Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

A COMUNIDADE PORTUGUESA NA AUSTRÁLIA

  • Crónica de Daniel Bastos

30128522348_0068acc1a9_b

No decurso do presente mês de março, o operador de serviço público de Rádio e Televisão de Portugal dedicou uma especial atenção à comunidade portuguesa na Austrália, através da realização de uma emissão, a partir do bairro mais de português de Sidney, o bairro de Petersham, onde se realiza anualmente o Festival do Bairro Português, ponto de reunião para milhares de portugueses e de outras comunidades desejosas de conviver com a cultura e tradições lusas.

Desde logo, é de enaltecer por parte do canal de televisão público, a realização de uma emissão dirigida às comunidades portuguesas. Porque, embora se enquadre no âmbito da missão da estação pública ao nível do reforço da coesão e identidade nacionais, a realização destas emissões são fundamentais para o esforço de aproximação às comunidades portuguesas, um dos mais importantes ativos estratégicos da política externa lusa. Sendo, nesse sentido, fundamental que as mesmas continuem a cobrir outras relevantes iniciativas socioculturais dinamizadas pelas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo. 

No caso concreto do maior festival português realizado no continente-ilha, situado no hemisfério sul, na Oceânia, o programa televisivo teve o condão de desvendar uma comunidade luso-australiana, cujas raízes remontam à segunda metade do séc. XX com a chegada de um grupo de emigrantes da Ilha da Madeira à cidade portuária de Freemantle, perfeitamente estabilizada, integrada e organizada.

De facto, apesar de pequena, dados oficiais apontam para que vivam atualmente pouco mais de 55 mil portugueses na Austrália, a comunidade lusa encontra-se disseminada por metrópoles como Perth, Melbourne ou Sydney, onde é possível encontrar centros culturais e recreativos, restaurantes e bairros onde se pode falar exclusivamente a língua de Camões.

A abertura em 1997 do Museu Etnográfico Português em Sydney, e a realização desde 2002 do maior festival português, o Bairro Português Petersham Food & Wine Fair organizado anualmente pela câmara de Marrickville, evidenciam o orgulho na herança e raízes da comunidade luso-australiana. Assim como, a influência que a mesma tem exercido na Austrália, uma das economias mais desenvolvidas do mundo, ao longo das últimas décadas em áreas de atividade como a gastronomia e a restauração.

ORDEM DA AUSTRÁLIA PARA O MELGACENSE CARLOS PEREIRA DE LEMOS

O Cônsul honorário português mais antigo

O melgacense Carlos Pereira de Lemos, Cônsul Honorário de Portugal em Melbourne, foi condecorado pelo governo australiano com a Ordem da Austrália.

CPL_2

Carlos Pereira de Lemos, o Cônsul honorário português mais antigo, com 92 anos, conta com mais de 30 anos enquanto responsável em Melbourne. Agora, foi distinguido pelo governo australiano com a Ordem da Austrália aquando da celebração do Dia da Austrália, pelos seus feitos beneméritos ao longo destes anos de enorme esforço e dedicação. Após a condecoração ser anunciada na imprensa de todo o país, foi parabenizado por dezenas de individualidades de renome através de emails, telefone e cartas. Condecorado pelos Estados Português, de Timor-Leste e Austrália, Carlos Pereira de Lemos é responsável por um consulado honorário que presta serviço a uma comunidade de cerca de 18 mil pessoas.

A Ordem da Austrália é altamente significativa nesse mesmo país, uma vez que a seleção é rigorosa. Uma Comissão investiga em detalhe a vida da pessoa e só seguidamente o Chefe de Estado aprova ou rejeita. É uma ordem de cavalaria estabelecida por Elizabeth II do Reino Unido, Monarca da Austrália, com o propósito de reconhecimento aos cidadãos australianos e outras pessoas por feitos ou serviços beneméritos. As pessoas premiadas que não são cidadãos australianos recebem-no na categoria de ‘honorários’.

De realçar que também o Município de Melgaço distinguiu Carlos Pereira de Lemos durante a cerimónia de atribuição das Medalhas de Mérito, inserida no Melgaço em Festa de 2017, com a medalha de Cidadão de Mérito. ‘A Câmara Municipal, como legítima representante da comunidade melgacense tem o dever de demonstrar gratidão e apreço institucionais aos cidadãos e instituições que, de qualquer forma, honraram, prestigiaram e promoveram o município, contribuindo para o seu desenvolvimento e bem-estar da população’, afirmou durante a cerimónia o autarca, Manoel Batista.

Sobre Carlos Pereira Lemos

Carlos Pereira Lemos começou a vida profissional como topógrafo em Portugal, trabalhando depois em Moçambique, em Timor e na Austrália. Foi estudante na África do Sul – Rhodes University e University of South Africa. Depois da licenciatura em Ciências Políticas e Sociologia fez a pós graduação em Pedagogia na Universidade de Melbourne e foi professor de Sociologia e Ciências Políticas no Royal Melbourne Institute of Technology e de línguas na Universidade de Monash, e representante do Banco Borges em Melbourne.

A sua atividade estendeu-se ainda ao âmbito associativo, no quadro do qual, como dirigente, criou uma escola de português e um programa de rádio.

Em 1988, foi nomeado Cônsul Honorário de Portugal em Melbourne, no Estado de Vitória, na Austrália, e agraciado com a Ordem de Mérito, no grau de Comendador, pelo Presidente Jorge Sampaio em 2002. Mais recentemente, foi também condecorado pelo Presidente de Timor Leste e, mais recentemente, pela Ordem da Austrália.

É ainda de destacar que foi o grande impulsionador da edificação de um ‘Padrão’ de homenagem aos navegadores portugueses Infante Dom Henrique e Vasco da Gama, em Warrnambool, que se tornou um lugar de culto da presença portuguesa. Em reconhecimento ao seu trabalho de promoção das relações bilaterais, a uma das ruas de Warrnambool foi dado o seu nome, ‘De Lemos Court’.

BRAGA COOPERA DIRECTAMENTE COM PAÍSES DAS MAIORES ECONOMIAS MUNDIAIS

Embaixadores do Grupo MIKTA vêem a Cidade em “crescente afirmação”

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, recebeu esta Sexta-feira, 13 de Outubro, os embaixadores da Turquia, Coreia do Sul e da Austrália, pertencentes ao Grupo MIKTA. Trata-se de uma plataforma para uma diplomacia inovadora, criada em 2013, constituída pelo México, Indonésia, Coreia do Sul, Turquia e Austrália, sendo liderado pelos Ministros dos Negócios Estrangeiros dos respectivos países.

CMB13102017SERGIOFREITAS0000009275

“Estes cinco países estão no grupo das 20 maiores economias do mundo. Estamos a falar de países de enormíssimo potencial com quem Braga já tinha estabelecido algumas relações, nomeadamente com a Austrália e com a Coreia. Agora, queremos ir mais longe e alargar essas relações a todos os países que compõem este grupo de trabalho”, referiu Ricardo Rio, durante a recepção que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Juntos, os países do Grupo MIKTA representam mais de 500 milhões de pessoas e um PIB que só fica atrás do americano e do chinês. E é com os olhos postos nesse potencial económico que o presidente da Autarquia Bracarense se prepara para visitar o continente asiático já na próxima semana. “Também por intermédio do embaixador da Coreia do Sul estarei de visita ao seu país para estabelecer relações directas com a cidade de Daejeon que tem uma dimensão tecnológica muito parecida com Braga e onde queremos estabelecer uma colaboração mais próxima”, explicou Ricardo Rio.

CMB13102017SERGIOFREITAS0000009278

No entanto, o Autarca antevê outras possibilidades de cooperação com todos os cinco países do Grupo, uma vez que “há muitas formas de colaboração do ponto de vista económico, social, académico e cultural, que Braga pode explorar e capitalizar em seu benefício”.

Um dos desígnios que une os países do Grupo MIKTA é a necessidade funcional de cooperar, coordenar e trabalhar construtivamente entre si e com outros Estados, diante dos desafios regionais e globais. Peter Rayner, embaixador da Austrália em Portugal, salientou que estes países “têm muitos assuntos em comum, sendo a economia e o comércio livre matérias de grande relevo”.

O diplomata, que já tinha visitado Braga a título individual, lembrou que “é a primeira vez que este Grupo de embaixadores se reúne fora de Lisboa”, sendo a Cidade de Braga a escolhida devido à sua “crescente afirmação”.

“Estão a acontecer muitas coisas em Braga. As suas empresas e instituições estão a ter um desempenho fantástico e queremos perceber o porquê dessa grande dinâmica. Nesse sentido, é importante para nós manter este contacto e reforçar as relações com Braga e com esta Região”, concluiu Peter Rayner.

Nesta deslocação a Braga, os diplomatas visitaram a StartUp Braga, a Universidade do Minho e o INL - Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia.

CMB13102017SERGIOFREITAS0000009279

BRAGA RECEBE EMBAIXADORES DA TURQUIA, COREIA DO SUL E AUSTRÁLIA

Os Embaixadores da Turquia, da Coreia e da Austrália, em Portugal, estiveram em Braga para uma visita organizada pela InvestBraga e pela Câmara Municipal de Braga e que se insere na estratégia de atração de investimento internacional.

O grupo de Embaixadores designado por MIKTA, é composto pelos representantes do México, da Indonésia, da Coreia, da Turquia e da Austrália. Este grupo tem como principal objetivo alinhar políticas e estratégias de atuação dos Embaixadores destes países em Portugal, sobre temas energéticos, economia e comércio, desenvolvimento sustentado, equidade de género, manutenção da paz, governação e contra terrorismo e segurança.

Os Embaixadores dos três países foram recebidos, ao início da manhã, na Câmara Municipal de Braga, pelo presidente do Município, Ricardo Rio, e pelo diretor da InvestBraga, Marcos Marques.

De seguida, os Embaixadores visitaram a Startup Braga, onde foram recebidos pela diretora Daniela Monteiro e contactaram com o trabalho desenvolvido pelas startups da comunidade.

Ao fim da manhã, realizaram uma visita à Universidade do Minho. Os Embaixadores reuniram com Carla Martins, Pró-reitora para a Internacionalização, e o Embaixador da Turquia aproveitou a oportunidade para cumprimentar os alunos turcos que frequentam a Universidade.

À tarde, os Embaixadores estiveram no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), onde foram recebidos pelo diretor, Lars Montelius, que lhes apresentou as áreas de investigação desenvolvidas pelo instituto, as parcerias e os projetos de investigação a decorrer.

As visitas dos Embaixadores, organizadas pela InvestBraga e pela Câmara Municipal de Braga, têm como objetivos dar a conhecer o trabalho da InvestBraga e abordar possibilidades de cooperação e inserem-se na estratégia para colocar Braga no radar da atração de investimento internacional.

“A visita conjunta dos embaixadores do grupo MIKTA é uma oportunidade de consertar estratégias e uma oportunidade para o desenvolvimento de relações económicas integradas com estes países”, explica Carlos Oliveira, e acrescenta que “já iniciamos uma relação económica com os embaixadores da Austrália e da Coreia do Sul, além do México, cujo Embaixador nos visitou no mês de setembro passado, e recebemos pela primeira vez o Embaixador da Turquia, com quem iniciamos agora relações de cooperação económica” .

BRAGA E AUSTRÁLIA EQUACIONAM NOVAS FORMAS DE COOPERAÇÃO

Embaixador recebido no Salão Nobre dos Paços do Concelho

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, recebeu hoje, 6 de Dezembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Embaixador da Austrália em Portugal, Peter Brian Rayner, que está a realizar uma visita de dois dias à Cidade.

CMB06122016SERGIOFREITAS0000003943.jpg

Na ocasião, o Autarca Bracarense reiterou o interesse em reforçar a ligação à Austrália, país que possui um “leque muito vasto de oportunidades do ponto de vista da atracção turística e empresarial”.

“A Austrália possui muitas áreas de convergência com aquilo que são os nossos interesses. Estamos certos que poderemos abrir portas a novas oportunidades de colaboração que, no futuro, traduzir-se-ão em benefícios concretos para a Cidade”, sustentou Ricardo Rio, lembrando que o Concelho possui os recursos e o conhecimento científico necessário para atrair grandes projectos de investimento.

Por seu turno, o Embaixador da Austrália deu conta do interesse de algumas empresas do seu país em investir em Portugal, nomeadamente do sector da mineração. “Existem várias empresas com interesse no lítio, um metal cada vez mais importante para a indústria automóvel, mais concretamente para as baterias dos carros eléctricos. Portugal tem uma das maiores reservas de lítio da Europa e, nesse sentido, existe margem para investir nesta área”, adiantou o diplomata. 

CMB06122016SERGIOFREITAS0000003945.jpg

BRAGA RECEBE EMBAIXADOR DA AUSTRÁLIA

Amanhã, Terça-feira, dia 6 de Dezembro, pelas 12h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, Braga

O Município de Braga recebe amanhã o Embaixador da Austrália em Portugal, Peter Brian Rayner, que terá lugar Amanhã, Terça-feira, às 12h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A recepção irá contar com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.