Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

“SE EU FOSSE…”, DE RICHARD ZIMLER VAI SER APRESENTADO NA BIBLIOTECA DE CAMINHA

Apresentação do livro vai ter lugar sábado, dia 2 de maio, pelas 10h30

“Se eu fosse …”, de Richard Zimler é o livro que vai ser apresentado na Biblioteca Municipal de Caminha já no sábado, dia 2 de maio, pelas 10h30. Ilustrado por Aurélie de Sousa, este livro é uma obra que desafia e estimula a imaginação das crianças. Esta é mais uma das atividades promovidas pela autarquia que visa a promoção do livro e da leitura.

Richard Zimler é um reconhecido romancista, mas também se tem destacado a escrever livros infantis. Não é a primeira vez que Zimler visita a Biblioteca de Caminha. Recorda-se que Zimler esteve aqui no passado mês de agosto onde apresentou outro dos seus livros “A Sentinela”.

Quanto ao livro “Se eu fosse …”, na sinopse lê-se: “Imagine ser capaz de voar como uma borboleta, saltar como um canguru ou espreitar o cimo das árvores como uma girafa. Todos sabemos que as crianças, frequentemente, fantasiam que conseguem adquirir as características extraordinárias dos animais, desde os mais pequenos aos mais majestosos. E é bom que o façam! Porque os mais jovens têm de "viver" estas transformações e ter aventuras libertadoras para se tornarem adultos criativos e imaginativos, capazes de realizarem os seus sonhos”.

Na verdade, este livro “encoraja as crianças (e talvez os seus pais também!) a ultrapassarem as suas limitações. Este livro convida os mais jovens a nadarem como um peixe tropical ou a cantarem como um melro – ou até mesmo afastarem os banhistas da praia com o “sorriso” de um tubarão!”.

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque, trocou a "big apple" pelo Porto, a cidade que o encantou, mas em Caminha passa também largas temporadas.  

Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou dez romances, uma coletânea de contos e dois livros para crianças. A Sétima Porta, A Sentinela, O Último Cabalista de Lisboa e Os Anagramas de Varsóvia são alguns dos seus títulos, considerados best sellers.