Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

O GUERREIRO GALAICO

Nos confins do tempo: os guerreiros lusitanos

Estátua de guerreiro lusitano-galaico proveniente de Outeiro, Castro de Lezenho, perto de Vila Real. Encontra-se hoje exposta no Museu de Arqueologia de Lisboa. Datada da Segunda Idade do Ferro, ou seja, por volta da invasão romana, é um de muitos exemplares da cultura "castreja" exumados desde o século XIX em sucessivas campanhas arqueológicas no noroeste peninsular.

48405113_2238716626386692_3064340865116798976_n

Os guerreiros lusitanos vestiam uma camisa de cores garridas e ornamentadas com motivos talismânico e um saio com padrões de tartan, característico das culturas indo-europeias, apertado à cintura por uma cinturão com aplicações metálicas. Calçavam botins em couro. A cabeça era protegida por um capacete em bronze com um pico no topo do qual pendia um adorno de crina de cavalo.

Para defesa, carregavam um escudo redondo de madeira reforçado com aplicações metálicas e como arma a falcata, espada curta e arqueada lembrando uma foice.

Fonte: https://www.facebook.com/pg/novaportugalidade/about/?ref=page_internal