Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

VIANA DO CASTELO: BLOCO DE ESQUERDA CONVIVE AMANHÃ NA AREOSA COM A PRESENÇA DE MARIANA MORTÁGUA

O Bloco de Esquerda leva a efeito amanhã, dia 19 de maio, às 12h, na Sociedade de Instrução de Recreio e social Areosense, um almoço com a coordenadora nacional Mariana Mortágua, com Sheila Khan, candidata às eleições Europeias 2024 e com Adriana Temporão, dirigente distrital.

A Sociedade de Instrução de recreio e social Areosense situa-se na Avenida do Meio 500, na Areosa, em Viana do Castelo.

Mariana Mortágua _ Viana (1).jpg

VIANA DO CASTELO: BLOCO DE ESQUERDA CONVIVE NA AREOSA

O Bloco de Esquerda leva a efeito no próximo sábado, dia 19 de maio, às 12h, na Sociedade de Instrução de Recreio e social Areosense, um almoço com a coordenadora nacional Mariana Mortágua, com Sheila Khan, candidata às eleições Europeias 2024 e com Adriana Temporão, dirigente distrital.

A Sociedade de Instrução de recreio e social Areosense situa-se na Avenida do Meio 500, na Areosa, em Viana do Castelo.

Mariana Mortágua _ Viana (1).jpg

VIANA DO CASTELO: TRAJES DE “IR À ERVA” APRESENTADOS PELO GRUPO ETNOGRÁFICO RENASCER DE AREOSA E GRUPO ETNOGRÁFICO DA AREOSA

422893973_730829462479140_6204084175245625993_n (1).jpg

Embora os Trajes de “Ir à Erva” tenham as mesmas caraterísticas dos Trajes de Trabalho, as jovens camponesas imprimiam-lhes uma certa "chieira" na forma de vestir. Para além das peças de vestuário, a foice, corda e cesto são outros dos elementos que compõe estes trajes. Assim como em Afife e Carreço, também as camponesas de Areosa primavam na forma de vestir, sendo até mesmo possível, distinguir as origens de cada uma delas, apenas ao ver os seus trajes.

Fotos: Romaria d’Agonia

425288015_730829482479138_2432064797875736633_n.jpg

422906001_730829452479141_205609155970280047_n.jpg

422907115_730829485812471_3376977811902136790_n.jpg

GRUPO ETNOGRÁFICO DA AREOSA PARTICIPA EM FILME QUE QUESTIONA O COLONIALISMO PORTUGUÊS E RECORDA A EXPOSIÇÃO COLONIAL DO PORTO

Capturarcolo.JPG

Em 1934, realizou-se no Palácio de Cristal, no Porto, a 1ª Exposição Ultramarina Colonial Portuguesa.

O certame destinou-se a mostrar a grandeza de Portugal, incluindo os seus territórios ultramarinos. Para o efeito, reconstituiram-se no local aldeias indígenas, foi criado um jardim zoológico com animais exóticos e edificadas réplicas de monumentos ao mesmo tempo que se dava a conhecer os diferentes povos e grupos étnicos, a sua gastronomia e o empreendedorismo empresarial do país naqueles territórios.

Na prática, esta exposição viria a tornar-se um ensaio para a organização da Exposição do Mundo Português que veio a ter lugar em Lisboa apenas seis anos depois.

Na imagem vemos uma minhota com o seu traje domingueiro de lavradeira – vulgo traje à vianesa – junto de uma jovem indídegena guineense da etnia dos Bijagós, identificada como Rosinha.

Capturarexpocolonialporto.PNG

MUNICÍPIO DE VIANA DO CASTELO REQUALIFICA BAIRROS NA AREOSA

Aprovados 2,5 milhões de euros para requalificação dos bairros do Meio e Malhão na Areosa

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou hoje, em reunião ordinária de executivo, a adjudicação e as minutas de contrato para requalificação e beneficiação dos Bairros do Meio e do Malhão, na freguesia de Areosa, por um valor global de 2,5 milhões de euros, para beneficiar 80 agregados familiares no âmbito da Estratégia Local de Habitação – 1º Direito.

luis nobre 2023.jpg

Assim, a empreitada de “Urbanização Municipal do Meio, Areosa – Obras de requalificação e beneficiação” avança por 1,029 milhões de euros, beneficiando 32 agregados, contando com prazo de execução de 450 dias.

Já a empreitada de “Urbanização Municipal do Malhão, Areosa – Obras de requalificação e beneficiação” avança por 1,447 milhões de euros, também com um prazo de 450 dias para a empreitada, permitindo beneficiar 48 agregados familiares.

A Estratégia Local de Habitação de Viana do Castelo 2021-2026 conta com quase 51 milhões de euros, visando mais habitação, melhores condições habitacionais, reabilitação das urbanizações municipais e o apoio aos beneficiários diretos. No total, a ELH prevê 50.701.945 euros, para beneficiar 641 agregados, dos quais 44.216.945 euros de responsabilidade municipal, que irão apoiar 457 agregados.

Na Estratégia de Habitação Local, para obras de reabilitação e conservação, estão previstos 14.596.545 euros, que vão beneficiar a Urbanização Municipal da Areia, em Darque (373.999,94 euros, 42 agregados), a Urbanização Municipal da Felgueira, em Perre (1.475.974,48 euros, 32 agregados), a Urbanização Municipal da Costeira, Alvarães (1.197.090 euros, 24 agregados), Urbanização Municipal do Meio, Areosa, (32 agregados), Urbanização Municipal do Malhão, Areosa (48 agregados), Urbanização Municipal Sendim de Baixo, Castelo do Neiva (660.000 euros, 12 agregados) e ainda Urbanização Municipal Lugar do Souto, Barroselas (660.000 euros, 12 agregados).

No que toca a construção nova, a Estratégia Local de Habitação prevê 34.170.400,00 euros, para três empreitadas e outras em estudo. Assim, a construção da Urbanização do Carvalhal, em Darque, representa um investimento de 9.498.000 euros, beneficiando 60 agregados, permitindo a transformação das atuais construções abarracadas do Acampamento das Alminhas. Está ainda prevista nova construção no Bairro de S. José, Alvarães (4.550.000 euros, 22 agregados), com demolição e reconstrução com aumento de fogos, e Rua das Telheiras (2.139.440,00 euros, 10 agregados).

Integra igualmente a construção da Unidade de Pernoita para Pessoas em Situação de Sem-Abrigo, por 1.460.000 euros, beneficiando 20 utentes.

Os Beneficiários Diretos do programa que vão resolver autonomamente o seu problema habitacional contam com um orçamento de 4.080.000 euros para 129 agregados. Já a Santa Casa da Misericórdia vai investir 2.405.000 euros para apoiar 55 agregados.

A ELH de Viana do Castelo foi desenhada para dar uma resposta adequada às situações de carência habitacional, assente num exercício de planeamento abrangente, orientado para o reequilíbrio entre as dinâmicas do mercado e a intervenção pública, na garantia do direito à habitação para todos os segmentos da população já residente ou a atrair e fixar no futuro.

VIANA DO CASTELO: GRUPO FOLCLÓRICO RENASCER DA AREOSA HÁ ONZE ANOS A REPRESENTAR AS NOSSAS TRADIÇÕES

O Grupo Etnofolclórico "RENASCER" de Areosa, cumpre hoje – dia 1 de dezembro de 2022 –o seu 11º aniversário.

De acordo com o seu próprio historial, “O Grupo Etnofolclórico “Renascer” de Areosa, teve a sua tenra origem devido, exatamente, a um receio de desaparecimento dos valores culturais e tradicionais da nossa Região. É, tendo por base este medo efetivo que, iniciamos e pretendemos continuar no caminho de elaborarmos uma exaustiva investigação dos referidos valores, com o objetivo de mantermos as tradições que já temos conhecimento e, quiçá, recuperarmos algumas já esquecidas ou perdidas ao longo das gerações. Podemos, assim, afirmar que é um dos nossos objetivos, a luta pela tradição e cultura popular”.

São do Minho e, quem diz Minho diz Viana! É o colorido e a alegria na sua maior pujança, refletindo o caráter do minhoto, a festa, a romaria e todo um universo de símbolos que descrevem de forma inigualável a alma das gentes do Minho.

As gentes da Areosa cantam e dançam, deslumbrando com as suas danças e cantares e as suas coreografias.

Apesar de ser um grupo folclórico ainda jovem – conta apenas 11 anos de existência! – afirma-se já como “um veículo de transmissão de cultura e arte popular, apresentando em palco uma variedade de sonoridades musicais, cantares e danças compondo desta forma um espetáculo vibrante de variedade cultural e etnofolclórica suportado na cultura ancestral vianense”. Nasceu na Areosa, pela força de vontade de quatro dezenas de vianenses daquela freguesia. E, quem diz Areosa, diz Viana!

401394910_1090661121892979_6204072296071843247_n.jpg