Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ FORNECE CARNE DE CACHENA NAS ESCOLAS DO CONCELHO

Na última reunião de Câmara foi aprovada a renovação do protocolo de colaboração a celebrar entre o Município, a Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez, o Agrupamento de Escolas de Valdevez, a Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Valdevez e a UNISELF, com vista à continuidade do fornecimento de carne de cachena nos refeitórios escolares, cujo custo total estimado, para o ano letivo 2021/2022, é de 24.000,00€.

cachena5.JPG

Esta medida está enquadrada no Programa de Valorização dos Produtos e Produtores Locais - “Terras do Vez – Sabores e Tradições”, implementado pela autarquia.

Através dela, o Município e os seus parceiros pretendem promover, valorizar e divulgar os produtos locais, bem como melhorar a qualidade e o valor nutricional das refeições servidas aos alunos do Agrupamento de Escolas de Valdevez.

Esta iniciativa foi elogiada pela pelo Ministério da Educação, através da Direção Geral da Educação e Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, e pela DGAV – Direção Geral de Alimentação e Veterinária, do Ministério da Agricultura, que entendem que é um projeto inovador e uma iniciativa amiga do ambiente, promotora da economia local e a Carne Cachena um produto local com uma pegada ecológica mais baixa e cultural, pois valoriza e promove tradições e saberes ancestrais, económica, já que contribui para a dinamização da produção e do comércio local, bem como contribui para melhorar a qualidade das refeições escolares.

foto tabuleiro - carne cachena2.png

protocolo cachena escolas2.JPG

MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO PROMOVE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO PRÉ-ESCOLAR E PRIMEIRO CICLO

Dietas saudáveis, variadas e equilibradas assentes em produtos locais para moldar hábitos na alimentação

Projeto piloto da alimentação da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e sousa será adotado pelo Município

_DSC1563.jpg

A escola tem um papel chave na adoção de uma alimentação variada e saudável. Ciente desta realidade, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima, almoçou ontem, 28 de outubro, na cantina do Centro escolar da Gandarela com os alunos daquela instituição.

Para o autarca “a escola é um local privilegiado na promoção da saúde, nomeadamente com o ensino e prática de uma alimentação equilibrada e saudável. Os nossos centros escolares são um exemplo dessas boas práticas, com a confeção própria da alimentação. No futuro será privilegiado o consumo dos produtos locais, de preferência de produção biológica, contribuindo também para o incentivo à produção e escoamento”. O autarca, em funções como Presidente desde o dia 18 de outubro, quis verificar a qualidade das refeições e mostrou-se muito satisfeito com a ementa apresentada no Centro Escolar da Gandarela. “Estou muito agradado com qualidade e quantidade da refeição escolar, as nossas crianças recebem diariamente uma alimentação rica e saudável crucial para o seu desenvolvimento físico e cognitivo”.

Esta é uma área de interesse crescente pelo que, serão adotados pelo Município, junto da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, projetos piloto para a introdução de alimentos saudáveis e sustentáveis nas refeições escolares. De forma concreta, serão incluídos na ementa um Hambúrguer de carne com Dop (Denominação de Origem Protegida), uma refeição vegetariana Bio e Fruta Local, estes projetos piloto pretendem contribuir para a melhoria da saúde pública, da sustentabilidade ambiental, incrementar a economia social e contribuir para a integração social.  Para a Vereadora da Educação, Maria José Marinho, “esta proposta da CIM enriquece ainda mais a ementa dos nossos centros escolares, já orientada para a adoção de escolhas alimentares saudáveis e sustentáveis, promovendo a diversidade dos produtos confecionados, numa valorização crescente dos produtos do território”.

_DSC1565.jpg

_DSC1569.jpg

_DSC1559.jpg

MUNICÍPIO DE AMARES CONTINUA A PROMOVER LANCHES SAUDÁVEIS JUNTO DOS MAIS NOVOS

Hortofrutícolas distribuídos duas vezes por semana

Reiniciou, esta semana, o Regime Escolar de distribuição hortofrutícolas nas escolas. Às terças e quintas-feiras, até ao final do ano letivo, este grupo de alimentos volta a estar presente no lanche dos alunos do pré-escolar e 1º ciclo de todos os centros escolares do concelho, com o intuito de promover uma alimentação saudável desde tenra idade.

A iniciativa, de cariz europeu, promovida pelo Município de Amares, em parceria com o Agrupamento de Escolas, foi, novamente, alargada à educação pré-escolar, fruto de um esforço financeiro da Autarquia.

Note-se que, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda um consumo mínimo de 400g de hortofrutícolas/dia, no entanto várias investigações sugerem que as crianças portuguesas consomem quantidades inferiores aos valores recomendados. Simultaneamente, Portugal é um dos países com maior prevalência de obesidade infantil, que atinge uma dimensão preocupante, pelo que se torna imperativo o reforço de consumo de alimentos nutricionalmente mais ricos, tais como frutas e hortícolas.

Neste sentido, o Município de Amares lança o repto aos pais e encarregados de educação para que coloquem fruta e hortícolas na lancheira dos seus filhos nos restantes dias da semana.

Regime hortofrutícolas.jpg

FEIJÃO AMARELO À MESA DAS CANTINAS ESCOLARES DE VIEIRA DO MINHO

No âmbito do processo de certificação do Feijão Amarelo levado a cabo pelo Município de Vieira do Minho, vão ser incluídos nas ementas escolares do 1º Ciclo do concelho pratos confecionados com este produto endógeno.

feijão amarelo do baixo minho (1).jpg

Esta ação tem como objectivos valorizar este bem alimentar, dinamizar a produção local e manter vivas as tradições gastronómicas junto das novas gerações.

É preocupação constante do Município de Vieira do Minho a promoção de estilos de vida saudáveis em ambiente escolar e proporcionar aos jovens uma alimentação variada e equilibrada, tendo por base produtos locais.

O Feijão Amarelo é um ingrediente versátil e rico em sabor, com características únicas e elevado valor nutricional. Tem cerca de 10mm por 5mm, com pele amarela e interior creme e aveludado. A sementeira ocorre, preferencialmente, em maio e a colheita entre o final de agosto e a primeira quinzena de setembro, quando as vagens, já completamente cheias, estiverem com uma coloração matizada rosa e bege. Este produto, devido às suas características, é de fácil conservação e pode ser consumido ao longo de todo o ano.

Em Vieira do Minho, é apreciado na confeção do prato tradicional “Couves com Feijão Amarelo”, arroz com feijão amarelo, sopa à lavrador, massa à lavrador, papas de farinha de milho, entre outros.

FAMALICÃO: DEVESA ESCLARECE SOBRE SEGURANÇA ALIMENTAR: MITOS, ERROS E ACERTOS

Iniciativa realiza-se no Dia Mundial da Alimentação na Casa do Território

O Dia Mundial da Alimentação que é comemorado no próximo sábado, dia 16 de outubro, vai ser assinalado com a iniciativa “Devesa Esclarece”, uma palestra informal subordinada ao tema “Segurança Alimentar: Mitos, erros e acertos”, com as presenças da nutricionista Carla Sousa e do engenheiro alimentar e professor na CESPU, Rui Lima. A sessão decorre pelas 21h00, na Casa do Território. A entrada é livre, até à atual lotação da sala.

seg alimentar 1.jpg

Com esta iniciativa, o Parque da Devesa retoma as sessões da "Devesa Esclarece" iniciada em 2017 com o objetivo de sensibilizar e informar a população sobre temas relacionados com o Ambiente, a biodiversidade, o desenvolvimento sustentável, a saúde e bem-estar.

A alimentação saudável é aquela que não causa dano à saúde e para isso é necessário ter hábitos de segurança alimentar no nosso dia-a-dia. As cozinhas domésticas assumem-se como o local onde a prevalência das doenças de origem alimentar é maior, não obstante os manipuladores de alimentos domésticos conhecerem os conceitos gerais de manipulação segura de alimentos.

Um dos erros mais comuns entre os portugueses é, por exemplo, lavar as aves antes de cozinhar ou armazenar os alimentos incorretamente no frigorífico, aumentando o risco de doença de origem alimentar (intoxicações/infeções alimentares).

FAMALICÃO: DIAS À MESA PROMOVEM SABORES DA TERRA COM COZINHA VEGETARIANA

Iniciativa decorre de 23 a 26 de setembro em doze restaurantes do concelho

O tempo já arrefeceu. As folhas no chão, as brisas frescas e as tardes que pedem aconchego não enganam, o outono está aí. Da natureza despertam uma grande variedade de frutas, legumes e de produtos da terra que nos dão conforto e fazem feliz o nosso palato.

mesafamal (2).jpg

Por tudo isto, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão escolheu esta época do ano para lançar mais uma edição da iniciativa “Dias à Mesa”, desta vez dedicada aos pratos vegetarianos. Evento decorre de 23 a 26 de setembro.

As uvas, a abobora, as castanhas, os marmelos, entre muitos outros alimentos da época servem de inspiração aos 12 restaurantes aderentes à iniciativa. Os Dias à Mesa podem ser desfrutados nos seguintes restaurantes: Alfa; Attrevidu; BIS – Pasta & Risotto; Bubbles; Bisconde; Combinação de Sabores; Fondue; Fusilli, Massa & Café; Moutados; Na Boca; Neto e Sabores do Algarve.

Refira-se que a iniciativa Dias à Mesa arrancou em 2019 com um conjunto de propostas dos melhores sabores regionais combinadas com as inesquecíveis vivências culturais do município. A pandemia provocada pela Covid 19 veio alterar o conceito da iniciativa, privando as pessoas dos eventos, mas mantendo as experiências gastronómicas de excelência.

Destaque para o “Passaporte Gastronómico”, que oferece um desconto de 10% nos restaurantes aderentes. Para além disso, o passaporte dá a oportunidade de jantar ou almoçar gratuitamente num restaurante à escolha. Os restaurantes aderentes vão distribuir os passaportes já carimbados aos clientes, com cada uma das refeições.

mesafamal (1).jpg

MUNICÍPIO DE BRAGA INAUGURA FEIRA INTERNACIONAL DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ALIMENTAÇÃO

O Município de Braga inaugura a 53ª AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação, em cerimónia que terá lugar amanhã, Quinta-feira, dia 16 de Setembro, pelas 12h00, no Altice Forum Braga.

241410217_4723479397683210_4008871110386946202_n.p

A AGRO vai apresentar de novo um vasto e diversificado programa de conferências e seminários e, também, um espaço dedicado a demonstrações, apresentações e degustações. As várias actividades paralelas serão promovidas por parceiros da organização e serão, certamente, um dos pontos fortes da Feira.

A AGRO junta os principais agentes do sector: agricultores, criadores de gado (raças autóctones e outras do sector agropecuário), produtores, importadores, armazenistas e revendedores dos sectores agroalimentar e pecuário, especialistas nacionais e estrangeiros dos vários sectores e público em geral.

A iniciativa contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, e do Administrador Executivo da InvestBraga, Carlos Silva.

MUNICÍPIO ARCUENSE CONTINUA A VALORIZAR PRODUTOS LOCAIS E REFEIÇÕES ESCOLARES

Após o início do projeto em janeiro deste ano, a Câmara Municipal vai continuar a apoiar a introdução de Carne Cachena nas ementas dos refeitórios escolares do Concelho, contribuindo para a valorização dos produtos e produtores locais, para a dinamização do comércio local, e a melhoria da qualidade das refeições dos alunos das escolas arcuenses.

foto tabuleiro - carne cachena2 - Cópiarcos.png

Com este programa, o Município e os seus parceiros pretendem promover, valorizar e divulgar os produtos locais, melhorar a qualidade e o valor nutricional das refeições servidas aos alunos do Agrupamento de Escolas de Valdevez.

O protocolo tem também a colaboração da Cooperativa Agrícola de Arcos de Valdevez, o Agrupamento de Escolas de Valdevez, a Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Agrupamento de Escolas de Valdevez e a UNISELF – Sociedade de Restaurantes Públicos e Privados, SA.

Esta medida foi considerada uma boa prática de promoção de produtos locais pela Rede Rural Nacional, uma plataforma de divulgação e partilha de informação, de experiência e de conhecimento, da Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e do Ministério da Agricultura, bem como também foi alvo de elogios por parte do Ministério da Educação, através da Direção Geral da Educação e Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares que entendem queEsta iniciativa é amiga do ambiente, promotora da economia local e a Carne Cachena um produto local com uma pegada ecológica mais baixa e cultural, pois valoriza e promove tradições e saberes ancestrais, económica, já que contribui para a dinamização da produção e do comércio local, bem como contribui para melhorar a qualidade das refeições escolares.”

cachena2.JPG

NESTUM LANÇA CAMPANHA DE REPOVOAMENTO DE ABELHAS PARA APOIAR A APICULTURA NACIONAL

Juntos pelas Abelhas” apela ao cuidado a ter com os polinizadores

NESTUM® vai doar 400 colmeias a apicultores nacionais, no âmbito da campanha “Juntos Pelas Abelhas”. O principal objetivo é o repovoamento, com novas abelhas, dos territórios afetados pelos incêndios florestais e a sensibilização para os cuidados a ter com este inseto, de importância fulcral para a biodiversidade.

53c00dc85c43a5f806f2f8c2760a49ef.jpg

“Se as abelhas desaparecerem da face da Terra, a Humanidade terá apenas quatro anos de vida. Sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais, não haverá raça humana”. Esta frase de Albert Einstein representa um alerta para a importância que as abelhas assumem na manutenção dos ecossistemas e para a sustentabilidade da cadeia alimentar, sendo esta uma espécie que urge proteger.

Em Portugal, os graves incêndios florestais que afetaram extensas áreas do território nos últimos anos destruíram também centenas de colmeias e deixaram outras tantas sem o alimento fundamental ao seu desenvolvimento – as plantas melíferas. E foi precisamente para apoiar a reposição deste efetivo e os seus habitats que NESTUM se aliou aos apicultores nacionais, celebrando com as duas principais federações que os representam – FNAP (Federação Nacional dos Apicultores de Portugal) e FENAPICOLA (Federação Nacional de Cooperativas Apícolas e de Produtores de Mel) – um protocolo de colaboração para o desenvolvimento da campanha “Juntos Pelas Abelhas”, através da qual NESTUM vai doar 400 núcleos de abelhas-rainha, que, uma vez colocados no seu habitat natural e tendo alimento em abundância, terão a capacidade de se reproduzir, dando origem a novas colmeias num curto espaço de tempo.

Esta campanha visa ainda sensibilizar toda a sociedade para a extrema importância de cuidar das abelhas, protegê-las e ao seu habitat e, sobretudo, proporcionar-lhes alimento em abundância através do simples gesto de plantar flores melíferas.

Os apicultores elegíveis para esta oferta foram apurados por um concurso que decorreu durante o mês de abril, seguindo os critérios definidos pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), a entidade que tutela o sector. Foram assim selecionados 61 apicultores cujos apiários se localizam em regiões afetadas por catástrofes e calamidades naturais registadas em 2020. Com esta iniciativa NESTUM está a contribuir para a reposição da população de abelhas nessas regiões, promovendo também a valorização do mel e dos produtos apícolas nacionais.

“Ajudar à reposição do efetivo de abelhas em Portugal e devolver com celeridade as condições necessárias para que estas voltem a ter o seu habitat natural foi o pressuposto desta parceria entre NESTUM® e as duas principais federações apícolas nacionais”, refere Luis Ferreira Pinto, Diretor da Categoria de Dairy para a Nestlé Zona EMENA (Europa, Médio Oriente e Norte de África).

“Sabemos o papel crucial que as abelhas têm ao serem responsáveis pela polinização e, consequentemente pela produção de mel e de 70% das frutas, vegetais, sementes e outros produtos que chegam diariamente às nossas casas”, comenta o responsável, acrescentando ainda que “para NESTUM o mel é um ingrediente fundamental e é também por isso uma questão de responsabilidade social esta partilha de valor que fazemos com este setor. Contribuir para o bem-estar desta espécie, é um marco importantíssimo na história de mais de 60 anos de NESTUM®”.

Conforme explica Susana Pombo, Diretora-Geral da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), “os benefícios para a apicultura da campanha “Juntos pelas Abelhas” enquadram-se na visão colaborativa da DGAV em relação ao setor apícola, pelo que foi prestado todo o apoio técnico requerido pela Nestlé para assegurar o sucesso desta campanha.”.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária, como Autoridade Sanitária Veterinária Nacional, é responsável pela regulamentação da atividade apícola e das normas sanitárias para defesa contra as doenças das abelhas, mediante estratégias específicas e planos de controlo oficiais. A DGAV tem sempre colaborado com outras entidades institucionais e com as entidades representativas do setor, em várias ações, planos e programas, que visam salvaguardar e apoiar a apicultura nacional.

A entrega dos 400 núcleos de abelhas rainha, oferecidos por NESTUM®, será agora realizada pelas federações apícolas – FENAPÍCOLA e FNAP – aos apicultores seus associados e que, de acordo com a indicação da DGAV, foram elegíveis para esta contribuição.

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE GARANTE QUALIDADE E SEGURANÇA DAS REFEIÇÕES ESCOLARES

Não obstante o elevado nível de exigência decorrente do contexto pandémico atual, o Município de Esposende continua a garantir a qualidade e a segurança no fornecimento de refeições nas cantinas escolares do concelho.

DSC06857.JPG

No âmbito do acompanhamento prestado às cantinas escolares e com a preocupação clara de assegurar um reforço efetivo nas práticas de saúde e segurança alimentar, o Município definiu, desde o início do ano letivo, medidas extraordinárias e complementares às já existentes, em articulação com os planos de contingência definidos no plano do combate e controlo da Covid-19.

Neste sentido, e mediante as diversas fases da pandemia, a prioridade foi estabelecer orientações de atuação no fornecimento de refeições escolares saudáveis e seguras, nomeadamente no que se refere ao fornecimento de refeições nas cantinas escolares, bem como em regime de take away e/ou de entrega domiciliária, durante o período em que as atividades letivas estiveram suspensas. Realça-se o particular empenho das entidades parceiras do Município na reinvenção de soluções, o que permitiu continuar a beneficiar, de forma particular, os alunos mais carenciados.

Sabendo-se que uma criança passa, em média, oito horas por dia na escola, onde faz uma parte significativa das refeições, a suspensão das atividades letivas e não letivas, enquanto medida excecional e temporária imposta pela pandemia, representa profundas implicações, nomeadamente no acesso a uma alimentação adequada.

A problemática da insegurança alimentar configura uma preocupação efetiva do Município, pelo que foram conjugados esforços para o desenvolvimento de uma estratégia que garanta, de forma sistemática, o acompanhamento das refeições escolares, quer as atividades letivas e não letivas decorram em regime presencial ou em casa. Assim, foi implementado um conjunto de recursos para salvaguardar a segurança alimentar e nutricional das crianças/alunos, em especial os mais vulneráveis, durante o período de encerramento das escolas. Foi assegurado o acompanhamento in loco das refeições produzidas e fornecidas em regime de take away, o controlo analítico com uma maior frequência das refeições, das estruturas e equipamentos e dos manipuladores alimentares. Tal traduziu-se numa evolução favorável e no significativo aumento de resultados positivos no decurso do 1.º para o 2.º período letivo, evidência clara da qualidade e segurança das refeições fornecidas.

Neste âmbito, interessa relevar a abertura e o empenho das entidades parceiras na concretização das ações tendentes à melhoria da qualidade do serviço de refeições escolares.

No atual cenário de retoma das atividades presenciais, o fornecimento das refeições retomou a normalidade presencial, pelo que foi efetuado o reforço das medidas de higiene e segurança dos alimentos, bem como garantidas as condições necessárias para adotar as medidas preventivas recomendadas, tanto ao nível da qualidade e segurança alimentar, como das medidas de prevenção definidas nos planos de contingência para a Covid-19.

Esta postura do Município enquadra-se, de resto, nas metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, que o Município assumiu e vem cumprindo no seu plano de ação.

DSC06861.JPG

EB. Belinho_refeitório.jpg

EB.Góios_refeitório.jpg

COMPRAR LIMIANO LOJA ONLINE DO COMÉRCIO E SERVIÇOS DE PONTE DE LIMA

Face ao atual contexto pandémico, o Municipio de Ponte de Lima em colaboração com a Associação Empresarial de Ponte de Lima promoveu a implementação da loja online - Comprar Limiano - de modo a alavancar o comércio local.

comprarlimiano_4x3_Prancheta 1 (Large).jpg

Trata-se de uma plataforma de venda online, dirigida ao comércio e serviços do concelho, encontrando-se disponível 24h por dia, 7 dias por semana.

O projeto engloba diversas lojas e serviços, que se distribuem pelas seguintes categorias: Alimentação e bebidas; Arte e artesanato; Automóveis; Casa, bricolage e jardim; Eletrodomésticos, informática e recondicionados; Equipamentos, máquinas e ferramentas; Escritório, livraria e papelaria; Instrumentos musicais; Ourivesaria; Restauração e pastelaria; Saúde, higiene e beleza; Têxteis, vestuário e calçado e Turismo.

Através desta plataforma é possível:

- Procurar os seus produtos por categoria ou loja;

- Pagar todos os produtos de lojas diferentes de uma só vez;

- Os comerciantes preparam a encomenda e esta é entregue na sua morada.

Até ao momento a plataforma dispõe de 27 lojas online com mais de 250 artigos disponíveis e com tendência a crescer. Adira à Comprar Limiano em https://comprarlimiano.pt/aderir.

Para mais informações, consulte o site: https://comprarlimiano.pt

PONTE DE LIMA: NESTA PÁSCOA O CABAZ É LIMIANO!

Uma Páscoa com produtos 100% Agrolimianos - escolha o seu cabaz.

Cabaz Páscoa Limiana 2 49,9€

à venda em: https://mercadoagrolimiano.pt/.../cabaz-pascoa-limiana-2/...

Cabaz Páscoa Limiana 2 inclui:

-Folar Limiano By Casa do Folar Limiano – 1 unidade;

-Mel de Eucalipto 290ml By Mel Serra do Formigoso- 1 unidade;

-Chocolate de Leite Imagem Ponte de Lima By Terras do Lima – 1 unidade;

-Presunto da Pá Fumado 250 gr. By Minhofumeiro – 1 unidade;

-Salpicão à Serra D`Arga By Minhofumeiro – 1 unidade;

-Chouriça de Carne Vinha D`Alhos By Minhofumeiro – 1 unidade;

-Chouriço à Serra D`Arga By Quinta de Fumeiros – 1 unidade;

-Chouriço de Frango By Quinta de Fumeiros – 1 unidade;

-Alheira de Presunto de Peru By Quinta de Fumeiros – 1 unidade;

-Alheira de Cogumelos Shiitake com Peru e Galinha do Campo By Etnoglamour – 1 unidade;

-Paté de Cogumelo Shiitake com Castanha Picante By Etnoglamour – 1 unidade.

Opções de Vinho:

-Vinhas do Cruzeiro Loureiro & Vil`Antiga Loureiro Colheita 2018;

Ou -Vinhas do Cruzeiro Vinhão & Vil`Antiga Loureiro Colheita 2018

165283497_131591012234056_6618368750398838270_o.jp

BRAGA: CERVEJAS ARTESANAIS "ALMA" E "AMPHORA" NA REDE DE SUPERMERCADOS SPAR

Empresa bracarense Portuguese Craft Beer aposta na distribuição

As cervejas artesanais Alma e Amphora, produzidas em Braga pela Portuguese Craft Beer (PCB), passaram a estar disponíveis em 50 lojas da rede de supermercados SPAR, a maioria delas no sul do país.

ALMA BRASILEIRA Cerveja artesanal portuguesa.jpg

A Portuguese Craft Beer, empresa do humorista João Seabra, começou por colocar as suas cervejas em 16 lojas da cadeia holandesa SPAR. Três meses depois, o número de lojas SPAR com os produtos da PCB mais do que triplicou.

O ano de 2021 começou com as cervejas Alma e Amphora presentes num total de 50 lojas SPAR, num processo de crescimento continuado que entusiasma os responsáveis da PCB.

De acordo com Alexandre Machado, key account manager da cervejeira bracarense, esse crescimento significa “que os clientes dos supermercados SPAR estão a aceitar muito bem as cervejas artesanais Alma e Amphora”.

A SPAR é uma franquia multinacional holandesa, com sede em Amesterdão, que em Portugal gere supermercados de proximidade.

A Amphora dispõe de seis rótulos: a Bracara (Cream Ale), a Imperator (Quadrupel), a Elysivm (Honey Ale), a Gladiator (American IPA), a Centvrivm (Imperial Stout) e a Nemesis (Special Ale).

No segmento premium, a Portuguese Craft Beer detém a Alma, também com diversos rótulos, evocativos das regiões portuguesas.

Mais recentemente, foi lançada a Alma Brasileira, com objetivo inicial de servir a comunidade brasileira residente em Portugal, cujo mercado vale mais de 150 mil pessoas.

Alma MInhota1.JPG

As 6 cervejas da Amphora.jpg

MUNICÍPIO DE ESPOSENDE GARANTE REFEIÇÕES ESCOLARES

A Câmara Municipal de Esposende vai assegurar as refeições escolares para os alunos do concelho, agora que voltou a ser decretado um novo encerramento dos estabelecimentos escolares em todo o país. À semelhança do ocorrido em março de 2020, e em estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas António Correia de Oliveira e António Rodrigues Sampaio e a Escola Secundária Henrique Medina, o apoio decorrerá enquanto vigorar a suspensão das atividades letivas, abrangendo todos os alunos posicionados nos escalões A e B, ao nível da Ação Social Escolar, matriculados em estabelecimentos de educação e ensino da rede pública, desde a Educação Pré-Escolar até ao Ensino Secundário.

As refeições são disponibilizadas em regime de take-away, contando com o apoio, para o efeito, de diversas instituições locais, parceiras do Município, tendo por base a área de residência dos alunos. Em situações de comprovada necessidade, nomeadamente em casos de isolamento profilático, poderão ainda ser disponibilizadas refeições em regime de entrega domiciliária. De maneira a garantir as melhores condições de saúde e segurança para todos, o processo de distribuição é assegurado com recurso a recipientes descartáveis.

O fornecimento de refeições teve início no dia de hoje, 22 de janeiro, primeiro do período de suspensão, para as crianças matriculadas na educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico, sendo que para os demais alunos decorrerá a partir da próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro, mediante auscultação de necessidades junto das famílias, em curso.

O Município de Esposende assegura a organização e monitorização de todo o serviço, assumindo os custos junto das entidades parceiras, contando com a comparticipação, para o efeito, da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

O QUE É BOM... É LIMIANO!

Município de Ponte de Lima promove até 24 de janeiro a edição especial da VI Feira 100% Agrolimiano

A plataforma digital de incentivo e promoção aos produtos locais regista a presença de 18 produtores limianos e já recebeu dezenas de encomendas de vários pontos do país, com destaque para a zona centro, grande porto e do concelho limiano.

IMG-20210113-WA0011.jpg

De acordo com os últimos registas referente aos primeiros oito dias do evento, já foram expedidos centenas de produtos, com destaque para os enchidos e fumados, vinhos, sidra, chocolates, doces, compotas e cogumelos. Os frescos, as hortícolas, são distribuídos apenas na área do concelho de Ponte de Lima.

A iniciativa, numa parceria entre a Câmara Municipal de Ponte de Lima e a Coopalima – Cooperativa Agrícola dos Agricultores do Vale do Lima, tem como missão principal promover a economia local e apoiar os produtores a reerguerem-se através do desenvolvimento de uma plataforma digital que permitirá criar soluções e assegurar a preponderância de compra e venda de produtos locais.

Através de um formato totalmente digital - https://mercadoagrolimiano.pt - este evento pretende mostrar, divulgar e difundir o setor agroalimentar de Ponte de Lima num momento em que os profissionais enfrentam um dos maiores desafios de sempre, e que tem sido severamente penalizado com a atual situação pandémica que o país e o mundo atravessa.

Vales de descontos e entregas gratuitas em todo o território nacional, e durante o período da feira, através de um simples clique poderá aceder a mercadoagrolimiano.pt e no conforto do seu lar, receber e consumir os produtos que adquirir nas melhores condições.

MUNICÍPIO DE CERVEIRA SERVE REFEIÇÕES ESCOLARES

Autarquia assegura refeições escolares durante suspensão letiva

À semelhança do praticado no decorrer do primeiro confinamento em março e abril, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira volta a assegurar as refeições escolares a todos os alunos que se enquadram nos critérios de apoio social definidos pelo Governo, durante o período de interrupção letiva expetável de, pelo menos, 15 dias, anunciado, esta quinta-feira, pelo Governo como medida de contenção do novo coronavírus.

refeiçoes escolares.jpg

Os professores titulares de cada turma e os diretores de turma do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira vão entrar em contato com os pais e encarregados de educação para aferir das necessidades em receber este apoio de distribuição de refeições diárias.

De sublinhar ainda que o edifício sede do Agrupamento de Escola de Vila Nova de Cerveira vai manter-se de portas abertas para funcionar como local de acolhimento dos filhos menores de 12 anos, cujos pais trabalhem num dos 32 serviços considerados essenciais, mediante o Decreto-Lei n.º 10-A/2020.

FAMALICÃO: PÃO FRESCO À PORTA DE CASA CHEGA AO DIGITAL

Ipão.pt é o nome de uma plataforma online que nasceu em Vila Nova de Famalicão para recuperar a tradição da entrega de pão fresco porta a porta. O autor deste novo negócio de proximidade é Pedro Marques, 35 anos, gestor de projetos web.

Pedro_Marques_iPao.jpeg

Foi durante um jantar de amigos, em outubro de 2019, que o empreendedor percebeu que havia uma área no mercado das plataformas de distribuição online ainda por completar: a entrega de pão fresco ao domicílio. Após reunir com uma padaria parceira interessada no projeto, decidiu começar a desenvolver a plataforma, o que demorou cerca de 3 meses.

O serviço arrancou a 2 maio de 2020, em contexto de pandemia, em 32 freguesias famalicenses e garante entrega gratuita entre as 5h00 e as 9h00 da manhã. Entretanto, já chegou a outras cidades, como Porto, Matosinhos, Leça da Palmeira, Maia, Vila Nova de Gaia, Valongo, Ermesinde e Vila do Conde. "A curto prazo, o objetivo passa por aumentar a cobertura nos concelhos onde já estamos, procurando chegar ao máximo de freguesias possível, e abrir mais cinco grandes cidades, nomeadamente Lisboa”, revela Pedro Marques, acrescentando que a plataforma está preparada para começar a vender, de um dia para o outro, em qualquer cidade. “O que demora mais é encontrar o parceiro ideal”, admite, “mas depois disso acontecer e de a informação ser ativada na plataforma, ele começa a vender pão no dia a seguir”.

Ainda de acordo com Pedro Maques, em oito meses de negócio, não houve um único dia em que os parceiros não tivessem pedidos de clientes novos. “Temos uma estratégia de exclusividade que lhes dá segurança para acreditarem no projeto", aponta.

O certo é que o confinamento deu um impulso inesperado ao negócio: "O projeto foi pensado muito antes de se falar em pandemia e não foi lançado com esse propósito. Contudo, com a população confinada, tive a certeza que mais pessoas iriam precisar do serviço. Acabei por lançar a plataforma sem várias funcionalidades para os parceiros, ainda que para os clientes estivesse tudo já a funcionar como queria. Não tinha nem tenho uma grande equipa, portanto, era importante preparar a automação da plataforma para que todos os processos de encomendas, aceitação, renovações e pagamentos fossem automatizados”, conta, sem no entanto desvendar o investimento inicial do projeto, nem o valor mensal em publicidade.

O utilizador da plataforma iPão, disponível em www.ipao.pt, pode escolher o tipo de produtos que quer receber, as quantidades e uma hora máxima de entrega (até às 6h00, 7h00, 08h00 ou 09h00). Neste momento, no conjunto das cidades cobertas pelo serviço, há mais de 200 produtos disponíveis, de padaria e pastelaria.

A entrega, assim como a produção do pão e de outros produtos de pastelaria, é assegurada pelas padarias parceiras do serviço, um processo parecido ao utilizado por plataformas como Uber Eats ou Glovo. Na prática, a iPão serve como ponte que liga padarias que fazem entrega de pão fresco e têm frotas definidas aos clientes que estão interessados em receber o produto nas suas casas.

As encomendas têm uma duração de quatro semanas e, no final desse período, a encomenda é automaticamente renovada para as quatro semanas seguintes. Nessa altura, o cliente pode cancelar ou alterar a encomenda.

Recorde-se que a iPão foi o projeto terceiro classificado do JUMP – Concurso para Novas Ideias de Negócio, promovido pela Câmara Municipal de Famalicão, através do Famalicão Made IN, em parceria com a UPTEC, cuja última edição teve como tema o E-commerce.

FAMALICÃO ENTREGA GRATUITAMENTE REFEIÇÕES AO DOMICÍLIO

Take Away gratuito em Famalicão permanece nos dias 26 e 27 de dezembro e 2 e 3 de Janeiro

Atendendo à manutenção do Estado de Emergência Nacional, vai permanecer ativo em Famalicão o  serviço gratuito de entrega de refeições ao domicílio montado para o concelho pela Câmara Municipal e Associação de Restaurantes de Famalicão para os próximos dias 26 e 27 de dezembro e 2 e 3 de janeiro, à hora do jantar.

takfam.jpg

Assim, entre as 19h00 e as 22h30, os famalicenses podem encomendar o seu jantar num dos 70 restaurantes aderentes e desfrutar da refeição no conforto do lar sem necessidade de se deslocarem para levantarem a sua encomenda.

O serviço começou a funcionar no dia 14 de novembro na sequência do Estado de Emergência decretado pelo Governo e desde então tem-se mantido ativo ao fim de semana. Ao todo, já foram servidas em casa dos famalicenses 7200 refeições.

A rede criada para o efeito já conta com a colaboração de 70 estafetas, dos quais oito são taxistas que aderiram ao serviço. Perto de setenta restaurantes aderiram a esta dinâmica.

Refira-se que os restaurantes aderentes estão no site do município em www.famalicao.pt. Aos consumidores, basta contactar o restaurante e encomendar a refeição. A campanha é válida para encomendas de valor superior a 10 euros. O pagamento deverá ser efetuado diretamente ao restaurante por MB WAY ou transferência bancária, não sendo admitidos pagamentos diretamente ao estafeta.

1_Mikado (3).jpg