Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MONÇÃO EXPÕE CAMÉLIAS NO CINE TEATRO JOÃO VERDE

Monção promete um fim-de-semana com intenso aroma a camélia. O Cine Teatro João Verde recebe uma exposição dedicada aquela planta complementada com apresentação de trabalhos de pintura e cerâmica artesanal, oficina de trabalho e momentos musicais.

cartaz camélias (1).png

Nestes dois dias, serão mostrados diversos trabalhos feitos com camélias e realçada a importância do cultivo desta planta. Além de floristas e viveiristas, estarão presentes associações locais e galegas. A abertura oficial, com a presença da vice-presidente da autarquia monçanense, Conceição Soares, está marcada para as 15h00.

Pelas 21h30, realiza-se um sarau musical com o Grupo Popular “Os Teimosos” e as “Voces de Arrieiro”, agrupamento galego. As entradas são gratuitas, contudo, é necessário fazer o respetivo levantamento do bilhete na Loja Interativa de Turismo, Praça Deu-la-Deu, T. 251 649 013.

No dia seguinte, domingo, decorre uma oficina de trabalho de desenho e técnicas de impressão sobre camélias, orientado pelo ateliê Flor Agreste. Destinada a maiores de 15 anos, realiza-se entre as 9h30 e as 12h30, com inscrições gratuitas para o seguinte correio eletrónico: agresteflor@gmail.com.

A exposição de camélias encerra às 20h00. Ao longo dos dois dias, na galeria do Cine Teatro João Verde, estão patentes ao público trabalhos de pintura, da autoria de Joana Degues, e de cerâmica artesanal, da autoria de Patricia Oliveira. Desta forma, a beleza natural junta-se à criatividade artística num palco privilegiado de fruição cultural

MONÇÃO PRESENTE NA FEIRA DE NANTERRE

O Município de Monção, representado pelo presidente da autarquia, Augusto de Oliveira Domingues, e pelo vereador das Atividades Socioculturais, Paulo Esteves, estará presente na Feira de Nanterre, arredores de Paris, que decorre este fim de semana, 7, 8 e 9 de abril. A abertura oficial realiza-se na sexta-feira, pelas 18h00, hora local.

Entre outros setores, a representação monçanense far-se-á notar com empresas ligadas à produção de vinho Alvarinho, fumeiros tradicionais, transportes e logística. A Comissão de Festas em Honra à Virgem das Dores também marca presença. O objetivo geral é divulgar o melhor do concelho de Monção junto da comunidade portuguesa e francófona.

Naquele certame, com organização da Associação Recreativa e Cultural de Originários de Portugal (ARCOP), o Grupo Roconorte, muito acarinhado pelos nossos emigrantes, voltará a animar o recinto. Além de Monção, estão representados mais 22 municípios portugueses.

Na habitual intervenção na abertura oficial do certame, Augusto de Oliveira Domingues, vai deixar a mensagem que “Monção é, cada vez mais, um concelho onde vale a pena viver, passar férias e investir”. Para os monçanenses, acrescenta, estão reservados abraços e beijos e um brinde pelo futuro da nossa terra.

nanterre (1).jpg