Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AMARES VIRA CAPITAL DAS PAPAS DE SARRABULHO

Papas de Sarrabulho de Amares não deram tréguas à pandemia e foram procuradas por centenas de amantes desta iguaria

Centenas de litros de Papas de Sarrabulho foram em Amares, no fim de semana em que, não fosse a pandemia, se realizaria o maior evento gastronómico do Minho. Fazendo jus à tradição, foram centenas os comensais que acorreram aos restaurantes do concelho para se deliciar com esta iguaria.

150554970_3820494591367435_4457471884625749395_n.j

“Este ano correu muito bem. Para dizer a verdade não estava à espera de tanta afluência”, revelou Manuela Carias, propretária de um dos restaurantes com presença habitual no Festival de Papas de Sarrabulho de Amares. “Tivemos filas muito longas porque as pessoas não quiseram deixar de comer as famosas Papas de Sarrabulho de Amares, como já é costume por esta altura”. Os acompanhamentos, a tripa e o farinhado esgotaram mesmo e houve gente que já só conseguiu levar papas e que diz que vai voltar este fim de semana”.

Para Paulo Vieira, proprietário de outro restaurante, o balanço também foi “muito positivo”. “Apesar de vivermos tempos dificeis, as pessoas não quiserem deixar passar em branco esta tradição de comer Papas de Sarrabulho no fim de semana de Carnaval”, referiu. “Tudo decorreu, cumprindo todas as normas de higiene e segurança, e penso que isso também leva a que as pessoas procurem os nossos restaurantes”, acrescentou.

“Sendo o Festival de Papas a nossa maior bandeira gastronómica é com muita satisfação que percebo que, apesar de termos sido levados a cancelar a edição deste ano do Festival de Papas de Sarrabullho fruto da pandemia, os amarenses não deixaram morrer esta tradição”, refere o presidente do Municipio de Amares, Manuel Moreira. Amares é uma terra onde se come bem e se bebe bem, e é importante agora mais do que nunca que todos saibamos apreciar aquilo que é nosso. A economia local ganha com isso. Todos ganhamos com isso”, acrescenta.

Já o vice-presidente do Município de Amares, Isidro Araújo, aproveita o momento para deixar uma palavra de incentivo a todos os empresários da restauranção pelo empenho e brio que tiveram em fazer jus ao Festival de Papas de Sarrabulho de Amares, mantendo a tradição de bem servir à mesa, ajustando-se às exigências dos novos tempos”.

Em 2022, o Festival de Papas de Sarrabulho estará de regresso com toda a qualidade, segurança, tradição e animação com que a todos sempre brindou.

AMARES DEFINE PLANO DE AÇÃO PARA RECOLHA E VALORIZAÇÃO DOS BIORRESÍDUOS

A Câmara Municipal de Amares viu aprovada uma candidatura ao “Programa de Apoio à Elaboração de Estudos Municipais para o desenvolvimento de Sistemas de Recolha de Biorresíduos” do Fundo Ambiental.

aammar (1).jpg

“As políticas ambientais assumem hoje um protagonismo enorme na forma como pensamos o território. A aprovação desta candidatura vai dotar o município com um plano de ação que nos permitirá definir a estratégia para os biorresíduos, uma área que precisamos de trabalhar tendo em vista uma maior diferenciação dos resíduos produzidos”, refere o presidente do Município de Amares, Manuel Moreira. “Temos de perceber como podemos recolher e tratar lixo biológico de forma diferenciada, para que não vá tudo parar ao mesmo contentor. Este estudo será fundamental para sustentar próximas candidaturas nesta área”, conclui.

Segundo a Diretiva (UE) 2018/851 do Parlamento Europeu, Portugal está obrigado a implementar um sistema de separação e reciclagem dos biorresíduos até final de 2023.

Para o vereador do Ambiente, Vítor Ribeiro, esta é uma “ótima” notícia para Amares pois “permite-nos antecipar esta obrigação e preparar o nosso plano de ação, promovendo a valorização dos resíduos orgânicos, a economia circular e a defesa do ambiente”. “Este é já o quarto financiamento apoiado pelo fundo ambiental para o município de Amares, depois dos centro de educação para a economia circular, Urjalândia e Ecocanil, e das viaturas elétricas”, acrescenta.

A aprovação da candidatura vai permitir ao Município de Amares financiar integralmente o estudo que iniciará ainda no decorrer deste mês. Este estudo visa elaborar um plano de ação para operacionalizar a recolha de biorresíduos, no concelho, levando à sua valorização, através da implementação de uma rede de recolha seletiva de biorresíduos e a criação de sistemas de compostagem doméstica e/ou comunitária.

aammar (2).jpg

AMARES TEM NOVO SITE

A Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda e o Centro de Estudos Mirandinos têm um novo site com um layout mais apelativo e intuitivo.

Queremos estar ao serviço dos nossos utilizadores facilitando o acesso aos conteúdos, permitindo uma maior interação com os nossos serviços.

O site permite interagir com outros sistemas de informação conectados com a Biblioteca Municipal e com o Centro de Estudos Mirandinos, como o catálogo das bibliotecas do município, as páginas de facebook, o correio eletrónico e em breve com a biblioteca digital.

O utilizador pode aceder ao catálogo online (https://municipioamares.pt/pacweb/), consultar informação sobre as atividades culturais da Biblioteca e do Centro de Estudos Mirandinos, informar-se sobre as novidades editoriais, perceber como funcionam os serviços, conhecer as edições municipais e os nossos autores.

Aceda ao site através do endereço https://biblioamares.pt

AMARES NÃO ESQUECE O FESTIVAL DAS PAPAS DE SARRABULHO

 

19º Festival de Papas de Sarrabulho: Câmara de Amares mantém viva a tradição do maior festival gastronómico do concelho

A Câmara Municipal de Amares e a Associação Comercial, embora tenham decidido suspender o Festival de Papas de Sarrabulho, dada a grave situação epidemiológica que se vive no país, não querem deixar passar em branco aquela que seria a 19ª edição do maior evento gastronómico a que tem habituado, anualmente, milhares de comensais. No fim de semana em que se realizaria este evento gastronómico, a organização mantém vivo o espírito deste festival, convidando os amantes das melhores Papas de Sarrabulho a ver e a partilhar alguns conteúdos alusivos ao Festival, através das redes sociais.

150285227_1530130123859489_6790473588016175074_n.j

“O Festival de Papas de Sarrabulho é a nossa maior marca gastronómica e que junta dezenas de milhares de pessoas em Amares todos os anos por altura do Carnaval. Este ano, não é possível à organização assegurar o cumprimento das regras de prevenção estabelecidas pelas autoridades de saúde no que diz respeito ao combate à Covid-19, pelo que ponderadas várias opções entendemos suspender esta edição”, refere o presidente do Município de Amares, Manuel Moreira. Este Festival acarreta uma forte tradição, de uma gastronomia de excelência e outros produtos exclusivos na sua qualidade, pelo que vamos procurar, de alguma forma, que esta grande sala de convívio que é o Festival de Papas de Sarrabulho se mantenha viva na lembrança de todos, através de alguns pequenos momentos dedicados a esta iniciativa, enquanto aguardamos todos pela edição de 2022”, acrescenta, o autarca.

Em 2022, o Festival de Papas de Sarrabulho estará de regresso com toda a qualidade, segurança, tradição e animação com que a todos sempre brindou.

AMARES REALIZA VIDEOCONFERÊNCIA “ERGUER BANDO E IR-SE POR OUTRA RIBEIRAS PASSEANDO”

25 mar. I 21h30

Inovação e exemplo em Sá de Miranda

No âmbito das suas atividades científico-culturais, o Centro de Estudos Mirandinos irá realizar no dia 25 de março, às 21h30, a videoconferência intitulada “Erguer bando e ir-se por outras ribeiras passeando” – Inovação e exemplo em Sá de Miranda, que será proferida pela Professora Micaela Ramon (CEHUM/Universidade do Minho).

Por razões de segurança sanitária e atendendo ao atual confinamento, a conferência realizar-se-á através da plataforma Microsoft Teams.

A inscrição é gratuita mas obrigatória através do link https://forms.gle/RZoKUez7vXU1EDS77 ou através dos contactos do CEM (cem@biblioamares.pt - 253995182 - https://www.facebook.com/estudosmirandinos)

confamaressamirand.jpg

AMARES APOIA ENSINO À DISTÂNCIA

Município de Amares apoia ensino à distância através da oferta de internet para alunos com necessidades comprovadas

Numa altura em que o ensino à distância regressou, fruto do agravamento da situação epidemiológica em Portugal, a Câmara Municipal de Amares volta a apoiar, através da oferta de internet móvel, mais algumas dezenas de alunos do concelho, com necessidades comprovadas.

A distribuição vai ser feita de acordo com um levantamento das necessidades existentes, efetuado pelo próprio Agrupamento de Escolas, que tem estado em articulação com o Município de Amares para reunir todos os esforços no sentido de garantir que o ensino à distância decorra com todas as condições de trabalho.

Recorde-se que já na altura do primeiro confinamento geral, que levou à suspensão das aulas presenciais, a Câmara de Amares tinha apoiado mais de uma centena de alunos com acesso gratuito a internet móvel.

IMG-20210210-WA0004.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES ISENTA TAXAS DE FEIRA SEMANAL E MERCADO MUNICIPAL

A Câmara Municipal de Amares aprovou, esta segunda-feira, em reunião de executivo, uma proposta para isentar as taxas de ocupação da Feira Semanal (terrado) e do Mercado Municipal. A isenção corresponde aos meses de fevereiro e março de 2021, não se aplicando, no entanto, às lojas que não encerraram.

Foi aprovada, ainda, a isenção das rendas devidas pelos estabelecimentos comerciais instalados em edifícios/espaços municipais, que se encontrem arrendados ou concessionados, encerrados por imposição das regras de estado de emergência, relativamente aos meses de fevereiro e março de 2021.

Estas isenções surgem no seguimento de outras medidas já implementadas de apoio à atividade económica desenvolvida no concelho de Amares, com o intuito de minimizar os efeitos provocados pela pandemia da COVID19.

AMARES ADERE AO DIA DA INTERNET MAIS SEGURA

Dia da Internet mais segura “#GrrEudigoNãoaoCiberabusonoNamoro”

No âmbito das comemorações do Dia da Internet mais segura o projeto ENVOLVER, em parceira com Município de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde, e em colaboração com a CPCJ de Vila Verde, lança hoje, dia 9 de fevereiro de 2021, a campanha online com o mote: “#GrrEudigoNãoaoCiberabusonoNamoro”.

A campanha tem como objetivo a sensibilização da comunidade, em especial, vítimas de Violência no Namoro para a tomada de consciência da sua situação, para a denúncia da mesma e para a existência de recursos de apoio.

A campanha online pode ser consultada e está disponível no seguinte: https://www.facebook.com/events/250454586655829

MUNICÍPIO DE AMARES AVANÇA COM REGULAMENTO DE SAÚDE E BEM-ESTAR ANIMAL

O executivo municipal de Amares aprovou, esta manhã, o projeto de Regulamento de Saúde e Bem-Estar Animal do Município de Amares, um documento que vai permitir regular o destino dos animais acolhidos no centro de recolha oficial do concelho, assim como definir medidas para o controlo de animais errantes.

“Médico veterinário do município“, “Circulação na via ou lugares públicos”, “Deveres gerais dos detentores”, “Alojamento”, “Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares (CROAMA)”, “Captura, ações de profilaxia médica e sanitária e destino dos animais”, “Receção e recolha voluntária de animais”, são alguns dos itens constantes neste novo regulamento, que surge tendo em conta os benefícios da organização dos procedimentos administrativos subjacentes à saúde e ao bem-estar animal e ao funcionamento do Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares (CROAMA).

O vereador do Ambiente, Vítor Ribeiro, explica que o Município de Amares vai passar a estar dotado com um regulamento para o bem-estar animal “em consonância com a legislação em vigor”. “Em breve vamos inaugurar o centro de recolha oficial de animais do município de Amares onde já temos o nosso Ecocanil – espaço circular, cujo modelo é pioneiro em Portugal e que tem sido referenciado como um exemplo nacional, e cujo regulamento nos colocará em linha com as melhores práticas para o bem-estar animal”, conclui.

Na prossecução dos grandes princípios orientadores da proteção dos animais, têm vindo a ser adotadas medidas efetivas de criminalização dos maus tratos a animais de companhia, de proibição do seu abandono e da promoção do bem-estar e saúde animal, reforçando-se ainda a promoção ativa da adoção. Conscientes das competências que lhe incumbem neste domínio, o Município de Amares pretende desenvolver esforços conjuntos para a gestão e manutenção do Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares (CROAMA) que inclui o espaço de sensibilização para economia circular, o ECOCANIL – Espaço circular, localizados na freguesia de Dornelas cujas normas de funcionamento e organização constam no projeto de “REGULAMENTO DE SAÚDE E BEM-ESTAR ANIMAL DO MUNICÍPIO DE AMARES”.

O Projeto de Regulamento será submetido a consulta pública para recolha de sugestões no prazo de 30 dias a contar da publicação do mesmo em conformidade do disposto no n.º 1 e no n.º 2 do artigo 101.º do novo Código do Procedimento Administrativo, sendo para o efeito publicado no Diário da República, 2.ª série e no sítio eletrónico oficial do Município em http://municipioamares.pt/

AMARES LANÇA NOVA EDIÇÃO DO BOLETIM CULTURAL - CLIQUE NA IMAGEM!

“Nenhuma terra vive sem cultura”. É desta forma que Isidro Araújo, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Amares, inicia o texto de apresentação do segundo número do Boletim Cultural de Amares. “A cultura é tudo aquilo que somos hoje e que nos identifica enquanto membros desta comunidade. É por isso importante também avivar essa dimensão de valores, de presente e de passado, que nos fazem aquilo que somos hoje”, continua o vereador, convidando os amarenses a usarem e a usufruírem da obra agora publicada.

145724509_3668260136601097_5944295614274199472_n.p

Com 160 páginas, a publicação divide-se em 17 capítulos, com destaque para Francisco de Sá Miranda, considerado o introdutor no nosso país do verso decassílabo, e que viveu em Amares com a sua família, e onde se encontra sepultado, na freguesia de Carrazedo. O estudo da vida e obra de Francisco de Sá de Miranda está no cerne do Centro de Estudos Mirandinos, recentemente criado pela Câmara Municipal de Amares, e que tem como propósito afirmar-se enquanto polo de referência na investigação e divulgação do poeta do Neiva. O Boletim Cultural apresenta uma entrevista ao diretor do CEM, Sérgio Guimarães de Sousa, e à investigadora Marcia Arruda Franco, que é professora de Literatura Portuguesa na Universidade de São Paulo, e estudiosa da obra de Sá de Miranda e de outros autores quinhentistas.

Vergílio Alberto Vieira, considerado o “poeta maior de Amares”, e cuja sua obra se encontra editada em Espanha, Bulgária, Egito, Moçambique e Brasil, é também recordado neste Boletim, numa altura em que assinala 50 anos de vida literária, enquanto poeta, crítico literário e autor de obras para crianças.

A Abadia, sobre a qual o Município de Amares publicou recentemente um livro, é outro dos capítulos abordados nesta segunda edição do Boletim Cultural de Amares, que inclui uma entrevista ao Juiz da Confraria da Nossa Senhora da Abadia, Carlos Portela.

Os 75 anos do final da II Guerra Mundial, assinalados em 2020, também não foram esquecidos nesta obra, com Jorge Brandão, da Biblioteca Municipal de Amares, a assinar o capítulo “Por Amares, os livros Holocausto: a leitura contra o esquecimento”, com sugestões de diversos livros com a temática do Holocausto.

De referir que o Boletim Cultural de Amares foi lançado no ano passado, com periodicidade anual, e pretende dar voz à história, ao património e à cultura de Amares. No fundo, como escreve Isidro Araújo na edição inaugual, “dar voz àquilo que somos e à alma qe temos”.

O Boletim Cultural de Amares pode ser consultado na Biblioteca Municipal de Amares ou on-line, através do website da autarquia.

AMARES REINVENTA O CARNAVAL

Carnaval de Amares reinventa-se e desafia população a criar ambiente festivo às janelas

Numa altura em que a situação epidemiológica no país resulta num confinamento geral, o Carnaval de Amares ajusta-se aos imperativos e reinventa-se, desafiando a população do concelho a dar asas à imaginação. A ideia é aproveitar o tempo em que cada um de nós tem que ficar por casa e trazer alegria às ruas, decorando as janelas e varandas com máscaras ou outros motivos associados ao entrudo.

“Estamos confinados, mas podemos viver alegria do Carnaval! Vamos criar um ambiente carnavalesco nas ruas de Amares!”, sublinha Martinho Antunes, presidente do Clube Desportivo Recreativo e Cultural Amarense, entidade que há 32 anos organiza o Carnaval de Amares. “O objetivo é que as pessoas possam ocupar o seu tempo e aproveitem para dar uso a materiais recicláveis, “vestindo” as suas casas a rigor para receber o entrudo. Nós vamos espalhar essa alegria por alguns locais onde normalmente passa o desfile carnavalesco como o Largo Dom Gualdim Pais, a Casa da Botica e a Biblioteca Municipal. Participem”!

O Presidente do Município de Amares, Manuel Moreira, destacou a importância deste evento na cultura de Amares e do Minho, saudando a forma original como a organização desafia a população a marcar o carnaval “ Vivemos tempos diferentes em que temos também de reinventar os nossos dias. O carnaval de Amares é um evento com muita história e importância na cultura de Amares e da região e é bom que possamos trazer a alegria desta época para estes dias mais cinzentos”.

CÂMARA DE AMARES E ACES GERÊS CABREIRA PREPARAM VACINAÇÃO À POPULAÇÃO CONTRA A COVID-19

No combate à COVID- 19, o Município de Amares encontra-se a colaborar com o ACES Gerês Cabreira, ultimando todos os preparativos para arrancar com a primeira fase de vacinação contra a COVID – 19, à população do concelho. A Autarquia está a proceder à montagem de uma tenda junto ao Centro de Saúde, estrutura onde vão ser administradas as respetivas vacinas e que representa um investimento superior a 12 mil euros.

IMG_5003.jpg

O presidente do Município de Amares, Manuel Moreira, acompanhado pelo vice-presidente, Isidro Araújo, e pela vereadora da Saúde, Cidália Abreu, acompanhou de perto os preparativos no local, e lembra que este investimento pretende “dotar de melhores condições” o espaço onde vai ser administrada a vacina contra a Covid-19.

“Foi um pedido do ACES - Gerês Cabreira que a Câmara de Amares atendeu porque considera importante dar as melhores condições aos nossos munícipes e profissionais de saúde, sobretudo numa fase tão complicada como aquela que atravessamos”, menciona Manuel Moreira, acrescentando que tenda deverá permanecer naquele espaço pelo menos até ao final do ano.

O ACES Gerês/Cabreira recomenda a toda a população que aguarde até ser contactada, uma vez que o processo de vacinação irá decorrer, de forma faseada, ao longo do ano de 2021.

IMG_5012.jpg

IMG_5026.jpg

AMARES PROLONGA PRAZO DE CANDIDATURAS A BOLSAS DE ESTUDO

O Município de Amares informa que vai ser prorrogado, até ao dia 28 de fevereiro, o prazo de candidaturas a bolsas de estudo correspondentes ao ano letivo 2020/2021.

A decisão surge tendo em conta os constrangimentos provocados pela atual situação pandémica que vivemos, nomeadamente em termos de acesso aos serviços municipais agora mais condicionados. Recorde-se a este propósito que o atendimento presencial é efetuado mediante marcação prévia através dos seguintes contactos: 253991330 ou 253993450.

A HERANÇA DO CHEFE SILVA EM LIVRO APOIADO PELA CÂMARA DE AMARES

A Câmara Municipal de Amares vai adquirir 50 exemplares do livro de receitas “Chefe Silva Memórias gastronómicas (em Lafões)”, pela importância que a publicação tem na promoção de Amares, do seu património gastronómico e, ainda, desse ilustre amarense. A publicação, da responsabilidade da Confraria dos Gastrónomos da Região de Lafões, divulga um rico património gastronómico dividido por regiões: região de Lafões (cuja gastronomia foi muito divulgada pelo chefe), Amares e Caldelas, incluindo, ainda, receituário da Campoaves.

IMG_4853.jpg

“O Chefe Silva foi um dos fundadores da Confraria de Gastrónomos da Região de Lafões onde muito se envolveu e onde criou também numerosos amigos. Em 2020, a Confraria de Gastrónomos da Região de Lafões, em contactos contínuos com a Câmara de Amares começou a preparar um livro de homenagem ao Chefe Silva, que desde a primeira hora contou com a nossa colaboração e parceria no sentido de aí apresentarmos um conjunto de 12 receitas que promovem Caldelas e Amares”, explicou o vice-presidente e vereador da Cultura do Município de Amares, Isidro Araújo.

IMG_4944.jpg

Chefe Silva sempre dignificou as origens

“A figura do António Silva, entre nós mais conhecido pelo Chefe Silva, é incontornável não só como amarense ilustre mas também como figura nacional que lançou uma nova corrente de fazer e olhar para a cozinha, através da edição da Tele-Culinária da qual foi diretor técnico durante 30 anos, e dos seus programas de televisão percursores da arte culinária em televisão que hoje observamos”, pode ler-se na proposta para aquisição dos exemplares.

Autor de vários livros de culinária, o Chefe Silva nunca esqueceu a sua origem minhota e o seu berço na vila termal de Caldelas.

Durante muitos anos, sempre que a saúde e a vida lhe permitiram, o Chefe Silva foi uma das presenças assíduas na abertura do Festival Gastronómico de Papas de Sarrabulho e, ainda, na promoção da gastronomia amarense.

Câmara apoia também publicação alusiva ao Mosteiro de Rendufe

“Apontamentos para a História do Mosteiro de Rendufe”, uma publicação da autoria de José Antunes, baseada na interpretação deste monumento ao longo do tempo, vai contar também com o apoio do Município de Amares, através da compra de 50 exemplares.

“O Mosteiro de Sto. André de Rendufe é um património inconfundível pela sua grandeza histórica e cultural no concelho de Amares” sublinha Isidro Araújo. “Porque se trata de um documento importante e porque nos parece também importante apoiar esta edição que certamente reverterá para a Associação dos Amigos do Mosteiro, propus a compra de 50 exemplares”, acrescenta o vereador.

IMG_4986 - Cópia.jpg