Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

AMARES REDUZ PREÇOS DOS PASSES

Município de Amares reduz preço dos passes em 75% e 50%

A Câmara Municipal de Amares tem em vigor o Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART). A medida materializa-se numa redução do preço dos passes das viagens efetuadas no concelho de Amares e nos percursos de Amares para Braga, Vila Verde e Terras de Bouro, aplicável para o ano de 2019e complementada pela Autarquia. A redução dos preços arrancou em abril e quem tiver como ponto de partida uma localidade no Município de Amares terá direito a uma redução, que se traduz num desconto de 75% no caso de pessoas com mais de 65 anos e de 50% para a população em geral.

Transportes      públicos 2.jpg

O PART tem destinado uma verba de cerca de 87 mil euros para o

Município de Amares desenvolver políticas de redução tarifária até ao
final do ano, valor que vai ser complementado pela Autarquia.

De acordo com o presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira “esta
era uma verba claramente insuficiente para podermos reduzir as tarifas dos
utilizadores em Amares. Neste sentido, apresentámos uma proposta às
empresas que operam no Município que culminou numa redução tarifária muito
interessante”. “Os seniores têm uma redução de 75% e o passe social de 50% em
viagens que podem ser realizadas em Amares ou de Amares para Braga, Vila
Verde ou Terras de Bouro. Prosseguimos com uma política social muito
forte. Por exemplo um idoso que resida em Dornelas pagava por um passe
cerca de 72 euros e agora paga cerca de 18 euros”.

Na mesma linha de pensamento, o vereador do Ambiente, Vítor Ribeiro, reforça “a disponibilidade que as empresas que operam no Município demonstraram em colaborar num programa mais vasto que não exclua ninguém. O feedback que estamos a receber é de que já se verifica um aumento significativo de novos passageiros”.

Relativamente aos passes escolares o Município de Amaresjá financiava na totalidade e a medida mantém-se. Excluem-se do programa todos os indivíduos que já estejam a receber apoios para este fim.

Para desburocratizar e simplificar o processo o desconto é aplicado diretamente pelas operadoras aderentes no ato de aquisição do passe, desde que os utilizadores comprovem que cumprem os requisitos exigidos.

Recorde-se que o PART, publicado a 4 de fevereiro no Despacho n.º 1234-A/2019,tem por objetivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social.

AMARES: INSTITUTO SUPERIOR DE SAÚDE COMEMORA O SEU DIA

O Instituto Superior de Saúde (ISAVE), com sede em Amares, celebra o seu aniversário na próxima segunda-feira, dia 20 de Maio, com um programa diversificado que envolve as escolas do concelho e uma palestra sobre “Ética e humanização na saúde”.

O programa desenrola-se a partir das 9 horas, com as boas vindas a alunos, familiares e convidados, prosseguindo- com atividades de promoção de saúde junto do Agrupamento de escolas Gualdim pais (“Move-te com ISAVE” e “+Saúde Oral”).

A sessão solene, no auditório do ISAVE, começa às 11 horas, com intervenções de Mafalda Duarte (presidente do ISAVE), Manuel Moreira (presidente da Câmara de Amares), Gonçalo Fernandes (presidente da Associação de Estudantes) e João Luís Nogueira (presidente do Conselho de Direção).

Antes da entrega de bolsas de mérito (apoiados pela Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Alto Cávado e Basto), o prof. Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética e coordenador do Departamento de Investigação da Cátedra de Bioética da UNESCO, profere uma lição sobre “Ética e Humanização na Saúde”.

Após a atuação da YSATUNA, a jornada encerra com um almoço de confraternização.

A celebração ocorre após a aprovação de um novo Curso Técnico Superior de Proteção Civil e Socorro,  para formar pessoas capazes de Gerir, supervisionar e implementar atividades de proteção civil e sistemas operacionais de prevenção de risco e elaborar e coordenar campanhas de formação e ou sensibilização e atividades de planeamento, combate ou logística de operações de socorro em contexto florestar, ambiental e urbano de forma a promover a segurança ao nível comunitário.

programaISAVE (1).JPG

AMARES JUNTA SENIORES EM CONVÍVIO

Passeio convívio concelhio juntou 1700 seniores de Amares

Mais de 1500 pessoas desfrutaram do habitual passeio convívio promovido pela Câmara Municipal de Amares, em articulação com as juntas de freguesia locais. Este ano, Ponte de Lima e Vila Praia de Âncora foram os destinos escolhidos para este momento de partilha e confraternização, que é já um marco no calendário dos munícipes com idade igual ou superior a 60 anos, ou reformados do concelho.

IMG_20190510_182025.jpg

“Foi um dia repleto de emoções e de muita alegria para os nossos seniores, o que nos deixa muito contentes. Para muitas destas pessoas esta é uma oportunidade única de saírem das suas rotinas, de conhecerem novos sítios e de reencontraram velhos amigos e, neste sentido, é uma iniciativa que muito nos dá muito gosto organizar”, referiu a propósito o presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira. 

DSC07021.jpg

“Esta é uma forma que temos de acarinhar, todos os anos, a nossa população sénior e de reconhecer o valor de quem deu tanto a este concelho e é assim que queremos continuar”, acrescentou, sublinhando o sentido de proximidade que este tipo de iniciativas cria para com a população amarense. 

Como habitualmente, a saída dos perto de 30 autocarros do concelho de Amares deu-se bem cedo rumo ao primeiro local de paragem. Já no destino, na igreja matriz de Ponte de Lima, realizou-se a já tradicional eucaristia celebrada pelos párocos José Almeida e Serafim Fernandes. A celebração foi abrilhantada pela professora Filomena Araújo e por André Fernandes. Seguiu-se um almoço convívio em Vila Praia de Âncora, recheado de sorrisos contagiantes, e uns pezinhos de dança ao bom ritmo musical. A jornada de convívio culminou com um lanche.

“Este ano escolhemos um destino mais perto precisamente para promover um maior convívio e confraternização entre os participantes. Parece-me que foi uma boa opção porque as pessoas estavam todas muito animadas”, concluiu a vereadora da Ação Social, Cidália Abreu.

A vereadora lembra que, na concretização do passeio convívio concelhio 2019, a Câmara Municipal de Amares contou com a colaboração de todas as juntas de freguesia do concelho, dos colaboradores e da provedora do idoso do Município de Amares, Gracinda Faustina, dos Bombeiros Voluntários de Amares e dos músicos e párocos que celebraram a eucaristia. A todos, sem exceção, o executivo municipal endereça uma palavra de agradecimento.

IMG_20190510_151910.jpg

AMARES RECEBE VISITA DE AUTARCAS FRANCESES

Um grupo de autarcas franceses da zona de Lyon, onde se encontram a morar vários amarenses, está, até ao próximo domingo, de visita ao concelho de Amares para conhecer a terra de origem desses emigrantes e estabelecer pontos de ligação em diversas áreas.

IMG_20190509_111101.jpg

A comitiva veio acompanhada pelo presidente da Associação Portuguesa de Jassans-Riottier, Delfim Fernandes, que é natural da freguesia de Rendufe e já estabeleceu anteriores contactos com o Município de Amares, conforme explicou o vice-presidente da Câmara de Amares, Isidro Araújo.

"Na sequência de contactos anteriores mostraram vontade de visitar o nosso oncelho para conhecer o país de origem dos nossos amarenses e criar aqui uma aproximação". "Vamos mostrar-lhes o concelho, os nossos interesses económicos e a nossa beleza natural", acrescentou.

A visita pelo concelho de Amares arrancou hoje, simbolicamente, na data em que se assinala o Dia da Europa.

AMARES ENSINA PROTEÇÃO CIVIL

A partir do próximo ano letivo, o ISAVE – Instituto Superior de Saúde, sediado em Amares, vai acrescentar à sua oferta formativa o Curso Técnico e Superior Profissional de Proteção Civil e Socorro.

O curso, com a duração de quatro semestres, funcionará aos sábados e ao final do dia, tendo por objetivo formar profissionais cuja área de competências entronca nas necessidades dos serviços de proteção civil das Câmaras Municipais, corporações de bombeiros e organismos de saúde pública, prevendo-se, assim, um alargado leque de empregabilidade.

Tratando-se de uma área fulcral para a segurança das comunidades e muito discutida na sequência da recorrente tragédia dos incêndios florestais, o novo curso abre portas para uma mais eficaz preparação e eficiente ação dos profissionais que operam neste domínio tão decisivo na sociedade portuguesa.

Gerir, supervisionar e implementar atividades de proteção civil e sistemas operacionais de prevenção de risco; realizar vistorias de equipamentos; elaborar e coordenar campanhas de formação e sensibilização e atividades de planeamento, combate ou logística de operações de socorro em contexto florestal, ambiental e urbano de forma a promover a segurança das populações são competências que constituem o respetivo perfil de formação.

AMARES ENCERRA CAMPANHA DE PREVENÇÃO DOS MAUS-TRATOS NA INFÂNCIA

A CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Amares, em parceria com o Município de Amares e o Agrupamento de Escolas de Amares (AEA), oficializou o encerramento da campanha nacional “ABRIL – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância 2019”, promovida pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, à qual se associaram desde o início do mês.

DSC06104.jpg

Um laço azul humano, com a participação das crianças da Santa Casa da Misericórdia de Amares e da Creche GirAFA, e a leitura da história do laço azul em todas as turmas do AEA foram as atividades promovidas ao longo da manhã.

Estas ações encerram um conjunto de iniciativas organizadas, em abril, tendo em vista a prevenção dos maus-tratos na infância e juventude e a defesa dos direitos desta faixa etária.

AMARES ACOLHE ALUNOS DE ESPOSENDE

No seguimento do projeto “Dias Viver a Água”, o Município de Amares voltou a acolher uma escola de outro concelho, desta vez, do Município de Esposende.

amarsespods.jpg

Cerca de 40 alunos participaram nas atividades dinamizadas, que arrancaram com um almoço nos claustros da Abadia, seguido de uma caminhada interpretativa pelas margens do rio Nava, momento em que foi possível observar e interpretar a galeria ripícola que está inserida na Rede Natura 2000.

Seguiu-se uma visita ao Centro de Interpretação Ambiental da Abadia (CIAA), onde as crianças puderam compreender a importância da água, particularmente para funcionamento do moinho de azeite, exploraram a exposição fotográfica patente e realizaram vários jogos em sala de educação ambiental.

A Abadia volta a receber novas escolas já nos próximos dias 6 e 7 de maio, com mais cerca 90 crianças de visita ao concelho de Amares..

Recorde-se que, a atividade “Dias Viver a Água” é dirigida à comunidade escolar dos concelhos pertencentes à CIM do Cávado, com dois percursos alternativos: a opção Litoral e a opção Montanha.

SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DA ABADIA RECEBE EXPOSIÇÃO "MARIA... MULHER DE FÉ"

Depois de ter estado patente na Galeria de Artes e Ofícios de Amares, a exposição "Maria...Mulher de Fé" vai seguir viagem até ao Santuário de Nossa Senhora da Abadia, considerado o Santuário Mariano mais antigo da Península Ibérica, local onde permanecerá durante maio, mês dedicado à Virgem Maria.

Sentir as emoções de Maria, revivendo os vários episódios da sua vida, numa provação de Fé e de desenraizamento da vida terrena, é a expressão da pintura promovida pelo Atelier de Arte Sacra Francisco Neto, através desta exposição promovida pela Comissão Organizadora da Procissão da Burrinha e acolhida pelo Município de Amares.

_    Exposiçãoamars.jpg

AMARES: PRÉMIO LITERÁRIO FRANCISCO DE SÁ DE MIRANDA REGISTA GRANDE ADESÃO

Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda conta já com 139 candidaturas. Concurso aguarda a chegada de mais obras do estrangeiro

O Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda impulsionado, este ano pela primeira vez, pelo Município de Amares, encerrou a fase das candidaturas com um balanço um balanço muito positivo, contando já com 139 candidaturas confirmadas. O número de obras a concurso espera-se que cresça nos próximos dias já que se aguarda a chegada das candidaturas do estrangeiro, submetidas pelo correio.

Capturarsamiram.PNG

A informação é avançada pelo vereador da Cultura, Isidro Araújo, que se mostra muito satisfeito com a recetividade que o lançamento deste prémio está a ter junto dos apaixonados pela poesia.

“É um número muito simpático e que demonstra a notoriedade deste prémio e da figura incontornável que é Francisco Sá de Miranda. Quando lançamos este prémio tínhamos como objetivo central homenagear este grande vulto das letras e que deixou um importante marca no concelho de Amares e essa missão a que nos propusemos está a ser cumprida”.

“O prazo para apresentação das candidaturas terminou na passada terça-feira com 139 obras inscritas, mas esperamos ainda número significativo de candidaturas, de África e do Brasil, que vão dignificar ainda mais este concurso”, acrescenta Isidro Araújo, lembrando que para efeitos de candidatura no caso das obras remetidas do estrangeiro “o que conta é data em que foram registadas no correio”.

O Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda vai ser atribuído bienalmente pela Câmara Municipal de Amares, com o intuito de homenagear e divulgar o poeta e humanista Francisco de Sá de Miranda, bem como incentivar a criação literária no domínio da poesia. O prémio para o vencedor vai ser no valor 7500 euros.

AMARES CONQUISTA PRÉMIOS DE "A MELHOR VINHA 2019"

Os vinhos verdes de Amares continuam a dar cartas e a conquistar o mercado e os mais recentes exemplos desse sucesso foram as conquistas da Quinta D'Ornellas e Solar das Bouças, distinguidas com três prémios de ouro na categoria de “A melhor Vinha 2019”, no concurso promovido pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) que, anualmente, premeia "Os Melhores Verdes". A distinção, atribuída entre 15 propriedades inscritas, mereceu elogios por parte do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que vem a público congratular-se por mais um prémio prestigiante para o concelho.

“Tenho dito e reafirmo que Amares é um concelho que possui caraterísticas naturais únicas que potenciam a produção e a qualidade do vinho verde que, por excelência, predomina no nosso concelho. Isto aliado à paixão com que os nossos produtores cuidam das suas vinhas e das suas produções só pode conduzir ao sucesso do nosso setor vitivinícola e estes prémios são disso mais uns bons exemplos”, sublinha Manuel Moreira.

“Trata-se de mais uma distinção prestigiante para o nosso concelho e, simultaneamente, um incentivo para que os nossos produtores continuem a trabalhar com o empenho e dedicação de sempre para que Amares continue a primar pela qualidade das suas castas e conquiste cada vez mais novos e importantes mercados”, acrescentou o autarca, reconhecendo o peso deste produto estratégico para o desenvolvimento económico e projeção do concelho de Amares.

AMARES COMEMORA 25 DE ABRIL

A Assembleia Municipal de Amares e a Câmara Municipal de Amares assinalam o 45º aniversário da Revolução dos Cravos.

A efeméride começa por ser invocada no dia 24 de abril, à noite, com a realização da peça de teatro "Entre 4 Paredes", promovida pelo (CDRC Amarense), no Largo D. Gualdim Pais.

No dia 25 de abril, decorrem as habituais cerimónias protocolares, que arrancam pelas 10h00, com o hastear das bandeiras, nos Paços do Concelho.

Programa:

Dia 24 de abril (noite)

Teatro "Entre 4 Paredes" (CDRC Amarense): Largo D. Gualdim Pais Amares (IV

Semana do Associativismo – de 24 a 27 de abril)

Dia 25 de abril

10h00: Hastear das Bandeiras

Homenagem aos ex-combatentes, com deposição de coroa de flores;

Largada de Pombos (Soc. Columbófila de Amares);

Revista às Forças em Parada;

Mostra Associativa de Amares (Associações concelhias, Frente aos Paços do Concelho);

10h20: Homenagem a António Variações - numa participação conjunta com:

- Alunos de 6ºs anos do Agrupamento de Escolas de Amares,

- AFA-ESTUDOS MUSICAIS,

- (APEA) Associação de Professores e Educadores de Amares e - Banda Filarmónica de Amares (Frente aos Paços do Concelho)

11h00: Participação do CEM Luís Capela (Salão Nobre dos Paços do Concelho);

11h10: Homenagem a Trabalhadores do Mapa de Pessoal do Município (Salão Nobre dos Paços do Concelho);

11h15: Recitação poética, pelo Agrupamento de Escolas de Amares (Salão Nobre dos Paços do Concelho);

11h20: Intervenção de um aluno da Escola Secundária do Agrupamento de Escolas de Amares;

11h30: Sessão Solene da Assembleia Municipal de Amares (Salão Nobre dos Paços do Concelho).

Tarde

Caminhada - Caminhar em Liberdade (Agrupamento de Escuteiros de Rendufe):

Mosteiro de Rendufe (IV Semana do Associativismo).

AMARES É TERRA SABOROSA

No passado sábado vieram até à praça os produtos mais saborosos e frescos da terra. Às 9h00, no Largo Dom Gualdim Pais, em Amares, recebemos, o décimo terceiro mercado tradicional de produtos locais, onde todos os consumidores puderam adquirir fruta, hortaliça, broa, compotas, mel entre outros produtos locais.

ammmaresss (1).jpg

ammmaresss (2).jpg

ammmaresss (3).jpg

ammmaresss (4).jpg

ammmaresss (5).jpg

ammmaresss (6).jpg

ammmaresss (7).jpg

ammmaresss (8).jpg

ammmaresss (9).jpg

ammmaresss (10).jpg

ammmaresss (11).jpg

ammmaresss (12).jpg

AMARES ASSINALA SEMANA DO ASSOCIATIVISMO

IV Semana do Associativismo de 24 a 27 de abril em Amares O Teatro “Entre 4 paredes” dá o pontapé de saída na IV Semana do Associativismo de Amares, iniciativa organizada pelo Gabinete do Associativismo, Desporto e Juventude da Câmara Municipal, em articulação com associações concelhias, que decorre entre os dias 24 e 27 de abril. Dinamizar o tecido associativo, promover as associações locais e incentivar a participação juvenil nas dinâmicas associativas do concelho são alguns dos objetivos que dão corpo a esta semana.

IV Semana do Associativismo.jpg

“Amares é atualmente um concelho marcado por uma forte dinâmica social, cultural e desportiva, com diversas iniciativas e muitas e variadas coletividades que cumprem um importante papel na sociedade naquilo que ao movimento associativo diz respeito. Esta semana permite, a título de exemplo, valorizar e celebrar o trabalho que é desenvolvido por essas mesmas coletividades, em articulação constante com o Município de Amares, em prol do dinamismo e vitalidade do nosso concelho”, refere a propósito o presidente da Câmara, Manuel Moreira.

O programa de atividades arranca, assim, no dia 24, com a peça de teatro “Entre 4 paredes”, promovida pelo CDRC Amarense, a partir das 21h30, no Largo Dom Gualdim Pais.

No dia em que se assinala a Revolução dos Cravos, além das comemorações oficiais do 25 de Abril a evocar os valores da Liberdade, e que contemplam uma série de iniciativas previstas para o período da manhã (a partir das 10h00) no Largo do Município, o desporto ganha vida através da iniciativa “Caminhar em Liberdade”, promovida pelo Agrupamento de Escuteiros de Rendufe – Caminheiros, com saída marcada para as 14h30, no Mosteiro de Rendufe. Às 15h00, o campo do Futebol Clube de Amares recebe o Torneio de Futebol da Proteção Civil Concelhia.

Já no dia 26, à noite, a Biblioteca Municipal de Amares acolhe uma tertúlia associativa.

A fechar o programa da IV Semana do Associativismo de Amares, no dia 27 de abril, são inauguradas as obras de Requalificação do Parque Desportivo de Santo André de Rendufe. Às 15h00 vai ter lugar a cerimónia de inauguração, seguida de um jogo de futebol disputado entre o Rendufe e autarcas e de um lanche convívio.

AMARES DÁ A PROVAR "SABORES DA NOSSA TERRA"

Mercado tradicional de produtos locais regressou este sábado a Amares

No passado sábado vieram até à praça os produtos mais saborosos e frescos da terra. Às 9h00, no Largo Dom Gualdim Pais, em Amares, recebemos, o decimo terceiro mercado tradicional de produtos locais, onde todos os consumidores puderam adquirir fruta, hortaliça, broa, compotas, mel entre outros produtos locais.

amamamamama (1).jpg

Esta é uma iniciativa que pretende a promoção, valorização e comercialização daquilo que é nosso. O “Sabores da Nossa Terra” permite adquirir diretamente aos produtores locais produtos caseiros de elevada qualidade, a preços convidativos. A próxima edição regressa no primeiro sábado de maio.

Sob o mote “Sabores da Nossa Terra”, esta iniciativa é organizada pela Amar Citrus, Câmara Municipal de Amares e Junta de Freguesia de Amares e Figueiredo.

amamamamama (2).jpg