Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE VILA VERDE ENTREGA SELO DE "COMÉRCIO SEGURO" A ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS

O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Vitor Costa, e o Presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), Manuel Cunha Júnior, entregaram, esta terça-feira, os primeiros ‘kits’ informativos ‘Comércio Seguro’ a alguns estabelecimentos comerciais do centro histórico. A iniciativa vai abranger cerca de 250 espaços comerciais espalhados por todo o concelho, disponibilizando guias de boas práticas e um selo de garantia, atestando que o negócio está a cumprir todas recomendações de prevenção da Covid-19, emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

IMG_0547.jpg

Com a segunda fase do plano de desconfinamento governamental em curso, desde o passado dia 18 de maio, a Associação Empresarial de Viana do Castelo, em estreita parceria com a autarquia cerveirense, compilou um conjunto de informação que visa, por um lado, ajudar o comércio local a não descurar as orientações para uma adequada e responsável reabertura, e por outro lado, contribuir para restabelecer o ambiente de confiança junto dos consumidores.

Os ‘kits’ informativos incluem um guia personalizado a cada área de negócio com as recomendações da DGS, dicas importantes para os proprietários partilharem com os seus clientes, e o selo de ‘Comércio Seguro’ para colocar na porta ou na montra da loja, que é atribuído mediante a assinatura de uma declaração de compromisso.

Para assinalar o início desta ação de sensibilização de proximidade e de incentivo ao comércio local foram distribuídos, de forma simbólica, os primeiros ‘kits’ a um espaço comercial representativo de cada área de negócio. Nos próximos dias, colaboradores da Câmara Municipal vão percorrer todas as freguesias do concelho, de forma a abranger os cerca de 250 estabelecimentos comerciais identificados.