Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

MECENAS DE BRAGA APOIAM THEATRO CIRCO

Renovação de parcerias de mecenato é sinal de confiança no projecto do Theatro Circo. Primavera BSS, Navarra Alumínios e Grupo DST são ‘patronos’ da programação cultural

O Theatro Circo pretende continuar na senda de crescimento e qualificação da programação cultural que se tem vindo a verificar nos últimos quatro anos e renovou a parceria de mecenato com as empresas Primavera BSS, Navarra Alumínios e Grupo DST. Estas três empresas Bracarenses são, segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, o “testemunho vivo” da vantagem para as empresas em se associarem ao Theatro Circo e a renovação do apoio mecenático é a certeza de que a centenária casa de espectáculos Bracarense está no caminho certo, pois continuam a depositar confiança neste projecto cultural que é já uma referência na região e no país.

2 (1).jpg

“O mecenato é hoje uma forte mais-valia para as instituições e para as empresas, aproximando-as em objectivos comuns. Actualmente ser parceiro de uma entidade como o Theatro Circo - que tem cumprido de forma exímia a sua missão enquanto equipamento dinamizador da actividade Cultural -, é também para as empresas uma enorme vantagem”, referiu Ricardo Rio durante a cerimónia de assinatura dos protocolos que decorreu esta Quarta-feira, 9 de Janeiro, no Salão Nobre do Theatro Circo.

2018 foi o ano em que o Theatro Circo atingiu o maior número de receitas próprias e alcançou a marca dos 101 mil espectadores, um dado que reforça o crescimento notável nos últimos anos.

“Para nós é uma grande vantagem poder contar com mecenas que tornam mais fácil a missão que todos assumimos de ter uma programação ambiciosa, ecléctica, que actualmente marca a diferença na região e no país e que tem vindo a dar passos fortes na internacionalização”.

Para o futuro, Ricardo Rio pretende que o Theatro Circo continue a “apostar na diferenciação e qualificação da programação” e, para isso, espera que mais empresas possam seguir o exemplo e se tornem mecenas.

Já Cláudia Leite, administradora do Theatro Circo, considerou que “o apoio dos mecenas tem sido determinante para a melhoria crescente da qualidade da programação, para a promoção de projectos de referência em diferentes áreas artísticas e para a criação de públicos”.

8.jpg

9.jpg

10.jpg

11.jpg

12.jpg