Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

JORNADA GASTRONÓMICA DO ARROZ PICA-NO-CHÃO À MODA DE VILA VERDE VAI SER UM SUCESSO EM LOURES

Jornada Gastronómica já tem mais de meia centena de inscritos

O sucesso registado na Jornada Gastronómica do Sarrabulho à Moda de Ponte de Lima que ontem teve lugar em Loures está a prenunciar um êxito ainda maior em relação ao Almoço do Arroz Pica-no-Chão – vulgo Cabidela de Frango do campo – que se encontra programado para o próximo dia 15 de Maio, no refeitório da Câmara Municipal de Loures. Ainda mal os comensais do Sarrabulho poisaram os talheres e já mais de meia centena se inscreveram a fim de participarem no tradicional Pica-no-Chão à moda de Vila Verde.

Screenshot_20211028-210437_Facebook.jpg

Trata-se uma vez mais de uma iniciativa do Grupo Folclórico Verde Minho que conta com o apoio das câmaras municipais de Loures e Vila Verde e do Clube de Gastronomia de Ponte de Lima.

A confeção está a cargo do conceituado Chef Fernando Torres, natural de Vila Verde, vencedor do Prémio Nacional de Gastronomia e ainda do vianense André Rodrigues, justamente reconhecido como o Melhor Cozinheiro Jovem.

A iniciativa deverá contar com a presença a confirmar da Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Drª Júlia Fernandes, entre outras entidades minhotas e do concelho de Loures.

As inscrições poderão ser efetuadas para o Grupo Folclórico Verde Minho, nomeadamente através do número de telemóvel 964006657.

Refira-se que o concelho de Vila Verde foi recentemente reconhecido no Festival Nacional de Gastronomia realizado em Santarém como a “Capital do Arroz Pica-no-Chão”.

Trazido do continente americano nas naus de Cristóvão Colombo, o milho passou a ser cultivado na nossa região e em todo o noroeste penínsular desde há aproximadamente cinco séculos. E, desde então enraizou-se de tal modo nos nossos hábitos alimentares que os minhotos passaram a ser conhecidos por “pica-milhos”.

“Pica-milhos” era uma das designações pelas quais os minhotos eram outrora apelidados, sendo também nas terras mais a sul conhecidos por “galegos”. De igual modo, o “pica no chão” é a designação que no Minho se atribui ao que genericamente designamos por arroz de cabidela, realçando-se porém a criação caseira das aves que está na origem da expressão.

- O Folclore também serve-se à mesa – venha provar o Património!

Capturarpicachao.JPG