Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELOS: MUSEU DE OLARIA RECEBE EXPOSIÇÃO "BONECREIRO"

A Sala da Capela do Museu de Olaria recebe, até 31 de dezembro de 2021, a exposição “Bonecreiro” resultante do trabalho desenvolvido pelos artistas Alberto Berruto, Auréline Caltagirone, Carolina Garfo, Fábio Araújo, Francesco Caruso, Laura Monteiro, José Sottomayor e Maria Luísa Ramires numa residência artística organizada pela POUSIO - Arte e Cultura em parceria com o Museu de Olaria, decorrida entre maio e junho deste ano, em Barcelos.

bonecreibarc (1).JPG

Fomentando a criação e a experimentação interdisciplinar destes artistas emergentes em contacto com os artesãos locais do município, a residência artística procurou fortalecer, assim como dinamizar, a pesquisa e a produção em torno do artesanato e das práticas artísticas de Barcelos, em diálogo com a sua comunidade.

Com curadoria de Ana Bacelar Begonha, "Bonecreiro", que estará patente até ao final do ano, na Sala da Capela do Museu, conta com trabalhos multidisciplinares que vão desde a cerâmica, à serigrafia, à pintura, ao vídeo ou ainda à performance e que se preocupam com reinventar e recontextualizar práticas tradicionais, assim como questionar as dicotomias entre velho e novo, digital e material ou real e ficcional.

A exposição contará também com uma projeção do documentário Bonecreiros (2021), de Alberto Berruto e Francesco Caruso, sobre o processo da residência, na Sala Multiusos do Museu no dia 20 de novembro, às 16h00, para assinalar a semana em que se comemora o Dia Mundial da Criatividade.

A exposição “Bonecreiro” é organizada pela POUSIO -Arte e Cultura em parceria com o Museu de Olaria de Barcelos.

A POUSIO – Arte e Cultura é uma associação que surgiu em 2019 para dar resposta à necessidade de criação de novos contextos de produção artística. Tem como objetivo ligar produtores culturais nacionais - artistas, curadores, museólogos e investigadores - a comunidades social ou culturalmente isoladas no país. Propondo várias formas de contacto, a POUSIO tem como objetivo: evidenciar a importância da arte e da cultura como instrumentos de novas soluções sociais; incentivar a produção artística desafiando-a a conhecer novas realidades, a abrir diálogo com novas comunidades e artistas, a expor a sua experiência; promover a troca de conhecimento e criar uma cultura de serviço - uma cultura que crie novos acessos.

Na cidade de Barcelos, ergue-se o Museu de Olaria, equipamento cultural na área da cerâmica com notoriedade internacional. A contínua missão (estudar, documentar, conservar, e divulgar o património cerâmico) materializou-se num acervo com mais de 10000 itens, e em diversas publicações. Nele podemos encontrar várias tipologias cerâmicas e artefactos dos principais centros oláricos portugueses (passado e presente), países de expressão portuguesa, entre outros. Estas atraem investigadores de vários campos do conhecimento, e ainda, possibilitam uma ampla e periódica oferta expositiva ao público.

A exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h00 às 17h00 e, aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

bonecreibarc (2).JPG

ARTESÃ CIDÁLIA TRINDADE EXPÕE NA TORRE MEDIEVAL DE BARCELOS

Exposição “Recortes de Inovação numa produção de tradição – O Figurado de Cidália Trindade” na Torre Medieval até novembro

“Recortes de Inovação numa produção de tradição – O Figurado de Cidália Trindade” é o nome da exposição que estará patente entre 8 de outubro a 14 de novembro, na Torre Medieval.

Imagem 1gallbarc.JPG

Cidália Trindade, apesar de gostar da modelagem, tarefa que desempenhava no passado, considerou que o figurado seria o caminho que gostava de percorrer, onde a criatividade e a imaginação não têm limites.

Para além disso, mais desafiante, pois teve de aprender novas técnicas de modelagem e pintura. As primeiras peças que produziu . Enquanto artesã, foram uns presépios  e, como correu bem, achou que devia começar a fazer outras peças, mais variadas e coloridas, tais como, galos, os músicos, as minhotas, os santos, entre outras.

De referir que, Cidália Trindade representa a temática floral num registo singular, no âmbito da produção de figurado.

Gosta de apresentar as suas peças com cores vivas e variadas, feitas a partir de tintas de água, que ela própria mistura até chegar à cor que mais lhe agrada.

Embora o seu percurso na área do figurado de Barcelos, seja, ainda, muito curto, sente-se realizada profissionalmente e nota que o seu trabalho já vai sendo reconhecido e procurado pelo público, principalmente nas feiras de artesanato em que participa.

Este reconhecimento é comprovado pela distinção “Prémio Revelação Artesanato Tradicional” que lhe foi atribuído na 38.ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos, em 2021, em face do percurso que tem desenvolvido.

Neste sentido, pretende-se com a presente exposição individual de Cidália Trindade, dar a conhecer o seu trabalho, a sua criatividade e a paixão pela arte, bem como promover esta produção certificada que é o Figurado de Barcelos , o qual constitui um precioso património que muito orgulha os barcelenses.

A exposição pode ser visitada, na Torre Medieval de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00 e, aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30.

gallba.JPG

CERVEJAS ARTESANAIS MINHOTAS ENTRAM NO CONTINENTE

Portuguese Craft Beer aposta na distribuição

As cervejas artesanais Alma e Amphora, produzidas em Braga pela Portuguese Craft Beer (PCB), entraram este verão na rede Continente e passaram a estar disponíveis nas prateleiras de hipermercados e supermercados da Sonae de norte a sul do país e na loja online da rede.

Cervejas ALMA e AMPHORA na rede Continente.jpg

A Portuguese Craft Beer, empresa do humorista João Seabra, reforça, assim, a sua aposta na distribuição, um dos principais objetivos da cervejeira minhota para 2021, cumprido com a entrada dos seus produtos na rede de supermercados SPAR, no El Corte Inglés e, agora, no Continente.

“Estamos a cumprir os nossos objetivos, o que significa que estamos no caminho certo”, destaca João Seabra, CEO da Portuguese Craft Beer.

Na rede Continente, a Portuguese Craft Beer comercializa um total de seis rótulos de cerveja: Amphora Bracara (Cream Ale) 33cl; Amphora Gladiador (American IPA) 33cl; Amphora Centurium (Imperial Stout) 33cl; Alma Minhota 33cl; Alma Lisboeta 33cl; e Alma Brasileira 50cl.

BARCELOS INAUGURA HOJE MOSTRA DE ARTESANATO E CERÂMICA

Abertura da 38ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos

10 de setembro, às 17h30, no Parque da Cidade

A 38.ª edição da Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos vai realizar-se entre os dias 10 e 19 de setembro, no Parque da Cidade.

jncoccgblpoaobck.png

Num ano especial para o artesanato e para os artesãos de Barcelos, que viram registada a marca “Galo de Barcelos”, um dos maiores e mais significativos símbolos do país e da portugalidade, e também para a olaria e o figurado de Barcelos, que passaram a utilizar o registo de marca da União Europeia, este certame vem consolidar a aposta do Município no valor do artesanato barcelense.

Na edição deste ano, participam 122 artesãos, 91 dos quais de Barcelos, e o Município volta a apostar nas tradições do passado com os workshops diários onde se pode aprender as artes e ofícios, que passam pela tecelagem, olaria, figurado, bordados, cestaria, entre outras.

FIGURADO DE BARCELOS CHEGA A LISBOA COM LOJA EXCLUSIVA

Espaço está localizado na Baixa da capital

Foi inaugurada, ontem, 6 de setembro, a loja Figurado de Barcelos, em pleno coração de Lisboa. Trata-se da primeira loja dedicada unicamente ao figurado tradicional português. No seu interior, podem ser encontradas, em exclusivo, peças de artesanato dos 18 artesãos de Barcelos com produção certificada em figurado.

Imagem_Presidente da Câmara acompanhado por artes

Presente na cerimónia de inauguração, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, exaltou a abertura deste espaço, como uma excelente oportunidade para alavancar, ainda mais, o artesanato de Barcelos, numa lógica priveligiada e voltada para o turismo e a exportação.

A loja Figurado de Barcelos está localizada no número 81, da Rua de S. Nicolau, na Baixa de Lisboa, um palco privilegiado onde o artesanato de Barcelos se assume como estandarte do que de mais genuíno o país tem.

Trata-se de uma iniciativa do Grupo O Valor do Tempo, responsável por outros projetos de valorização, promoção e apresentação de Portugal ao mundo, através dos seus ícones mais distintivos, como a sardinha, as conservas, o pão, o pastel de bacalhau e, agora, o figurado de Barcelos. São 14 as marcas que O Valor do Tempo eternizou em lojas espalhadas por todo o país.

Num hino à tradição e à cultura, a loja Figurado de Barcelos conta com um coreto de significativas dimensões, em posição central, da autoria dos Irmãos Baraça, ladeado por centenas de músicos, minhotas, galos, santos populares, diabos ou cabeçudos.

A par das peças expostas na loja, o espaço irá acolher também, de forma periódica, os próprios artesãos com figurado certificado, exibindo, simultaneamente, um painel de rua para os homenagear.

À semelhança do figurado, Barcelos é detentor de mais duas produções certificadas: olaria e bordado de crivo.

A abertura da loja Figurado de Barcelos acontece no ano em que o Município viu aprovado o pedido de registo da marca Galo de Barcelos.

Barcelos aderiu, em 2019, à Creative Tourism Network, rede internacional que desenvolve a sua atividade na área do turismo criativo, e recebeu a certificação como Creative Friendly Destination. Barcelos recebeu, também, em 2019, o Prémio Europeu de Destino de Turismo Cultural Sustentável, promovido pela ECTN – European Cultural Tourism Network, e é, ainda, Cidade Criativa da UNESCO, na categoria de Artesanato e Arte Popular, desde 2017.

ARCOS DE ROMARIA SÃO TRADIÇÃO POPULAR DO MINHO E PEÇA DE ARTESANATO TRADICIONAL

Não há no Minho romaria que se preze que não exiba os seus arcos de romaria. Quando a mesma tem lugar na sede do concelho, concorrem para a mesma as diferentes paróquias, a competir qual delas revela maior criatividade e imponência.

12698202_962458397168007_8581888901554859163_o.jpg

O arco de romaria apresenta-se como uma porta triunfal a assinalar o local de entrada na festa. Constituem autênticas maravilhas do nosso artesanato tradiciaonal, com um rendilhado que não raras as vezes lembra a filigrana.

Com o decorrer do tempo, foram surgindo uns arcos toscos pintados com o recurso de um molde, sem qualquer valor artístico. Centenas de lâmpadas eléctricas realçam este tipo de decoração que acompanhou a febre dos altifalantes pendurados nos campanários a cuspir música gravada, frequentemente cançonetas brejeiras de fraca qualidade intercaladas de publicidade.

Mas, nada jamais se consegue equiparar ao valor artístico dos arcos de romaria que bem merecem regressar aos terreiros das festas do Minho!

12694672_962458297168017_2443967236054938491_o.jpg

12633689_962458330501347_8625764497027705455_o.jpg

BARCELOS PROMOVE 38ª MOSTRA DE ARTESANATO NO MAIOR CERTAME NACIONAL

FIA decorre de 4 e 12 de setembro

A Feira Internacional de Artesanato (FIA) está de regresso e o Município de Barcelos não poderia ficar de fora do maior certame nacional, no âmbito da promoção e divulgação das artes e ofícios produzidos em Portugal.

DSCF4714.JPG

Nesta que será a 33ª edição da FIA, o stand de Barcelos irá centrar atenções na promoção da 38ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica, a decorrer no Parque da Cidade de Barcelos, entre os dias 10 a 19 de setembro.

O Município de Barcelos, através do Sistema de Incentivo à Promoção do Artesanato de Barcelos, vai também apoiar a participação de três artesãos na FIA: Fátima Miranda (artesanato contemporâneo), Nonôs Artesanato (artesanato contemporâneo) e Cidália Trindade (figurado tradicional).

Barcelos também presente na TUREXPO, na Galiza
Ainda no âmbito deste sistema de apoio aos artesãos para a participação em feiras, Barcelos terá uma representação, com Nonôs Artesanato, na TUREXPO – Salão Turístico da Galiza, que se realiza entre os dias 3 e 5 de setembro.

Na FIA também estarão presentes muitos outros artesãos barcelenses com o apoio do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Trata-se da maior feira multicultural da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, uma plataforma de excelência para a promoção da identidade e do património cultural de Barcelos, enquanto concelho com forte expressão no mundo do artesanato.

Barcelos, Cidade Criativa da UNESCO, na categoria de Artesanato e Arte Popular, desde 2017, é o maior centro de produção artesanal no país, que procura, na FIA, promover e divulgar o artesanato barcelense na sua plenitude a nível nacional e aposta, de igual forma, na sua internacionalização.

Além de Cidade Criativa da UNESCO e de ser detentor de três produções certificadas – olaria, figurado e bordado de crivo –, Barcelos aderiu, em 2019, à Creative Tourism Network, uma rede internacional que desenvolve a sua atividade na área do turismo criativo, o que lhe permitiu a certificação como Creative Friendly Destination. Também em 2019, recebeu o Prémio Europeu de Destino de Turismo Cultural Sustentável, promovido pela ECTN – European Cultural Tourism Network. Já este ano, viu registada a marca “Galo de Barcelos”. Ingredientes mais do que apetecíveis para uma visita ao stand do Município de Barcelos e dos artesãos locais na FIA.

Este ano, devido à pandemia, as entradas na Feira Internacional são condicionadas à apresentação de Certificado Digital ou teste negativo à Covid-19.

DSCF4733.JPG

BARCELOS MOSTRA ARTESANATO E CERÂMICA

38.ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos

A 38.ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos, que decorre de 10 a 19 de setembro, no Parque da Cidade, volta a alavancar o artesanato e os artesãos.

websitemostrartesanabarc.jpg

Num ano especial para o artesanato e para os artesãos de Barcelos, que viram registada a marca “Galo de Barcelos”, um dos maiores e mais significativos símbolos do país e da portugalidade, e também para a olaria e o figurado de Barcelos, que passaram a utilizar o registo de marca da União Europeia, este certame vem consolidar a aposta do Município no valor do artesanato barcelense.

Este evento, um dos mais antigos do país, conta com a presença dos mais importantes artesãos de cada setor do artesanato (figurado, olaria, cestaria e vime, ferro e derivados, madeira e bordados) e retrata toda a riqueza da arte e do trabalho tradicional.

Na edição deste ano, participam 122 artesãos, 91 dos quais de Barcelos, e o Município volta a apostar nas tradições do passado com os workshops diários onde se pode aprender as artes e ofícios, que passam pela tecelagem, olaria, figurado, bordados, cestaria, entre outras.

O evento permite aos visitantes o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo e promove a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense, o que reafirma a aposta do Município no apoio ao trabalho desenvolvido pelos artesãos.

Diariamente, haverá animação de rua e arruadas pelo recinto protagonizadas por grupos de folclore do concelho e animação circense, de forma itinerante.

A abertura está marcada para o dia 10 de setembro às 17h30.
A Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos estará aberta de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 22h30, e ao fim de semana, das 15h00 às 22h30.

O território de Barcelos é detentor de três produções certificadas, a olaria, o figurado e o bordado de crivo. Barcelos é cidade criativa da UNESCO, na categoria do Artesanato e Arte Popular, desde 2017; aderiu em 2019 à Creative Tourism Network, uma rede internacional que desenvolve a sua atividade na área do turismo criativo, o que lhe permitiu a certificação como Creative Friendly Destination; ainda, em 2019, recebeu o Prémio Europeu de Destino de Turismo Cultural Sustentável promovido pela ECTN – European Cultural Tourism Network.

BARCELOS REALIZA 38ª MOSTRA DE ARTESANATO E CERÂMICA

Maior mostra de criatividade em Portugal promove o artesanato e os artesãos

A 38.ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos, que decorre de 10 a 19 de setembro, no Parque da Cidade, volta a alavancar o artesanato e os artesãos.

Imagemartesaimagbarcelo.jpg

Num ano especial para o artesanato e para os artesãos de Barcelos, que viram registada a marca “Galo de Barcelos”, um dos maiores e mais significativos símbolos do país e da portugalidade, e também para a olaria e o figurado de Barcelos, que passaram a utilizar o registo de marca da União Europeia, este certame vem consolidar a aposta do Município no valor do artesanato barcelense.

Este evento, um dos mais antigos do país, conta com a presença dos mais importantes artesãos de cada setor do artesanato (figurado, olaria, cestaria e vime, ferro e derivados, madeira e bordados) e retrata toda a riqueza da arte e do trabalho tradicional.

Na edição deste ano, participam 122 artesãos, 91 dos quais de Barcelos, e o Município volta a apostar nas tradições do passado com os workshops diários onde se pode aprender as artes e ofícios, que passam pela tecelagem, olaria, figurado, bordados, cestaria, entre outras.

O evento permite aos visitantes o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo e promove a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense, o que reafirma a aposta do Município no apoio ao trabalho desenvolvido pelos artesãos.

Diariamente, haverá animação de rua e arruadas pelo recinto protagonizadas por grupos de folclore do concelho e animação circense, de forma itinerante.

A abertura está marcada para o dia 10 de setembro às 17h30.

A Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos estará aberta de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 22h30, e ao fim de semana, das 15h00 às 22h30.

O território de Barcelos é detentor de três produções certificadas, a olaria, o figurado e o bordado de crivo. Barcelos é cidade criativa da UNESCO, na categoria do Artesanato e Arte Popular, desde 2017; aderiu em 2019 à Creative Tourism Network, uma rede internacional que desenvolve a sua atividade na área do turismo criativo, o que lhe permitiu a certificação como Creative Friendly Destination; ainda, em 2019, recebeu o Prémio Europeu de Destino de Turismo Cultural Sustentável promovido pela ECTN – European Cultural Tourism Network.

"O CROCHET SAI À RUA"... EM CERVEIRA!

‘O Crochet sai à Rua’ … em Cerveira (2021) já está espalhado pelo centro histórico, até ao final de outubro.

Este ano, comemoram-se os 700 anos da Fundação de Vila Nova de Cerveira, contando episódios da História através da arte do crochet!

Um dos destaques é a assinatura do Foral de Vila Nova de Cerveira pelo Rei D. Dinis!!! No total, 13 cenários! Há reis e rainhas, há casamento e mercado medieval, há muitas surpresas…

Um conjunto de trabalhos realizados por colaboradores municipais envolvidos, juntas de freguesia, duas IPSS's, comunidade e comerciantes!

20210730_134626.jpg

20210730_135041.jpg

20210730_112855.jpg

20210730_112948.jpg

ARTESANATO E ARTE POPULAR INSPIRAM MURAIS EM BARCELOS

Futuro Centro de Expressão pela Arte e Museu de Olaria são os locais escolhidos

Sob o chapéu da arte urbana e do intercâmbio cultural nasce o projeto “Café Cultura | Barcelos”, que traz até ao centro da cidade obras de arte criadas por graffiters nacionais.

Imagemartesbarc.JPG

O artesanato e a arte popular de Barcelos são o fio condutor de um trabalho que resulta da conjugação entre passado e presente, tradição e modernidade, história e contemporaneidade.

Trata-se de residências artísticas inseridas no projeto “Cultura para todos numa cidade educadora inclusiva”, promovido pelo Município e que conta, na totalidade, com 27 iniciativas a serem desenvolvidas até 2023.

O “Café Cultura | Barcelos” arrancou no dia 15 de julho e dele estão a nascer três painéis de cor, fruto de uma revolução artística expressa em obras de arte em graffiti.

A iniciativa conta com a participação do curador e criador do projeto “Café Cultura”, José Vicente dos Santos. O artista plástico e produtor brasileiro mais conhecido por “Vicente Coda” é o responsável pela escolha dos graffiters, pelas conceções dos projetos para a realização dos murais, pelo acompanhamento dos mesmos e por toda a logística inerente ao projeto.

Os trabalhos são feitos pelos graffiters Bruno Filipe, conhecido no mundo das artes como Ekyone, nascido na cidade do Porto, Nelson Fernandes Soares, artista plástico e urbano, oriundo de Guimarães, e Bruno Nogueira, conhecido entre os artistas urbanos como NEK, natural de Espinho.

Os murais estão a surgir no alçado exterior lateral e na parede lateral interna da sala/oficina da Casa Ascensão Correia, atualmente em obras para dar corpo ao Centro de Expressão pela Arte de Barcelos. A terceira obra está nascer no muro lateral interior do Museu de Olaria.

“Café Cultura | Barcelos” tem como premissa a valorização de espaços públicos e a promoção de Barcelos enquanto Cidade Criativa da UNESCO, dando, deste modo, início a uma nova área de criação até agora sem escola em Barcelos.

O projeto “Cultura para todos numa cidade educadora inclusiva” tem um financiamento de 392.656,00 € e integra o aviso “Norte-30-2019-34 – Cultura para todos”, colocado pelo PDCT (Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial) e gerido pela CIM Cávado.

BARCELOS ADIA PARA SETEMBRO MOSTRA DE ARTESANATO

A Câmara Municipal de Barcelos decidiu adiar para o próximo mês de setembro a realização da 38.ª Mostra  Nacional de Artesanato, dadas as reservas levantadas pela Delegação de Saúde quanto à segurança necessária à realização do evento.

A Mostra estava prevista para se realizar entre 30 de julho e 8 de agosto, tendo os serviços municipais organizado o evento dentro de todas as normas e orientações emanadas pela Direção-Geral de Saúde, e apresentado o plano de contigência, respetivas plantas e sinalização.

Por via disso, o modelo da Mostra deste ano seria mais simplificado, sem a componente alimentação e animação nos moldes dos anos anteriores, adaptando-se às exigências sanitárias impostas no âmbito da pandemia. Aliás, a própria disposição dos stands e os circuitos de mobilidade foram redimensionados e adaptados a um circuito de sentido único, facto que levou a uma forte alteração do conceito do evento.

Contudo, face à progressão da pandemia no concelho de Barcelos, estando este em risco elevado de contágio e às reservas manifestadas pela Delegação, a Câmara Municipal decidiu adiar a realização da 38.ª edição da Mostra para os dias 10 a 19 de setembro próximos.

Com esta nova data, ficam salvaguardadas melhores condições para o restabelecimento de todas as dinâmicas geradas por este importante evento cultural que tem por missão, para além da divulgação e preservação das artes e ofícios, privilegiar a proximidade entre artesãos e visitantes.

A Mostra de Artesanato que se realiza há quase quatro décadas e onde já participaram milhares de artesãos evidencia o que melhor se faz em Barcelos na área do artesanato, desde a cestaria à olaria, barro figurativo, trabalhos em madeira, ferro e derivados e bordados, contando, sempre, como uma forte presença de artesãos de todo o país.

Depois de um ano de interregno – o primeiro na história do certame – por força da crise pandémica, a 38.ª edição da Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos voltará em setembro, embora diferente, mas para garantir a segurança sanitária de artesãos e visitantes.

MUNICÍPIO DE BARCELOS PROMOVE "O BORDADO DE CRIVO A PATRIMÓNIO IMATERIAL PORTUGUÊS"

Município de Barcelos promove Jornadas criativas de artesanato de Barcelos

Com o intuito de preservar as atividades tradicionais do Bordado de Crivo, o Município de Barcelos promove as Jornadas Criativas de Artesanato de Barcelos, sob a temática do "Bordado de Crivo a Património Imaterial Português", com a primeira sessão agendada para o dia 9 de julho, em S.Miguel da Carreira.

O projeto de promoção do Bordado de Crivo é lançado ao abrigo do Programa Produtos Certificados, inserido na Estratégia Eficiência Coletiva PROVERE “Minho INovação” Norte 2020 e na candidatura a Património Imaterial Português.

As jornadas têm como propósito continuar a afirmar internacionalmente o artesanato de Barcelos, promover a interrelação tradição e inovação unindo saberes, como a ligação ao design de moda e à área têxtil, inspirando e fomentando alianças, estratégias sustentáveis e eco-conscientes, que resultam em produtos ricos de significado e promovem a propriedade intelectual dos artesãos e do território.

O património artesanal de Barcelos é um produto reconhecido e que se quer continuar a valorizar, destaque para o título Barcelos Cidade Criativa da UNESCO alavancado nas produções certificadas, como é exemplo o identitário Bordado de Crivo de São Miguel da Carreira.

A primeira ação acontece esta sexta-feira, dia 9 de julho, às 21h30, no Centro Social e Paroquial de São Miguel da Carreira, sob o tema “O Bordado de Crivo: da arte centenária ao produto certificado”, com a presença de Graça Ramos, Presidente da Direção, Associação Portugal à mão - Centro de Estudos e Promoção das Artes e Ofícios Portugueses e ainda “Tradição e Inovação do Bordado de Crivo. Estratégias eco-conscientes”, com as intervenientes Carla Pontes, designer barcelense, e Marita Setas Ferro, diretora da marca Marita Moreno.

O programa integra várias atividades que vão desde serões em formato de tertúlias, de forma a aprofundar esta arte centenária e certificada, bem como a inovação e estratégias eco-conscientes do Bordado de Crivo, revivendo os serões de antigamente dedicados ao bordado de crivo.

O programa contempla também a conceção de um grupo de peças de vestuário Tradição | Inovação, desenhadas pelo designer de moda Francisco Rosas, peças que já se encontram em desenvolvimento seguindo-se a aplicação da arte do bordado de crivo pelas artesãs: Maria Ermelinda Araújo Rodrigues e Maria Elisabete Rodrigues Dias, Maria Glória Faria de Jesus, Maria Glória Santos Alves Araújo.

Será também realizada uma exposição subordinada ao tema Bordado de Crivo de São Miguel da Carreira a Património Imaterial Português e ainda showcase e micro desfile de identidade “Passerelle Um Passado com Futuro”, com artesanato ao vivo, produtos e artefactos do Bordado de Crivo.

O programa é dirigido a profissionais de bordado de crivo e outras áreas do artesanato, criatividade, design, indústria têxtil, comunicação, investigação, outros profissionais com interesse na área.

A sessão conta com o apoio e colaboração da União de Freguesias de Carreira e Fonte Coberta.

As inscrições são obrigatórias e limitadas para: turismo@cm-barcelos.pt ou telefone 253811882