Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FERNANDO MENDES LEVA A BARCELOS "O PREÇO CERTO"

“O Preço Certo” em direto de Barcelos no dia 28 de julho

O concurso televisivo “O Preço Certo”, transmitido na RTP 1, vai emitir um programa em direto a partir da frente ribeirinha de Barcelos , no próximo dia 28 de julho, às 21h00.

Preço Certo_Barcelos.jpg

“O Preço Certo” é um dos programas mais duradouros da televisão nacional, estando entre os mais vistos e preferidos dos portugueses. Fernando Mendes e a sua equipa estão de malas feitas não só para a Barcelos como para o horário nobre da televisão.

A selecção dos concorrentes e público é da responsabilidade da produção do concurso que, nos próximos dias, vai contactar as pessoas que se inscreveram para o número de telefone previamente disponibilizado, até ao limite da lotação dos lugares, para prestar todas as informações relativas à sua participação.

O concurso vai ser transmitida em direto com o apoio do Município de Barcelos. Vão ocorrer os habituais passatempos para atribuição de prémios aos concorrentes, intercalados com momentos musicais.

Há mais de uma década em emissão contínua na RTP1, este é o concurso de maior longevidade da televisão mundial. Em Portugal, estreou no dia 11 de Fevereiro de 2002 com o nome “O Preço Certo em Euros”, para familiarizar os portugueses com a nova moeda. Foi primeiro apresentado por Jorge Gabriel e depois por Fernando Mendes, com Miguel Vital a dar voz à apresentação dos prémios.

Em 2006 foi relançado com o nome original de “O Preço Certo” mantendo o apresentador e toda a boa disposição.

BARCELOS: FESTA DA JUVENTUDE E MOSTRA URBANA ESTÃO DE REGRESSO À ALAMEDA DAS BARROCAS

Zumba, Mostra Urbana, Festival de Bandas e de Dança, música e muita animação serão uma garantia nos quatro dias da Festa da Juventude. 

A Festa de Juventude 2019, promovida pelo Município de Barcelos , arranca na próxima quinta feira, dia 18 de julho, às 19h00, na Alameda das Barrocas com a atuação do saxofonista NS. O evento inclui atividades diferentes até domingo, dia 21, uma mostra urbana onde participam trinta e quatro associações do concelho e animação de rua.

Capturarbarrr1.PNG

Esta iniciativa do Município pretende mostrar o dinamismo associativo do concelho, promover e dar visibilidade às atividades e projetos das associações que atuam nas mais diversas áreas.

No primeiro dia, pelas 21h30, realiza-se o Festival de Bandas, integrado no Projeto Artístico, desenvolvido pelo Pelouro da Juventude, com as seguintes bandas: Acoustic Dive, Beneath The Grave, Demure, El Nombre, Orangesseilá e Wave. A partir de sexta-feira e até domingo, a Mostra Urbana abre às 18h00.

Capturarbarrr2.PNG

No dia 19, às 21h30, realiza-se uma aula de zumba com  a dinamização do Barcelos Saudável e que conta com a participação de vários ginásios, escolas e associações da cidade.

No sábado, dia 20, a partir das 21h30, realizam-se concertos com Pedro Melo, Maybe The King e Nib - Núcleo de Improvisação Barcelense.

No domingo, às 18h00, decorre o Festival de Dança, com os seguintes grupos: Academia João Capela, Academia de Dança Rosália Ferreira,Escola de Dança de Barcelos, Fisiofitness, H.A.D – Histórias da Arte e da Dança e Nico Dance Studio. A Mostra Urbana encerra às 21h30, com o espetáculo de Cálculo.

Durante o tempo de realização da Festa da Juventude, decorrem atividades permanentes das associações da Mostra Urbana e animação de rua com vários momentos com o saxofonista Grupo NS, oficina de artes plásticas, treino de Karaté e demonstrações diversas pelo Clube CKAB,  suporte básico de vida pelo Corpo Voluntário de Salvação Pública Barcelinense.

A Mostra Urbana e Festa da Juventude têm como objetivo apresentar um conjunto diversificado de atividades, capazes de mobilizar as associações, grupos juvenis, os jovens e as suas famílias para momentos lúdicos, culturais e de convívio.

O acesso a todas as atividades da Festa é livre.

Cartaz_Festa da Juventude.jpg

BARCELOS: MILHÕES DE FESTA EM 2020

Município de Barcelos e Lovers & Lollypops acordam não realizar Festival em 2019

O Município de Barcelos e a Lovers & Lollypops, parceiros e co-produtores do Milhões de Festa desde 2010, acordaram não realizar o Festival em 2019, adiando para 2020 a décima edição desta colaboração.

Ao fim de nove edições ininterruptas, a autarquia e a empresa consideram ter chegado o momento de reflectir sobre o espaço que o evento ocupa no panorama nacional e, com base nisso, redefinir a sua missão e estratégia. Trata-se de uma pausa que terá em conta o sucesso das nove edições realizadas em Barcelos e que em nada compromete o trabalho e a história do evento que, recorde-se, promoveu a estreia nacional de nomes como Electric Wizard, Alt-J Connan Mockasin, Squarepusher, Graveyard, Jacco Gardner, Boogarins, Earthless, Shame, Michael Rother, Sons of Kemet, The Comet is Coming, faUSt & Gnod, Nubya Garcia, entre muitos outros. 

O Município de Barcelos e a Lovers & Lollypops mantêm assim o compromisso de fazer de Barcelos e do Milhões de Festa referências obrigatórias para melómanos, curiosos e apreciadores de música, prometendo voltar com força e energia redobrada.

Os co-produtores do Festival não podem deixar de agradecer ao público, artistas, parceiros, patrocinadores e a quantos se associaram a este arraial minhoto à maneira do Milhões e que o tornaram possível ao longo de nove anos, saudando todos com um Até já!.

BARCELOS FAZ BALANÇO POSITIVO DA FEIRA DO LIVRO

Chegou ao fim a 37ª edição da Feira do Livro de Barcelos que, entre os dias 2 e 14 de julho, animou e encheu de livros a Avenida da Liberdade e o Largo da Porta Nova, contando com mais de 90 editoras e 17 livreiros, distribuidores e alfarrabistas.

CMB_9758.JPG

Esta edição teve como objetivo principal a promoção e o incentivo à leitura, destacando-se a evocação a Sophia de Mello Breyner, cujo centenário do nascimento se comemora no presente ano, a Agustina Bessa-Luís, a escritora da “Sibila, que faleceu recentemente, e a Florbela Espanca, de quem se comemoram os 125 anos do seu nascimento.

DSC_2175.JPG

Marcada por lançamentos e apresentações de livros, recitais de poesia e música, teatro, concertos e animação de rua, a Feira do Livro de Barcelos voltou a oferecer uma grande variedade e qualidade de eventos. Por isso, o público correspondeu em grande número, quer visitando os stands e adquirindo livros, quer participando nas tertúlias, convivendo de perto com grandes nomes da cultura e da música portuguesas.

O evento abriu com uma intervenção artística de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, seguindo-se o lançamento do livro “O Sonho de Ver o Invisível” de Luís Carvalhido com a apresentação de António F. Maia, José Augusto Santos e João Lobo.

A Feira do Livro contou ainda com alguns nomes da cultura, do jornalismo e da televisão portuguesa, tais como José António Saraiva (dia 14), antigo diretor do semanário “Expresso”, Catarina Furtado (dia 11), Joana Amaral Dias (dia 6) e Hélder Reis (dia 10) na apresentação dos livros “Eu e os Outros: uma Espécie de Memórias”, “Adolescer é Fácil # só que não!”, “Psicopatas Portugueses” e “Lendas, Mitos e Ditos de Portugal”, respetivamente.

Os escritores barcelenses também estiveram em destaque, com a realização de uma tertúlia, no dia 8 de julho, que contou com a participação de Domingos da Calçada, Rui Sousa Basto, José Ilídio Torres e Joana Luísa Matos, e a apresentação do livro “Menina entre 2 Azuis”, de Inês Martins de Faria, Prémio Literário do Município de Barcelos 2018, no dia 14 de julho-

O espaço infantil voltou a ser centro das atenções para as inúmeras crianças, graças ao vasto e variado conjunto de atividades, como ateliês, apresentação de livros, pintura, leitura de histórias e sessão de contos. Os mais novos tiveram ainda oportunidade de usufruir de atividades permanentes, tais como, o cantinho da leitura, jogos didáticos, mural de pintura e desenhos para colorir.

CMB_0768 (1).JPG

g8.jpg

BARCELOS DÁ A PROVAR UM DOS MAIS REQUINTADOS VINHOS ARINTOS DO MINHO

Prova vertical de Arintos da Quinta do Tamariz: Uma viagem pelos arintos da casa

A Quinta do Tamariz, uma das quintas mais antigas da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, pioneira no engarrafamento de vinhos e na aposta dos brancos monovarietais na região, abre as portas da Quinta para proporcionar uma viagem pelos arintos aí produzidos através de uma prova vertical.

aintoreserva.jpg

É no próximo dia 20 de Julho, pelas 16h00, que tem lugar na Quinta do Tamariz, em Barcelos, uma prova vertical dos arintos da casa, onde estarão em prova os arintos reserva de 2017, atualmente no mercado, de 2016, 2015, mas também 3 arintos da casa, de colheitas bem antigas e que pretendem demonstrar que a casta que António Borges Vinagre, administrador da Quinta do Tamariz e o representante da 4.ª geração à frente dos destinos da Quinta, tanto acarinha tem um enorme potencial de guarda, dando origem a vinhos muito interessantes com o passar dos anos.

A prova vertical de arintos será conduzida pelo reputado enólogo Jorge Sousa Pinto, enólogo da Quinta do Tamariz, sendo um dos enólogos de maior reconhecimento do país, particularmente focado na Região Demarcada dos Vinhos Verdes.

A Quinta do Tamariz, que só utiliza as castas regionais na sua quinta e as uvas aí produzidas na elaboração dos seus vinhos, vai assim com esta prova vertical fazer uma viagem pelo presente e pelo passado ao mundo dos seus arintos, vinhos de perfil seco e sem qualquer adição de gás carbónico, para um grupo limitado de participantes.

Esta prova vertical inicia-se com uma visita às vinhas, com destaque para as parcelas de arinto, onde Maria Francisca Vinagre, responsável pela viticultura da Quinta do Tamariz apresentará a casta e a sua história na região e na quinta, assim como as características que esta casta confere aos vinhos.

Os participantes na prova terão ainda uma oferta de 3 garrafas de Quinta do Tamariz Arinto Reserva 2015, 2016, 2017, sendo que dois deles já não se encontram disponíveis no mercado, existindo apenas uma pequena quantidade na quinta, para poderem realizar a sua própria minivertical de arinto Quinta do Tamariz.

A inscrição é obrigatória e tem um valor de participação de 25€, que inclui a caixa de 3 vinhos.

As inscrições podem ser efetuadas por email, através do endereço tamarizwines@gmail.com.

Informações adicionais serão prestadas pelo mesmo email ou pelo telefone 931662052.

BARCELOS: LUCIANO VILAS BOAS VENCE PRÉMIO MANUEL MONTEIRO COM A OBRA "PRÉ-HISTÓRIA RECENTE DA SERRA DO CARVALHO"

 “Pré-História Recente da Serra do Carvalho” vence Prémio Manuel Monteiro. Luciano Vilas Boas é o autor

O trabalho de investigação “A Pré-História Recente da Serra do Carvalho - Uma abordagem a Partir do Núcleo de Monumentos sob Tumuli Vale de Chão, Pedralva”, da autoria de Luciano Miguel Matos Vilas Boas, é o vencedor da II edição do Prémio de História Local Dr. Manuel Monteiro.

Dr. Manuel Monteiro.jpg

Este prémio, que pretende honrar a memória daquele ilustre escritor, arqueólogo, etnólogo, magistrado, diplomata e crítico de arte bracarense, nasceu com o propósito de «fomentar o interesse dos investigadores pela história de Braga».

O júri, constituído por Maria do Carmo Franco Ribeiro, Miguel Sopas Bandeira e Armando Malheiro da Silva, considerou o trabalho vencedor como um «contributo significativo para o estudo e aprofundamento de um âmbito específico da história de Braga», tendo exposto com «clareza, rigor e particular capacidade de argumentação» o seu raciocínio.

Recorde-se que o valor do prémio é de 2.500 euros, ao qual acresce a publicação da obra vencedora. Por sua vez, os trabalhos distinguidos com menção honrosa terão reservada a possibilidade de publicação na Revista Bracara Augusta.

Esta segunda edição deste prémio bienal, que contou com cinco trabalhos a concurso, destinava-se a cidadãos de nacionalidade portuguesa, maiores de idade, residentes ou não na área do Município de Braga. As temáticas a apresentar deveriam ser de teor historiográfico relativos a Braga – a nível administrativo, antropológico, patrimonial, político, económico, cultural, artístico, religioso ou outros.

A entrega do Prémio Manuel Monteiro decorrerá numa sessão pública agendada para 25 de Setembro, no âmbito das Jornadas Europeias do Património.

MUNICÍPIO DE BARCELOS APOIA FREGUESIAS

Câmara Municipal atribui mais de 224 mil euros às freguesias

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária realizada no dia 12 de julho, um conjunto de apoios financeiros a 18 freguesias do concelho, num valor global de 224.915,00€. Os apoios destinam-se à comparticipação em obras de alargamento e pavimentação de vias, construção e reconstrução de muros, construção de sistemas de drenagem de águas pluviais, reconstrução de pontes pedonais, construção de equipamentos de utilização coletiva, transporte de crianças de escola do 1.º ciclo e aquisição de carrinha de transporte de pessoas.

Paços do Concelho (3)-002br.jpg

Para além destes apoios, a Câmara Municipal aprovou, também, dois acordos de colaboração. Um com a Freguesia de Pereira destinado à requalificação do parque desportivo, propriedade da autarquia, com colocação de relvado sintético no campo de jogos. Este acordo prevê o apoio financeiro do Município no valor de 100 mil euros, a ser transferido para a Freguesia entre 2019 e 2022, à razão de 25 mil euros anuais.

Idêntico acordo foi aprovado com a União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (S. Martinho e S. Pedro), tendo em vista a requalificação do campo de jogos da Associação Desportiva e Recreativa Juventude S. Martinho.

Apoio ao desporto

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal deliberou aprovar os seguintes contratos de desenvolvimento desportivo, que incluem comparticipações financeiras no valor global de mais de 100 mil euros: Associação Clube Moto Galos (16.000,00€), Associação de Para-Quedistas do Vale D’Este (10.000,00€), Académico Futebol Clube de Martim (10.000,00€), Associação Desportiva de Carvalhal (32.000,00€), Casa do Povo de Martim (2.500,00€), Associação Futsal de Campo (1.071,00€), Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Cambeses (1.071,00€), Juventude Cultural Recreativa de Perelhal (2.377,00€), Centro Desportivo e Cultural de Viatodos (4.419,50€), Futebol Clube Os Académicos (2.147,00), MARCA de Vila Cova (18.601,00€).

Ainda na área do desporto e recreio, foram aprovadas adendas aos protocolos de colaboração com a Direção Geral de Alimentação e Veterinária e com a Associação Amigos da Montanha quanto à utilização de espaços na antiga sede dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, permitindo a instalação de um balneário de apoio à Escola de Canoagem da Associação.

ALBERGUE DE BARCELOS COMEMORA 8 ANOS AO SERVIÇO DOS PEREGRINOS

De 20 a 25 de julho de 2019, a Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos comemora o seu 8.º Aniversário!

São várias as atividades promovidas pela nossa Associação, de participação livre e gratuita (sem necessidade de inscrição), vocacionadas para a promoção de Barcelos no Caminho Português de Santiago e do Caminho de Santiago para os Barcelenses. As Comemorações do 8.º Aniversário da Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos têm o apoio do Município de Barcelos e da Xunta de Galicia.

DeMaraMar_CaminhodeSantiagoem3D.jpg

Mais informações aqui:

https://www.alberguedebarcelos.com/post/8-o-aniversario-da-associacao-acb-albergue-cidade-de-barcelos  

Programa:

- 20 de julho, sábado, pelas 21h30 - "Barcelos Hospitaleiro"

A 20 de julho, sábado, pelas 21h30, no Auditório do Posto de Turismo de Barcelos, realiza-se a 4.ª Edição do "Barcelos Hospitaleiro". "Barcelos Hospitaleiro" é um evento informal de partilha de experiências entre todos os que, diariamente, promovem a Hospitalidade no Caminho Português de Santiago. Participação livre (não carece de inscrição).

- 21 de julho, domingo, pelas 10h00 - "Barcelos na óptica do Caminho de Santiago"

A 21 de julho, domingo, pelas 10h00, com início/ponto de encontro na Torre Medieval (no centro da cidade de Barcelos), realiza-se uma visita guiada intitulada "Barcelos na óptica do Caminho de Santiago". Esta atividade será orientada pelo Posto de Turismo de Barcelos. Participação livre (não carece de inscrição).

- 25 de julho, quinta-feira, pelas 19h00 - "Eucaristia de Santiago e Bênção do Peregrino"

A 25 de julho, quinta-feira, pelas 19h00, na Igreja de Santo António (Barcelos), celebra-se uma Eucaristia de Santiago e a Bênção do Peregrino. Esta atividade é promovida em parceria com a Bênção do Peregrino da Igreja de Santo António e com a Associação SobramSonhos - Amigos e Voluntários do Caminho de Santiago.

- 25 de julho, quinta-feira, pelas 21h00 - Inauguração de Exposição "De Mar a Mar - o Caminho de Santiago em 3D"
Também a 25 de julho, quinta-feira, pelas 21h00, no Posto de Turismo de Barcelos, tem lugar a inauguração da exposição "De Mar a Mar - O Caminho de Santiago em 3D" (exposição da Xunta de Galicia). A exposição 3D intitulada "De Mar a Mar. O Caminho de Santiago em 3D" é composta por 20 fotografias do Caminho Português de Santiago na Galiza (imagens de alta resolução em formato anáglifo 3D). A exposição apresenta o Caminho de Santiago como uma rota universal, espiritual, histórica e monumental - Primeiro Itinerário Cultural Europeu, cuja meta é o túmulo do Apóstolo Santiago Maior em Santiago de Compostela. A exposição estará disponível entre 25 de julho e 20 de agosto de 2019.

Quem somos:

A Associação ACB - Albergue Cidade de Barcelos (associação privada, sem fins lucrativos nem financiamento público) foi fundada em julho de 2011 com as seguintes finalidades:

promover a hospitalidade, principalmente proporcionando condições de acolhimento no Albergue Cidade de Barcelos (contra donativo livre e voluntário) de curta duração de Peregrinos que percorrem o Caminho Português de Santiago e/ou qualquer outro itinerário de Peregrinação (nomeadamente o Caminho de Fátima);

organizar atividades de proteção, valorização, divulgação e promoção de Barcelos no Caminho Português de Santiago e do Caminho de Santiago para os barcelenses.

Depois da apresentação pública do projeto, a 24 de julho de 2011, foi a 3 de julho de 2012 que o Albergue Cidade de Barcelos acolheu os primeiros Peregrinos (o Albergue Cidade de Barcelos foi ampliado em julho de 2016). Desde essa data, o Albergue Cidade de Barcelos promove, diariamente, sem interrupções, a Hospitalidade, a cidade de Barcelos e a Lenda do Galo (365 dias por ano / 24 horas por dia). Até à presente data, o Albergue Cidade de Barcelos acolheu mais de 20000 peregrinos de 70 nacionalidades, dos 10 meses aos 89 anos de idade, sem distinguir raça, etnia, género, idade, profissão e/ou credo. Paralelamente, promove diversas atividades, tanto de informação e preparação de Peregrinos (barcelenses) como de defesa de Barcelos no Caminho Português de Santiago e do Caminho de Santiago em Barcelos.

BARCELOS REVÊ PDM

Câmara Municipal inicia processo de revisão do PDM

A Câmara Municipal de Barcelos deu início ao processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), que deverá estar concluído dentro de um ano.

Paços do Concelho (3)-002br.jpg

A decisão foi tomada na reunião ordinária do executivo municipal de 12 de julho e decorre da necessidade de adequar o PDM às alterações verificadas no quadro legislativo do ordenamento do território, com a publicação da Lei de Bases Gerais da Política Pública de Solos, de Ordenamento do Território e de Urbanismo e do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT).

Tendo em conta que o PDM de Barcelos foi revisto em 2015, com publicação em 13 de julho daquele ano, o mesmo foi enquadrado no período transitório previsto no Decreto-Lei n.º 50/2015, de 14 de maio (RJIGT), pelo que se torna necessário iniciar um procedimento de revisão das opções estratégicas em matéria de planeamento e gestão do território.

A necessidade de revisão está vertida no Relatório de Avaliação, elaborado especificamente para este efeito pela equipa de trabalho do PDM. Entre as recomendações para a revisão do PDM, a Equipa propõe o seguinte:

  • promoção de execução sistemática de áreas estratégicas do território, urbano e rústico, garantindo a prossecução dos objetivos estabelecidos no Plano;
    • salvaguardar o equilíbrio do território como um todo, garantindo que as funções estabelecidas para cada tipo de solo dão resposta às necessidades para aí identificadas, não comprometendo a sua função na manutenção desse equilíbrio global;
  • garantir o equilíbrio entre solo urbano e solo rústico, a sustentabilidade dos ecossistemas e que a prestação de serviços ambientais do solo rústico é compensada pelas mais valias resultantes do solo urbano;
  • implementação e/ou reforço de medidas para a promoção de métodos de produção sustentáveis e de estratégias para estimular a competitividade do setor agrícola e florestal;
  • promover a reabilitação urbana, a colmatação e preenchimento dos tecidos urbanos como forma de rentabilização das infraestruturas existentes, contendo a expansão dos perímetros urbanos, e assim garantir um uso equilibrado, racional e efetivo dos solos urbanos disponíveis;
  • potencializar o surgimento de novas centralidades resultantes de investimentos supramunicipais e/ou privados e as mais valias para o território daí decorrentes;
  • integração das boas-práticas associadas às alterações climáticas, medidas der mitigação, correção e resiliência, através da implementação de critérios claros e objetivos para todas as intervenções com caráter de permanência no solo, quer em espaço público como em espaço privado, quer em intervenções públicas ou levadas a efeitos por privados;    • promoção e incentivo na valorização dos recursos únicos e diferenciadores, como vantagem competitiva do território;
  • promoção da cobertura do território pelas infraestruturas territoriais e urbanas e rede de equipamentos, garantindo acesso a toda a população;
  • estabelecer medidas para a concretização da estratégia de mobilidade e acessibilidade do concelho que promovam a mobilidade suave e fomentem o uso de transporte coletivo;
    • maior rigor e definição de critérios a aplicar nas intervenções a incidir sobre valores naturais, agrícolas, florestais e culturais, aproveitando as potencialidades dos instrumentos ao dispor e/ou criados pelo Plano;
  • reavaliação dos critérios e parâmetros estabelecidos no Regulamento do Plano para as intervenções em bens imóveis inventariados.

A deliberação do executivo inclui, ainda, a abertura de um período de participação pública de 15 dias úteis para a formulação de sugestões e apresentação de informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no procedimento; a publicação da decisão de revisão do PDM no Diário da República; a comunicação daquela deliberação à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, para efeitos de nomeação da comissão consultiva de acompanhamento; o envio do processo à Equipa de Trabalho do PDM

BARCELOS APOIA O DESPORTO

Presidente da Câmara em exercício assina protocolos com associações desportivas

A Presidente da Câmara em exercício de funções, Armandina Saleiro, o Vereador do Desporto, Francisco Rocha, e os dirigentes das associações desportivas do concelho, assinaram, nos Paços do Concelho, contratos-programa dedesenvolvimento desportivo com vinte associações do concelho, que incluem uma comparticipação financeira do Município no valor global de cerca de 135.531€.

Capturarbbbbararcelos.PNG

Os contratos, aprovados nas reuniões do executivo municipal no dia 28 de junho, têm por objetivo a execução de um programa de desenvolvimento desportivo, através do fomento, divulgação e prática do desporto.

Armandina Saleiro começou por afirmar que o Município apoiou e vai continuar a apoiar as atividades desportivas, realçando o “esforço do Município para ajudar as associações e atletas” que levam o nome de Barcelos além fronteiras.

A Presidente em exercício pediu aos presentes que continuem o trabalho desportivo nas suas modalidades e junto dos mais jovens, “porque o movimento associativo é uma das maiores riquezas que Barcelos tem” garantindo que a Câmara Municipal não deixará de prestar o contributo necessário para esse fim.

Por fim, agradeceu a disponibilidade e o tempo que os associados dedicam à sua instituição e reconheceu que é “essa dedicação que mantém viva a coletividade”.

Assinaram os contratos das coletividades, os representantes da Associação de Montanhismo de Barcelinhos, Associação Clube de Ténis da ESAF, Associação Desportiva de Barcelos, Associação Desportiva e Cultural de Manhente, Grupo de Futebol Clube da Pousa, Sociedade Columbófila Barcelense, Associação Desportiva de Carreira, Casa do Povo de Alvito, Cávado Futebol Clube, Clube Desportivo Juventude S. Pedro, Clube Futebol Os Ceramistas, Granja Futebol Clube, Clube Cávado Patinagem Artística, Judo Clube de Barcelos, Grupo Desportivo Águas Santas, Associação Ornitológica de Barcelos, Futebol Clube de Roriz, Motor Clube de Barcelos, Núcleo Desportivo Os Andorinhas, Sporting Clube da Ucha.