Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ISAVE PROMOVE OFICINA SOBRE COMUNICAÇÃO INCLUSIVA E IDENTIDADES

O ISAVE, Instituto Superior de Saúde, irá levar a cabo na manhã de 10 de maio a transformadora “Oficina sobre Comunicação Inclusiva e Identidades”. Com o objetivo de promover uma cultura de inclusão e respeito mútuo, a instituição irá receber para ministrar o workshop a conceituada Laura Falésia.

O evento pretende dar a compreender o que é a linguagem inclusiva, a sua importância e ganhar competências para o uso de uma linguagem não sexista e equitativa do ponto de vista do género. Será desenvolvida literacia LGBTQIA+, conhecer diferentes identidades de género e refletir sobre as nossas próprias identidades. Será ainda explorado diversos sistemas de linguagem sem marcação de género, descobrir como tornar um texto inclusivo sem o tornar intragável e aplicar linguagem inclusiva em simulações de consulta.

O ISAVE, reafirma o seu compromisso contínuo com a promoção da diversidade, equidade e inclusão, oferecendo oportunidades educacionais e transformadoras para a comunidade.

  • VAGAS LIMITADAS: 15 pessoas
  • Valor: 70 euros para o IBAN: PT50 0035 0249 0007 2071 9300 3 | SWIFT: CGDIPTPL
  • Duração: 5 horas (08h00 às 13h00) – 10 de maio
  • Local: ISAVE – Amares

*A inscrição apenas será válida após o envio do comprovativo de pagamento para: comunicacao@isave.pt

INSCRIÇÃO DISPONÍVEL EM: https://isave.pt/oficina-sobre-comunicacao-inclusiva-e-identidades/

Conheça uma breve súmula curricular da palestrante:

  • Licenciada em Filosofia (FLUL) e em Gestão (ISCTE-IUL) e mestre em Filosofia Política (FLUC);
  • Entrevistou artistas plásticos e escreveu sobre arte para o Duplo Espaço e para exposições;
  • Colaborou com o P3; co-criou o Coletivo FACA, que trabalha com museus sobre as temáticas do feminismo, colonialismo, racismo, LGBTQIA+ e não-normatividade;
  • Desenvolve estratégias de comunicação, de identidade e tom de voz para organizações, com foco num posicionamento inclusivo e no uso de uma linguagem que envolva todas as pessoas;
  • Formadora certificada, consultora, palestrante, revisora e estratega para a inclusão, identidade e diversidade de género.

oficina-inclusiva.jpg

ISAVE PRESENTE NA FEIRA DAS PROFISSÕES NA ESCOLA SECUNDÁRIA CARLOS AMARANTE

carlos amarante.jpg

O Serviço de Psicologia e Orientação da Escola Secundária Carlos Amarante, em Braga, promoveu no dia 10 de Abril, um encontro com Instituições de Formação/ Profissionais, dirigido prioritariamente aos estudantes do 12º ano e intitulado: “Feira das Profissões / Mostra de Ofertas Formativas”.

Dar a conhecer aos estudantes a oferta formativa do Instituto, suas instalações, normas de acesso, saídas profissionais e outros aspetos que lhes permitam fazer opções conscientes na hora de escolher o futuro, eram os principais objetivos da iniciativa.

Prosseguindo no espírito de colaboração com as escolas secundárias da região, o nosso Instituto marcou presença e esteve representado pelas estudantes do 3º ano do curso de licenciatura de Dietética e Nutrição – Sara Alves e Vera Gonçalves, destacando o caráter familiar da instituição e os fortes laços de proximidade entre todos os seus membros, aspetos que, aliados ao rigor científico e a uma pedagogia de exigência, estão na origem do sucesso alcançado, nomeadamente no que diz respeito às elevadas taxas de empregabilidade.

MUNICÍPIO DE AMARES PROMOVE COLÓQUIO “O LADO MENTAL DO DESPORTO: DA FORMAÇÃO À COMPETIÇÃO”

A Câmara Municipal de Amares vai realizar o I Colóquio "O lado mental do desporto: da formação à competição". A iniciativa vai ter lugar no dia 25 de maio de 2024, entre as 14:00h e as 18:00h, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

As inscrições já estão a decorrer e devem ser efetuadas até ao dia 22 de maio, através do endereço eletrónico: addvh.presidente@gmail.com.

Este evento, centrado no lado mental do desporto, pretende ser um momento de partilha de conhecimentos e discussão entre profissionais da psicologia do desporto e os vários agentes desportivos, como diretores desportivos, treinadores e ex-atletas.

O selecionador nacional de andebol Paulo Pereira, o treinador de futebol João Aroso e o ex-guarda-redes do Sporting Clube de Braga, Eduardo Carvalho, serão alguns dos oradores presentes.

O evento será creditado para Formação Contínua de Treinadores com 0.8 créditos.

Cartaz Coloquio.png

MUNICÍPIO DE AMARES APRESENTA ROBUSTEZA FINANCEIRA

IMG_6676.JPG

Relatório de Contas de 2023 com maior valor de arrecadação de receita de sempre da história financeira do município de Amares

Município de Amares apresenta-se com uma robusta saúde financeira, tendo transitado para o presente ano com o maior saldo de gerência de sempre no valor de 3 milhões e meio de euros, sem ter sido sacrificado o investimento.

A Câmara Municipal de Amares aprovou, esta quarta-feira, em reunião do executivo municipal o Relatório de Contas relativo ao ano de 2023. Os documentos de prestação de contas mostram que, no ano de 2023, os valores de execução da RECEITA GLOBAL atingiram uma taxa de 91% e os valores de execução da DESPESA GLOBAL atingiram uma taxa de 77%. Em termos numéricos significa que em 2023 foram arrecadados 22 milhões e 40 mil euros, e foram gastos 18 milhões e seiscentos mil euros. Estamos perante o maior valor de arrecadação de receita de sempre da história financeira do Município de Amares. Não obstante o aumento da despesa, sobretudo impulsionada pelo aumento da despesa de capital, em 2023 verificou-se um racio muito superior da receita em relação à despesa. 

O Presidente do Município de Amares, Manuel Moreira, lembrou que contrariamente ao que era “desejável”, no ano de 2023 continuou-se a trabalhar “sob os desígnios da instabilidade política nacional, fruto da demissão do governo e das incertezas políticas e económicas mundiais provocadas pelo deflagrar da guerra no médio oriente e o arrastar da guerra na Ucrânia, o que inevitavelmente condiciona social e economicamente o nosso país e o mundo”.

“2023 foi ainda um ano difícil para as famílias devido à crise inflacionária, que se fez sentir sobretudo na primeira metade do ano, e que foi acompanhada pela constante subida das taxas de juro, deixando inúmeros agregados familiares e empresas com margens de disponibilidade financeiras muito apertadas”, acrescenta o autarca.

“Não obstante, o executivo municipal conseguiu continuar a sua rota de crescimento financeiro, apresentando o maior valor orçamental executado, 22 milhões de euros, da história financeira municipal”, sublinha, Manuel Moreira, recordando que as áreas de intervenção do município são muitas. “Podemos dizer que 2023 foi o ano que fizemos muito, investimos mais e investimos bem!”, conclui o Presidente do Município de Amares.

A RECEITA CORRENTE atingiu o valor mais alto de sempre com uma arrecadação de cerca de 17 milhões e meio de euros, ultrapassando largamente o valor previsto, facto que a sua taxa de execução atingiu os 113%. A evolução da receita corrente continua no ciclo ascendente, tendo sido arrecadados mais de um milhão e meio de euros em relação ao ano anterior, o que demonstra o esforço contínuo de garantia do equilíbrio e sustentabilidade das contas municipais.

A DESPESA CORRENTE fixou-se nos 12 milhões e 900 mil euros, significativamente abaixo do previsto em cerca de 1 milhão e 700 mil euros. Verificou-se um aumento também das despesas correntes em relação ao ano de 2022, fruto essencialmente da aplicação das medidas de valorização dos trabalhadores da Administração Pública e respetivas alterações ao nível do processamento das remunerações, das medidas de atualização salarial intercalar do valor das remunerações e da atualização do subsídio de refeição aos trabalhadores.

Tudo pesado é de registar que no ano de 2023 a receita corrente ultrapassou a despesa corrente em mais de 4 milhões de euros, cumprindo-se o princípio do equilíbrio orçamental.

No que respeita à RECEITA DE CAPITAL, a mesma fixou-se nos 3 milhões de euros, abaixo das previsões, uma vez que não se contraíram os empréstimos bancários orçamentados, mas ainda assim significativamente superior em mais de 2 milhões de euros comparativamente com o ano anterior, com um crescimento na ordem dos 210%, fruto da arrecadação de fundos comunitários.

As DESPESAS DE CAPITAL situam-se nos 5 milhões e 200 mil euros, registando um crescimento na ordem dos 800 mil euros e uma taxa de execução de quase 60%. As despesas de capital representam 28% do total das despesas, verificando-se um crescimento superior a 35% em relação a 2022.

No que respeita às GRANDES OPÇÕES DO PLANO, verifica-se uma execução do plano plurianual de investimento na ordem dos 65%, totalizando um valor de 8 milhões de euros, um crescimento de quase dois milhões de euros comparativamente com o ano de 2022.

Mais e melhor investimento em 2023

As funções sociais absorveram quase 6 milhões de euros do investimento total, crescendo mais de um milhão de euros, com destaque para as seguintes rúbricas:

- Educação onde se investiram 1 milhão e 300 mil euros, repartidos pelos transportes escolares (211 mil euros), componente de apoio à família (308 mil euros), refeições para alunos ( 255 mil euros), bolsas de estudo e prémios de mérito (40 mil euros) e melhoramentos nos edifícios escolares (300 mil euros).

- Ação social, que absorveu 263 mil euros, distribuídos pelo apoio à medicação (23 mil euros), apoio ao arrendamento (41 mil euros), passes sociais (73 mil euros) e apoios do fundo de financiamento da descentralização (70 mil euros);

- Ordenamento do Território, onde se aplicaram 980 mil euros, com destaque para a execução de projetos como a  reabilitação urbana da feira semanal (810 mil euros)

- Habitação e Serviços Coletivos, investiram-se 560 mil euros, com destaque para reconstrução da conduta adutora do abastecimento de água (170 mil euros), para a melhoria da eficiência energética na galeria de artes e ofícios e na biblioteca municipal (198 mil euros) e para a recolha e tratamento de resíduos sólidos urbanos (206 mil euros);

- Serviços Culturais, recreativos, desportivos e religiosos, absorveram mais de 2 milhões e meio de euros, sendo canalizados para a construção do Núcleo Interpretativo do Mosteiro de Santa Maria de Bouro (990 mil euros) apoio às instituições (625 mil euros), expansão da rede pedonal e ciclável (660 mil euros);

A outras funções absorveram cerca de 1 milhão e meio de euros distribuídos por:

- operações da dívida autárquica - pagamento de empréstimos (370 mil euros)

- transferências entre administrações, onde se incluem as transferências de capital para as juntas de freguesia e associações (1 milhão de euros);

- As funções económicas registaram uma despesa de 422 mil euros, distribuída por intervenções na rede viária do concelho e na conclusão da Ponte do Boco;

- Por fim, as funções gerais absorveram 217 mil euros, com especial destaque no investimento nas equipas de intervenção permanente da proteção civil e luta contra incêndios (83 mil euros).

Gestão equilibrada e robusta saúde financeira do Município

Em suma, as contas hoje apresentadas revelam a gestão rigorosa e equilibrada das finanças municipais, mas também a ambição e forte desejo de concretização de projetos estruturantes para a qualidade de vida da população e das nossas empresas, tendo sido reduzida a dívida municipal, o que permitiu um aumento da margem de endividamento para um montante superior a 7 milhões de euros.

AMARES HOMENAGEIA AGOSTINHO DOMINGUES

Convite- Homenagem Professor Agostinho Domingues.png

Nascido em 1940, em Santa Maria de Bouro, Amares, fez os seus primeiros estudos da Escolaridade elementar em Bouro, ingressando depois para frequentar os cinco primeiros anos do secundário em seminários da Companhia de Jesus.

Antes de ser professor dos liceus em Braga e Vila Real, concluiu a licenciatura em Coimbra e o Mestrado em Braga.

Foi professor do ensino secundário (Escola Sá de Miranda, em Braga) onde colocou ao dispor das centenas de alunos que o tiveram como Mestre os conhecimentos da sua Licenciatura em Filologia Românica pela Universidade de Coimbra e do seu Mestrado em Língua e Literatura Portuguesa pela Universidade do Minho.

Ao longo da sua carreira foi vice-reitor do ex-liceu de Barcelos, membro de conselhos directivos e inspector regional (Inspector superior) para a Educação nos distritos de Braga e Viana do Castelo.

Além de Mestre de várias gerações e regular colaborador dos jornais Diário do Minho e Correio do Minho, Agostinho Domingues dedica a sua vida ao combate pela democracia, tendo sido Deputado à Assembleia Constituinte e à Assembleia da República, em vários mandatos; foi vereador da Câmara de Amares entre 1976 e 1989. Foi também membro da Comissão Nacional do Partido Socialista Assembleia da República, em vários mandatos;

Do seu estudo e investigação deixa-nos várias obras, como apaixonado que era pelo seu conterrâneo Francisco Sá de Miranda. Entre elas destacamos, Homenagem a Sá de Miranda, Amares, 1987; Pessoa/Persona, Amares, 1988; A Comédia de Rubena de Gil Vicente, em co-autoria, Amares, 1988; Cantigas de João Garcia de Gilhade, Barcelos, 1992, (versão para o grande público da tese de mestrado).

Da sua vasta colaboração herdamos de Agostinho Domingues ‘Textos para teatro’ (sobre Sá de Miranda, Antero de Quental e Almada Negreiros), palestras e artigos em revistas e jornais, nomeadamente nos diários Correio do Minho e Diário do Minho e na revista O Escritor.

Destas publicações destaca-se a colectânea — dedicada a José Ferreira Salgado, outro companheiro de batalhas pela democracia — ‘O Infante D. Henrique, entre a história e a literatura’, editada pela Arcada Nova, em 1999.

Citando o seu poeta preferido, que estudou até aos últimos dias de vida, hoje apetece-nos dizer, sem saber se o havemos de chorar “porque nos deixaste, se cantar por entre mortais ver-te divino”.»

Fonte: PressMinho

149373872493498.jpg

AMARES ACOLHE II JORNADAS DO PAVIMENTO PÉLVICO: SEXUALIDADE E FISIOTERAPIA

Após o enorme sucesso da primeira edição, estamos radiantes em anunciar as tão esperadas II Jornadas do Pavimento Pélvico: Sexualidade e Fisioterapia, a realizar-se no ISAVE – Instituto Superior de Saúde, nos dias 10 e 11 de maio.

O Workshop Pré-Jornadas irá realizar-se na manhã do dia 10 de maio, com a Oficina sobre Comunicação Inclusiva e Identidades, ministrada pela conceituada Laura Falésia. Às 14h inicia-se a abertura das jornadas, terminando no dia 11, onde diversas temáticas estarão em discussão a partir de comunicações apresentadas por profissionais de saúde.

Uma vez mais o ISAVE marca terreno, enquanto instituição de ensino superior, no que respeita à promoção de encontros entre profissionais e investigadores da área da saúde promovendo o debate e a partilha de conhecimentos.

Inscrições e programa disponíveis em: https://isave.pt/ii-jpp/

Capturarpelv.JPG

COMPASSO PASCAL EM AMARES É UM DOS MAIS BELOS CARTAZES TURÍSTICOS DE PORTUGAL

10431548_467935680078944_5236763425921170267_n

Dia 1 de Abril, pelas 10h30, venha conhecer a tradicional Travessia de Barcos na freguesia de Fiscal.

Uma das tradições de Páscoa mais bonitas e antigas de Portugal.

A travessia sobre o Rio Homem de barco tem como propósito levar a cruz a beijar às 20 casas existentes na outra margem do rio. Nos barcos seguem os mordomos com a cruz, o pároco e a banda de música.

Aproveite para desfrutar da melhor gastronomia e descansar nos alojamentos do concelho de Amares.

1929440_467935676745611_7693214116437203091_n

ISAVE PROMOVE CONFERÊNCIA SOBRE COMUNICAÇÃO EM ENFERMAGEM

Dirigida a estudantes do Curso de Licenciatura em Enfermagem, vai decorrer, no próximo dia 20 de março, no ISAVE, em Amares, a II Conferência sobre comunicação em Enfermagem.

Assumindo a comunicação como um vetor essencial do plano de intervenção em saúde, serão apresentadas comunicações e promovidos debates em torno de temas como: a comunicação clínica e relação de ajuda, entrevista clínica de enfermagem: passo a passo, comunicação de enfermagem ao longo do ciclo vital, comunicação em situações específicas e comunicação com o cuidador: preparação para a alta.

ISAVE: SAÚDE MENTAL ESTEVE EM DEBATE NOS “ENCONTROS NA BIBLIOTECA”

FOTO - ENCONTROS NA BIBLIOTECA.jpg

Zeferino Ribeiro, psiquiatra, licenciado em Filosofia e mestre em Bioética, foi o convidado de mais uma sessão dos Encontros na Biblioteca, numa sessão realizada na passada sexta-feira, em que esteve em discussão “A saúde mental: mitos e realidade”.

Perante uma plateia de estudantes e público exterior ao ISAVE debateram-se temáticas como políticas públicas para a promoção da saúde mental, responsabilidade social, prevenção, papel das escolas, estigmas e preconceitos associados a esta problemática.

A próxima sessão da iniciativa decorrerá a 9 de abril, sendo convidado Alexandre Maciel, advogado e pós-graduado em Direito Administrativo que conduzirá uma conversa sobre “Direito e Saúde: Lei e Deontologia Profissional”.

AMARES: POUSADA MOSTEIRO DE AMARES CONSIDERADA O RESORT MAIS ROMÂNTICO NOS WORLD TRAVEL AWARDS

Pousada Mosteiro Amares.jpg

A Pousada Mosteiro de Amares foi distinguida nos World Travel Awards (WTA), com o prémio Europe’s Most Romantic Resort 2024. Os “óscares do turismo” foram entregues na noite de quarta-feira em Berlim, na Alemanha, onde decorreu a ITB, uma das maiores feiras internacionais de turismo.

O Município de Amares congratula-se, publicamente, com este reconhecimento internacional que reforça “a sumptuosidade e excelência do setor turístico do concelho e desta encantadora pousada”.

O distrito de Braga apareceu duas vezes entre as 31 distinções entregues a Portugal nos World Travel Awards (WTA), os Óscares do Turismo. Na gala europeia, o prémio de Melhor Turismo Emergente foi entregue à Cidade dos Arcebispos e o de Resort mais Romântico à Pousada Mosteiro de Amares.

A Pousada Mosteiro de Amares, encontra-se em Santa Maria do Bouro, entre Braga e o Gerês, e é resultado do restauro de um Mosteiro Cisterciense do séc. XII, um dos mais característicos desse período em Portugal, num trabalho notável do Arquiteto Eduardo Souto de Moura, premiado com o Prémio Pritzker 2011, o maior prémio mundial de arquitetura.

AMARES: PAPEL DOS SACERDOTES NA LUTA CONTRA O ESTADO NOVO LEMBRADO EM DIA DE HOMENAGEM A PADRE FRANCISCO DE ALMEIDA

Homenagem e conferência (1).jpg

A Freguesia de Bouro Santa Maria foi palco, no passado sábado, da “Conferência Sacerdotes na Oposição ao Estado Novo”, numa tarde em que foi lembrado e homenageado o Padre Francisco de Almeida, com o descerramento de uma placa evocativa e a colocação de uma coroa de flores, junto ao busto que se encontra no Largo do Terreiro. A iniciativa enquadrou-se nas comemorações dos 50 anos do 25 de Abril do Município de Amares.

O Padre Francisco de Almeida distinguiu-se pela sua luta pela democracia contra a ditadura e através da sua memória foi evocado o percurso de todos/as aqueles/as que lutaram contra a corrente, a favor do regime democrático e assumiram posições discordantes ao regime ditatorial.

A sessão de abertura da “Conferência Sacerdotes na Oposição ao Estado Novo” contou com as intervenções do Presidente da Assembleia Municipal de Amares, João Januário Barros (que integra também a Comissão para as Comemorações do 25 de Abril do Município de Amares), de Paulo Sousa, da Comissão de Homenagem aos Democratas do Distrito de Braga e do Padre Tiago Barbosa, em representação do Arcebispado de Braga, a anteceder a Presidente da Junta de Freguesia de Bouro Santa Maria, Elisabete Cunha, e o Presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira.

A conferência, moderada por Anabela Costa, da Comissão para as Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril do Município de Amares, teve como temas centrais: “A Igreja de Braga e a resistência ao Estado Novo: alguns nomes e alguns factos”, abordado por Manuel Sarmento; “Padre Francisco Antunes de Almeida – Lutar contra a corrente”, por Adelino Domingues e “Padre Abel Varzim” por (António Varzim Miranda).

A tarde contou com a matriarca da família do Padre Francisco de Almeida (Susana Almeida) e foi abrilhantada pela Banda Filarmónica de Santa Maria de Bouro que tocou o Hino de Portugal, o Hino de Bouro e Hino Pró-Bouro. De salientar, que o Hino Pró-Bouro foi tocado pela primeira vez neste dia. A letra do mesmo foi escrita pelo Padre Almeida, a música é de Álvaro Augusto Sousa e esta composição foi editada pelo homenageado em 1962, no Livro Pró- Bouro Hino Canção. A banda brindou, ainda, os presentes com a interpretação da "Grândola, Vila Morena" de Zeca Afonso, música que marcou a revolução do 25 de Abril.

Homenagem e conferência (2).jpg

Homenagem e conferência (3).jpg

Homenagem e conferência (4).jpg

Homenagem e conferência (5).jpg

Homenagem e conferência (6).jpg

Homenagem e conferência (7).jpg

Homenagem e conferência (8).jpg

Homenagem e conferência (9).jpg

ISAVE: ABERTAS INSCRIÇÕES PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÂO EM GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

Decorre, de 1 de março a 12 de abril, o prazo para inscrições no Curso de Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Saúde promovido pelo ISAVE.

Em formato B-Learning e dirigido a profissionais de saúde que exerçam ou pretendam vir a exercer funções de gestão e de liderança, bem como a profissionais de outras áreas que desejem complementar a sua formação académica, o curso, com início a 25 de maio, terá a duração de dois semestres, sendo ministrado à quinta e sexta-feira em modelo on line e ao sábado em modelo on line ou presencial conforme programação a estabelecer.

Mais informações poderão ser obtidas através de consulta ao site do Instituto Superior de Saúde (www.isave.pt) , onde poderão, igualmente, ser efetuadas as inscrições.

pos-graduação-b-learning.jpg

AMARES EVOCA MULHERES DE ABRIL

Exposição "Mulheres de Abril Somos" inaugura no Dia Internacional da Mulher em Amares

A Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda acolhe, a partir do dia 8 de abril – Dia Internacional da Mulher –, a exposição itinerante “Mulheres de Abril Somos”. Organizada pelo Movimento Democrático de Mulheres e integrada nas Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril do Município de Amares, a exposição abre ao público às 14h00 e vai estar patente ao público até ao dia 23 de março. O objetivo é levar a refletir sobre o papel da mulher na sociedade, pré e pós 25 de abril.

Em destaque vai estar, ainda, o quadro do artista amarense Abel Mota: “Duas irmãs e uma laranja”, realizado no âmbito do projeto Pró-Igualdade no Cávado, e um documentário sobre “O ideal feminino do Estado Novo”.

Mulheres de ABRIL.png