Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PONTE DE LIMA PROMOVE FEIRA DO CAVALO

Ponte de Lima promoveu a 8ª Feira do Cavalo de Ponte de Lima

A tradição equestre tem raízes bem vincadas na região do Minho e continua a atrair cada vez mais adeptos, como confirmou a 8ª Feira do Cavalo de Ponte de Lima, que registou uma forte adesão do público com cerca de 150 mil visitantes ao longo dos quatro dias da feira, consolidando este evento que fixa e reavive uma nobre tradição que desde sempre pertenceu às raízes da terra.

IMG_3993

A organização do evento é da Câmara Municipal / ACFN – Associação Concelhia das Feiras Novas em colaboração com a Associação Empresarial de Ponte de Lima, Centro Equestre de Ponte de Lima e Escola Superior Agrária de Ponte de Lima.

A Feira, participada por Criadores de Cavalos com a presença das melhores Coudelarias nacionais e estrangeiras, contou com delegações da Bélgica, Alemanha, Holanda, Inglaterra, França, Brasil, México e Angola. De referir que Angola aderiu recentemente à criação e promoção do cavalo lusitano como marca nacional de excelência.

As provas equestres são a componente principal da Feira já que são constituídas por várias modalidades de competição apreciadas pelos admiradores da arte.

Neste contexto a Feira saldou-se por um retumbante sucesso com a presença dos melhores cavaleiros nacionais em diversas modalidades, com referência para a jornada da Taça de Portugal em Horseball. No primeiro dia as Olimpíadas de Equitação Adaptada contaram com a participação de mais de 100 atletas.

Na Final da Taça de Portugal em Dressage, classificou–se em 1º lugar Luís Sampaio, em 2º Mário Jorge Machado e 3º lugar Luís Nobre. No Campeonato de Portugal de Dressage, levou a medalha de ouro, Maria Moura Caetano, apurando-se em 2º lugar Filipe Canelas Pinto e em 3º Daniel Pinto.

IMG_3782

As Coudelarias presentes desfilaram no sábado à noite, completando um espetáculo sempre muito apreciado, destacando-se a Coudelaria Santa Margarida como a Melhor Coudelaria e sagrando-se o Campeão dos Campeões o Guelo da Coudelaria Vila Viçosa.

Destaque ainda para a candidatura da Raça Garrana a património nacional, que mais uma vez teve um impulso nesta edição da Feira do Cavalo, cabendo ao Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, relembrar e solicitar a ajuda do poder central, dirigindo este pedido aos Secretários de Estado da Alimentação e Investigação Alimentar e da Cultura, que visitaram a Feira no sábado, durante a tarde. A raça Garrana, tem na região a maior expressão da sua distribuição geográfica e conta com um número crescente de amantes e criadores.

De realçar a presença de diversos ramos de atividade na Feira provando assim que a Feira consegue chegar a vários tipos de público e que quem vai ver as provas acaba sempre por visitar os expositores.

Na área dos expositores estiveram presentes mostras das raças autóctones com animais diversos e exemplares únicos pela sua elegância, porte e soberania sendo uma das mais visitadas e apreciadas.

O Artesanato ocupa cada vez mais um lugar de destaque no Município pela sua importância económica crescente e preservação da tradição; os artesãos promoveram e rentabilizaram produtos genuínos e de excelente qualidade que, cada ano que passa, fazem as delícias de todos os visitantes.

Em consequência da dinamização da feira, também o número de expositores tem aumentado em cada edição, devendo-se muito ao facto de diversas entidades desejarem ver o seu nome associado a este evento e de quererem marcar presença na Expolima dividindo o espaço com as provas equestres.

IMG_3741