Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PAREDES DE COURA RECEBE CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO VEGETARIANA

Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana.  21-23 de setembro

O investigador holandês Mark Post, pioneiro no mundo ao apresentar uma prova do conceito de carne artificial ou carne de laboratório, e o escritor norte-americano Gene Baur, a quem a Time Magazine descreveu como a “consciência do movimento pela alimentação”, são alguns dos oradores do 4º Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana, que reúne de 21 a 23 de setembro nesta vila do Alto Minho especialistas nacionais e figuras públicas que abraçaram um modo de vida mais ético e sustentável.

Capturarpc

Organizado pelo Município de Paredes de Coura em parceria com a Associação Quinta das Águias, desde 2015 que o Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana tem reunido peritos de diferentes áreas do saber, permitindo-nos desenvolver uma visão mais global sobre as consequências da nossa alimentação e, cada vez mais, tem centrado a sua atenção em estratégias e soluções de mudança.

Assim, o professor na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra João Malva fará uma comunicação sobre a relação entre estilo de vida, nutrição e envelhecimento saudável. Já o norte-americano Will Tuttle irá expor algumas das ideias principais do seu best-seller, ‘The World Peace Diet’, o qual apresenta uma nova perspetiva das causas subjacentes da injustiça, do conflito e da doença, mas também, entre outros, o australiano Alphonse Roex, presidente da organização sem fins lucrativos “Doctors for Nutrition”, apresentará uma comunicação sobre o tema Saúde e Nutrição, à semelhança do que vem fazendo em hospitais e escolas médicas da Holanda e Austrália.

Mais uma vez, a noite de sábado está reservada para a projeção de um documentário, cabendo este ano ao “Chasing the thunder” – Sea Shepherd. O filme acompanha dois barcos da Sea Shepherd, fundada pelo lendário Paul Watson, para localizar e cessar a atividade baleeira ilegal, no período em que perseguem um conhecido navio pesqueiro chamado Thunder.

Ao observar a situação global e o impacte das nossas escolhas em diferentes partes do mundo, compreendemos que não só temos o poder para agir, como a responsabilidade de o fazer. Então percebemos que mudar os nossos hábitos pode tornar o mundo melhor para as gerações presentes e futuras.

Desde o primeiro Congresso Internacional Paredes de Coura Vegetariana deram-se grandes mudanças no mundo no que diz respeito a escolhas alimentares. Cada vez mais pessoas têm consciência do impacte que as suas escolhas têm na saúde, nas condições cruéis em que vivem os animais de exploração e no planeta Terra.

Por causa de uma crescente tomada de consciência, a ciência e a indústria têm-se dedicado à criação de alternativas às escolhas atuais, de soluções melhores para a nossa saúde, mais ecológicas e mais respeitadoras dos animais.

Oradores:

João Malva (Portugal), professor na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, com especialização em doenças neurodegenerativas, fará uma comunicação sobre a relação entre estilo de vida, nutrição e envelhecimento saudável.

Vincent Post (Holanda), especialista em águas subterrâneas, falará sobre a interpretação de estudos científicos por vezes contraditórios no que diz respeito a escolhas de estilo de vida.

David N. Cassuto (EUA) é professor de Direito na Pace Law School, onde leciona nas áreas de direito animal, direito ambiental e propriedade.

Matthew Glover (Reino Unido), fundador do projeto e associação Veganuary, fará uma exposição sobre as mais recentes conquistas do Veganuary e sobre a forma como este programa está a ajudar pessoas que querem mudar a sua alimentação. Irá também falar da implementação do Veganuary em Portugal.

Toni Okamoto (EUA) é fundadora de Plant Based on a Budget, um popular website, blog e plano alimentar que mostra como se pode poupar dinheiro através do consumo de legumes e vegetais. A sua comunicação desmistifica a ideia de que uma dieta vegetariana é muito mais cara do que uma alimentação com carne/peixe.

Gene Baur (EUA) é escritor e ativista pelo direito animal e pela alimentação. A Time Magazine escreveu que Gene Baur era a “consciência do movimento pela alimentação”. Opõe-se à pecuária industrial e defende aquilo que acredita ser um sistema alimentar mais justo e respeitador. É presidente e co-fundador do Farm Sanctuary, uma organização de proteção de animais de quinta. A sua comunicação tem o tema Integração Vegana: A Evolução de Um Movimento.

Mark Post (Holanda) é professor de Fisiologia Vascular na Universidade de Maastricht. Em 5 de Agosto de 2013 foi pioneiro no mundo ao apresentar uma prova do conceito de carne artificial ou carne de laboratório. Na sua apresentação falará sobre carne de cultura como transição para uma dieta com base em vegetais. 

Will Tuttle (EUA) irá expor algumas das ideias principais do seu livro best-seller, The World Peace Diet, o qual apresenta uma nova perspetiva das causas subjacentes da injustiça, do conflito e da doença, enquanto oferece uma reflexão sobre a forma como cada um de nós pode contribuir para a paz mundial e para uma revolução benévola na nossa cultura e na nossa consciência.

Constança Carvalho (Portugal) é fundadora da PATAV (Plataforma Anti-Transporte de Animais Vivos), um movimento que tem como objetivo acabar com o transporte de animais vivos de Portugal para o Médio Oriente, que tem decorrido desde 2015. A sua exposição explica quais as consequências éticas e ambientais do transporte de animais vivos.

Ursula Goetz (Reino Unido) é cirurgiã veterinária e trabalha como veterinária-chefe na Mayhew International, uma organização com base no Reino Unido, responsável pela formação de veterinários de mais de 30 países.

Alphonse e Heleen Roex (Austrália) – Alphonse é obstetra e ginecologista e Heleen é pediatra. Ambos defendem saúde e nutrição vegetarianas, com base numa investigação sólida. A sua apresentação abordará a investigação mais recente nesta área.

Steve Jenkins e Derek Walter (Canadá) adotaram uma porquinha-miniatura de 2 kg e nunca pensaram que a sua vida estava prestes a mudar radicalmente. Ora, a pequena cresceu e cresceu até se tornar uma criatura de 300 kg, e o amor e a amizade que, entretanto, se desenvolveram inspiraram Steve e Derek a tornarem-se vegans e a construir um abrigo animal para ajudar animais de quinta.

Esther the Wonder Pig (“Esther, a Porca-Maravilha”) é uma porca doméstica que conta com um milhão e meio de seguidores nas redes sociais.

Brianna Cameron (EUA), do Good Food Institute, trabalha com empresas recém-criadas de carne de cultura e de carne “vegetariana”, ajudando as start-up a ter o maior sucesso possível. Na sua comunicação, falará sobre esta indústria alimentar em rápida expansão que produz substitutos vegetarianos para a carne.

Derek Sarno (Reino Unido) é co-fundador do Wicked Healthy, um blog sobre alimentação vegetariana que criou juntamente com o irmão, Chad Sarno. É Chef de Cozinha e Diretor Executivo na área de inovação vegetariana da Tesco, a maior cadeia de supermercados do Reino Unido. Derek Sarno ajudou a desenvolver as opções vegetarianas da Tesco, onde as vendas de produtos vegetarianos e veganos aumentou 25% entre 2016 e 2017.

Alex Cornelissen (Holanda) é CEO da Sea Shepherd Global e responsável por todos os movimentos marítimos da frota desta organização. Embora atualmente o seu trabalho se centre na gestão e não nas travessias marítimas, continua a participar em campanhas sempre que o tempo o permite. O capitão Cornelissen é presidente do conselho de administração da Sea Shepherd Alemanha, Luxemburgo, Holanda e Suíça, e faz parte dos conselhos da maior parte dos outros países onde a Sea Shepherd se estabeleceu.

Tobias Leenaert (Bélgica) é formador e estratega em The Vegan Strategist. É co-fundador da organização belga EVA (Ethical Vegetarian Alternative) e autor do livro How to Create a Vegan World.

Maria de Fátima Vieira (Portugal) é professora associada com agregação na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde leciona nas áreas de Estudos sobre a Utopia, Estudos Culturais e Estudos de Tradução. É coordenadora do projeto ALIMENTOPIA / Utopian Foodways e a sua comunicação incidirá sobre o periódico O Vegetariano, que circulou em Portugal entre 1909 e 1935.

Joep Ingen Housz (Portugal) é membro da administração da Associação Quinta das Águias e chef de cozinha vegan. Além de fazer parte da organização do congresso, a Quinta das Águias é um santuário de animais e da biodiversidade e recentemente juntou-se ao movimento pela liberdade da troca de sementes, de forma a preservar sementes originais e a sua biodiversidade, bem como a proteção do direito de as produzir, preservar e partilhar. O título da sua comunicação é "As sementes e o futuro da alimentação".