje, dia 6 de abril, nas atividades promovidas no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Atividade Física que decorreram no Pavilhão Desportivo de Refojos.

Dia Mundial da Atividade Física (1)

A iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal com o intuito de promover a prática de exercício junto da população, designadamente os seniores que tiveram a oportunidade de fazer exercício físico e experimentar várias modalidades desportivas.

O presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, a vereadora da Ação Social e Desporto, Dra. Carla Lousada, e o presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, estiveram presentes nesta iniciativa.

O Dia Mundial da Atividade Física celebra-se a 6 de abril com o intuito de promover a prática de atividade física junto da população, assim como demonstrar os benefícios do exercício físico. A Organização Mundial de Saúde, que instituiu a data para a prevenção do sedentarismo, aponta a inatividade física como o quarto principal fator de risco de morte no mundo.

A prática regular de atividade física apresenta inúmeras vantagens, previne o aparecimento de doenças, reduz o stress, melhora a auto estima e contribui para a concentração e para o bem estar físico e psicológico.

Dia Mundial da Atividade Física (2)

CABECEIRAS DE BASTO REQUALIFICA CENTRAL DE CAMIONAGEM DE REFOJOS

Câmara investe 80 mil euros na beneficiação da Central de Camionagem de Refojos. Edifício ganha nova estética, mais segurança e eficiência energéticas

Terminaram as obras que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto executou recentemente na Central de Camionagem de Refojos, na vila de Cabeceiras de Basto, obras de reparação e manutenção do edifício que tiveram como objetivo a melhoria das condições de impermeabilização e de segurança daquele equipamento público, bem como o aumento do desempenho energético do mesmo.

Central de Camionagem de Refojos (1)

O investimento nesta empreitada atingiu o montante global de 80 mil euros suportado inteiramente pelo Orçamento Municipal.

De referir que o edifício tinha um revestimento metálico no teto que recorrentemente se soltava, tendo sido, por isso, decidido removê-lo, deixando à vista as vigas e estrutura de suporte da cobertura. Esta opção implicou dar continuidade às paredes laterais, beneficiando-se, deste modo, todo o edifício, uma vez que foi necessário uniformizar o seu aspeto geral, bem como resolver as patologias de que padecia, como as indesejadas infiltrações das águas da chuva.

Com esta intervenção, a Central de Camionagem de Refojos ganhou em segurança passiva e ativa, em eficiência energética, resolveu-se o problema das placas de teto que já não era possível substituir, ao mesmo tempo que a solução adotada permitiu melhorar a estética do edifício.

A Central de Camionagem de Refojos, localizada na Alameda Camilo Castelo Branco, nesta Vila e Cabeceiras de Basto, é o ponto de partida e chegada de todos os transportes públicos de e para a sede do concelho, desde as freguesias e dos concelhos vizinhos. No edifício está ainda instalada a Polícia Municipal, o Espaço Internet e a Loja Social.

As obras agora concluídas representam um importante investimento na melhoria da qualidade do serviço prestado aos cidadãos.

Central de Camionagem de Refojos (2)

Central de Camionagem de Refojos (3)

CABECEIRAS DE BASTO AJUDA ESTUDANTES

Câmara Municipal aprova atribuição de auxílios económicos e bolsas de estudo a estudantes Cabeceirenses

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, na sua reunião do passado dia 23 de março, a atribuição de auxílios económicos a alunos do ensino secundário, bem como a atribuição bolsas de estudo a alunos do ensino superior, estando, neste momento, aberto o período, para os interessados apresentarem as suas candidaturas no Serviço de Atendimento Único pelo prazo de trinta dias seguidos.

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

A Câmara Municipal deliberou fixar em 50 o número de auxílios económicos a atribuir aos alunos do ensino secundário 2016/2017, disponibilizando, para o efeito, o montante global de 36.750 euros.

Trata-se de uma medida que visa apoiar os alunos de famílias com menores recursos económicos, contribuindo, assim, para atenuar as desigualdades sociais e económicas entre as populações do concelho e consequentemente, para melhorar as condições de vida da população residente, contribuindo igualmente para a formação e valorização do potencial humano de Cabeceiras de Basto.

O Executivo Cabeceirense fixou em 30 o número de bolsas de estudo a atribuir no ano letivo 2016/2017, um investimento que ascende a um valor global de 19.950 euros.

Com a atribuição destas bolsas de estudo, a Câmara Municipal reconhece o esforço dos estudantes que frequentam o ensino secundário e superior, contribuindo para a formação e valorização do potencial humano de Cabeceiras de Basto, mas também para a melhoria da qualidade de vida de muitas famílias Cabeceirenses.

CABECEIRAS DE BASTO FESTEJA DIA MUNDIAL DO TEATRO

Cabeceiras de Basto festejou Dia Mundial do Teatro com a encenação ‘A menina e o vento’ interpretada por crianças

O Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto - CTCMCB levou ontem à noite, 27 de março, ao palco da Casa da Juventude a peça ‘A menina e o vento’ uma encenação protagonizada pelas crianças da Oficina de Jogos Dramáticos nº1 e nº3 do CTCMCB que contou com lotação esgotada neste dia da celebração mundial do Teatro.

Cabeceiras de Basto festejou Dia Mundial do Teatro (1)

“A partir de um recreio, a imaginação toma lugar na cabeça das crianças e a criação coletiva e divertida dá forma à história da menina Maria, que farta da educação rígida das suas tias foge à procura de liberdade. No meio da sua fuga conhece o Vento e inicia-se uma verdadeira aventura à descoberta do mundo. O Vento é meu amigo e na cauda dele tenho visto coisas lindas. (...) Não preciso mais das aulas da tia Adelaide por que já aprendi tudo. As coisas mostradas, nós aprendemos mais depressa e é mais bonito. Um espetáculo divertido e cheio de peripécias onde até os elementos da natureza podem brincar” lê-se na sinopse.

Cabeceiras de Basto festejou Dia Mundial do Teatro (2)

No final de mais um brilhante espetáculo protagonizado pelas nossas crianças, todos em conjunto, cantaram os parabéns ao Centro de Teatro que completou 6 anos de ‘vida’. Seis anos de muito trabalho, seis anos de descoberta de novos talentos e seis anos de muito sucesso.

O Centro de Teatro tem promovido a cultura ao seu melhor nível. O CTCMCB envolve mais de duas centenas de pessoas – crianças, jovens e menos jovens – que participam em diferentes ações, seja na produção de espetáculos, seja nas diversas oficinas que dinamiza.

As extraordinárias e inspiradoras produções do Centro de Teatro continuam a marcar o vasto programa cultural do Município Cabeceirense e o numeroso público que assiste aos espetáculos promovidos pelo CTCMCB é bem demonstrativo do interesse dos Cabeceirenses por este projeto que tem vindo a ser amplamente acarinhado pelas pessoas.

O Centro de Teatro surgiu em 2012 com o objetivo de reafirmar no concelho a forte aposta que a Câmara Municipal tem vindo a desenvolver na cultura, criando em conjunto um elevado nível de programação cultural e artística.

O Centro de Teatro é, assim, um projeto inclusivo, intergeracional, envolvente e comunitário que pretende ser impulsionador de um processo de transformação cultural na sociedade, ancorado ao Município de Cabeceiras de Basto.

Cabeceiras de Basto festejou Dia Mundial do Teatro (3)

CABECEIRAS DE BASTO LANÇA CONCURSO DE ILUSTRAÇÃO E DE QUADRAS DE S. MARTINHO

Câmara Municipal aprova dois novos concursos: VI Concurso de Ilustração Infantil e VI Concurso Quadras de S. Martinho são os novos desafios para os alunos Cabeceirenses

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, na sua reunião do passado dia 9 de março, as Normas de Participação do VI Concurso de Ilustração Infantil, bem como as Normas de Participação do VI Concurso Quadras de S. Martinho.

Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto

Com o intuito de sensibilizar os mais novos para as artes plásticas, estimulando e promovendo a criatividade e o gosto pela ilustração, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, através da Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, lançou a 6ª edição do Concurso de Ilustração Infantil dirigida a alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do Ensino Básico do concelho de Cabeceiras de Basto.

Os temas a abordar nesta sexta edição do concurso são o Mosteiro de S. Miguel de Refojos e o património edificado de Cabeceiras de Basto, sendo critérios de avaliação do júri a criatividade, originalidade e as competências de expressão artística.

Aos três primeiros classificados de cada categoria serão entregues prémios no valor de 50, 30 e 20 euros, respetivamente, em material pedagógico.

São objetivos deste concurso sensibilizar o público infantil para o património e história Cabeceirense, valorizar a criatividade e o imaginário infantil e incentivar o desenvolvimento de competências relacionadas com a prática da expressão artística.

Os trabalhos deverão ser entregues até ao dia 30 de maio de 2018 na Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, no Arco de Baúlhe.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto lançou também o VI Concurso de Quadras de S. Martinho que tem como objetivos estimular a criatividade e a imaginação, o gosto pela escrita, nomeadamente de poesia, no caso particular a poesia de cariz popular.

Neste concurso podem participar todos os alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico do concelho de Cabeceiras de Basto e os trabalhos deverão subordinar-se ao tema S. Martinho: magusto, castanhas, vinho, partilha, entre outros.

O júri baseará a sua avaliação nos critérios de organização, coerência e coesão das quadras, criatividade e originalidade.

Com este concurso pretende-se estimular a criatividade e o imaginário infantil, incentivar o desenvolvimento de competências relacionadas com a escrita, nomeadamente de poesia e preservar as tradições populares.

Aos três primeiros classificados de cada categoria serão entregues prémios no valor de 50, 30 e 20 euros, respetivamente, em material pedagógico.

Os trabalhos a concurso deverão ser entregues até ao dia 9 de novembro de 2018 na Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, no Arco de Baúlhe, bem como na direção do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto.

Para mais informações consulte o site da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em https://cabeceirasdebasto.pt.

CABECEIRAS DE BASTO FESTEJA DIA DA ÁRVORE

Crianças e seniores festejaram Dia da Árvore em Cabeceiras de Basto

As crianças do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto e os utentes dos Espaços de Convívio e Lazer assinalaram ao longo do dia de ontem, dia 21 de março, o Dia Mundial da Árvore com a plantação de árvores autóctones e lançamento de sementes na Veiga, a plantação de uma laranjeira e de novas plantas no canteiro das ervas aromáticas do Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe e com a realização de um peddy-paper que levou os alunos a descobrir de uma forma lúdica a nossa fauna e flora.

Dia da Árvore  (1)

Com esta iniciativa pretendeu-se divulgar o importante papel da floresta e sensibilizar a comunidade para a sua preservação, incentivando à plantação de espécies autóctones.

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, e a vereadora da Educação, Dra. Carla Lousada, acompanharam as atividades realizadas ontem à tarde tarde no Centro de Educação Ambiental e no Museu das Terras de Basto/Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe, onde esteve também presente o presidente da Junta de Freguesia do Arco de Baúlhe e de Vila Nune, Carlos Teixeira.

Durante a manhã, a vereadora da Educação acompanhou as plantações de árvores autóctones na Veiga, onde estiveram também o responsável pelo Gabinete Técnico Florestal (GTF), Eng.º Luís Freitas, e o presidente dos Baldios de Bucos, Agostinho Gonçalves.

De salientar que o Município é parceiro do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto na realização do projeto ‘Cuidando da Floresta/Reflorestar e preservar a Floresta’, projeto lançado pela Fundação Ilídio de Pinho. Este projeto pretende contribuir para a reflorestação de áreas que foram devastadas pelos incêndios no verão de 2017, recorrendo à recolha de sementes da região e respetiva sementeira, assim como à plantação de árvores autóctones (bétulas, carvalhos, castanheiros, azevinhos, etc.). Deste modo, quatro turmas do jardim de infância da EB 1 Padre Dr. Joaquim Santos, cerca de 90 alunos, fizeram ontem de manhã plantações de árvores autóctones e lançamento de sementes na Veiga.

Os alunos do 1º ciclo participaram na atividade ‘Vem conhecer a nossa fauna e flora’, através de um peddy-paper no Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, onde foram levados a descobrir de uma forma lúdica a nossa fauna e flora, reconhecendo-a e valorizando-a, treinando a destreza e rapidez de raciocínio. Pretendeu-se ainda fomentar o convívio entre alunos e desenvolver o espírito de equipa.

No Museu das Terras de Basto/Núcleo Ferroviário do Arco de Baúlhe os utentes dos Espaços de Convívio e Lazer do Arco de Baúlhe e de Vila Nune plantaram uma laranjeira e acrescentaram novas plantas ao canteiro das ervas aromáticas com o intuito de despertar o interesse da população para os cuidados a ter com o meio ambiente, bem como os seus benefícios.

Dia da Árvore  (2)

Dia da Árvore  (3)

Dia da Árvore  (4)

Dia da Árvore  (5)

Dia da Árvore  (6)

JOVENS CABECEIRENSES DESTACAM-SE NO ATLETISMO A NÍVEL INTERNACIONAL

Dia Internacional da Síndrome de Down: Cabeceiras de Basto orgulha-se dos seus atletas e relembra os seus feitos

No Dia Internacional da Síndrome de Down que se celebra hoje, 21 de março, queremos evidenciar o exemplo de dois jovens Cabeceirenses – Luís Gonçalves e João Machado – atletas síndrome de down do Clube Desportivo CERCIFAF que se têm destacado há já vários anos no panorama nacional e internacional na modalidade de atletismo.

Luís Gonçalves e João Machado - O Minhoto 2017 (19-03-2018)

Esta segunda-feira, dia 19 de março, ambos foram premiados na Gala de Troféus Desportivos ‘O Minhoto’, que decorreu no Centro de Estágios de Melgaço, com ‘Distinções Especiais – Campeões da Europa 2017’.

Luís e João participaram em outubro de 2017 no Campeonato ‘Eurupean Atlhetics Championships IAADE’ que decorreu em Vila Nova de Gaia, em representação da Seleção Portuguesa, onde alcançaram excelentes resultados.

Neste prova internacional, Luís Gonçalves conquistou duas medalhas de ouro (100m e 4x100m) e uma medalha de prata (200m) e João Machado conquistou três medalhas de ouro (lançamento do disco, lançamento do peso e 4x100m) e uma medalha de prata (salto em comprimento).

Luís Gonçalves

Com efeito, ao longo destes últimos anos, os atletas Cabeceirenses têm vindo a alcançar um patamar de destaque internacional, sagrando-se, por várias vezes, Campeões do Mundo e da Europa, feitos que muito orgulham o Cabeceirenses e que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em diferentes momentos reconheceu, atribuindo-lhes Votos de Louvor e Medalhas de Mérito Público.

Neste Dia Internacional da Síndrome de Down, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto relembra, uma vez mais, os feitos e sucesso destes jovens atletas síndrome de down que têm tido um percurso notável que orgulha os Cabeceirenses.

O esforço, a coragem e a vontade de vencer destes dois jovens são inspiradores para todos os cidadãos. Apesar das suas limitações têm conseguido ultrapassar barreiras e notabilizar-se no desporto, mais concretamente no atletismo, onde atingiram os lugares cimeiros.

São um exemplo e um verdadeiro orgulho para Cabeceiras de Basto e para os Cabeceirenses.

Fotos: O Minhoto

João Machado

“O MINHOTO” RECONHECE CAMPEÕES CABECEIRENSES

‘O Minhoto’ reconhece Campeões Cabeceirenses

A vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Dra. Carla Lousada, participou ontem à noite, 19 de março, na Gala de Troféus Desportivos que decorreu no Centro de Estágios de Melgaço, onde entregou ‘O Minhoto’ na categoria de Desportos Motorizados ao piloto quad cabeceirense Arnaldo Martins que se sagrou Campeão do Mundo TT (Todo o Terreno) em 2017.

Vereadora do Desporto entregou troféu a Arnaldo Martins, Campeão do Mundo TT

Para além do troféu que ganhou na sua modalidade desportiva, Arnaldo Martins foi também agraciado com a ‘Distinção Especial – Campeões do Mundo 2017’.

De salientar que na modalidade de Desportos Motorizados estava também nomeado o jovem piloto cabeceirense Diogo Graça, ele que é Bicampeão Nacional de Motocross e Supercross 2017, não tendo, no entanto, sido distinguido pel’ O Minhoto.

Cabeceiras de Basto viu também ontem reconhecido, nesta gala, o mérito dos atletas cabeceirenses síndrome de down Luís Gonçalves e João Machado que ‘vestem a camisola’ da CERCIFAF. Os dois atletas receberam ‘Distinções Especiais – Campeões da Europa 2017’.

Ao longo destes últimos anos, os Cabeceirense Arnaldo Martins, Luís Gonçalves e João Machado têm conseguido alcançar lugares cimeiros em Portugal, na Europa e no Mundo, o que representa um orgulho para Cabeceiras de Basto e para os Cabeceirenses.

A Câmara Municipal felicita-os pois pelo seu trabalho, dedicação e empenho que lhes permitiram alcançar o pódio nas suas modalidades em competições europeias e mundiais.

A gala que atribuiu ontem 27 troféus contou com um júri constituído por mais de 100 elementos dos órgãos de comunicação social regionais e nacionais e de várias entidades ligadas ao desporto.

O evento que decorreu no Centro de Estágios de Melgaço pretendeu, assim, reconhecer e premiar, publicamente, o mérito de atletas, clubes, treinadores, árbitros, dirigentes e eventos desportivos que mais se destacaram em toda a região no último ano.

Uma noite de Fairplay, alegria e muitos sorrisos.

Atletas cabeceirenses síndrome de down reconhecidos com ‘Distinções Especiais – Campeões da Europa 2017’

CABECEIRAS DE BASTO MOSTRA-SE NO PORTO – CONCURSO LITERÁRIO NACIONAL E PROGRAMA ‘MOSTEIRO DE EMOÇÕES’ APRESENTADOS NA LIVRARIA LELLO

A 12.ª edição do Concurso Literário Nacional - Conto Infantil de Cabeceiras de Basto foi apresentada ao público no passado sábado, dia 17 de março, nos Armazéns do Castelo/Livraria Lello, no Porto, iniciativa que integra o vasto programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’. O evento contou com a presença das Mulheres de Bucos que mostraram a sua atividade, ao vivo, em torno da lã, bem e com a atuação do Quarteto Orpheu. Estiveram também presentes vereadores, presidentes de Junta de Freguesia e demais autarcas, outros convidados e público em geral.

image005

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves salientou, na sua intervenção, que “nos municípios, quotidianamente, assumimos três objetivos: garantir nos nossos territórios um ambiente saudável e sustentado, elemento base de qualidade de vida, que vai para além da plantação de árvores: - a qualidade da água que consumimos ou do ar que respiramos, são objetivos que exigem sólidos investimentos; assegurar a continuidade humana e, por isso, procuramos as melhores estratégias para que as nossas populações possam viver, crescer e fixar-se na nossa terra, garantindo a continuidade das comunidades e o desenvolvimento do território; e criar condições para que as ideias, os conhecimentos, os sentimentos, as emoções, as crenças e os valores possam ser livremente expressos e partilhados”.

É neste último objetivo que se enquadra o XII Concurso Literário Nacional – Conto Infantil de Cabeceiras de Basto que a Câmara Municipal lançou. “Queremos contribuir, à nossa medida e dimensão, para que de forma escrita e em género de conto se exprimam ideias, conhecimentos, sentimentos, emoções, crenças e valores”, explicou o autarca, sublinhando: “queremos que tenham como objetivo a infância, sendo certo, que escrever para crianças exige inteligência e mais sensibilidade, que porventura escrever para adultos”. E acrescentou: “queremos, num tempo que é mais propício a consumidores que a criadores, desafiar a veia criativa de cada um e lembrar que no coração das Terras de Basto está um Mosteiro de Emoções que sonhamos ver como património cultural da humanidade, porque tem história de muitas gentes e de variadas formas culturais e patrimoniais”.

O edil terminou a sua alocução agradecendo à Livraria Lello a oportunidade que deu à Câmara Municipal de poder apresentar nas suas instalações este Concurso Literário e o programa ‘Mosteiro de Emoções’. Coube à vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, fazer o lançamento do XII Concurso Literário Nacional - Conto Infantil de Cabeceiras de Basto.

Destacando os objetivos deste concurso e as normas de participação, fazendo referência ao êxito das edições anteriores que já proporcionaram a publicação de duas coletâneas com os contos vencedores.

A vereadora da Cultura fez, ainda, um convite público à participação de todos aqueles que gostam da escrita e particularmente de contos para a infância, que não tenham ainda qualquer obra publicada, condição esta necessária à participação neste concurso.

Seguiu-se a apresentação de todo o programa cultural ‘Mosteiro de Emoções’, a cargo de João Abreu, programa que contém 23 atividades relacionadas com múltiplas manifestações artísticas, de exaltação do património mas, também, da tradição e da história. Trata-se de um vasto e rico programa cultural e de animação artística que pretendemos que dinamize o Município de Cabeceiras de Basto, colocando em evidência este bem de caráter excecional, imponente exemplar barroco, atraindo novos forasteiros. Um programa cultural diversificado dirigido a vários públicos que se desenvolve em três eixos: Cultura/Artes Performativas; Gastronomia/Sabores; e Saúde e Bem-Estar até julho de 2019.

Programa 2018

Maio

.Ciclo Formativo  - Realização de workshop d Marketing do património edificado

.Lançamento do Concurso Literário Nacional  - Conto Infantil de Cabeceiras de Basto

Junho

  1. Concertos Rápidos, Quarteto Orpheu

28 e 29. Cheira bem, cheira a Cabeceiras de Basto: Festival Aromático com provas de aromas e sabores (Mercadinho do chá  e Mercadinho dos Aromas, Sabores e Fragâncias. Workshop de Aromas e Sabores)

. Lançamento da Campanha Dá lã um abraço ao Mosteiro, ‘1 cabeceirense x 1 cachecol’

Julho

. Ciclo Formativo. Workshop Marketing Territorial Turístico

7 e 20. Sunset …GOSTO 

Agosto

  1. Concertos Rápidos

5, 11 e 18. Danças Claustrais

12 e 17. Sunset A…Gosto

Setembro

.Criação da Sebenta do Património

  1. Danças Claustrais

Outubro

. Ciclo Formativo

. Doce Cabeceirense

  1. Ceia Beneditina Improvável

Novembro

. Apresentação dos vencedores do Concurso Literário Nacional  - Conto Infantil de Cabeceiras de Basto

Dezembro

. Criação da Sebenta do Património

. Bienal Internacional da Flauta Transfersal

Janeiro

. Concurso de ilustração infantil: realização de um workshop de ilustração infantil para os professores

fevereiro

. Ciclo formativo: realização de workshop de marketing de experiências e sensações

. Concertos rápidos: realização do concerto

. A noite das mil e uma histórias: realização de workshop em storytelling

Março

. Mesa de cabeceiras: apresentação genérica da iniciativa na casa do pão; realização de evento de degustação 1

. Residência artística: realização de uma residência artística

. A noite das mil e uma histórias: realização da noite das mil e uma histórias; a primeira maratona de histórias contadas

. Residência artística: realização de uma residência artística e criação e uma obra coletiva itinerante.

Abril

. Mesa de cabeceiras: realização de evento de degustação2; realização de evento de degustação3

Maio

. Ciclo formativo: realização de workshop dos museus e artes criativas contemporâneas

. Concurso de ilustração infantil: sessão de apresentação dos vencedores do concurso/entrega de prémios

. Doce cabeceirense: mostra, avaliação e atribuição de prémios

. De licor e salteado: mostra de sabores beneditinos: realização da mostra de sabores beneditinos; realização de um brunch conventual com figuras públicas

. Encontro de viajantes holísticos: o mosteiro integrado no programa, como espaço de lazer, bem-estar: realização do momento 1: holibasto; realização do momento 2: roteiro holístico

Junho

. Encontro internacional ora et labora: realização do congresso internacional; encontro plenário e comunicações

. Concurso de ilustração infantil: realização de uma exposição coletiva na biblioteca municipal

. Festival ibérico de canto gregoriano: realização do encontro/concerto de coros da península ibérica

. Sons do silêncio – a música e o barroco: realização do concerto, pela orquestra barroca da esmae; realização do curso livre, sobre: música barroca; a arte e arquitetura barroca, com especial foco no mosteiro

. Exposições temáticas: realização de 2 exposições temáticas em cabeceiras de basto

. Dá lã um abraço ao mosteiro: realização do grande abraço ao mosteiro

. Concurso de ilustração infantil: realização de uma exposição coletiva na biblioteca municipal

Julho

. Exposições temáticas: realização de 1 exposição temática no porto; realização de 2 conferências em cabeceiras de basto

image004

CABECEIRAS DE BASTO INCENTIVA NATALIDADE

Presidente da Câmara entregou mais 19 apoios à natalidade

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, entregou na passada sexta-feira, dia 16 de março, 19 subsídios à natalidade num montante global de 9.500 euros.

Presidente da Câmara entregou mais 19 apoios à natalidade (1)

Acompanharam o presidente da Câmara nesta cerimónia os vereadores Dr. Mário Oliveira, Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa e presidentes das Juntas de Freguesia.

O Salão Nobre da Câmara Municipal acolheu tantos bebés acompanhados dos seus pais para receberem o incentivo à natalidade que, desde 2016, a Câmara Municipal tem vindo a atribuir às crianças naturais deste concelho e que, até à presente data, totaliza 144 apoios financeiros já entregues.

Os incentivos à natalidade revestem a forma de atribuição de um apoio financeiro de 500 euros sempre que ocorra o nascimento ou a adoção de uma criança. Com este incentivo, a Câmara Municipal pretende promover estímulos específicos que conduzam, por um lado, ao aumento da natalidade e, por outro, à melhoria das condições de vida das famílias residentes no Município.

Na oportunidade, o presidente da Câmara, Francisco Alves, felicitou os pais beneficiários deste apoio realçando a preocupação da Câmara Municipal em procurar as melhores estratégias para que as nossas populações possam viver, crescer e fixar-se na nossa terra, garantindo a continuidade da comunidade e o desenvolvimento do território.

Presidente da Câmara entregou mais 19 apoios à natalidade (2)

Presidente da Câmara entregou mais 19 apoios à natalidade (3)

CABECEIRENSES "CAÇAM" OVOS NO MOSTEIRO DE S. MIGUEL DE REFOJOS

Externato S. Miguel de Refojos promove actividade para as famílias

A Páscoa é uma época cheia de tradições que passam de pais para filhos. Os costumes pascais variam muito entre as regiões, no entanto, missas matinais, decoração de ovos, entre outras práticas, são associadas a esta festa religiosa e familiar.

convite pascoa

A caça aos ovos, o coelho da Páscoa e a Parada da Páscoa são algumas destas tradições que fazem parte das festividades. Por isso, o Externato S. Miguel de Refojos organiza, pela primeira vez, uma Caça aos Ovos no Mosteiro como parte das comemorações da Semana Santa. Um evento para reunir as famílias de Cabeceiras de Basto e região num momento de celebração familiar e festiva, e ao mesmo tempo de (re)descoberta do rico património cultural da região.

A Caça Aos Ovos no Mosteiro acontece no Sábado, 24 de Março, às 15h. Cada equipa pode ter até 8 pessoas e para participar é preciso realizar a inscrição (gratuita) no site do Externato www.esmr.pt

“A Caça aos Ovos no Mosteiro é uma actividade cuja finalidade é proporcionar a várias gerações familiares um momento cultural, uma descoberta do manancial cultural restrito a uma pequena zona da nossa vila e que está na origem do Concelho, que é o nosso mosteiro, e zonas abrangentes impregnadas de história. Também poderão conhecer in loco o Externato de S. Miguel de Refojos, um dos espaços onde a cultura se faz, interpreta e se propaga.”  Monsenhor José Augusto Gomes Ribeiro, Director do Externato S. Miguel de Refojos.

Caça Aos Ovos no Mosteiro

Sábado, 24 de Março, às 15h  

Externato S. Miguel de Refojos

Praça da República 4860 - 356, 4860-351 Cabeceiras de Basto

Telefone: 253 669 020 www.esmr.pt