Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

DKC DE VIANA: LUCAS JACOB ALCANÇOU AS MEIAS FINAIS NA TAÇA DO MUNDO DE SLALOM EM AUGSBURG, NA ALEMANHA, AO SERVIÇO DA SELEÇÃO NACIONAL

2C7A2071-DDB5-41B4-9D11-4DDDD13B5EFB.jpeg

Após o excelente resultado no Campeonato da Europa de Slalom, Lucas Jacob, canoísta da especialidade de slalom da DKC de Viana foi convocado pelo selecionador nacional para disputar cinco Taças do Mundo de slalom e cinco Taças do Mundo de Kayak Cross, uma vez que na especialidade de slalom quando há Jogos Olímpicos apenas se disputa o Campeonato da Europa e não se disputa o Campeonato do Mundo.

Na Taça do Mundo de Slalom em Augsburg, na Alemanha, ao serviço da seleção nacional Lucas Jacob voltou a ter bons resultados ao conseguir o 26º lugar em trinta possíveis.

Disputou também a Taça do Mundo de Kayak Cross na mesma cidade, classificando-se em 43º lugar a 0,003 segundos do tempo que daria passagem para a fase seguinte.

A próxima Taça do Mundo a disputar vai ser em Praga.

Fotos: Organização da Taça do Mundo.

A Direção,

Pres. Dr. Américo Castro

ESPOSENDE: ESCRITORA ILSE LOSA NASCEU HÁ 111 ANOS

431490969_811576837673144_2694552600940271222_n.jpg

Ilse Lieblich Losa nasceu a 20 de Março de 1913, em Bauer, na Alemanha. Perseguida pelo regime nazi em virtude da sua ascendência judaica, veio para Portugal em 1934, radicando-se no Porto, onde conheceu o marido, o arquiteto esposendense Arménio Losa.

É nesta cidade que Ilse Losa inicia a escrita literária com a obra “O Mundo em que vivi” (1949) e se consagra como escritora.

Escreveu livros para crianças e para adultos e colaborou com diversos jornais e revistas portuguesas e alemãs, tendo sido distinguida com vários prémios literários, entre os quais o “Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças – Melhor Texto”, de 1980-1981, pelo livro “Na Quinta das Cerejeiras”, e o “Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças”, em 1984, pelo conjunto da sua obra. Ilse Losa faleceu em Janeiro de 2006, na sua casa do Porto.

Ilse em Esposende004.jpg

Esta fotografia reproduz a imagem de Ilse Losa [1913-2006] a passear no pinhal da sua casa de Esposende, em 1970. Ilse, nascida na Alemanha, casou com Arménio Losa [1908-1988], prestigiado arquiteto português, natural de Esposende, onde entre vários obras, projetou a sua casa de férias, mantendo assim raízes próximas com a sua terra de nascimento

Fonte: Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura

“DRAGÃO EUROPEU” GANHA FORÇA

Beesel (Países Baixos) Furth im Wald (Alemanha) Grez-Doiceau (Bélgica), Montblanc (Espanha) e Monção (Portugal), unem-se na certificação da Rota Cultural Europeia do S. Jorge e do Dragão.

Capturard2 (2).JPG

Cinco municípios europeus com a temática do S. Jorge e do Dragão presentes na cultura e tradição locais, assinaram, recentemente, um memorando de entendimento para a certificação da Rota Cultural Europeia do S. Jorge e do Dragão.

A cerimónia teve lugar em Beesel, nos Países Baixos, com a participação das localidades de Furth im Wald, na Alemanha, Grez-Doiceau, na Bélgica, Montblanc, na Espanha, e Monção, em Portugal. O nosso Município esteve representado pelo Vice-Presidente da CMM, João Oliveira. 

O documento tem como finalidade promover o intercâmbio e o conhecimento entre os municípios signatários, através da materialização de um processo colaborativo de partilha de experiências, de forma a potenciar esta herança cultural no campo educacional e turístico.

A certificação da Rota Cultural Europeia do S. Jorge e do Dragão será feita pelo Conselho da Europa. Além da assinatura do documento, o programa englobou a realização de várias conferências, com a presença de oradores especializados na temática, bem como a inauguração dos brasões dos municípios, no BillyBird Park Drakenrijk, em Beesel, castelo para as crianças brincarem.

“O memorando de entendimento resultará numa colaboração efetiva e frutuosa entre os municípios, contribuindo para fortalecer o reconhecimento da Rota Cultural Europeia do S. Jorge e do Dragão e, também, para despertar o interesse dos europeus nesta tradição que une e apaixona os cinco municípios”.

João Oliveira

Vice-Presidente da Câmara Municipal de Monção

Capturard1.JPG

Capturard3.JPG

ATLETAS MINHOTOS FERNANDO PIMENTA E TERESA PORTELA APURADOS PARA AS FINAIS DO MUNDIAL DE CANOAGEM

O Mundial está a decorrer em Duisburgo, na Alemanha. As finais estão marcadas para amanhã.

370259025_843889547099207_8661544281439796820_n.jpg

Os canoístas Fernando Pimenta (Ponte de Lima) e Teresa Portela (Esposende) apuraram-se para as respetivas finais do Mundial que decorre em Duisburgo, na Alemanha.

Fernando Pimenta venceu a segunda meia-final de K1 1000m com o tempo de 3,40.275 minutos. Um passo muito importante para conseguir uma vaga Olímpica.

Já Teresa Portela ganhou também a sua série, de K1 500, em 1.52.122 minutos.

As finais estão marcadas para o próximo sábado.

Ainda esta quinta-feira, a dupla minhota Inês Penetra e Beatriz Fernandes apurou-se para a final B em C2 500 metros.

Fonte: https://rr.sapo.pt/

Capturarportela.JPG

ASTRID EISCH: A COURENSE ALEMÃ – CRÓNICA DE MANUEL TINOCO

Astrid Eisch veio viver para Paredes de Coura em 1990. Se é que não sou acusado de sexista, devo dizê-lo abertamente, uma jovem mulher cuja beleza estava para além do terreno, parecia ter descido dos céus, a Astrid Eisch. Todavia, muito mais do que o que acabo de escrever, era ao falar com a jovem alemã nascida em Nuremberga que percebíamos a sua personalidade forte e cintilante, mulher de raça, determinada, elegante no trato e de inteligência fulminante, porém, suave e altruísta na relação que começou de imediato a estabelecer com uma terra de que nunca ouvira falar.

357064489_1987843401559796_3880587837530509928_n (3).jpg

Veio gerir uma empresa em Paredes de Coura que começava a criar largas dezenas de postos de trabalho, tinha acabado pouco antes o mestrado em Gestão de Empresas e via-se agora a braços com uma forma bem lusitana de encarar a vida, nos antípodas da sua Alemanha.

A Astrid rapidamente percebeu a idiossincrasia da nossa gente, a ancestralidade do nosso chão, e mais, começou a sentir que nunca uma alemã, antes de si, havia sido tão portuguesa, tão minhota, tão courense.

Passou a integrar o Rancho Folclórico da vila de Paredes de Coura, já falava a nossa língua com uma fluência que nos deixava de boca aberta, vivia em Rubiães e passava a ser uma courense, uma acérrima courense, defensora dos valores e das referências desta terra.

Passaram mais de trinta anos, hoje a Astrid divide os seus dias entre Paredes de Coura (freguesia de Infesta), a Alemanha e a Suécia (onde mantém cargos de gestão em várias empresas) e é uma courense de alma e coração, não há beco nem recanto do nosso concelho que não conheça de cor e salteado; não há courense que não veja nela um dos maiores embaixadores de Paredes de Coura por essa Europa.

356920268_1987843398226463_5212930023573789899_n (3).jpg

EMBAIXADORA DA ALEMANHA VISITA FAMALICÃO

botschafterin-julia-monar.jpg

A embaixadora da Alemanha em Portugal Julia Monar vai estar de visita ao concelho de Vila Nova de Famalicão na manhã desta sexta-feira, 28 de abril, para um contacto direto com um dos territórios mais exportadores do país, que reúne um conjunto significativo de empresas alemãs presentes, como a Continental Mabor, a Leica e a Olbo & Mehler.

ESTAÇÃO NÁUTICA DE ESPOSENDE VAI PARTICIPAR NA MAIOR FEIRA NÁUTICA DO MUNDO

Boot 2023 – Alemanha

A Estação Náutica de Esposende, em conjunto com as congéneres da Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Matosinhos e Espinho, vai participar na maior feira náutica do mundo, a Boot 2023, que decorrerá em Dusseldorf, Alemanha, entre os próximos dias 21 e 29 de janeiro.

IMG-20190120-WA0001.jpg

A presença ocorrerá num stand partilhado pelas Estações Náuticas do Litoral Norte, dedicado ao Turismo Náutico, no âmbito do projeto de Internacionalização da Rede de Estações Náuticas de Portugal, da Fórum Oceano, que visa a promoção e internacionalização da náutica portuguesa. 

A representação da “Náutica do Litoral Norte” aproveitará para divulgar todas as potencialidades deste território, sobretudo das atividades ligadas aos rios e mar, para além de dar a conhecer as empresas que operam no setor e proporcionar negócios com alguns operadores turísticos internacionais presentes no certame. Durante o decorrer da Boot, será feita a apresentação da brochura conjunta da “Náutica do Litoral Norte”.

Esta participação é também uma parceria com empresas turísticas de Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Matosinhos e Espinho com ligações à náutica. Este certame constitui uma excelente oportunidade para contactar com o público em geral, mas sobretudo com operadores europeus ligados à náutica (kitesurf, surf, etc.). Ao longo de nove dias passarão pelo certame alemão milhares de visitantes, proveniente de todo mundo.

As vantagens da localização da Costa do Litoral Norte assentam, essencialmente, na proximidade do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na oferta de uma rede rodoviária que facilita a acessibilidade ao território, bem como a proximidade de centros urbanos como a cidade do Porto e outros locais Património da Humanidade da Unesco, como o Vale do Douro, Guimarães, Braga, Santiago de Compostela, para além do Parque Nacional da Peneda Gerês (reserva da Biosfera).

Acrescente-se, ainda, as infraestruturas de apoio e a existência de muitas empresas a operar ao nível da náutica (operadores marítimo-turísticos), nas suas mais variadas vertentes (surf, kitesurf, vela, mergulho, canoagem, etc.). O clima ameno proporciona também condições para que se possam praticar muitas das atividades, durante a maior parte do ano.

Para além destes aspetos, a Costa Norte de Portugal, esculpida por rios e pelo Oceano Atlântico, tem impressa no seu ADN a experiência e o conhecimento adquiridos da indústria naval, dos descobrimentos e das rotas comerciais do Séc. XVI, passando pela atividade piscatória e pela indústria conserveira, até à diversificada oferta de atividades náuticas, com qualidade de excelência.

Esta ação insere-se no plano de Atividades da Estação Náutica de Esposende (2023_2025), e no Plano de Ação para a Sustentabilidade, Crescimento e Competitividade do Turismo em Esposende – 2023_2027, enquadrando-se também nas metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

IMG-20190120-WA0002.jpg

booot2023.png

Boot2023.png

FAMALICÃO REPRESENTADO EM MUNIQUE

Famalicão representado na maior feira mundial de materiais e acessórios para desporto

Vila Nova de Famalicão está na ISPO Munich 2022, feira internacional dirigida ao negócio de materiais e acessórios para desporto, que está a decorrer em Munique, na Alemanha, até dia 30 de novembro. O certame conta com a presença das empresas famalicenses Dune Bleue, Fradelsport, Oldtrading, Olmac, Trivialtex e TMG, bem como os centros de investigação CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos  e CITEVE - Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário, sendo que este último está a apresentar a linha ‘iTechStyle Green Circle’, constituída por produtos sustentáveis e ligados à economia circular.

Capturarfamunic1 (3).JPG

“É incontestável a qualidade e inovação que os nossos expositores apresentam, numa montra mundial que abre portas a novos clientes, novos negócios e, esperamos, um ainda maior volume de exportações” refere Augusto Lima, vereador da Economia e Empreendedorismo da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, aquando a sua visita ao espaço, esta segunda-feira. “É um excelente exemplo da afirmação de Famalicão como ‘Cidade Têxtil’, a nível internacional” realçou o autarca.

A edição deste ano da ISPO Munich tem como tema ‘New perspectives on sports’ e conta com uma participação recorde de 1.660 expositores, oriundos de 55 países, que estão a apresentar as últimas tendências do desporto de segmentos como desportos da neve, outdoor, saúde e fitness, urbano e desporto de equipa.

FERNANDO PIMENTA: LIMIANO D’OURO

Fernando Pimenta conquista o ouro em K1 5000 metros no Campeonato da Europa de Velocidade.

O canoísta limiano Fernando Pimenta conquistou este domingo a medalha de ouro na prova de K1 5000 metros dos Europeus de canoagem que se estão a disputar em Munique, na Alemanha.

O olímpico português, que é treinado pelo limiano Hélio Lucas Araújo, recuperou o título, que lhe fugia desde 2016, ao concluir a prova em 20.14,447, com o veterano espanhol Walter Bouzan a fazê-lo em 20.17,659, com o bronze a ficar para o polaco Rafal Rosolski, em 20.44,717.

Fonte: Rádio Ondas do Lima

18342827_1347457288682604_3454038812448106251_n (1).jpg

PINTOR ARCUENSE MUTES EXPÕE NA ALEMANHA

Mutes convidado a expor em Berlim

A convite da Galeria  Von Zeidler Art Gallery, sediada em Westfalische Str 82 Berlim, (Alemanha), o pintor Arcuense Mutes vai estar presente numa exposição de pintura, no dia 19 de Novembro, a 91 th International Cultural Exchange of Arts.

Nesta mostra Internacional de Arte, participam 54 artistas plásticos oriundos de 14 Países.

Esta é a 15 exposição internacional do autor.

Exposição Berlim.jpg

BRAGA: RICARDO RIO DEFENDE QUE CIDADES DEVEM LIDERAR RECUPERAÇÃO PÓS COVID-19

Autarca participou na Conferência anual da EUROCITIES

Ricardo Rio interveio esta Quinta-feira, dia 4 de Novembro, num painel intitulado “Recuperação Económica Sustentável: Viver e Trabalhar em Cidades Resilientes”, defendendo que devem ser as cidades a liderar a recuperação económica e que “quanto mais os países envolverem os autarcas nas decisões dos países, mais essa recuperação será eficaz e sustentável”.

Ricardo Rio Leipzig2.jpg

Este painel decorreu durante a Conferência anual da EUROCITIES, que se realizou esta semana em Leipzig, na Alemanha. Nesta discussão participaram ainda os responsáveis das Cidades de Tampere (Finlândia), Munster (Alemanha), Bruxelas (Bélgica) e ainda uma responsável da OCDE.

O tema desta conferência anual - “O poder das Cidades: transformando as Cidades” - esteve presente ao longo destes dois dias, onde participaram mais de duas centenas de políticos locais, dois comissários europeus, responsáveis de instituições europeias e da OCDE.

Na ocasião, Ricardo Rio enfatizou a “importância da criação de um clima de colaboração entre todos os agentes como pilar da resiliência das Cidades”. O Edil realçou ainda que “o sucesso de um território se mete também pela capacidade de atracção de pessoas, enquanto bolsa de talento, de renovação demográfica ou de diversidade cultural” e, como tal, os autarcas europeus devem apostar na “criação de condições de atracção e fixação das pessoas nas suas Cidades”.

Durante a sua intervenção, Ricardo Rio explicou que apesar da situação pandémica ainda não estar ultrapassada, é fundamental que os responsáveis governamentais encarem os planos de recuperação como uma “grande oportunidade para acelerar o desenvolvimento sustentável e preparar as economias para uma transição enérgica mais amiga do ambiente”. 

Nesta conferência, o Presidente da Câmara Municipal de Braga teve ainda a oportunidade de destacar alguns projectos em concreto para os próximos anos, como os planos da mobilidade que estão a ser desenhados em Braga, e explicar que o MetroBus e a renovação da frota dos transportes públicos em curso serão uma verdadeira revolução a nível local capazes de alterar o paradigma da Cidade.

Ricardo Rio integra a Comissão Executiva da EUROCITIES, a mais relevante organização de Cidades europeias que reúne mais de 200 municípios de 38 países. Esta foi também a sua primeira reunião presencial desde o início da pandemia, durante a qual aprovaram os planos para próximos anos. 

Além de Braga, a direcção desta rede, que é liderada pelo presidente de Florença, Dário Nardella, inclui os autarcas de Barcelona, Oslo, Varsóvia, Nantes, Roterdão, Tallin, Ghent, Estocolmo, Viena e Leipzig.

Ricardo Rio Leipzig3.jpg

Ricardo Rio Leipzig4.jpg

Ricardo Rio Leipzig.jpg

ASTRID EISCH: A COURENSE ALEMÃ

Veio viver para Paredes de Coura em 1990. Se é que não sou acusado de sexista, devo dizê-lo abertamente, uma jovem mulher cuja beleza estava para além do terreno, parecia ter descido dos céus, a Astrid Eisch. Todavia, muito mais do que o que acabo de escrever, era ao falar com a jovem alemã nascida em Nuremberga que percebíamos a sua personalidade forte e cintilante, mulher de raça, determinada, elegante no trato e de inteligência fulminante, porém, suave e altruísta na relação que começou de imediato a estabelecer com uma terra de que nunca ouvira falar.

236971599_1495138040830337_5754308602435201656_n.j

Veio gerir uma empresa em Paredes de Coura que começava a criar largas dezenas de postos de trabalho, tinha acabado pouco antes o mestrado em Gestão de Empresas e via-se agora a braços com uma forma bem lusitana de encarar a vida, nos antípodas da sua Alemanha.

A Astrid rapidamente percebeu a idiossincrasia da nossa gente, a ancestralidade do nosso chão, e mais, começou a sentir que nunca uma alemã, antes de si, havia sido tão portuguesa, tão minhota, tão courense.

Passou a integrar o Rancho Folclórico da vila de Paredes de Coura. Já falava a nossa língua com uma fluência que nos deixava de boca aberta, vivia em Rubiães e passava a ser uma courense, uma acérrima courense, defensora dos valores e das referências desta terra.

Passaram mais de trinta anos. Hoje a Astrid divide os seus dias entre Paredes de Coura (freguesia de Infesta), a Alemanha e a Suécia (onde mantém cargos de gestão em várias empresas) e é uma courense de alma e coração, não há beco nem recanto do nosso concelho que não conheça de cor e salteado; não há courense que não veja nela um dos maiores embaixadores de Paredes de Coura por essa Europa.

Fonte: Manuel Tinoco

233075226_1495138174163657_6381943428009929592_n.j

CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO CASTELO LAMENTA MORTE DO FUNDADOR DA EnerconPor

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo vai propor hoje, em reunião de executivo, um voto de pesar pelo falecimento, ontem, de Aloys Wobben, presidente e fundador da multinacional do sector eólico Enercon, com várias empresas instaladas em Viana do Castelo e também cidadão de honra do concelho.

Capturarenercon.JPG

O empresário e engenheiro, pioneiro no sector eólico, foi um dos responsáveis pelo forte impulso dado em Portugal nesta área, instalando em viana do Castelo cinco empresas em duas zonas empresariais. Da Enercon saem, desde 2006, geradores para produção de energia em todo o mundo, transformando Viana do Castelo num dos principais exportadores.

Foi por essa razão que, em 2014, a Câmara Municipal de Viana do Castelo lhe atribuiu o título de Cidadão de Honra de Viana do Castelo, no âmbito das comemorações do 166.º aniversário de elevação de Viana do Castelo a cidade.

“Pela importância para a economia e pela história de relação de Aloys Wobben a Viana do Castelo, a Câmara Municipal de Viana do Castelo aprova um voto de pesar em reunião de Câmara, a endereçar à família e aos responsáveis da empresa”, refere o documento.

Foto: https://www.focus.de/

MERCADO AGROLIMIANO JÁ CHEGOU AO COMÉRCIO LOCAL NA ALEMANHA

O Mercado Agrolimiano é um projeto promoção e venda de produtos agroalimentares de Ponte de Lima – quer online, quer na loja física, numa parceria entre o Município de Ponte de Lima e a COOPALIMA - Cooperativa Agrícola de Agricultores Vale Lima.

Informações.jpg

A plataforma "Mercado Agrolimiano" foi criada há cerca de seis meses, aquando da realização da VI Feira 100% Agrolimiano, em formato digital. O projeto continua ativo com a loja online em: www.mercadoagrolimiano.pt. Promovendo assim, a produção limiana de vinho verde e cidra, produtos de charcutaria e fumeiro, carne das raças autóctones, mel, doces e compotas, chocolates, produtos de pastelaria e padaria, hortícolas, cogumelos e frutas da época.

Atualmente, a loja online conta com 22 produtores inscritos com cerca de 250 artigos online e centenas de encomendas enviadas.

Maio e junho, são meses em que vários artigos limianos chegam ao comércio gourmet na Alemanha através da nossa plataforma. Sendo divulgados nas redes sociais de lojas alemãs, como artigos de excelência: www.facebook.com/marafado.berlin e www.instagram.com/marafado_berlin/

As vendas do projeto Mercado Agrolimiano têm crescido a nível nacional e o objetivo imediato é alargar os envios para Espanha, abrindo caminho para entrar em outros mercados internacionais.

Ponte de Limaagrr.jpg

Selo Agrolimiano.jpg

FAMALICENSES NO SISTEMA CONCENTRACIONÁRIO NAZI EM DESTAQUE NA EXPOSIÇÃO NA CASA DO TERRITÓRIO DE FAMALICÃO

A exposição estará patente de 18 de julho a 19 de dezembro na Casa do Território, Parque da Devesa

A exposição “Trabalhadores Forçados Portugueses no III Reich e os Famalicenses no Sistema Concentracionário Nazi”, originalmente criada pelo Instituto de História Contemporânea (IHC) para o Centro Cultural de Belém, em 2017, estará patente a partir do dia 18 de julho até ao dia 19 de dezembro, na Casa do Território, no Parque da Devesa. Esta aborda o tema dos portugueses que foram sujeitos a trabalhos forçados durante o sistema concentracionário do III Reich (1939-1945) e inclui um núcleo dedicado a famalicenses que passaram pelo sistema nazi durante este período.

DSC_7020.JPG

A investigação internacional, realizada por uma equipa do IHC da Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, sobre os portugueses que se viram envolvidos no recrutamento para o trabalho forçado e nos campos de concentração do III Reich, desvendou caminhos que levam a afirmar que muitos portugueses não ficaram incólumes ao conflito, apesar de Portugal ter-se assumido como um país neutro na II Guerra Mundial. Os materiais expostos resultam da investigação realizada por uma equipa liderada por Fernando Rosas que, desde 2014, procura estudar as vítimas portuguesas do nazismo.

Um dos núcleos da exposição terá uma componente local e será dedicado a alguns famalicenses que a investigação revelou terem sido vítimas diretas do nazismo. Entre os trabalhadores portugueses identificados no decurso da pesquisa, um número assinalável é oriundo do concelho de Vila Nova de Famalicão e de outros concelhos do norte do país, o que orientou, num segundo momento, uma equipa de investigadores locais que trabalhou, em estreita colaboração com a equipa de investigação referida, para clarificar o contexto social e económico do território famalicense, as razões e rotas de emigração para França e compreender o envolvimento de famalicenses nas malhas do sistema concentracionário nazi.

A inauguração da mostra decorre no próximo sábado, dia 17 de julho, estando a sessão restrita a convidados devido à situação pandémica. A partir do dia 18 de julho, estará aberta ao público de segunda a quinta-feira das 09h30 às 13h00 e 14h00 às 17h30, assim como aos domingos das 14h30 às 18h30.

DSC_7057.JPG

LIVRARIA TFM – UM ESPAÇO EMBLEMÁTICO DA CULTURA LUSÓFONA NA ALEMANHA

  • Crónica de Daniel Bastos

Fundada no dia 2 de maio de 1980 na cidade de Frankfurt, uma das maiores cidades da Alemanha, pela ação visionária do português nascido em Moçambique, Teo Ferrer de Mesquita, a livraria TFM - Centro do Livro e do Disco de Língua Portuguesa, permanece ao longo das últimas quatro décadas como um espaço emblemático da cultura lusófona no coração da Europa.

30128522348_0068acc1a9_b

A viver no território germânico há mais de meio século, o provecto livreiro além de responsável pela criação da primeira livraria lusa na Alemanha, tem sido ao longo dos anos um prodigioso dinamizador e mobilizador cultural. Ativismo expresso, por exemplo, no seu trabalho durante mais de 20 anos com a Alte Oper de Frankfurt, que permitiu levar ao público alemão grandes nomes da música portuguesa, entre eles, Amália Rodrigues, Carlos Paredes e José Mário Branco.

Assim como na presença lusa na Feira do Livro de Frankfurt, o maior encontro mundial do setor editorial, contexto que levou a que em 1998 estivesse no certame ao lado de José Saramago, quando este recebeu a notícia do Prémio Nobel da Literatura, e tenha estado a convite do mesmo na cerimónia de entrega do galardão em Estocolmo.

Este dinamismo impulsionou a TFM na organização de várias leituras com escritores de referência da língua portuguesa, como José Saramago, António Lobo Antunes ou José Cardoso Pires. Mas também a assumir inclusive uma vertente editorial no seio do espaço lusófono, que esteve já na base de edições bilingues, português e alemão, de consagrados autores brasileiros, como Manoel de Barros ou João Ubaldo Ribeiro.

Atualmente gerida por Petra Noack, colaboradora de longa data de Teo Ferrer de Mesquita, a TFM prossegue como um espaço de referência da cultura lusófona na Alemanha, colaborando por exemplo, regularmente com o Camões – Centro Cultural Português em Berlim na organização de leituras com autores como Patrícia Portela, Rui Cardoso Martins, Kalaf Epalanga, Isabela Figueiredo ou João Paulo Cuenca.

O papel de relevo e promoção cultural desempenhado pela Livraria TFM ao longo das últimas quatro décadas na Alemanha concorreu para que em 2015, este verdadeiro baluarte da língua portuguesa no coração da Europa, fosse distinguido com o Prémio Alemão das Livrarias, que distingue pequenas livrarias germânicas  com uma oferta literária selecionada e uma programação cultural especial.