Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MÉDICO NELSON RODRIGUES LANÇA LIVRO DE POESIA EM VILA NOVA DE CERVEIRA

Nelson Rodrigues apresentou no passado sábado, o livro de poemas ‘Primeiro Canto‘, sob o pseudónimo de Luís Lenso, numa edição da Chiado Editora. O evento teve lugar na Porta Treze (Associação Poética de Todas as Artes), em Vila Nova de Cerveira.

Nascido no Canadá, o médico Nelson Rodrigues desde os 3 anos dividiu a sua vida pelos Arcos de Valdevez, Ponte de Lima e Viana do Castelo.

Foi Maria Seis Dedos, da Direção desta Associação, quem abriu a sessão ao abordar a obra do autor que estava inicialmente para ser feita pelo conhecido escritor Luandino Vieira o qual esteve ausente por razões de doença. Para ela, Luís Lenso ‘ interroga-se e procura uma explicação sobre tudo, brinca com as palavras mas estas também brincam com ele e, por vezes, brinca com o leitor ‘, para logo acrescentar que o autor ‘ gosta de olhar as estrelas ‘. Nelson Rodrigues interveio e começou por justificar o pseudónimo: ‘ Lenso é o anagrama do meu nome e Luís porque combina com Lenso ‘, para logo adiantar que ‘ o título de Primeiro Canto tem a ver com o facto de entender a poesia como um canto ‘, revelando que o desenho da capa ‘ foi o primeiro que ele fez ‘. O poeta fez ainda uma referência a um aforismo de Oscar Wilde em que ‘ o objetivo do artista é revelar a arte e esconder-se ‘, o que, no entender do orador ‘ não deverá ser só na arte mas em qualquer atividade humana ‘. Luís Lenso culminaria a sua intervenção com a declamação de 2 sonetos, ‘ David e Betsabé ‘ e ‘ Prova Ontológica da Não Existência de Deus ‘, antecedidos de uma explicação quanto á forma e conteúdo daquele do capítulo em que estavam inseridos, para logo mostrar grande admiração por Alves Redol que considerou ‘ um grande vulto do neorrealismo português ‘. Outros poemas foram ainda lidos pelas suas duas filhas, uma sobrinha e pela mãe.

Nelson Rodrigues foi o principal responsável do Centro de Saúde de Darque e atualmente é diretor do internato médico de medicina geral da ULSAM (Hospital Distrital de Viana do Castelo) e é presidente do Conselho Distrital da Ordem dos Médicos desde 2008. Para além de um vasto currículo profissional, este clínico é um dos fundadores da Polaris (Associação de Astronomia vianense) e membro da Sociedade Portuguesa dos Escritores e Artistas Médicos.