Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS PROMOVE A SEGUNDA GALA DO DESPORTO

Barcelos volta a premiar o mérito desportivo dos barcelenses com a segunda edição da Gala do Desporto, que se realiza no dia 5 de abril de 2020, no Pavilhão Municipal.

Imagem 1desposendee.jpg

Este evento visa premiar todos aqueles que ao longo do ano/época anterior tiveram um papel preponderante no desporto do concelho de Barcelos, destacando-se pelos resultados de mérito e dedicação. É, também, uma forma de incentivar os restantes intervenientes no desporto concelhio a melhorarem as suas prestações.

A II Gala do Desporto de Barcelos vai prestar homenagem a atletas barcelenses ou praticantes de clubes barcelenses que se sagraram campeões nacionais, europeus ou mundiais ao longo da época transata. Entre os galardoados, estarão as entidades envolvidas no desporto federado, não federado, adaptado, escolar e universitário do concelho de Barcelos.

Os atletas homenageados integram modalidades desportivas muito variadas, como atletismo, artes marciais chinesas, btt, basquetebol, biatlo, boccia, btt xco, ciclismo (estrada e pista), dança desportiva, futebol, judo, jet ski, karaté, luta livre olímpica e greco-romana, motonáutica, orientação, orientação btt7, hóquei patins, patinagem, pentatlo moderno, taekwondo, ténis de mesa, tiro e ultra trail.

Os prémios atribuídos integram a seguintes categorias: Galardão dos Campeões, que abrange os atletas campeões e o Futebol Popular; Galardão do Júri, que abrange seis distinções: Atleta do Ano, Atleta Revelação do Ano, Treinador do Ano, Dirigente do Ano, Árbitro do Ano e Prémio Reconhecimento; Galardão do Público, que diz respeito ao Evento Desportivo do Ano.

A Gala do Desporto de Barcelos é um evento organizado pelo Município, que visa distinguir e premiar as entidades e agentes desportivos que durante a época desportiva mais se notabilizaram pelos resultados alcançados ou pelos serviços prestados nas diversas modalidades desportivas, prestigiando o desporto e a sociedade barcelense pelo seu mérito ou conduta, tendo, ao mesmo tempo, um papel preponderante no desenvolvimento do desporto no concelho. Este evento pretende, também, reforçar o reconhecimento de atletas, equipas, treinadores e associações/clubes que se destacaram ao longo da época desportiva, bem como o empenho e dedicação dos vários agentes desportivos, na prossecução do incentivo à prática desportiva.

MUNICÍPIO DE BARCELOS APROVA APOIOS EDUCATIVOS E SOCIAIS

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária realizada no dia 15 de novembro, protocolos de colaboração com os nove agrupamentos escolares do concelho e 74 entidades gestoras das Atividades de Apoio e Animação à Família (AAAF), constituídas por juntas de freguesia, associações de pais e instituições particulares de solidariedade social, tendo em vista a transferência das verbas necessárias à concretização daquelas atividades no ensino pré-escolar e que ascendem a 61.734,11€ mensais.

A rede pública da educação pré-escolar integra a componente letiva (da responsabilidade do Ministério da Educação) e a componente não letiva, com ocupações de socioeducativas de apoio à família, assegurando um horário flexível e compatível cm as necessidades dos pais e encarregados de educação, sendo estas de responsabilidade partilhada entre os municípios, os agrupamentos escolares, as associações de pais, as juntas de freguesia e as instituições particulares de solidariedade social.

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou um protocolo de colaboração com a Escola Secundária de Barcelos para a realização de estágio de dez alunos de uma escola de Itália, integrados no projeto Erasmus, em espaços e equipamentos culturais do Município (Biblioteca Municipal, Museu de Olaria, Casa da Azenha e Teatro Gil Vicente).

Foram também aprovados os seguintes apoios na área social e educativa: comparticipação financeira nas refeições escolares de 28 alunos dos jardins de infância e escolas do 1.º ciclo do concelho; apoio financeiro à habitação social a duas famílias, no valor global de 21.887,00€; apoio à renda habitacional a 12 agregados familiares.

Apoios às freguesias e outras entidades

O executivo municipal aprovou subsídios a sete freguesias, no valor global de 93.000,00€, como comparticipação nas despesas de aquisição de terreno para cemitério, pavimentação e reperfilamento de ruas, drenagem de águas pluviais e obras em sede de Junta.

Destacam-se, ainda, as seguintes deliberações tomadas na reunião de Câmara de 15 de novembro: a delimitação da Área de Reabilitação Urbana Barcelos Nascente Dois, um instrumento potenciador de políticas públicas e particulares de regeneração e reabilitação do conjunto edificado urbano; as alterações às normas do Orçamento Participativo 2019, que definem a inscrição para apresentação de propostas e votação até janeiro de 2020, a votação dos projetos entre 7 e 21 de fevereiro de 2020 e a apresentação pública dos projetos vencedores em março de 2020; um acordo de colaboração com o Judo Clube de Barcelos tendo em vista a utilização do Pavilhão Municipal para a realização das suas atividades; um contrato de desenvolvimento desportivo com a Associação Cultural e Recreativa de Roriz, que integra uma comparticipação financeira do Município no valor global de 12.500,00€; um contrato de desenvolvimento desportivo com a PCAND – Paralisia Cerebral – Associação Nacional de Desporto (modalidades de boccia, tricicleta, futebol de 7 e slalom), que integra uma comparticipação financeira do Município no valor de 6.800,00€; um subsídio à Banda Musical de Oliveira, no valor de 1.500,00€, como apoio à participação no Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas, em Lisboa; um subsídio ao Grupo Coral Shallon, no valor de 1.500,00€, como apoio às iniciativas das comemorações do 38.º aniversário.

BARCELOS INTEGRA A REDE AUTARQUIA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL

O Município de Barcelos foi distinguido como “Autarquia + Familiarmente Responsável 2019”, uma nomeação atribuída pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) que fará a entrega da respetiva bandeira, numa cerimónia que decorrerá em Coimbra, no dia 27 de novembro.

barbarcell (2).JPG

Na edição deste ano dos prémios do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, a 11.ª, foram distinguidos 76 municípios portugueses, sendo que no distrito de Braga essa distinção foi também para os municípios de Amares, Braga, Cabeceiras de Basto, Vila Nova de Famalicão, Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho.

Este prémio visa reconhecer as boas práticas no âmbito das políticas familiares e distinguir os municípios que investem na execução de uma política integrada de apoio à família. Neste sentido, o Município de Barcelos, enquanto entidade empregadora, adota medidas que facilitam a conciliação da vida familiar e laboral dos seus trabalhadores.

Para Armandina Saleiro, Vereadora do Pelouro da Ação Social, esta distinção deve-se “à política de desenvolvimento social criada pela autarquia que muito tem apoiado os munícipes, as famílias e as pessoas mais carenciadas do concelho”. E acrescenta: “Existe um compromisso social e este galardão é também o reconhecimento das dinâmicas sociais que temos implementado. Sempre definimos a área do apoio social como uma das prioridades da nossa atuação e o facto de recebermos este título, é algo que nos deixa muito orgulhosos e satisfeitos”, referiu a responsável pela área social.

Ciente de que a família é um marco de coesão social insubstituível para o bem-estar da população e promove a integração social no território, o Município de Barcelos promove medidas facilitadoras da vida familiar.

Neste contexto, tem vindo a implementar diversas medidas e políticas sociais familiarmente responsáveis, nomeadamente na habitação, através da redução do IMI para as famílias numerosas, assim como no arrendamento habitacional e habitação social em que é concedida, pelo Município, uma majoração de 30%, às famílias com três ou mais filhos e de 20% às famílias monoparentais.

Ainda neste alinhamento, ao nível cultural há uma grande preocupação, por parte do Município, em conceber programas adequados à participação das famílias. Destacam-se algumas das iniciativas na área cultural, bem como nas áreas de educação e formação. Neste caso, destacam-se o apoio ao transporte escolar, o apoio nas refeições escolares, a oferta de manuais escolares, bolsas de estudo para os estudantes do ensino superior, o projeto de intervenção psicossocial e psicoeducativa. Na área da saúde, através dos projetos Barcelos a Sorrir, Promoção da Saúde Ocular e Auditiva e Promoção de Imagem e o Transporte Solidário.

A avaliação do Observatório das Autarquias + Familiarmente Responsáveis tem em conta fatores ligados à política integrada de família, aos facilitadores de uma política familiarmente responsável e à responsabilidade social dentro da autarquia.

barbarcell (1).jpg

BARCELOS DEBATE SERVIÇOS DE ENERGIA E COMUNICAÇÕES

Serviços de Energia e Comunicações Eletrónicas em debate no Auditório Municipal

A Câmara Municipal de Barcelos e o CIAB - Tribunal Arbitral de Consumo promovem, no dia 20 de novembro, às 10h00, no Auditório Municipal, um seminário intitulado “Serviços Públicos Essenciais: Serviços de Energia e Comunicações Eletrónicas”.

Esta iniciativa pretende divulgar na região o projeto do CIAB no apoio aos consumidores e dar a conhecer algumas realidades na atribuição e competências na proteção dos utilizadores de serviços relacionados com Energia e Comunicações Eletrónicas.

Durante a parte da manhã estarão presentes duas representantes da ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, que irão abordar temas tendo em vista o relacionamento comercial da entidade com os consumidores e as empresas, a qualidade do serviço prestado, a liberalização do mercado energético, os apoios sociais e resolução de litígios, entre outros temas.

Na sessão da tarde estará representada a ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações abordando as principais atribuições e competências da ANACOM na proteção dos consumidores, o seu papel na proteção dos utilizadores, os assuntos mais reclamados nas comunicações eletrónicas, a resolução de litígios, entre outros.

Este seminário é promovido pela Câmara Municipal de Barcelos e o CIAB – Tribunal Arbitral de Consumo e tem como parceiros a ERSE, a ANACOM, o IPCA e a ACIB.

Programa_Seminário Serviços Públicos Essenciais.jpg

BARCELOS COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA CIDADE EDUCADORA

Celebra-se no próximo dia 30 de novembro o Dia Internacional da Cidade Educadora, cujo tema deste ano é “Escutar a Cidade para a Transformar”.

Dia Internacional da Cidade Educadora.jpg

Nesse sentido, o Município de Barcelos, em colaboração com o Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, irá realizar dois fóruns com os alunos do 2º e 3º ciclo, nos dias 27 e 28 de novembro de 2019, às 9h30, na Biblioteca do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho.

A iniciativa terá como objetivo a partilha da perceção dos jovens sobre a cidade e do que gostariam de transformar.

Barcelos, integrada na rede das Cidades Educadoras, vem permitindo uma nova forma de ver e pensar a cidade, bem como a integração da necessidade de um esforço maior para criar, pela via da educação, da cultura e das políticas sociais, as condições e o ambiente perfeitos para o crescimento de cada um, num contexto de respeito por todos e num movimento contínuo de desenvolvimento sincronizado de toda a comunidade e de todo o território.

O crescente envolvimento e participação da sociedade civil na vida pública da cidade e do concelho são a face visível duma mudança que se avoluma e que continuará a crescer em Barcelos, rumo à plenitude dos princípios da Carta das Cidades Educadoras.

EXCURSIONISTAS DE BARCELOS VISITAM GRÉMIO DO MINHO, ACTUAL CASA DO MINHO EM LISBOA

SEC-AG-1718I.jpg

Os excursionistas de Barcelos, no Grémio do Minho (identificados no álbum): Miguel Fernandes Ferreira da Silva; José da Costa Lima; Domingos Marques; António Matos BaFirmino Barbosa; António Lemos; António Domingos Cardoso; José Luís da Silva; Domingos Gomes Ferreira; José de Azevedo; José de Araújo; António Cardoso de Faria; João Joaquim Pereira; Rogério Calás de Carvalho; Avelino Linhares; João Cardoso; Rogério da Costa; Firmino Rodrigues da Cruz Lima; Manuel Ferreira Lemos; António Pereira; Francisco Queirós; José Joaquim Pereira; João Gonçalves Fernandes; António da Fonseca; José António Fernandes; Joaquim Júlio de Sousa; José Pereira da Fonseca; Joaquim Ferreira.

Data: 29 de Julho de 1934

Fonte: Direcção-Geral de Arquivos

PAULO PARRA INAUGURA EXPOSIÇÃO EM BARCELOS

Obras da coleção Paulo Parra em exposição nos Paços do Concelho de Barcelos, com inauguração amanhã, 9 de novembro, às 17 horas

As exposições “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!” e “Sentar Portugal”, com obras da coleção Paulo Parra, são inauguradas amanhã, dia 9 de novembro, às 17h00, no Salão Nobre e na Sala Gótica dos Paços do Concelho.

A coleção abrange um universo muito variado de peças do design português, pelo que estas exposições constituem um momento ímpar para apreciar um património importante da história do design, inovação e tecnologia portuguesas, e inserem-se na política cultural do Município de Barcelos de acesso da população aos bens culturais de qualidade, numa mostra única enquadrada no conceito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO.

BARCELOS SENSIBILIZA CONTRA COMPORTAMENTOS DE RISCO

Câmara Municipal promove atividades de sensibilização de comportamentos de risco

O pelouro da Juventude da Câmara Municipal de Barcelos realiza ao longo dos meses de novembro e dezembro um conjunto de atividades de sensibilização de comportamentos de risco, que têm  como objetivo envolver os jovens na sua consciencialização, destacando-se o Dia Mundial do Não Fumador e o Programa de Luta Contra a Sida. As ações são dirigidas não só à população jovem, mas também à população em geral, através de instituições e grupos – escolas, juntas de freguesia, associações, IPSS, grupos de jovens, grupos de escuteiros, centros sociais e culturais.

Agarra-te à Vida 2019.jpg

Calendário de atividades:

Dia Mundial do Não Fumador e Dia Mundial de Luta Contra a SIDA – de 15 de novembro a 2 de dezembro 2019, na Casa da Juventude, das 9h30 às 18h00, de segunda a sexta-feira. O programa integra sessões educativas (tabagismo, prevenção das toxicodependências, SIDA, IST’s, comportamentos de risco) e o placard de mensagens alusivas aos temas.

A participação é gratuita. Todas as escolas e outras instituições, grupos e interessados podem participar mediante o preenchimento e envio da ficha de inscrição para a Casa da Juventude, através dos seguintes contactos: Casa da Juventude – Município de Barcelos Rua da Madalena, nº 37 4750-315 Barcelos. Telefones: 253 814 307 ou 253 814 308 Fax: 253 814 309, ou através do e-mail:casadajuventude@cm-barcelos.pt.

O que é o projeto Agarra-te à Vida?

O projeto Agarra-te à Vida é uma iniciativa da Casa da Juventude da Câmara Municipal de Barcelos, que contempla diferentes ações nas áreas de educação para a saúde, prevenção das toxicodependências e educação sexual, áreas que se assumem de importante valor educativo e social no concelho de Barcelos. Tem como principal objetivo participar na formação e dinamização da comunidade, envolvendo diferentes instituições do concelho, de modo a que cada vez mais se realize um trabalho conjunto, em prol do desenvolvimento das comunidades.

Entre outras atividades, desenvolve, ao longo do ano e de forma permanente, sessões educativas nas seguintes áreas: prevenção das toxicodependências (álcool, tabaco e outras drogas) educação sexual, adolescência, descoberta do corpo, sexualidade/ afetividade, métodos contracetivos, infeções sexualmente transmissíveis, SIDA, entre outras abordagens. Estas ações estão sujeitas a marcação prévia com, pelos menos, duas semanas de antecedência.

O projeto tem também, em permanência, o Gabinete de Educação para a Saúde, que disponibiliza aos jovens de Barcelos, entre os 12 e os 35 anos, um serviço gratuito que inclui consultas de orientação nas áreas de  psicologia e de nutrição. As consultas de psicologia têm lugar de segunda a sexta-feira,  das 9h30 às 18h00, e as consultas de nutrição têm lugar à quarta-feira das 14h00 às 17h00, na Casa da Juventude.

Mais informações na Casa da Juventude, na Rua da Madalena n.º 37 – Barcelos, em casadajuventude@cm-barcelos.pt, ou pelo telefone 253 814 307/308.

RALLYSPIRIT ALTRONIX EM BARCELOS A 9 DE NOVEMBRO

De 8 a 10 de novembro, entre Barcelos e Gaia, os amantes do desporto automóvel poderão recuar na história e viver momentos únicos com a presença de alguns dos mais icónicos carros de ralis de todos os tempos.

RallySpirit.jpg

Aos carros juntam-se pilotos que escreveram algumas das mais belas páginas da história do automobilismo mundial e nacional.

No dia 9 de novembro, os carros e pilotos estão pela cidade de Barcelos com duas subidas ao Monte da Franqueira, a primeira às 12h04 e a segunda às 15h25, e uma super especial , “Boucles de Barcelos” na variante das Torgas, em Arcozelo , que acontece pelas 16h00. Estes serão momentos de adrenalina e nostalgia.

O RallySpirit Altronix, prova automobilística em constante afirmação no contexto dos Rally-Legends mundiais, conta, na sua 5ª edição, com uma verdadeira “chuva” de míticos carros de ralis, com especial destaque para os famosos “Grupo B”, que, nos anos 80, coloriram a era dourada dos ralis.

Aliás, os “Grupo B” são a temática da edição deste ano, que irá para a estrada entre 8 e 10 de novembro, e que conta com um forte nível de internacionalização, prometendo ser a mais apelativa desde que, em 2015, se estreou em solo português. Das mais de 100 equipas inscritas de nacionalidades portuguesa, espanhola, sueca, alemã, inglesa e belga (de um limite máximo de 120), as presenças de maior destaque estão precisamente reservadas para os denominados “Super-Grupo B”, capazes de, pela sua raridade e espetacularidade, fazerem vibrar os aficionados dos ralis como nenhuns outros.

No topo da lista, encontra-se o Audi Sport Quattro S1, que será pilotado pelo ex-Campeão do Mundo de Ralis, Stig Blomqvist, que é também o “cabeça de cartaz” da prova. Mas ao “monstruoso” Audi, juntar-se-ão alguns dos seus rivais da altura, como o Peugeot 205 Turbo 16 E2, o Ford RS200 e o MG Metro 6R4, verdadeiros ex-libris dos ralis dos anos 80.

Em 2018 foi a primeira vez que o RallySpirit Altronix passou em Barcelos afirmando-se como uma prova ímpar no panorama do desporto automóvel nacional, tendo juntado mais de uma centena de carros, sendo que 30% dos participantes eram internacionais.

Condicionamentos de trânsito

A prova realiza-se no dia 9 de novembro o que faz com que seja necessário interditar no dia 8 de novembro o Campo da Feira para a montagem da pista.

No dia 9, dia das classificativas em Barcelos, realizam-se duas classificativas na Franqueira (nas freguesias de Carvalhas, Góios, Remelhe e Rio Covo Sta.Eulália) e nas freguesias de Carvalhal, Pereira e Milhazes, uma em Laúndos, nas freguesias de Courel e Macieira de Rates e uma super especial “Boucles de Barcelos”, na variante das Torgas, freguesia de Arcozelo.

As paragens dos autocarros situadas na Av.da Liberdasde e na Av. Dr. Sidónio Pais (Bagoeira) deslocam-se para a rotunda da Av.Dr.Sidónio/rua Cândido da Cunha.

A praça de táxis situada na Av. da Liberdade desloca-se para a Av, dos Combatentes.

Tratando-se de um sábado, e com o trânsito constante dos carros da prova entre no Campo da Feira e as classificativas de Barcelos e Franqueira, informamos os automobilistas que devem utilizar itinerários alternativos para as deslocações, caso necessitem de utilizar vias do trajeto Campo da Feira – Franqueira.

As principais vias afetadas serão Ponte Peregrinos de Santiago (ponte medieval), Rua Fernando Magalhães, Rua José António P.P. Machado e Av. Dr. Sidónio Pais.

Sugere-se ainda que para a travessia entre Barcelos e Barcelinhos os condutores utilizem o nó das Pirâmides / Ponte de Santa Eugénia.

Para alternativa ao estacionamento no Campo da República (Feira), sugere-se o estacionamento em parques periféricos e a utilização do transporte público na ligação ao centro.

Desde já, pedimos compreensão pelo incómodo causado.

PAULO PARRA EXPÕE EM BARCELOS

Obras da coleção Paulo Parra em exposição nos Paços do Concelho

O Salão Nobre e a Sala Gótica dos Paços do Concelho recebem no próximo sábado, 9 de novembro, as exposições “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!” e “Sentar Portugal”, com obras da coleção Paulo Parra.

Paulo Parra.jpg

A coleção abrange um universo muito variado de peças do design português, pelo que estas exposições constituem um momento ímpar para apreciar um património importante da história do design, inovação e tecnologia portuguesas, e inserem-se na política cultural do Município de Barcelos de acesso da população aos bens culturais de qualidade, numa mostra única enquadrada no conceito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO.

Na exposição “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!”, onde está patente uma seleção de produtos da coleção, coexistem peças produzidas em porcelana, cristal e prata, mas também peças de faiança, vidro e estanho, pretende-se mostrar um pouco do acervo total de mais de 500 peças da coleção e produzir uma exposição pública com rigor histórico, centrada na qualidade dos produtos da mesa portuguesa.

Em “Sentar Portugal”, mostram-se cerca de seis dezenas de cadeiras com design português. Esta exposição é a maior já efetuada sobre a história da “cadeira portuguesa”, e demonstra que a “nossa cadeira” tem uma grande riqueza linguística e uma diversidade em tudo semelhante, ou até superior, às de outros povos europeus.

Paulo Parra, o autor da coleção, tem uma carreira multifacetada como designer, professor e colecionador. Com trabalhos nas áreas de Design de Produto, Transportes e Arquitetura, Design de Exposições, Design de Comunicação e Interfaces e Design Estratégico, desenvolveu ainda atividades como curador, museologista, pesquisador e conferencista.

BARCELOS APROVA APOIOS SOCIAIS

Executivo municipal de Barcelos aprova apoios sociais, subsídios às freguesias e contrato programa com EMEC

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária realizada no dia 31 de outubro, subsídios a oito freguesias do concelho, no valor global de 109.750,00€, destinados, maioritariamente, a comparticipar nas despesas de requalificação, alargamento e pavimentação de caminhos e na construção de muros.

Também na referida reunião, a Câmara Municipal aprovou um contrato-programa com a Empresa Municipal de Educação e Cultura de Barcelos, no âmbito das atividades educativas e culturais desenvolvidas por aquela empresa em 2019. O contrato-programa inclui uma comparticipação financeira no valor de 323.065,50€, tendo em vista o financiamento das obrigações da empresa nas áreas educativa e cultural, bem como o financiamento de 15% da atividade da Escola de Tecnologia e Gestão, relativos à contrapartida pública nacional, que deixou de ser suportada pelo Orçamento de Estado.

Na mesma reunião, o executivo aprovou um pacote de apoios sociais, nomeadamente, o apoio à renda a 23 agregados familiares, apoio à habitação social a uma família e o apoio financeiro nas refeições escolares de 43 alunos do 1.º ciclo e dos jardins de infância.

Também na área social, foram aprovados dois acordos de colaboração: o primeiro, com a Amar 21 – Associação de Apoio à Trissomia 21, destinado a estabelecer as condições de cedência (contrato de comodato, válido por dez anos) da antiga Escola EB1/JI de Vilar do Monte, propriedade do Município de Barcelos, àquela associação para a realização das suas atividades; o segundo, com a Recovery IPSS, que tem como objetivos: dar continuidade e reforço às ações dinamizadas no âmbito do trabalho de apoio a pessoas com doença mental; determinar as condições para destinar os serviços e meios técnicos multidisciplinares prestados nas suas unidades de cuidados continuados integrados de saúde mental da infância e adolescência, como retaguarda a crianças adolescentes e respetivas famílias em situação de desvantagem social e económica; estabelecer os termos e condições que regularão a organização do I Congresso Recovery Portugal, a realizar nos dias 6 e 7 de dezembro de 2019, em Barcelos.

Ainda no âmbito social, o executivo municipal aprovou um subsídio no valor de 10.000,00€ à Associação Galo Novo, como comparticipação na aquisição de uma viatura de apoio às valências sociais.

Quanto às restantes deliberações, destacam-se: a adenda ao acordo de colaboração com a Academia de Música de Viatodos, que tem como objetivo a cedência de espaços culturais do Município para a realização de programas teatrais e que inclui uma comparticipação financeira no valor de 3.000,00€; a atribuição de um subsídio no valor de 1.000,00€ à Associação Desportiva, Cultural e Recreativa de Silveiros; a aprovação de acordos com oito entidades concelhias para a cedência gratuita do Pavilhão Municipal, tendo em vista o desenvolvimento das suas atividades.

BANDA MUSICAL DE OLIVEIRA (BARCELOS) REPRESENTA O MINHO EM LISBOA NO DESFILE DE BANDAS FILARMÓNICAS NAS COMEMORAÇÕES DO 1º DE DEZEMBRO DE 1640

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios.

BandaOliveira2013.jpg

É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC.

A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro, e com a colaboração da CMP – Confederação Musical Portuguesa. Agradecemos também o apoio facultado pelo "Recheio" e pelo "Amanhecer", assim como a cobertura e transmissão pela RTP.

O Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas "1º de Dezembro" foi um êxito em 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018. Será êxito maior em 2019.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 2.000 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 8ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:

  • Grupo de Bombos de Atei (Mondim de Basto)

BANDA NACIONAL:

  • Banda Sinfónica do Exército

BANDAS FILARMÓNICAS:

  • La Filarmónica de Olivenza (Olivença)
  • Banda Nova de Fermentelos (Águeda)
  • Banda Musical de Oliveira (Barcelos)
  • Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense "Os Amarelos" (Moura)
  • Banda Filarmónica de Odemira (Odemira)
  • Banda Filarmónica de Carviçais (Torre de Moncorvo)
  • Banda Filarmónica de Felgar (Torre de Moncorvo)
  • Sociedade Filarmónica de Louriçal do Campo (Castelo Branco)
  • Orfeão de Castelo Branco (Castelo Branco)
  • Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical) - com o Grupo de Cantares de Pedrógão de São Pedro (Adufes) (Penamacor)
  • Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense (Vila Velha de Ródão)
  • Associação Filarmónica Progresso Pátria Nova de Coja (Arganil - Coja)
  • Associação Filarmónica União Verridense (Montemor-o-Velho)
  • Sociedade Filarmónica Sangianense (Oliveira do Hospital)
  • Banda Filarmónica da Casa do Povo de Penacova (Penacova)
  • Sociedade Filarmónica Penelense (Penela)
  • Sociedade Filarmónica Municipal Redondense (Redondo)
  • Banda Filarmónica União Montoitense (Redondo)
  • SUA - Sociedade União Alcaçovense (Viana do Alentejo)
  • Banda Torroselense Estrela D'Alva (Seia)
  • Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília (Alvaiázere)
  • Banda Comércio e Indústria (Caldas da Rainha)
  • Banda da Escola de Música da Juventude de Mafra (Mafra)
  • Sociedade Filarmónica Galveense (Ponte de Sôr)
  • Banda Musical Leverense (Gaia)
  • Sociedade da Banda Republicana Marcial Nabantina (Tomar)
  • Sociedade Velha Filarmónica Riachense (Torres Novas - Riachos)
  • Sociedade Filarmónica União Agrícola de Pinhal Novo (Palmela)
  • Banda Musical Rerizense (Castro Daire)
  • Associação Filarmónica, Cultural, Recreativa e Humanitária de Nagoselo do Douro (S. João da Pesqueira)
  • Banda de Música de Sendim (Tabuaço)
  • Sociedade Filarmónica Tondelense (Tondela)
  • Banda Municipal de Santana (Madeira - Santana)
  • SFUCO – Sociedade Filarmónica União e Capricho Olivalense (Lisboa)

Será um total de 36 entidades, integrando 1 grupo de percussão, 1 grupo coral, 1 banda nacional militar e 33 bandas filarmónicas civis.

Cerca de 2.000 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país, irão descer a Avenida da Liberdade para celebrar Portugal, a Independência nacional e a Restauração, através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores, para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes, sob a direcção do Maestro Major Alexandre Coelho, da Banda Sinfónica do Exército.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas.

A apoteose final, com os músicos de todas as bandas formados em parada junto ao Monumento aos Restauradores, consiste na interpretação sequencial, como se de uma só orquestra se tratasse, dos Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

A Banda Musical de Oliveira foi fundada em 1782 por António Gomes Ferraz, por ocasião dos festejos organizados para celebrar a conclusão das obras da reconstrução da Igreja Paroquial de Oliveira.

Nesse tempo, era pároco da freguesia o padre João Machado da Silva Ribeiro, que promoveu a apresentação da Banda de Música. Após a sua fundação, a Banda Musical de Oliveira esteve sempre em actividade, embora só a 15 de Novembro de 1965 tenham sido elaborado os seus estatutos, que a definem como uma a associação cultural, musical, artística e recreativa, inscrita nas Federações de Música e nos organismos oficiais da cultura.

Em Janeiro de 1982, comemorou-se o Bicentenário da Banda Musical de Oliveira, sob a regência de Cândido Alberto Capela Bastos, com um vasto programa que incluiu inúmeras actuações que encerraram com uma homenagem ao Fundador. É desde esse ano sócio honorário dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos. Em 1983, é-lhe atribuída pela Liga dos Bombeiros Portugueses a Medalha de Ouro – Serviços distintos.

Em 1995, por altura das comemorações do Dia Mundial da Música, em Barcelos, a Banda Musical de Oliveira foi condecorada com a Medalha de Mérito Cultural pelo Governo Português. Em 2007 comemorou 225 anos ao serviço da Musica.

Actualmente, a Banda Musical de Oliveira é regida por Hugo Ribeiro e tem em funcionamento uma Escola de Música, com actividades diárias, onde presta serviço no campo do ensino da música, a cerca de 60 jovens, de ambos os sexos e de todas as idades.

TADEU BARBOSA ELEITO PRESIDENTE DA JS BARCELOS

No passado sábado, dia 2 de novembro, decorreram as eleições para a Concelhia da JS Barcelos.

jsbarcelos (1).jpg

Tadeu Barbosa, que encabeçava a Lista A, foi eleito Presidente da Juventude Socialista de Barcelos, com 64,4% dos votos.

O recém-eleito Presidente da JS Barcelos referiu que “não se trata de uma simples vitória, trata-se da afirmação de uma equipa determinada, que se empenhou afincadamente atingindo os objetivos”.

Tadeu Barbosa explicou ainda que “esta é uma lista que assenta numa lógica de continuidade do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no último mandato, com a liderança de Patrick Sousa”.

Para este mandato a juventude barcelense, poderá contar com uma voz ativa e empenhada em prol da continuidade do trabalho de mobilização e aproximação dos jovens ao ativismo político.

No seguimento desta eleição, foi ainda reeleita Catarina Sá, para Presidente da Mesa da Comissão Política, órgão que já presidia no anterior mandato.

3 de Novembro de 2019

O Presidente da JS Barcelos,

Tadeu Barbosa

jsbarcelos (2).jpg

BARCELOS LIDERA NO DISTRITO E SOBE A NÍVEL NACIONAL NA EFICIÊNCIA FINANCEIRA

Ranking do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses

O Município de Barcelos volta a liderar o ranking dos municípios do Distrito de Braga com melhor eficiência financeira em 2018, mantendo a posição que já ocupava em 2017, e sobe para sétimo a nível nacional, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses divulgado no dia 30 de outubro.

Barcelos2.jpg

O documento seleciona um conjunto de 11 indicadores sobre a situação financeira dos municípios, a partir dos quais são avaliados e dentro da respetiva dimensão (grandes: 24, médios: 98, e pequenos: 186).

Barcelos é considerado um grande município, situando-se em 7.º lugar a nível nacional entre os da sua dimensão e em 42.º lugar no conjunto dos 308 municípios do país, quanto à eficiência financeira.

Esta posição melhora em relação à análise de 2017, ano em que obteve o 9.º lugar, e em relação a 2016, quando obteve o 11.º lugar entre os municípios de grande dimensão.

A nível distrital, Barcelos repete em 2018 o lugar obtido em 2017, isto é, o primeiro entre os grandes e também na globalidade de todos os municípios do distrito, com uma pontuação destacada em relação aos demais.

A nível nacional verifica-se uma melhoria global assinalável dos municípios quanto aos seus indicadores financeiros, registando-se um superavit de 466 milhões de euros, diminuição da dívida e redução de tempo de pagamento a fornecedores, estabilização da independência financeira, entre outros.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses teve a sua primeira edição em 2005, e foi coordenada pelo Professor João Carvalho, ex presidente do IPCA, com o apoio da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, assume pela primeira vez a coordenação do estudo, que conta com a colaboração do Tribunal de Contas, da Ordem dos Contabilistas Certificados, do IPCA, do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade e da Universidade do Minho.

ORÇAMENTO MUNICIPAL DE BARCELOS ASCENDE A 70.5 MILHÕES DE EUROS

Orçamento municipal de Barcelos ascende a 70.5 milhões de euros

Executivo remeteu à Assembleia Municipal documento para aprovação

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou remeter à Assembleia Municipal as Opções do Plano e Orçamento para 2020, para discussão e votação.

foto CMB2.jpg

Apesar de ainda não estar aprovado o Orçamento de Estado para 2020 e, por essa razão, se manterem os valores de 2019 quanto às transferências financeiras, a Câmara Municipal apresenta uma previsão de receitas e despesas no valor de 70.595.000€, representando um aumento de quase três milhões de euros em relação a 2019.

A Assembleia Municipal já aprovou as taxas e os benefícios fiscais para 2020, que serão iguais aos de 2019, uma vez que se mantêm as necessidades ao nível do investimento, como sejam a comparticipação municipal nos projetos com financiamento europeu e a manutenção dos níveis de apoio social e às freguesias.

Nesse sentido, as inúmeras propostas apresentadas nas rubricas das políticas setoriais são expressivas do papel que cabe à Câmara Municipal quanto à sua intervenção e definição no desenvolvimento local, bem como o acompanhamento das dinâmicas económicas, sociais e culturais do concelho.

Do mesmo modo, o Plano Plurianual de Investimentos explicita as opções e os níveis elevados de investimento repartidos nos próximos anos, esperando-se, em 2020, a conclusão e o início de execução de diversas obras estruturantes para o concelho, como também se explicita na rubrica da Caraterização do Orçamento.

O ano de 2020 será igualmente importante para a concretização da transferência de competências na área da educação, cujo processo negocial com o Ministério da Educação fixará o financiamento e as condições de gestão de novas estruturas escolares por parte do Município, o que implicará uma atualização dos valores do orçamento municipal.

Destacam-se, ainda, nas opções políticas do executivo para o próximo ano, a estabilização contratual do pessoal em funções e a eliminação quase por completo do recurso a programas do IEFP; a consolidação dos investimentos feitos na área tecnológica; a continuidade do Orçamento Participativo, potenciando as experiências já realizadas neste âmbito e consolidando a participação ativa dos cidadãos no processo de educação cívica; a conclusão da revisão do Plano Diretor Municipal; a manutenção do contrato de cooperação técnico-financeiro com as freguesias, bem como a comparticipação nos investimentos por elas levados a cabo; o incremento e a consolidação de projetos na área ambiental; as políticas de coesão social transversais à sociedade barcelense e a articulação funcional e estratégica com as entidades do setor social; o desenvolvimento das políticas culturais, de juventude e do desporto em plena articulação com as dinâmicas associativas do concelho; a continuação da aposta na educação e no desenvolvimento de projetos baseados na Carta das Cidades Educadoras; a melhoria das condições de mobilidade e de reforço dos modos suaves de transporte; a aposta fundamental na promoção turística das potencialidades do concelho, com enfoque na internacionalização de marcas e conceitos da cultura barcelense, de que o recente prémio europeu “Destino de Turismo Cultural Sustentável” é um bom exemplo.

O documento das Opções do Plano e Orçamento para 2020 volta a caraterizar-se pelo rigor da gestão municipal que tem vindo a ser realizado nos últimos anos e que radica no realismo das receitas e das despesas, na seleção criteriosa do investimento e nas políticas de intervenção do Município nas suas diversas áreas.

BARCELOS -TERRA DE GIL VICENTE - É CAPITAL DO TEATRO!

Programação cultural de novembro do Theatro Gil Vicente

A programação do Theatro Gil Vicente mantém, em novembro, a diversidade e a heterogeneidade artísticas, com muita música, teatro e cinema.

Imagem-Site-Município-5.jpg

O teatro inicia a programação do Gil Vicente, no dia 2, às 21h30, com a peça de teatro “Concerto à la carte” pelo CTB – Companhia de Teatro de Braga.

No dia 3, às 16h00, é a vez da estreia da peça”Raposos” pelo Teatro de Balugas, peça que encerra o Festival de Teatro de Barcelos.

A rubrica “Em família no TGV” reserva a tarde de domingo, dia 17, às 16h, com “Alice no País nas Maravilhas”, pela Jangada Teatro.

A música tem lugar no dia 9, com a “Noite de Serenatas”, apresentado pela Tuna Académica do IPCA, um espetáculo inserido no XIV Barca Celi – Festival de Tunas da Cidade de Barcelos.

No dia 13, às 22h00, é a vez de um concerto inserido no Ciclo Jazz ao Largo que apresenta o espetáculo “Andy Sheppard Quartet”.

O triciclo também está de volta ao espaço vicentino, no dia 21, às 22h00, com o espetáculo de “Slumberland” um projeto do músico e cineasta Jochem Baelus.

Nos dias 22 e 23, realiza-se o “Encontro de Coros”, no âmbito do Projeto Artístico, às 21h30 e 16h00, respetivamente e, no dia 30, a “Noite de Fados”, às 21h30.

A Associação Zoom – Cineclube continua a levar o cinema ao Theatro Gil Vicente, com a exibição, no dia 5, do filme “Vitalina Varela”, de Pedro Costa, no dia 12, do filme “Technoboss”, de João Nicolau, e no dia 19, do filme “A Herdade”, de Tiago Guedes. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de novembro , a Sede do Gil Vicente FC recebe, no dia 9, às 22h00, o concerto de “Conjunto Corona + Solar Corona”, espetáculo inserido no ciclo de concertos “triciclo”. A entrada tem um custo de 5€.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

MUNICÍPIO DE BARCELOS VENCEU PRÉMIO EUROPEU "DESTINO DE TURISMO CULTURAL SUSTENTÁVEL"

O Município de Barcelos foi distinguido internacionalmente com o Prémio Europeu de 'Destino de Turismo Cultural Sustentável' promovido pela ECTN - European Cultural Tourism Network, na cerimónia que decorreu no passado dia 24 de outubro, na cidade de Granada, em Espanha, no seguimento da candidatura realizada em julho passado na categoria “Contribuições das indústrias culturais e criativas (ICCs) para o turismo cultural”, com o   tema “Barcelos Cidade Criativa - Contribuições do Artesanato e da Arte Popular como caminhos para um turismo mais sustentável”.

Prémio europeu2.jpg

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “ este prémio é um orgulho, num universo de centenas de entidades, autoridades locais, associações, empresas e outros agentes do setor turístico de toda a Europa que se candidataram. Acima de tudo, porque se trata de um incentivo à prossecução do trabalho municipal em prol do turismo criativo como fator de desenvolvimento local, mas também dando provimento à estratégia de promoção e internacionalização desenvolvidas nos últimos anos tendo o turismo como pretexto.”

Em Barcelos, a criatividade das nossas gentes  marcou e marca a nossa identidade socioeconómica, mas acreditamos que essa realidade se pode catapultar para outros patamares, com a visibilidade internacional que temos conseguido dar a Barcelos, nomeadamente através das redes internacionais que trabalham o registo da Criatividade, como a Rede das Cidades Criativas da UNESCO e a Creative Tourism Network.

A aposta nesta candidatura, como dialeto da política de turismo cultural e criativo desenvolvidas nos últimos anos, só é possível com o envolvimento de toda a comunidade criativa numa série de ações e iniciativas tendentes a impulsionar o setor criativo e o fortalecimento dos seus laços com o setor turístico, afirmando a criatividade como alavanca de desenvolvimento.

O turismo cultural e as indústrias criativas são evidentemente setores em crescimento em toda Europa e no mundo. Setores que seguramente irão  moldar o futuro de muitos territórios. Como tal, a aposta na sustentabilidade deste setor revela-se tão essencial para fortalecer a consciencialização europeia e mundial  para a aposta em estratégias de desenvolvimento sustentável como forma de assegurar um futuro para o setor do turismo.

A aposta que o Município de Barcelos tem vindo a fazer na criatividade tem servido de base para o nascimento de um paradigma de desenvolvimento em Barcelos e em Portugal.

Os prémios em questão existem desde 2014  e funcionam como incentivo a uma  consciencialização ética  relativamente à importância da  sustentabilidade no setor. A edição 2019 dos Prémios foi organizada pela ECTN em parceria com a Europa Nostra, a Comissão Europeia de Viagens e apoiada pela Rota Cultural Iter Vitis do Conselho da Europa.

A ECTN  é única rede pan-europeia que se dedica integralmente  ao desenvolvimento e promoção de ações que se destinam à implementação de estratégias de turismo cultural tendentes ao desenvolvimento de um setor verdadeiramente sustentável

ARROZ PICA NO CHÃO... EM BARCELOS!

Barcelos promove fim-de-semana gastronómico do arroz pica no chão. Gastronomia e rota do vinho entre os dias 9 e 10 de novembro

A Câmara Municipal de Barcelos volta a dar destaque à gastronomia tradicional com uma nova edição do Fim de Semana do Arroz  Pica no Chão, que decorre entre os dias 8 e 10 de novembro, em 30 restaurantes do concelho.

Capturarpica1.PNG

Esta iniciativa, que vai já na sua décima edição, integra-se num conjunto de atividades de promoção das qualidades turísticas da gastronomia local, potenciadas pela figura do galo e pelo universo cultural que se construiu à sua volta no concelho de Barcelos.

Participam nesta edição os restaurantes: Babette (Barcelos), Bagoeira (Barcelos), Ávila (Vila Seca), Belchior (Campo), Belo Horizonte (Rio Covo Sta.Eulália), Bom Gosto (Arcozelo), Casa do Eduardo (Milhazes),Casa dos Arcos (Barcelos), Casa Lourenço(Areias S.Vicente), Chuva (Barcelinhos), Dom Carlos(Silva), Fina Mesa (Grimancelos), Furna(Barcelos), Galliano (Barcelos), Manjar das Estrelas(Várzea), Maria de Medros (Barcelinhos), Muralha (Barcelos), Os Mouros (Arcozelo), Pedra Furada (Pedra Furada), Pérola Avenida (Barcelos), Restaurante 2000 (Tamel S.Pedro Fins), Rústico (Mariz), Solar Real (Barcelos), Sonho do Cávado (Manhente), Taberna do Armindo (Remelhe), Taberna Lopes (Gilmonde), Taberna “O Manhoso” (Tamel S.Veríssimo), Taberninha O Chico (Perelhal), Tasquinha do Careca (Perelhal) e Vera Cruz (Barcelos).

Paralelamente ao Fim de Semana do Arroz Pica Chão, vai realizar-se no sábado, dia 9, a partir das 14h00, a Rota do Vinho e da Vinha, que consiste numa visita a duas quintas produtoras de vinho verde: a Quinta de Balão, em Moure, e a Quinta do Barco, em Manhente.

A realização desta rota tem como objetivos a promoção e o conhecimento dos vinhos produzidos em Barcelos, através da realização visitas técnicas e provas dos vinhos produzidos nestas duas unidades locais.

No dia 10, com início às 8h30, realiza-se o Trilho das Poças com passagem por Creixomil, Vilar do Monte e Mariz.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias que podem ser feitas através de turismo@cm-barcelos.pt ou pelo telefone 253 811 882 até 7 de novembro.

Capturarpica2.PNG