Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MUNICÍPIO DE AMARES ATRIBUI BOLSAS DE ESTUDO

Autarquia de Amares atribui 25 bolsas de estudo a alunos do ensino superior

O Município de Amares vai direcionar um total de 27 mil euros para apoiar 25 alunos do concelho que frequentam o ensino superior e cujas famílias possuem comprovadas carências económicas. Para o autarca Manuel Moreira, “este é um apoio social importante” e “um incentivo a todos os jovens amarenses para que possam prosseguir os seus estudos, independentemente da situação económica do seu agregado familiar”.

bolsas estudo.jpg

As bolsas de estudo atribuídas esta semana numa cerimónia presidida pelo presidente da Câmara, Manuel Moreira, e pela vereadora da Educação, Cidália Abreu, constituem uma forma da Câmara Municipal de Amares proporcionar benefícios sociais aos estudantes residentes no município, promovendo a sua valorização educativa, formativa e pessoal. Segundo o autarca Manuel Moreira, a educação é “uma prioridade desta Câmara Municipal” e “trabalhamos para que ela seja de qualidade, desde o pré-escolar até à universidade”. Os mais de mil euros que cada aluno recebe, no âmbito da bolsa municipal, permite “aliviar as despesas, quer seja de alojamento, propinas, material escolar ou alimentação, que os pais, muitas vezes, têm dificuldades em suportar”.

As bolsas de estudo são atribuídas, anualmente, a todos os jovens amarenses que frequentam a universidade, oriundos de famílias com baixos rendimentos e que cumpram os requisitos estabelecidos em Regulamento, nomeadamente o aproveitamento escolar no ano letivo transato. A candidatura é efetuada nos serviços municipais de Educação, no início de cada ano.

O valor da bolsa varia entre os 750 euros e os 1500 euros anuais, caso os alunos recebam ou não outra bolsa de valor superior a 50 por cento do Indexante dos Apoios Sociais (IAS) em vigor. As bolsas de estudo são pagas em duas tranches de montante igual sendo a primeira paga em abril e a segunda em junho.