Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

NÚCLEO MUSEOLÓGICO TORRE DE LAPELA RECEBE 158 VISITANTES NO PRIMEIRO FIM-DE-SEMANA ABERTO AO PÚBLICO

86 cidadãos nacionais e 72 estrangeiros. Números oficiais de afluência de público no primeiro fim-de-semana. Com entrada gratuita, nova valência cultural permanecerá aberta, até finais de setembro, no seguinte horário: sexta-feira (14h00/19h00) e sábados e domingos (10h00/12h30 e 14h00/19h00).

Torre  (Large).jpg

 Inaugurado no dia 27 de maio, o Núcleo Museológico Torre de Lapela assume-se como mais um valioso cartão-de-visita cultural e turístico do concelho de Monção. Este fim de semana abriu ao público pela primeira vez, tendo recebido a visita de 158 pessoas, 86 nacionais e 72 estrangeiros.

Com entrada gratuita, o novo equipamento cultural permanecerá aberto, até finais de setembro, no seguinte horário: sexta-feira (14h00/19h00) e sábados e domingos (10h00/12h30 e 14h00/19h00).

A Torre de Menagem de Lapela, conhecida como a melhor varanda sobre o rio Minho agora batizada como Núcleo Museológico Torre de Lapela, mantem a sua postura imponente e mostra uma silhueta mais atraente, garantindo um maior contacto com a história local e uma paisagem deslumbrante sobre o rio Minho, casario tradicional de Lapela e margem galega.

A nova valência turística do concelho de Monção englobou a restauração da torre de menagem, a beneficiação do pavimento envolvente e a valorização dos canastros existentes. No total, cerca de 70 mil euros financiados no âmbito do “QREN – Valorização e Qualificação Ambiental – Eixo III – Património Cultural”.

Para o autarca local, Augusto de Oliveira Domingues, o Núcleo Museológico Tore de Lapela reforçaa aposta empenhada e responsável do atual executivo na efetivação da estratégia municipal assente na valorização do património construído e na revitalização da memória coletiva dos monçanenses.

Imóvel classificado como monumento nacional desde 23 de junho de 1910, a Torre de Menagem de Lapela constitui uma edificação com elevado significado histórico-cultural e um apelativo enquadramento sobre a envolvente fluvial e paisagística.  

Neste edifício carregado de histórias e memórias, pretendeu-se, através desta intervenção, a criação de uma imagem renovada de todo o interior, criando-se um espaço funcional para os visitantes e mais um elemento de promoção cultural do concelho, desta vez, debruçado sobre o troço internacional do rio Minho.