Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCOS DE VALDEVEZ PROMOVE “CIÊNCIA NO FEMININO NO CENTRO DE CIÊNCIA VIVA DOS ARCOS

Foto_6.JPG

A Comemoração do Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência no Centro Ciência Viva dos Arcos/Oficinas de Criatividade Himalaya, teve a honra de receber Elvira Fortunato, que se associou a este evento, na dupla qualidade de Mulher/Investigadora e responsável pela tutela da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em Portugal.

O Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência foi assinalado com uma “Conversa no Feminino”.

Ser cientista e investigadora no feminino e igualdade de género na ciência foi o mote desta conversa, que contou com ilustres convidadas, mulheres e raparigas de diferentes áreas do saber científico e dezenas de participantes no público.

A sessão de abertura contou com as intervenções da Ministra Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, do Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, do Diretor Geral da Educação, Pedro Cunha e do Diretor do Centro Ciência Viva dos Arcos, José Carlos Fernandes.

Num segundo momento, foi realizada a celebração de protocolos de parceria entre o Centro Ciência Viva dos Arcos e 13 Agrupamentos de escolas com Clubes Ciência Viva, visando promover a cooperação no acesso dos alunos a práticas científicas inovadoras.

O evento terminou com o lançamento da segunda edição do livro “Raparigas na Ciência”, por Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva. Este livro reúne o testemunho de 100 estudantes, de norte a sul do país, que têm demonstrado o seu interesse pelas áreas da ciência e da tecnologia, inspirando as novas gerações a seguir percursos académicos e profissionais nas diferentes áreas científicas. 

A celebração deste dia foi um momento importante de partilha entre as cientistas e a comunidade, acerca do seu contributo no progresso da Sociedade e uma forma de alertar para as desigualdades de género que afetam, tanto o acesso de mulheres e raparigas às áreas da ciência e tecnologia, como as suas carreiras nestes domínios.

Esta é mais uma iniciativa do Centro Ciência Viva dos Arcos/Oficinas de Criatividade Himalaya, que conta com uma agenda de eventos, que tem atraído muitos alunos e público em geral.

Foto_1 (2).jpg

Foto_2 (3).jpg

Foto_3 (2).jpg

Foto_4 (2).jpg

Foto_5 (1).jpg

AUTARQUIA ARCUENSE COMPRA MAIS 55 MIL METROS QUADRADOS DE TERRENO PARA NOVO PARQUE EMPRESARIAL

018.jpg

O Município de Arcos de Valdevez continua a investir na ampliação e melhoria dos parques empresariais, potenciando a atratividade e expansão de empresas no concelho, contribuindo para a criação de emprego e rendimento para as pessoas e para a dinamização económica no concelho.

A Autarquia acabou de investir 695 mil euros na aquisição de mais 55 mil m2 de terreno para a criação de um novo Parque Empresarial, o quinto, situado no Alto da Prova, entre Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, prevendo a criação de mais 20 lotes.

Recentemente a Câmara Municipal investiu na ampliação do Parque Empresarial de Paçô e concluiu o Parque Empresarial de Alvora, localizado na Zona Norte do Concelho.

Esta nova área de acolhimento empresarial pretende responder à solicitação de empresas que procuram espaços industriais, promovendo fortes dinâmicas económicas. Segundo João Manuel Esteves “Há procura de lotes empresariais por empresas locais, de outras zonas do País e por estrangeiros”.

Em Arcos de Valdevez atualmente existem quatro Parques Empresariais devidamente infraestruturados.

De lembrar que a Autarquia dispõe de um conjunto de benefícios associados aos impostos municipais e aos incentivos à atividade económica no concelho, nomeadamente a isenção de derrama, a redução em 75% nas taxas municipais, entre muitos outros.

O Presidente da Autarquia, refere ainda que “A existência de áreas para acolhimento empresarial e o conjunto de incentivos municipais tem contribuído para esta procura”.

De referir também, que a existência do único Centro de Interface Tecnológica Industrial, o CiTin, localizado em Arcos de Valdevez é uma mais valia para as empresas instaladas no concelho, bem como para a atração de novas empresas, pelo apoio que presta ao desenvolvimento e inovação empresarial.

A Câmara Municipal pretende continuar a estimular a economia local, alargando as áreas de acolhimento empresarial, incrementando a captação de novos investimentos e a criação de emprego e rendimento, e, ao mesmo tempo, contribuir para a fixação e atração de pessoas e investimento para Arcos de Valdevez.

Sem Título.png

AUTARQUIA ARCUENSE APOIA COM 900 MIL EUROS 18 JUNTAS DE FREGUESIA

Foto_2 (2).jpg

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aprovou em reunião de câmara protocolos de colaboração, no valor de cerca de 900 mil euros, com 18 Juntas de Freguesias, Arcos Salvador, Vilafonche e Parada, Ázere, Cabana Maior, Couto, Eiras e Mei, Gavieira, Gondoriz, Jolda. S. Paio, Miranda, Paçô, Portela e Extremo, Prozelo, Rio Frio, Soajo, Souto e Tabaçô, Távora (Sta. Maria e S. Vicente), Vilela, S. Cosme e S. Damião e Sá e Sistelo.

Com estes protocolos de colaboração, a Câmara Municipal reforça e reafirma a sua parceria com as Juntas de Freguesias, no apoio à realização de obras de beneficiação da rede viária, de edifícios e espaços, na limpeza e conservação da rede viária vicinal e na recolha de resíduos.

O Orçamento de 2024 prevê um reforço da parceria com as Juntas de Freguesias, relativamente ao ano transato, com transferências previstas no valor de 2,4 milhões de euros, formalizadas por intermédio da celebração de protocolos e acordos de transferência de competências.

No âmbito da iniciativa Roteiro de Proximidade foram realizadas visitas a todas as Freguesias do concelho, onde foram visitadas as obras realizadas e em curso e articuladas as intervenções a realizar, quer pela Câmara Municipal, que pela Junta de Freguesia e os apoios a atribuir. 

Para João Manuel Esteves “a aprovação destes protocolos com as Juntas de Freguesias, revelam o importante papel da parceria autárquica no desenvolvimento e coesão social e territorial e na melhoria da qualidade de vida das pessoas em todas as Freguesias de Arcos de Valdevez.”

Foto_1.png

MEIAS FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL: C. R. ARCOS DE VALDEVEZ ELIMINADO PELA AEIS AGRONOMIA

image0.jpeg

No último sábado, o C.R. Arcos de Valdevez recebeu em casa a AEIS Agronomia, e vergou-se ao maior poderio do adversário, com uma derrota por 12-66.

No início do jogo, ninguém duvidava do favoritismo da equipa visitante. Candidata crónica ao Campeonato Nacional da Honra (encontra-se atualmente em terceiro lugar), vencedora por nove vezes da Taça de Portugal, a AEIS Agronomia não vinha facilitar.  Assumindo claramente a sua intenção de pelo menos chegar à final da competição, entrou de rompante, mostrando a sua superioridade em todos os capítulos do jogo. A equipa da casa pareceu algo surpreendida com esta entrada em campo, e permitiu dois ensaios logo nos cinco minutos iniciais. Recuperou pouco depois com um ensaio, mas depois sucederam-se outros do visitante. Ao intervalo, o resultado ia em 5-40, com um score de um contra seis ensaios.

Na segunda parte, o domínio dos agrónomos diminuiu. Tanto por um abrandamento do ritmo como por uma expressão de orgulho dos arcuenses, a toada tornou-se menos desequilibrada. Os minhotos marcaram um e a equipa da Agronomia quatro. No final, com um resultado de 12-66, sentiu-se alguma frustração dos arcuenses que se sentiram capazes de ver este desequilíbrio menos evidente.

Na próxima semana, o C.R. Arcos de Valdevez regressa ao campeonato com uma difícil deslocação a Setúbal, onde terá de averbar uma vitória para almejar os seus objetivos.

image1.jpeg

image2.jpeg

CRAV FEMININO: SUB 18 CONQUISTAM 1º LUGAR EM TORNEIO NACIONAL

FB_IMG_1708290551525.jpg

A equipa feminina Sub 18 do Clube de Rugby de Arcos de Valdevez deslocou-se este fim-de-semana a Lisboa para disputar o seu primeiro Torneio Nacional, da presente época desportiva, e terminou em primeiro lugar da competição.

Até então a equipa tinha vindo a disputar apenas torneios regionais, no Norte de país, no entanto devido ao bom desempenho das jovens e à sua excelente evolução, o coletivo decidiu abraçar um desafio maior e participar nas competições nacionais.

A estreia não podia ter sido melhor, após a vitória sobre as equipas do R. C. Montemor e do C. R. S. Miguel a equipa terminou a primeiro fase do torneio em primeiro lugar do seu grupo, garantindo assim a disputa da Final contra o Sporting C. P. , que tinha terminado na mesma posição do respectivo grupo.

Num jogo bastante disputada as Nortenhas saíram para o intervalo em desvantagem, 7-19 para as Leoas. Mas na segunda parte conseguiram inverter a tendência de jogo, acabando por vencer a partida por 26-19, conquistando assim o 1° Lugar do torneio.

FB_IMG_1708290569606.jpg

FB_IMG_1708290688132.jpg

FB_IMG_1708290719639.jpg

FB_IMG_1708290730442.jpg

AUTARQUIA ARCUENSE JÁ ATRIBUIU 75 CARTÕES MUNICIPAIS DE FAMÍLIA NUMEROSA

Imagem1 (1).png

A Autarquia arcuense atribuiu 75 cartões a pessoas de 15 famílias numerosas, no âmbito do Regulamento do Cartão Municipal de Família Numerosa.

O Município de Arcos de Valdevez pretende com o “Cartão Municipal de Família Numerosa” proporcionar às famílias com três ou mais dependentes a cargo, um conjunto de serviços públicos ou privados a custos mais reduzidos.   

Com a atribuição dos benefícios do Cartão Municipal de Família Numerosa a Autarquia pretende reforçar a importância e a necessidade de apoiar, social e economicamente, as famílias numerosas, pelo contributo demográfico que estas prestam à sociedade, no aumento do número de nascimentos, na renovação geracional e na fixação de pessoas no território.

Esta é mais uma das muitas medidas que a Câmara Municipal tem vindo a implementar no apoio à melhoria das condições de vida das pessoas, nomeadamente no apoio social às pessoas mais desfavorecidas, na ação social escolar, nas atividades de acompanhamento e apoio à família, nas atividades extracurriculares, nas refeições, nos transportes e nas bolsas de estudo do ensino superior. Também tem sido reforçado o apoio ao emprego e à habitação dos jovens e das famílias, quer na construção e reabilitação, no apoio ao arrendamento e no apoio ao regresso das famílias emigrantes. O Município tem uma política fiscal amiga das famílias, com a redução ou isenção de impostos municipais, destacando-se entre as autarquias pioneiras na adesão ao IMI familiar, pela sua totalidade.

Todas estas medidas e apoios têm sido reconhecidas anualmente por entidades externas, sendo disso exemplo as distinções de “Autarquia Familiarmente Responsável” e “Autarquia Solidária”.

MUNICÍPIOS DE ARCOS DE VALDEVEZ E DE VIRY-CHATILLON (FRANÇA) CELEBRAM ACORDO DE PARCERIA EM ARCOS DE VALDEVEZ

IMG_6658.JPG

Decorreu no Salão Nobre do Paços do Concelho a celebração do acordo de parceria entre os Municípios de Arcos de Valdevez e de Viry-Chatillon, da região de Paris.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, “com este acordo de parceria pretendemos partilhar conhecimentos e experiências entre cidadãos, empresas e associações, bem como desenvolver em conjunto projetos de interesse nas áreas da educação, cultura, desporto, ambiente, economia e turismo”.

Este protocolo de amizade entre os dois municípios foi assinado pelo Presidente da Câmara de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves e pelo Presidente da Câmara de Viry-Chatillon, Jean-Marie VILAIN. O Presidente da Câmara de Viry-Chatillon, acompanhado da sua comitiva, aproveitaram para visitar o nosso concelho.

Este acordo surgiu do contacto com Cristine Pocato, Diretora Geral dos Serviços Municipais d`Viry-Chatillon, com ligações familiares a Arcos de Valdevez.

Com a celebração deste acordo a Autarquia Arcuense dá continuidade a um conjunto de protocolos de cooperação já celebrados com outros Municípios Franceses onde residem as nossas comunidades de emigrantes, com o objetivo de reforçar a proximidade entre as comunidades de emigrantes e a relação com as Câmaras Municipais.

Segundo João Manuel Esteves, Presidente da Câmara Municipal “O Município de Arcos de Valdevez está empenhado em intensificar a relação e proximidade com a Diáspora e os Municípios de residência. Pretendemos reforçar o envolvimento dos nossos emigrantes no processo de desenvolvimento de Arcos de Valdevez”.

IMG_6637.JPG

IMG_6642.JPG

IMG_6654.JPG

MUNICÍPIO ARCUENSE APOIA A MODERNIZAÇÃO DO COMÉRCIO TRADICIONAL COM 150 MIL EUROS

IMG-20240208-WA0002.jpg

O Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez celebrou contratos de apoio financeiro para a modernização do comércio, no valor global de 150 mil euros, beneficiando um total de 15 estabelecimentos comerciais, com um investimento global previsto de 380 mil euros.

Este programa foi dirigido aos comerciantes de todo o concelho de Arcos de Valdevez. As candidaturas apresentadas abrangem diversas áreas do comércio a retalho desde eletrodomésticos, produtos médicos e farmacêuticos, vestuário, mercearia, plantas e flores, bricolage e papelaria.

Este Programa Municipal de Apoio à Modernização Comércio (PROCOM) já conta com três edições de sucesso, totalizando um apoio municipal no valor de 535 mil euros atribuído a 55 estabelecimentos comerciais, com um investimento global de 1,1 milhões de euros.

A Câmara Municipal Arcuense com o PROCOM - Programa Municipal de Apoio à Modernização Comércio, que é uma iniciativa inédita a nível municipal pretende apoiar a criação, expansão e modernização das micro e pequenas empresas do comércio local, contribuindo assim, para a fixação de pessoas e empresas e para dinamização da atividade empresarial e económica em todo o concelho de Arcos de Valdevez.

IMG-20240208-WA0006.jpg

IMG-20240208-WA0008.jpg

IMG-20240208-WA0013.jpg

IMG-20240208-WA0014.jpg

IMG-20240208-WA0017.jpg

IMG-20240208-WA0018.jpg

IMG-20240208-WA0019.jpg

IMG-20240208-WA0023.jpg

CLUB DE RUGBY DE ARCOS DE VALDEVEZ ESTÁ NAS MEIAS FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL

RUAR (1).jpeg

No último sábado, o C.R. Arcos de Valdevez carimbou o passaporte para a penúltima etapa da Taça de Portugal ao vencer claramente em casa os quartos de final por 31-16 contra o R.C. Santarém.

A partida não deixava de ser aguardada com expectativa, não só pelo que estava em jogo, mas também pelo facto de as duas equipas se terem defrontado no fim de semana anterior em Santarém, com uma tangencial vitória dos ribatejanos por 18-17. Deste modo, estava prometido equilíbrio para o encontro, com o público a saber de antemão que só perto do final se iria ter uma ideia clara de quem ia ser o vencedor.

O jogo começou aliás com a vantagem da equipa visitante que, aproveitando uma falha defensiva dos minhotos, marcou um ensaio nos minutos iniciais (0-7). O C.R. Arcos de Valdevez tentava equilibrar o jogo e o marcador, mas sem grande sucesso. Com efeito, os erros individuais iam-se sucedendo, com a equipa a ter dificuldade em pôr em campo um dos seus pontos fortes, as fases e sequências de jogo continuadas. Com algumas dificuldades nas formações nas dificuldades ordenadas, o pack avançado minhoto conseguia, todavia, equilíbrio na fase de disputa de bola, mas a equipa tinha dificuldades em fazê-lacontinuar, interrompendo frequentemente as sequências com erros individuais (faltas técnicas, maus controlos de bola) que punham em causa o esforço coletivo. Por sua vez, a equipa de Santarém, parecia ter posto o jogo mais de feição com as suas características: uma defesa agressiva, um bloco avançado lutador e a procurar ocupar o meio campo adversário de modo a obter as faltas necessárias para a conversão do seu muito eficaz chutador.  Deste modo, a evolução no seu marcador fazia-se com recurso às conversões de penalidades. Por sua vez, o C.R. Arcos de Valdevez fez pontos com dois ensaios, em que pontualmente conseguiu provocar falhas na bem organizada defesa adversária.  Ao intervalo, o resultado era de 14-13, o que não defraudava de modo alguma o prognóstico de equilíbrio.

Na segunda parte, a equipa da casa entrou em campo que vontade de alterar esta toada. Nos primeiros minutos foi ela a marcar um ensaio de belo efeito, com várias fases de circulação de bola (19-13), sucedendo-se-lhe outro cinco minutos depois (24-13). Sentia-se que o R.C. Santarém começava a acusar quebra física, com vários elementos desgastados. Por sua vez, a equipa arcuense mantinha o ritmo e a intensidade, com substituições que permitiam consolidar o domínio sobre o adversário que de se desenhou na segunda parte do jogo.  Apesar da aproximação do adversário no resultado aos 30 minutos com mais uma penalidade (24-16), o C.R. Arcos de Valdevez não lhe deu mais hipóteses, selando a vitória com mais um ensaio a cinco minutos do fim (31-16). 

Sobre a justiça da vitória, poucas dúvidas haverá dado o domínio que os arcuenses mostraram, com cinco ensaios contra dois do adversário.  Quanto ao jogo das meias finais irá disputar-se a 17 de fevereiro no Estádio Municipal de Rugby de Arcos de Valdevez face à AEIS Agronomia, que venceu nos quartos de final o CDUL por 24-23. A Agronomia, candidato crónico ao título de vencedor da Taça de Portugal, terá de  afirmar o seu favoritismo face a um C.R. Arcos de Valdevez em crescendo e altamente motivado pela excecionalidade do feito, pois apenas em 1995/96 e 2009/2010 chegou tão longe na competição, tendo então vacilado frente à  Académica e ao Belenenses respetivamente.

RUAR (2).jpeg

RUAR (3).jpeg

RUAR (4).jpeg

ARCOS DE VALDEVEZ SERVE O COZIDO À MODA DOS ARCOS ESTE FIM DE SEMANA

O Cozido à Moda dos Arcos regressa este fim de semana, 10 e 11 de fevereiro, às mesas dos restaurantes arcuenses, acompanhado dos excelentes vinhos verdes e da doçaria tradicional.

Neste fim de semana de Carnaval, onde se assinala o “Domingo Gordo”.

Aproveite os grandes momenetos de animação, reviva tradições e não deixe de degustar a excelente gastronomia, bem como ter o privilégio de passear em pleno Parque Nacional Peneda Gerês, pela Vila do

Soajo, pelos Socalcos de Sistelo, pela Floresta Encantada e pelas Ecovias do Rio Vez e Rio Lima.

417527859_775408604613685_2452764759654842552_n.jpg

418830847_775408644613681_2010101631121315548_n.jpg

ARCOS DE VALDEVEZ: JOÃO MANUEL ESTEVES REELEITO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL DO TURISMO DO PORTO E NORTE DE PORTUGAL

Decorreram, no corrente mês, as eleições para Órgãos Sociais da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal para o quinquénio 2024-2029.

 João Manuel Esteves, Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez volta a ser eleito Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Turismo Porto e Norte de Portugal (TPNP).

Luís Pedro Martins volta a assumir a Presidência do TPNP por mais cinco anos, integrando a direção Cancela Moura, Manuel Tibo, Vítor Paulo Pereira e Pedro Mesquita Sousa. 

Para o Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez “O Turismo exerce um papel cada vez maior no desenvolvimento da economia da região e das localidades. Arcos de Valdevez não foge à regra, dando mostras cada vez mais de uma maior procura por parte de turistas, dados que se refletem no aumento das dormidas e no aumento dos investimentos no setor.”

João Manuel Esteves também considera importante reforçar a promoção no exterior, os apoios ao investimento e a capacitação dos colaboradores, bem como promover a simplificação dos processos administrativos para atrair mais investimentos.

Imagem1.png

ARCOS DE VALDEVEZ: CIÊNCIA NO FEMININO CONTA COM A PRESENÇA DA MINISTRA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR, ELVIRA FORTUNATO

i054619.jpg

Anualmente, comemora-se no dia 11 de fevereiro o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência. Para comemorar esta data, no próximo sábado, dia 10 de fevereiro, pelas 10h00, o Centro Ciência Viva dos Arcos – Oficinas de Criatividade Himalaya e a Município dos Arcos de Valdevez organizam o evento “Ciência no Feminino”. Iniciativa repleta de ilustres cientistas - sob a moderação da jornalista Andreia Fernandes - com a presença da Elvira Fortunato, Ministra de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e Diretora do Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva. Destaque ainda para três investigadoras que nos inspiram com o seu trabalho: Anne Leite, Professora e Comunicadora de Ciência; Nicole Pedro, Técnica Superior de Investigação no CIBIO e vencedora do Prémio “Jovem Cientista”; Jennifer Mancio, Médica Investigadora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), Cardiologista de imagem na Royal Brompton Hospital (Londres) e vencedora do Prémio Cetera e da Bolsa atribuída pela CUF e pela Fundação Amélia de Mello. Para falarem das suas expectativas enquanto futuras cientistas, convidamos três alunas do Ensino Secundário do Agrupamento de Escolas de Valdevez, Carolina Mesquita, Eduarda Pinheiro e Maria Almeida.

Em 2023 o Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência foi comemorado com o lançamento da Exposição (agora itinerante) “Mulheres Arcuenses com Ciência”. Entretanto, várias iniciativas têm decorrido procurando valorizar o que os cientistas arcuenses fazem pela ciência em Portugal e no estrangeiro. Ser cientista e investigadora no feminino e a igualdade de género na Ciência será o mote desta conversa. Paralelamente, serão assinados protocolos de celebração entre o Centro Ciência Viva dos Arcos e os Clubes de Ciência Viva, de diferentes escolas/ Agrupamentos da Região Norte. O Centro Ciência Viva dos Arcos, pretende apoiar significativamente os clubes de ciência no desenvolvimento das suas atividades científicas.

Do programa consta ainda o pré-lançamento da 2ª edição do livro “Raparigas na Ciência”, apresentado pela Presidente da Ciência Viva, Rosalia Vargas.

Esta iniciativa é aberta ao público e a todos aqueles que se interessam pela Ciência e acontece no dia 10 de fevereiro, pelas 10h00 no Centro Ciência Viva dos Acos-Oficinas de Criatividade Himalaya.

Mulheres_Raparigas_Ciencia_02-2024Evento_FB.png

ARCOS DE VALDEVEZ REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

241 - Cópia.JPG

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ

REUNIÃO ORDINÁRIA 01 DE FEVEREIRO DE 2024

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA:

O Sr. Presidente deu conhecimento à Câmara que no dia 6 de fevereiro será realizada a conferência de Imprensa para a apresentação do programa para os eventos “Carnaval” e do “Arcos à Mesa” – Cozido à Moda dos Arcos, no âmbito da iniciativa “ArcosInverno”.

Informou ainda, que no dia 3 fevereiro, no sábado terá lugar o primeiro concerto do Festival Sons de Vez, na Casa das Artes.

Também deu nota que o Município de Arcos de Valdevez assinou o protocolo de parceria para o desenvolvimento do projeto de Apoio à vitivinicultura do Vale do Lima.

Por fim, informou a Câmara que foi atribuído à Vereadora Engª. Beatriz Faria, o pelouro do Desenvolvimento Rural.

PERÍODO DA ORDEM DO DIA:

PROTOCOLOS DE COLABORAÇÃO A CELEBRAR COM AS JUNTAS DE FREGUESIA: foi deliberado aprovar a celebração de protocolos de colaboração no valor global de 883 mil euros, com 18 Juntas de Freguesia, Arcos Salvador, Vilafonche e Parada, Ázere, Cabana Maior, Couto, Eiras e Mei, Gavieira, Gondoriz, Jolda. S. Paio, Miranda, Paçô, Portela e Extremo, Prozelo, Rio Frio, Soajo, Souto e Tabaçô, Távora (Sta. Maria e S. Vicente), Vilela, Sá, S. Cosme e S. Damião e Sistelo.

Agrupamento de Escolas de VALDEVEZ: foi deliberado aprovar um apoio no valor de 26.335,00 euros, para as atividades e visitas de estudo 2023/2024, tendo em conta o escalão da ação social de que beneficiam.

PO 500/2024 - Conjunto do Castelo - Requalificação da casa do guarda, anexos e pavilhão multiusos: foi deliberado aprovar a abertura do procedimento concursal para a execução da empreitada de obra acima referida, pelo preço base de 281.120,00 euros.

ARDAL – Associação Regional do desenvolvimento do Alto Lima: foi deliberado autorizar a ARDAL a abrir um procedimento de concurso e a adjudicação do projeto "Diversificar a oferta de alojamento no PNPG - Parque de Campismo e Caravanismo da Travanca", mediante o estabelecimento de protocolo de colaboração no valor de 149.652,40 euros.

Plano estratégico de Sinalética Turística para Arcos de Valdevez: foi deliberado aprovar a abertura de um procedimento tendo em vista a realização de um Plano estratégico de Sinalética Turística para Arcos de Valdevez, pelo preço base de 10.500,00 euros.

Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca: foi deliberado aprovar a celebração de um protocolo de colaboração para o apoio ao controlo sanitário de pequenos e grandes ruminantes, fomentando a produção pecuária em Arcos de Valdevez, no valor de 55.338,00 euros.

Cartão Municipal de Família Numerosa: foi deliberado atribuir 7 pedidos de famílias arcuenses, à adesão ao Cartão Municipal de Família Numerosa.

subsídio ao arrendamento habitacional: foi deliberado aprovar um e renovar três pedidos de arrendamento habitacional para o ano 2024.

PrOJETO da Primeira Alteração ao Regulamento do Programa Municipal "Renda Acessível em Valdevez" – RAV: foi deliberado aprovar o projeto da primeira alteração ao Regulamento do programa Municipal “Renda Acessível em Valdevez” – RAV, na sequência do decurso do prazo de 10 dias.

PO 492/2023 - HELIPORTO DE ARCOS DE VALDEVEZ - NOVA FATO, CAMINHO DE CIRCULAÇÃO E PLACA DE ESTACIONAMENTO: foi deliberado aprovar o relatório final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa Predilethes – Construções, Lda., pelo valor de 134.636,70 euros, mais IVA.

PO 494/2023 - AMPLIAÇÃO DA CRECHE DE PADREIRO: foi deliberado aprovar o acolhimento da lista de erros e omissões apresentados ao concurso público para a empreitada referida em epígrafe.

PO 357/2020 - RCBVM - Bloco 9 - Gondoriz, Vilafonche, Guilhadezes, Oliveira e Couto (Lote 1): foi deliberado aprovar homologação da conta final da empreitada referida em epígrafe.

PO 414/2021 - Beneficiação de Edifícios Municipais: foi deliberado aprovar homologação da conta final da empreitada referida em epígrafe.

PO 275/2018 - Pavimentação do Caminho de Acesso à Habitação Social – Guilhadezes: foi deliberado aprovar homologação da conta final da empreitada referida em epígrafe.

PO 366/2020 - Obras e Conservação da Rede Viária: foi deliberado aprovar homologação da conta final da empreitada referida em epígrafe.

PO 366/2020 - Obras de Conservação da Rede Viária: foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição do nº 1 ao nº 2 relativos à obra supracitada, de 2.496,98 euros.

PO 282/2019 - Requalificação de Campo de Jogos do Centro Cultural e Recreativo de Távora Sta. Maria: foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição n.º 1 ao nº7 relativos à obra supracitada de 1.452,82 euros.

PO 396/2021 - Reabilitação das Piscinas Exteriores Municipais: foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição n.º 1 a 5 da obra supracitada é de 4.739,72 euros.

PO 447/2022 - RBCVM - (Bloco 19) - Construção de Muros de Suporte: foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição do nº 1 ao nº 4 relativos à obra supracitada de 2.289,58 euros.

PO 359/2020 - Centro de BTT no Soajo - Alteração e ampliação de edifício: foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição n.º 1 ao n.º 4 relativos à obra supracitada de 244,08 euros.

PO 09/2011 - Ampliação e Requalificação do Parque Empresarial das Mogueiras - 1.ª Fase - Movimento de Terras e Muros: foi deliberado aprovar o auto de receção definitiva e autorizar o cancelamento ou extinção das garantias bancárias da empreitada referida em epígrafe.

PO 357/2020 - Reabilitação, Construção e Beneficiação de Vias Municipais - Bloco 9 - Gondoriz, Vilafonche, Guilhadezes, Oliveira e Couto (Lote 1): foi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição n.º 1 ao nº14 relativos à obra supracitada de 26.097,93 euros.

PO 414/2021 - Beneficiação de Edifícios Municipais: foi deliberado aprovar o valor definitivo da revisão de preços dos autos de medição n.º 1 a 2 da obra supracitada é de 2.483,68 euros

PO 376/2021 - Reabilitação de Espaços Urbanos - Rua Nunes de Azevedo: oi deliberado aprovar o valor da revisão de preços definitiva referente aos autos de medição n.º 1 a 7 da obra supracitada é de 18.138,63 euros.

PO 489/2023 - Alargamento da Rua Eng.º Amaro da Costa: foi deliberado aprovar o auto de consignação da obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Prodigipadrão - Construção, Lda., pelo valor de 44.999,90 euros e prazo de execução de 45 dias.

Serviço de Gestão de RSU's: foi deliberado autorizar a aquisição de uma plataforma que serve para fazer a gestão de rotas dos RSU's, através de um sistema de registos de ocorrências on-line e em tempo real. 

PO 290/2019 - Expansão de Rede de Saneamento a Prozelo (Madredeus / Cimo de Vila / Portelinha): foi deliberado aprovar o auto e a liberação de caução, da empreitada de obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Esboço Direto - Construções, Lda.

PO 272/2018 - Intervenção nas áreas prioritárias para proteção dos recursos hídricos após incêndio em 2107: foi deliberado aprovar o auto e a liberação de caução, da empreitada de obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Ambiflora - Serv. Silv. e Expl. Florestal, Lda.

PO 247/2018 - Ampliação da Rede de Saneamento - Rio de Moinhos - Zona A: foi deliberado aprovar o auto e a liberação de caução, da empreitada de obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Martins & Filhos, S.A.

PO 454/2022 - AMPLIAÇÕES LOCAIS DA REDE DE SANEAMENTO DE ÁGUAS RESIDUAIS EM PROZELO - Rua Cimo de Vila, Caminho do Clemente e Rua da Veiga: foi deliberado aprovar a conta final da empreitada de obra referida em epígrafe.

PO 435/20212- Gestão Energética Inteligente BL 4 - Escola Básica e Secundária de ARCOS DE VALDEVEZ: foi deliberado aprovar a conta final da empreitada de obra referida em epígrafe.

PO 487/2023 - Intervenção de atualização de infraestruturas de telecomunicações de energia de edifícios municipais Paços do Concelho e Parque exposições) e de iluminação exterior (S. Jorge, Arcos S. Paio e Giela, Oliveira, Paçô e Perímetro Urbano): foi deliberado aprovar a prorrogação do prazo da empreitada de obra referida em epigrafe, adjudicada à empresa João Cerqueira Pereira, Lda. por 30 dias.

PO 445/2022 - Expansão da rede de saneamento a sudoeste: Santar/Souto/Tabaçô: foi deliberado aprovar a prorrogação do prazo da empreitada de obra referida em epigrafe, adjudicada à empresa Martins & Filhos, S.A por 121 dias.

PO 478/2023 - BENEFICIAÇÃO E PAVIMENTAÇÃO DA TRAVESSIA DA COSTA - GUILHADESES - 1.ª FASE: foi deliberado aprovar o auto de consignação da obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Habimonção, Lda., pelo valor de 60.174,80 euros e um prazo de execução de 120 dias.

Transportes Escolares 2023/2024 - Pedido de reajustamento ao lote 10: foi deliberado aprovar o reajustamento do valor adjudicado à empresa Fernandes e Cardoso Lda. para o lote 10, o qual, passará de 100,00€/dia para 115,00 €/dia, com efeito a partir do inicio do ano letivo.

Associação Cultural e Desportiva da Miranda: foi deliberado aprovar um apoio no valor de 1.800,00 € para a atividade "Natal Mágico na Floresta Encantada".

Moto Clube de Acos de Valdevez: foi deliberado aprovar a isenção de licenças municipais para o evento “25 anos do Arcos TT”, que se realiza nos dias 7, 8 e 9 de março de 2024.

FOLIA - Associação de Festas de Arcos de Valdevez: foi deliberado aprovar um apoio no valor de 55.000,00 euros para a organização do CARNAVAL DE ARCOS DE VALDEVEZ, que decorrerá de 9 a 13 de fevereiro de 2024.

Associação Recreativa e Cultural Os Amigos de Oliveira: foi deliberado aprovar um apoio financeiro no valor de 17.000,00 euros para conclusão das obras do Polidesportivo de Oliveira, nomeadamente muros exteriores, jardins, rega, pinturas, gradeamento, escadas, entre outros.

Rancho Folclórico Estrela do Norte de Gondoriz: foi deliberado aprovar um apoio financeiro no valor de 16.000,00 euros, para a realização de obras na Sede da Associação.

PF 912/2024 - Aquisição de serviços para intervenções no espaço público em 2024: foi deliberado aprovar o projeto de decisão final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa concorrente Fernando Dias Fernandes, Lda., pelo valor de 49.995,00 euros, mais IVA.

PF 910/2024 - Prestação de serviços de vigilância na Piscina Municipal interior e época balnear 2024: foi deliberado aprovar o projeto de decisão final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa concorrente Water Resistant Unipessoal, Lda., pelo valor de 62.383,25 euros, mais IVA.

PF 915/2024 - RENOVAÇÃO DO CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SOFTWARE (EGOV (GSE/MDD, SEAP CARTÃO MUNÍCIPE, GSP, SCOG, PORTAL GSP, ASSINATURA DIGITAL), PORTAL INST. CÂMARA, SERVIÇO REESTRUTURAÇÃO PROCESSOS): foi deliberado aprovar o projeto de decisão final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa concorrente ANO SOFTWARE - Sistemas de Informação, Lda., pelo valor de 36.655,20 euros, mais IVA.

PF 909/2024 - Prestação de serviços de técnicos de exercício físico: foi deliberado aprovar o relatório final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa Conjuguexemplos – Associação Desportiva, pelo valor de 71.800,00 euros, mais IVA.

 PO 486/2023 - Expansão da rede de drenagem de águas residuais em Paçô - CM 1318 e EM 530 - Troço CVA1 a CVB1: foi deliberado aprovar o relatório final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa Martins & Filhos, S.A., pelo valor de 53.364,50 euros, mais IVA.

PO 887/2023 - AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE ESCOLAR PARA LOTES ATÉ 10 ALUNOS - ANO LETIVO 2023/2024 - LOTE 9: foi deliberado aprovar o projeto de decisão final do procedimento referido em epígrafe, para efeitos de decisão de adjudicação à empresa Fernandes & Cardoso, Lda., pelo valor de 13.125,00 euros, mais IVA.

PO 288/2019 - Execução de trabalhos de arranjos exteriores e interiores na EB 2, 3/S de Arcos de Valdevez: foi deliberado aprovar o auto e a liberação de caução, da empreitada de obra referida em epígrafe, adjudicada à empresa Baltor Steel Metalomecânica, Lda.

Proposta de prorrogação do prazo do contrato de aquisição de serviços de limpeza e desinfeção em vários edifícios municipais - paços do Concelho e Edifício da antiga Biblioteca Municipal: foi deliberado aprovar a prorrogação da vigência do contrato celebrado em 14/02/2022, com a sociedade Higireal - Serviços de Limpeza, Lda., por mais um ano, com efeitos a partir de 1 de fevereiro de 2024.

ARCOS DE VALDEVEZ: BLOCO DE ESQUERDA VISITA VILA DO SOAJO

BE vila Soajo.jpg

Durante a manhã do dia 4 de fevereiro, o Bloco de Esquerda esteve na feira da vila do Soajo, em Arcos de Valdevez, onde ouvimos as preocupações da população. Foram-nos transmitidas as preocupações da população residente neste concelho, desde as preocupações dos pensionistas à necessidade de preservar a floresta autóctone do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Para todas estas questões o Bloco tem soluções, comprometemo-nos a alterar as regras de atualização das pensões, de forma a garantir que nenhuma pensão perde poder de compra, e a retirar o corte aplicado a quem se reformou entre 2014 e 2018 com elevadas penalizações que não existiriam sob as regras de hoje; para o Bloco é imperativo capacitar e valorizar a administração pública - assim como os pequenos proprietários e os baldios e avançar para um modelo sustentável e biodiverso de floresta, priorizando espécies autóctones e promovendo a gestão associativa da floresta.

CRUBE DE RUGBY DE ARCOS DE VALDEVEZ REGISTA INÍCIO DE FASE FINAL INFELIZ

cravv (1).jpeg

O C.R. Arcos de Valdevez deslocou-se ao relvado da Escola Prática de Cavalaria para defrontar a equipa da casa, o R.C. Santarém. O resultado pautou-se por uma derrota tangencial dos arcuenses, que soçobraram no último minuto e perderam por 18-17.

Quem se deslocou para ver o jogo assistiu a um encontro muito equilibrado com muitos momentos de emoção. A primeira parte desenrolou-se sem ensaios, onde o que desequilibrou foi a pontaria dos chutadores aos postes. Muito disputado no centro do terreno, o encontro não conseguia desbloquear para nenhum dos lados. Apesar de algum domínio minhoto em termos territoriais e de posse de bola, nenhuma das equipas conseguia chegar perto da linha de ensaio. O Santarém teve três penalidades e converteu duas, o C.R. Arcos de Valdevez teve quatro penalidades e converteu uma, ficando o resultado em 6-3 ao intervalo.

Na segunda parte, a toada do jogo foi ligeiramente diferente. O R.C. Santarém mostrava uma eficácia extrema a converter penalidades. Passou para 15-3 aos 25 minutos, e os arcuenses não conseguiam marcar. No entanto, os 15 minutos finais foram de emoção extrema: o C.R. Arcos de Valdevez marca dois ensaios consecutivos e passa para a frente do marcador (15-17) pela primeira vez no encontro. No entanto, era preciso sangue frio para manter a vantagem. No último minuto, os arcuenses cedem uma penalidade, que é sancionada duplamente (mais 10 metros de recuo) por protestos. Como foi apanágio durante o jogo, o chutador dos ribatejanos não perdoou, invertendo o resultando e fazendo a sua equipa ganhar pela vantagem mínima (18-17).

Deste modo, fica nos arcuenses o amargo de boca por perder pela vantagem mínima no último minuto de jogo, sensação que se agrava quando se marca dois ensaios contra zero do adversário.

Curiosamente, no próximo fim de semana, estas duas equipas voltarão a defrontar-se, mas em Arcos de Valdevez, em jogo a contar para os ¼ final da Taça Portugal. Aqui os minhotos terão a oportunidade para uma saborosa desforra.

cravv (2).jpeg

cravv (3).jpeg