Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MINHOTOS EM ANDORRA ORGANIZAM FESTIVAL DE FOLCLORE

Grupo de Folclore Casa de Portugal comemora 19 anos de existência

O “Grupo de Folclore Casa de Portugal” no Principado de Andorra, leva a efeito nos próximos dias 1 e 2 de Maio, a quinta edição do Festival de Folclore Ibérico – Principado de Andorra. Trata-se de uma iniciativa que visa celebrar o 19º aniversário daquela entidade cultural, fundada a 1 de Maio de 1996.

XIX CARTAZ FESTIVALc

Nesta edição, a cultura tradicional da Península Ibérica estará a cargo, em representação de Andorra, pelo Esbart Dansaire d’Andorra la Vella, em representação de Espanha, pela Agrupación Virgen de las Nieves de Tanos – Torrelavega (Cantabria), e pelo Rancho Regional Recordar é Viver de Paramos – Espinho (Portugal) que juntamente com o Grupo anfitrião representarão o folclore lusitano.

No dia 1 de Maio, terá lugar a Sessão Solene no Comú d’Escaldes-Engordany (Câmara Municipal), onde os Grupos serão recebidos pela Cònsol Major (Presidente da Câmara), Sra. Trini Marín e à qual assistirá também o Sr. Manuel Dias, Presidente da Junta de Freguesia de Paramos. Na cerimónia serão impostas a fitas comemorativas e será feita a entrega de lembranças alusivas ao Festival.

No dia 2 de Maio, sábado, a partir das 21 horas realiza-se o desfile pelas ruas de Escaldes-Engordany, coincidindo com o evento de rua “Nit Vivand”, um espaço comercial e de lazer para os turistas que visitam o país.

Após o desfile, a Sala do Prat del Roure será o palco principal das celebrações onde, a partir das 22 horas, mais de 150 folcloristas apresentam as danças e cantares tradicionais ao enumero publico que tradicionalmente assiste ao encontro ibérico de culturas, com entrada gratuita.

A realização deste Festival, não seria possível sem a colaboração do tecido empresarial português e andorrano que anualmente tem apostado na sua concretização, e que este ano será transmitido via internet pela Rádio Ondas de Portugal.