Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

PAREDES DE COURA PROMOVE LAMPREIA DO RIO MINHO

“Lampreia do rio Minho: um prato de excelência”

estrolho + bolo do tacho + padeca + almofadinhas + biscoitos de milho

sexta | 25 jan |16h00 | Abrigo do Taboão, Paredes de Coura

A 10ª edição da “Lampreia do rio Minho: um prato de excelência”, que decorre até 15 de abril, tem a sua apresentação esta sexta-feira, dia 25 de janeiro, no Restaurante Abrigo do Taboão, em Paredes de Coura, numa iniciativa à qual não vai faltar a degustação de lampreia, bem como outras saborosas iguarias como o estrolho, bolo do tacho, padeca, almofadinhas e os viciantes biscoitos de milho tão característicos da rica gastronomia courense.

lampreia prato.jpg

Esta ação de promoção e valorização da lampreia do rio Minho, de que serão anfitriões o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura e o presidente da direção da ADRIMINHO  – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Vale do Minho, conta com o contributo do gastrónomo João Guterres e tem como principal objetivo a promoção de um produto/prato gastronómico tradicional que tem assumido, desde sempre, um caráter de forte atratividade turística para o vale do Minho, valorizando a lampreia do rio Minho enquanto recurso endógeno e promovendo as potencialidades naturais e culturais de cada concelho.

Na apresentação desta 10ª edição da “Lampreia do rio Minho: um prato de excelência” também estarão presentes elementos da Confraria da Lampreia do rio Minho e representantes dos municípios de Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença e Vila Nova de Cerveira, bem como os restaurantes aderentes do território do vale do Minho, tanto mais que a lampreia-marinha é uma das espécies migratórias capturadas pelos pescadores profissionais e artesanais com mais tradição no rio Minho, sendo um recurso de elevado valor gastronómico que atrai muitas pessoas de Portugal e Espanha no período de janeiro a abril.

Tratando-se de um prato gastronómico considerado produto de referência nacional e internacional, particularmente no mercado ibérico, a lampreia do rio Minho ganha maior relevo quando acompanhada por outras iguarias de eleição, como acontece na rica gastronomia courense, quando acompanhada pelo estrolho, bolo do tacho, padeca, almofadinhas e os viciantes biscoitos de milho.

Estrolho de lampreia (criação de João Guterres, gastrónomo) - estrolho é milho triturado, que antigamente substituía o arroz e servia para confecionar pratos doces e salgados

Bolo do tacho de lampreia – bolo do tacho é confecionado com a massa da broa de milho e tradicionalmente leva em cima entremeada de porco

Padeca de lampreia – pão de trigo tradicional da freguesia de Padornelo, Paredes de Coura

Pizza de lampreia

Doces e o milho:

Almofadinhas courenses – invenção do chef Mário Ribeiro, confecionada com estrolho e frutos secos

Biscoitos de milho – biscoito tradicional courense, à base de farinha milha e em formato de &

PAREDES DE COURA E O MILHO

Paredes de Coura foi, em tempos idos, considerado o Celeiro do Minho. Disso faz prova o receituário que encontrámos à volta do milho e que constituiu a base da alimentação destas gentes, sobretudo em períodos de grande dificuldade. São muitas e diversas as receitas que fazem uso do milho, e todas elas resultam do saber popular acumulado que ainda hoje está muito presente nas gentes de Paredes de Coura. Quem criou estas receitas? Foram todos, e cada um foi acrescentando o seu gosto pessoal, enriquecendo e diversificando o património gastronómico courense. Em todas as receitas podemos sentir o cansaço das mãos que trabalharam a terra, mas também, o carinho das mãos que amassaram a massa e fizeram a broa para saciar os filhos.

Programa

25 de janeiro

16h00 – Abertura da Sessão – Presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura

16h15 – Presidente da ADRIMINHO – o papel da ADRIMINHO na valorização da gastronomia local

16h30 – Representante confraria da lampreia do rio Minho – o papel da confraria na promoção e valorização da lampreia do rio Minho

16h45 – Representante da CIM Alto Minho – os projetos de valorização e promoção da gastronomia do alto Minho

17h00 – Degustação da lampreia do rio Minho

Esta mensagem e todos os ficheiros anexos são confidenciais. Se recebeu esta mensagem por engano, agradecemos que avisem o seu destinatário e a apague. O Município de Paredes de Coura declina toda a responsabilidade pelas alterações, difusão ou edição sem autorização. This message and any attachments are confidential. If you have received this message by mistake, please notify the sender and destroy it. Município de Paredes de Coura declines all responsibility for this message if it has been altered, deformed, falsified or even edited or disseminated without authorization.