Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS MOSTRA LOUÇA TRADICIONAL

Barcelos é considerada como um dos mais importantes núcleos de olaria em Portugal, em virtude da existência abundante de barro na região, havendo registos de produção olárica desde a Idade Média.

50048249_2361875887178470_3578152467071762432_n.jpg

“Louça Tradicional de Barcelos, Velhos Saberes, Novas Formas” pela Cerâmica João Coelho Silva é o nome da exposição que abre ao público sábado, 19 de janeiro, às 11h00, na Torre Medieval.

A mostra, organizada pela Câmara Municipal de Barcelos, visa retratar todo o trabalho de uma vida dedicada ao barro pela família de João Coelho Silva, no domínio da louça regional de Barcelos.

Apareça, a entrada é livre!

PATRÍCIA CARVALHO EXPÕE CERÂMICA EM BARCELOS

image2.jpeg

image3.jpeg

image4.jpeg

Patricia Carvalho

*1983

Nasceu e cresceu na Alemanha , mas passei todos os Verões da minha infância, em Portugal. Em adulta, fiquei com as memórias dum país folclórico e colorido, das minhas tias e a avó sentadas à mesa a bordar toalhas por encomenda. Foi na Alemanha, através dessas memórias e das saudades desses tempos, que criei a minha própria linguagem artística.

Em 2012 decidiu emigrar para Portugal para aprender cerâmica, crochet e bordar, para aplicar estes conhecimentos na minha prática artística.

Tento sempre cativar o espírito que me rodeia. A riqueza estética do Porto e a cultura folclórica da zona do Minho, tem um impacto na criação das peças que mostro nesta exposição.

Vila do Conde 2018

Particia Carvalho, nascida em 1983 Friburgo Alemanha, vive e trabalha em Vila do Conde Portugal.

-2005-2009 Freie Kunstakademie (Diploma de Belas Artes) Mannheim / Alemanha

-2012 Curso de Cerâmica - Centro de Arte e Comunicação Visual (AR.CO) Lisboa / Portugal

-2012 Curso básico de cerâmica - Atelier 110 cores Porto / Portugal
-2016 - 2017 Curso de crochê - Riera Alta Porto / Portugal
-2017 Curso Bordado de Guimarães- Oficina Guimarães / Portugal
-2018 Rendas de Bilros-Museu de Rendas de Bilros Vila do Conde / Portugal

-2015-2018 Oficinas várias de cozer com forno à lenha em Portugal e no Japão

Prémios:

-2008  2. premio "Clip award" festival internacional de filmes de baixo e nenhum budjet Mannheim / Alemanha

-2009 sellection "Goldener Hirsch" festival de curtas metragens, Karlstorbahnhof Heidelberg / Alemanha

Exposições:

-2009 IDS- Instituto de língua alemã Mannheim / Alemanha

-2018 Parallax artfair Londres / Inglaterra

-2018 Exposição “Surfaces” festival de arte Venezia / Itália

-2018 Exposição Casa das Artes Porto / Portugal

-2018 Exposição galeria Metamorfose Porto / Portugal 

-2019 Exposição Casa da Cultura Trofa

Residências:

- 2015 internacional design pool-Vista Alegre Atlantis (Grupo Visabeira) Ilhavo / Portugal

-2015 / 2016/ 2017 / 2018 residência artística Cerdeira / Portugal

image1cris.jpeg

image3cris.jpeg

image4cris.jpeg

image5cris.jpeg

image6cris.jpeg

OBRAS EM BARCELOS AVANÇAM A TODO O VAPOR!

Município avança com obras e aquisição de viaturas num valor global de 8,3 milhões. Obras no Mercado, Campo S. José, Edifício Paços do Concelho, Escola Gonçalo Pereira e aquisição de oito viaturas de recolha de resíduos

A Câmara Municipal de Barcelos ratificou, em reunião ordinária de 11 de janeiro, um conjunto de despachos do Presidente da Câmara relativos a investimentos estruturantes para o concelho e cujo valor ascende a perto de 8,3 milhões de euros, incluindo IVA.

Mercado Municipal.jpg

O primeiro refere-se ao lançamento do concurso público para aquisição de oito viaturas de recolha de resíduos sólidos urbanos, no valor de 1.558,450€, acrescido de IVA (23%). Na mesma proposta foi aprovada a autorização da despesa, das peças do procedimento concursal e respetivo júri.

Foram, também, ratificadas as aprovações de três projetos de execução: o de reabilitação do edifício dos Paços do Concelho, com estimativa orçamental de 1.204.321,78€, acrescido de IVA (6%); o de reabilitação do edifício da antiga Escola Gonçalo Pereira, com um custo estimado de 948.000,09€, acrescido de IVA (6%), destinado à instalação da Escola Superior de Design do IPCA; o da reabilitação do Campo S. José (Largo Camilo Castelo Branco), com uma estimativa orçamental de 1.013.548,24€, acrescido de IVA (6%).

Por fim, foi ratificada a adjudicação da obra de reabilitação do Mercado Municipal à empresa Alexandre Barbosa Borges, S.A., pelo valor de 2.848.999,63€, acrescido de IVA (6%), e com prazo de execução de 730 dias. 
Estas quatro obras são comparticipadas pelo FEDER regional, através do Programa Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) com um valor global de 4.363.701,39€

PATRICK SOUSA ELEITO SECRETÁRIO NACIONAL DA JUVENTUDE SOCIALISTA

Presidente da Concelhia da Juventude Socialista de Barcelos, Patrick Sousa, foi eleito Secretário Nacional da Juventude Socialista, na Comissão Nacional da JS, realizada no último domingo no largo do rato, em Lisboa.

Patrick_JS.jpg

“É com grande sentido de responsabilidade que assumo estas funções de Secretário Nacional, num mandato exigente, marcado por um calendário com eleições Europeias e legislativas que muito exigirá de todos nós, em particular das gerações mais novas.” disse Patrick Sousa.

Para o recém-eleito, Secretário Nacional, “Os tempos políticos que vivemos faram deste mandato intenso com o aprofundamento programático daquelas que têm sido as bandeiras do socialismo democrático, porque o novo quadro político assim o exige, assim como, os novos desafios sociais que nos são colocados obrigam a uma maior ação.”

MUNICÍPIO DE BARCELOS RECUSA DESCENTRALIZAÇÃO EM 2019

Assembleia Municipal vai votar proposta de adiamento da descentralização. Câmara Municipal de Barcelos não aceita transferência de competências em 2019

A Câmara Municipal de Barcelos propôs à Assembleia Municipal a não aceitação da transferência de competências para o Município no ano de 2019. A decisão de remeter à Assembleia as 11 propostas de não aceitação de outros tantos diplomas sobre a descentralização foi tomada na reunião ordinária do executivo, realizada em 11 de janeiro, pelo que após a apreciação e votação daquele órgão a Câmara Municipal comunicará a decisão à Direção Geral das Autarquias Locais.

Em causa estão 11 decretos-lei setoriais sobre a descentralização e sobre os quais as autarquias e as entidades intermunicipais se tinham de pronunciar quanto à aceitação da entrada em vigor daqueles diplomas em 2019, conforme prevê a Lei n.º 50/2018, lei-quadro da descentralização.

A Câmara Municipal invoca “a complexidade do processo de descentralização, as implicações financeiras, humanas e organizacionais, a ausência/reduzido conhecimento em relação a matérias a transferir”, para não aceitar, em 2019, a aplicação dos decretos-lei.

À data desta decisão, não são ainda conhecidos os valores financeiros que constituem o Fundo de Financiamento da Descentralização, a transferir pela administração central para as autarquias, uma vez que a proposta do Governo para a constituição do Fundo de Financiamento da Descentralização foi reprovada na Assembleia da República, no âmbito da discussão do Orçamento de Estado para 2019.

Estão em causa os seguintes diplomas setoriais sobre os quais recaiu a decisão da Câmara Municipal:

Decreto-Lei n.º 97/2018 (27.11.2018) – Praias;

Decreto-Lei n.º 98/2018 (27.11.2018) – Exploração das modalidades afins de jogos de fortuna ou azar;

Decreto-Lei n.º 99/2018 (28.11.2018) – Turismo

Decreto-Lei n.º 100/2018 (28.11.2018) – Vias de comunicação;

Decreto-Lei n.º 101/2018 (29.11.2018) – Justiça;

Decreto-Lei n.º 102/2018 (29.11.2018) – Fundos europeus e captação de investimento;

Decreto-Lei n.º 103/2018 (29.11.2018) – Associações de bombeiros;

Decreto-Lei n.º 104/2018 (29.11.2018) – Estruturas de atendimento ao cidadão;

Decreto-Lei n.º 105/2018 (29.11.2018) – Habitação;

Decreto-Lei n.º 106/2018 (29.11.2019) – Património imobiliário público sem utilização;

Decreto-Lei n.º 107/2018 (29.11.2018) – Estacionamento público.

A lei-quadro prevê que o processo de transferência de competências seja gradual até 2021, ano em que entra em vigor a descentralização.

As autarquias e as entidades intermunicipais podem ainda rejeitar a transferência de competências para o ano de 2020, devendo comunicar à DGAL tal decisão, tomada pelos respetivos órgãos deliberativos até 30 de junho de 2019.

BARCELOS: “OS PIONEIROS DA UCHA” COMEMORAM 30 ANOS DE PALCO

Os Pioneiros da Ucha festejam aniversário

30 anos celebrados com 12 espetáculos

| Nova Comédia Bracarense abre ciclo de teatro

| 10 grupos de teatro vão passar pela Ucha

| Grupo de teatro amador nasceu em 1989 e conta com atores de quatro gerações diferentes

| Os Pioneiros da Ucha estreiam nova peça em abril

Ainda há, no grupo, quem se lembre do dia 16 de abril de 1989. Foi um dia importante, uma reunião de amigos que na altura gostavam de subir ao palco e representar. 30 anos depois, ainda é esse o sentimento dos 13 elementos do grupo que se reúnem todas as sextas-feiras, no salão paroquial da freguesia barcelense.

DSC_0396.JPG

“Este será um ano especial, por isso vamos trazer um espetáculo de teatro por mês, à nossa freguesia”, explica o presidente do grupo, Filipe Gomes.

A data redonda vai ser marcada pela passagem de uma dezena de grupos de teatro pelo coração da Ucha.

As comemorações arrancam já no próximo dia 26, com o primeiro espetáculo. A Nova Comédia Bracarense vai levar a palco a peça “As Artimanhas de Scapin”. A entrada é livre e as portas do Salão Paroquial da Ucha abrem às 21h30.

“Queremos que seja um ano de festa. Vamos subir ao palco e festejar, mas também vamos receber muitos grupos amigos que fazem parte, de uma forma ou de outra, deste percurso”, sublinha Filipe Gomes.

Confirmados para fazer parte deste ciclo festivo estão também os grupos barcelenses ‘O Branselho’, o ‘TCP’ e o ‘Teatro de Balugas’.

E a pergunta impõe-se: haverá estreia em ano de festa? “Vamos ter surpresas durante o ano, mas podem contar com uma nova história representada pel’Os Pioneiros em abril, no dia de aniversário”, anunciou o representante.

O teatro nasceu em 1989, oficialmente, mas a tradição teatral na freguesia da Ucha já tem quase 100 anos.

DSC_0144.jpg

DSC_0260.JPG

Capturarucha1.PNG

SECRETÁRIO-GERAL DA UGT VAI A BARCELOS FALAR DE SINDICALISMO NO SÉCULO XXI

“As questões laborais no século XXI” é o tema da Conferência-debate que leva o Secretário-geral da UGT, Dr. Carlos Silva, a deslocar-se a Barcelos na próxima sexta-feira, dia 11 de Janeiro, pelas 21 horas.

img_818x455$2017_11_21_12_25_58_686453.jpg

A conferência tem lugar na sede do Partido Socialista em Barcelos e é coordenada pelo Gabinete de Estudos daquela emtidade partidária.

Foto: Correio da Manhã

BARCELENSES CANTAM OS REIS

Cantares dos Reis nas ruas da cidade de Barcelos. Dias 13 e 20 de janeiro, a partir das 14h30

Os cantares tradicionais em louvor do nascimento de Jesus vão soar pelas ruas da cidade de Barcelos, nos próximos dias 13 e 20 de janeiro, numa iniciativa que a Câmara Municipal promove em parceria com os ranchos folclóricos e outras associações do concelho, para comemorar o Dia de Reis.

Cantares-dos-Reis-2019.jpg

Esta é uma tradição antiga que se tem vindo a recuperar e a afirmar como uma das manifestações culturais mais ricas da quadra festiva do Natal, reunindo, num só momento, o calor de 21 grupos de canto e dança etnográficos da região.

A iniciativa, que tem início às 14h30, nos dias 13 e 20 de janeiro de 2019, culmina na Avenida da Liberdade, onde os grupos confluem para uma última atuação, depois de percorridos diferentes percursos da cidade.

Esta será uma das maiores produções de sempre dos Cantares dos Reis e fica marcada pelo contacto com a população, depois de ter passado pelo Pavilhão Municipal, pelo Teatro Gil Vicente e pela Câmara Municipal de Barcelos.

Cartaz_Cantares-dos-Reis-724x1024.jpg

BARCELOS É SÓ MÚSICA

triciclo regressa com Glockenwise, B Fachada e Old Jerusalem

Após o sucesso da estreia, o triciclo está de volta para mais três meses de música de qualidade, destacando-se os concertos de Glockenwise, B Fachada e Old Jerusalem. Este ciclo de concertos itinerante, promovido pelo Município de Barcelos, apresenta uma programação plural e educativa que leva a vários espaços do centro histórico o melhor da música nacional e internacional.

Glockenwise.jpg

A programação do segundo trimestre do triciclo arranca no dia 12 de janeiro, às 22h00, na Sala Gótica dos Paços do Concelho, com o espetáculo de Old Jerusalem, projeto de Francisco Silva, que irá apresentar o seu mais recente disco, “Chapels”. A entrada é livre.

No dia 25 de janeiro, os barcelenses Glockenwise regressam à sua terra natal para mostrar ao vivo o seu quarto álbum, “Plástico”, eleito pelo jornal Público o melhor disco nacional de 2018. O concerto realiza-se no Círculo Católico de Operários de Barcelos, com início marcado para as 22h00, contando ainda com as atuações das bandas Cave Story e Savage Ohms. O bilhete custa cinco euros.

No dia 9 de fevereiro, às 22h00, os portuenses HHY & The Macumbas, importante banda da música experimental portuguesa, apresentam ao vivo no Teatro Gil Vicente o seu novo álbum, “Beheaded Totem”.

No dia 15 de fevereiro, o palco do Teatro Gil Vicente recebe o duo norte-americano Wrekmeister Harmonies, que traz na bagagem o novo disco “The Alone Rush”, num concerto que é de entrada livre.

O segundo trimestre do triciclo encerra no dia 30 de março com a atuação do conceituado B Fachada, no Teatro Gil Vicente. O artista português lançou recentemente “Viola Braguesa X”, que consiste na reedição, dez anos depois, de um dos trabalhos mais marcantes da sua discografia.

Depois do espetáculo “Vou-te contar uma história sobre Barcelos”, a vertente de serviço educativo volta a estar presente neste ciclo musical. O músico Samuel Martins Coelho está a desenvolver um espetáculo especial com jovens de etnia cigana que integram o Projeto Galo@artis, promovido pelo Centro Social Abel Varzim em parceria com o Município de Barcelos. Intitulado “Identidade”, este espetáculo será apresentado no dia 9 de março, às 22h00, no Teatro Gil Vicente, com entrada livre.

O triciclo vai contemplar, ainda, showcases surpresa em diferentes locais da cidade, os quais serão anunciados pouco tempo antes da sua realização. 

Cartaz_triciclo.png

BARCELOS EM JANEIRO É UM ESPETÁCULO

Janeiro com música, teatro, cinema e dança no Teatro Gil Vicente

A música, o teatro, o cinema e a dança marcam a programação do Teatro Gil Vicente para o mês de janeiro de 2019

A agenda de  espetáculos inicia com o tradicional “Concerto de Ano Novo”, pelo Conservatório de Música de Barcelos, no dia 5, às 21h30. A entrada é gratuita. A música regressa ao Teatro Gil Vicente no dia 12, às 22h00, com o ciclo “Jazz ao Largo”, que apresenta o concerto de Eduardo Cardinho Trio. O bilhete custa três euros.  Do jazz para os géneros blues e country americano, o músico Aurélio BC apresenta o seu álbum de estreia, intitulado “First Stop”, no dia 26 de janeiro, às 22h00. A entrada custa cinco euros.

Programação

No dia 12, às 21h30, o TACCO - Vila do Conde leva à cena a peça teatral “A Mansão”. No dia 25, às 21h20, a barcelense Associação D’Improviso apresenta “Posto Médico”. Ambas as peças de teatro são de entrada livre, bem como a sessão do ciclo “Em Família no TGV” que, no dia 13, às 16h00, vai apresentar o espetáculo “Matemática Divertida”, por José Fernandes e Teatro Popular de Carapeços.

O Cineclub Zoom leva ao Teatro Gil Vicente dois filmes: “Shoplifters: uma família de pequenos ladrões”, de Hirokazu Kore-Eda, no dia 15, às 21h30; e “O Livro de Imagem”, de Jean-Luc Godard, no dia 22, às 21h30. O bilhete para as sessões de cinema custa 3,5 euros para o publico em geral, mas os sócios da Associação Zoom e menores de 18 anos têm entrada livre.

A programação de janeiro do Teatro Gil Vicente também contempla a dança. Nos dias 19 e 20, às 21h00 e às 16h00, respetivamente, a Escola de Dança de Barcelos apresenta o espetáculo “A Branca de Neve e os Quatro Gigantes”. A entrada custa cinco euros.

Parte integrante da programação do Teatro Gil Vicente, o triciclo está de regresso com concertos noutros locais: dia 12, às 22h00, Old Jerusalem atua na Sala Gótica dos Paços do Concelho (entrada gratuita); dia 25, às 22h00, os barcelenses Glockenwise apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, “Plástico”, no Círculo Católico de Operários de Barcelos, concerto que contará ainda com as bandas Cave Story e Savage Ohms (a entrada custa cinco euros)

FALECEU O PROFESSOR DOUTOR JOÃO CARVALHO, ANTIGO PRESIDENTE DO INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE (IPCA)

Câmara Municipal de Barcelos manifesta profundo pesar pelo falecimento do professor João Carvalho

A Câmara Municipal de Barcelos manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento, nesta quinta-feira, 27 de dezembro de 2018, do Professor Doutor João Carvalho, ex-Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).

671907

Neste momento de grande tristeza, a Câmara Municipal de Barcelos envia as mais sentidas condolências à comunidade académica do IPCA e, em especial, à família de João Carvalho.

Com o seu espírito de exigência e persistência, João Carvalho foi o principal impulsionador do crescimento do IPCA e da implantação do ensino superior em Barcelos, dando um enorme contributo  para o desenvolvimento do nosso concelho e da região do Cávado e do Ave.

A Câmara Municipal de Barcelos homenageou João Carvalho, na sessão solene do 43.º aniversário do 25 de Abril, em 2017, com a atribuição da Medalha de Honra da Cidade, sublinhando que “com o seu vasto currículo, com o seu esforço e dedicação e com as capacidades invulgares de formação e de perseverança, o professor João Carvalho construiu uma instituição de sucesso e de referência, mesmo quando as circunstâncias pareciam adversas”.

Com 62 anos, João Carvalho dedicou a sua vida ao IPCA, instituição da qual é a referência maior, sendo-lhe unanimemente reconhecidas, de entre muitas  qualidades, o profissionalismo, a ética e a abnegada dedicação à causa pública.

MUNICÍPIO DE BARCELOS APOIA FREGUESIAS

Câmara Municipal transfere mais de 1,4 milhões de euros para as freguesias

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 27 de dezembro, a transferência de 1.280.951,00€ para as freguesias do concelho, valor correspondente ao quarto trimestre do contrato de cooperação entre o Município e as referidas freguesias que, em 2018, ascendeu a 5.123.804,00€.

Para além daquela transferência, a Câmara Municipal aprovou um conjunto de subsídios às freguesias no valor global de 138.600,00€, como comparticipação em obras em caminhos, arranjo de muros, instalação de sistemas de águas pluviais e aquisição de carrinha para uso de uma freguesia. Naquele valor está incluída a verba de 14.100, 00€, referente ao apoio à Freguesia de Macieira de Rates destinada a obras na sua sede para a instalação provisória dos alunos da EB1 de Paulinhos (atualmente em obras de remodelação), bem como o transporte das crianças.

Entre as restantes deliberações, destaque para a área social, com a aprovação de apoios ao transporte de três munícipes entre o Instituto Português de Oncologia do Porto e as suas residências, bem como o apoio ao arrendamento habitacional a nove agregados familiares e nas refeições escolares de 25 alunos dos jardins de infância e escolas do 1.º ciclo.

Destaque, ainda, para a aprovação do protocolo com a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, que propõe uma continuidade do acordo já existente ao nível do reforço de meios humanos; para o acordo de colaboração com a Adere-Certifica, para certificação da olaria e do figurado de Barcelos; para o Contrato Programa de Desenvolvimento Desportivo com o Santa Maria Futebol Clube, que inclui uma comparticipação financeira do Município no valor de 40.000,00; e para o apoio ao Círculo Católico de Operários de Barcelos com a elaboração de um projeto de arquitetura e especialidades para a sede desta associação, em Barcelos.

FEIRA DE BARCELOS TEM NOVO REGULAMENTO

Novo regulamento da Feira entra em vigor a 10 de janeiro

Entra em vigor no próximo dia 2 de janeiro, o novo regulamento de exercício da atividade de comércio a retalho não sedentário exercida por feirantes, vendedores ambulantes e prestadores de serviços de restauração ou de bebidas do Município de Barcelos.

O regulamento, aprovado em Assembleia Municipal de Barcelos no dia 30 de novembro, foi publicado no Diário da República no dia 18 de dezembro.

Este novo regulamento pretende constituir um instrumento facilitador do enquadramento legal do acesso e exercício das atividades económicas ligadas ao comércio a retalho não sedentário e ao comércio ambulante, oferecendo uma maior segurança jurídica aos operadores económicos.

Este novo documento potencia um ambiente mais favorável ao acesso e exercício das atividades em causa criando simultaneamente condições para um desenvolvimento económico sustentado, assente num quadro legislativo consolidado e estável, concretizando uma das medidas identificadas na Agenda para a Competitividade do Comércio, Serviços e Restauração 2014-2020 e inserida no eixo estratégico “Redução de Custos de Contexto e Simplificação Administrativa”, tendo em vista a modernização e simplificação administrativas.

O novo regulamento contém as regras de funcionamento das feiras do Município nomeadamente, as condições de admissão dos feirantes e os critérios para a atribuição dos respetivos espaços de venda, as normas de funcionamento, incluindo normas para uma limpeza célere dos espaços de venda aquando do levantamento da feira e o horário de funcionamento, entre outros.