Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

OS MINHOTOS NÃO PRECISAM QUE ESTRANHOS VENHAM DIZER-LHES COMO OUTRORA SE DANÇAVA E TRAJAVA NA SUA REGIÃO

O folclore do Minho não é aquele que se exibe na casas típicas de fado aos turistas que na capital procuram uma rábula ao jeito do Parque Mayer – o folclore das nossas gentes é aquele que descreve os costumes dos nossos ancestrais com especial indidência a uma época pré-industrial.

10641258_10204887498933790_2845523135178847980_n

Se existe no nosso país região que se orgulha das suas tradições e sempre tem procurado preservá-las, essa região é o Minho – independentemente das sub-regiões artificialmente inventadas nos gabinetes ministeriais ou outros. Aceitar a intromissão de indivíduos estranhos ao Minho por parte dos próprios minhotos seria o reconhecimento da sua própria incompetência. Procurar, a título de exemplo, na lezíria ribatejana, uma qualquer espécie de indivíduos para darem aos ranchos folclóricos minhotos lições de folclore é no mínimo um insulto aos minhotos que se prezam de o ser.

O BLOGUE DO MINHO faz desse modo eco de tal insatisfação – para não referir declarado descontentamento! – em relação a tal intromissão. Os minhotos não são um bando de mentecaptos para que necessitem de serem tutelados por gente que deveria simplesmente remeter-se à lezíria. Não humilhem os minhotos!