Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MINHOTOS INVADEM LOURES

- O Minho é Verde – Folclore é Verde Minho!

As gentes do Minho radicadas na região de Lisboa invadiram hoje a cidade de Loures, levando a esta localidade a alegria e exuberância do folclore da nossa região. Por um dia, Loures virou terra minhota, esquecendo por breves instantes as suas tão genuínas tradições saloias.

Situado na periferia de Lisboa, Loures é sede de um concelho com origens predominantemente rurais onde os fluxos migratórios não foram ainda suficientes para apagar as marcas da sua identidade. A partir da década de sessenta do século passado, os planos de construção de novas urbanizações em Santo António dos Cavaleiros atraíram para esta região gentes oriundas dos mais diversos pontos do país, muitas das quais já se encontram fixadas na própria capital. Na sequência da descolonização dos antigos territórios ultramarinos, passou ainda a receber pessoas provenientes dos mais diversos pontos do mundo, transformando-se num autêntico mosaico de gentes e culturas.

Verde Minho - Loures 154

Hoje foi dia dos minhotos se juntarem no Parque da Cidade de Loures, tendo como cenário a magnífica réplica das ruínas de S. Paulo, em Macau, a qual serviu de fachada ao Pavilhão de Macau na Expo’98. E ali exibiram os seus trajes caraterísticos, as suas danças e cantares e sobretudo a sua alegria, cantando e dançando o vira e a chula ao som da concertina, bem ao jeito das mais alegres romarias do Minho. Tratou-se do XXII Encontro de Culturas Verde Minho.

Verde Minho - Loures 186

Antes, porém, foram recebidos nos Paços do Concelho de Loures onde, em representação do Presidente da edilidade, a vereadora Maria Eugénia Coelho deu as boas-vindas a todos os grupos folclóricos participantes, ali calorosamente recebidos também pelos demais autarcas e representantes de outras entidades locais.

Seguiu-se um animado desfile etnográfico pelas ruas do centro histórico da cidade de Loures rumo ao Parque da Cidade- o Grupo de Bombos Zés Pereiras Os Baionenses, de Baião fizeram uma autêntica arruada, anunciando a festa com o rufar dos seus bombos bem à maneira das nossas mais genuínas e alegres romarias, tendo o Grupo de Bombos Zés Pereiras das Mercês, de Sintra, fechado o cortejo com o rufar dos seus bombos. Seguiu-se o anfitrião Grupo Folclórico e Etnográfico Danças e Cantares Verde Minho, o Rancho Folclórico e Etnográfico Palmeiras, de Braga; o Rancho Folclórico de Meãs do Campo em representação do Baixo Mondego; o Rancho Folclórico de Alvarelhos, da Trofa; o Grupo de Danças e Cantares do Clube Novo Banco e as Escolas de Concertina Filipe Oliveira.

Verde Minho - Loures 055

Verde Minho - Loures 054

Verde Minho - Loures 091

De referir que, apesar do concelho da Trofa se encontrar inserido do distrito do Porto e, por conseguinte, fazendo parte da província do Douro Litoral, aquele concelho é parte integrante da mesma região etnográfica do Minho coincidente com a antiga Comarca d’Entre o Douro e Minho.

No final, ficou a nostalgia de quem revive à distância a alegria e a exuberância dos usos e costumes da sua terra – o Minho!

Verde Minho - Loures 099

Verde Minho - Loures 145

Verde Minho - Loures 171

Verde Minho - Loures 156

Verde Minho - Loures 152-2

Verde Minho - Loures 017