Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ILUMINAÇÃO ARTÍSTICA DAS FEIRAS NOVAS DESLUMBRA NATURAIS E VISITANTES DE PONTE DE LIMA

A iluminação da festa em Ponte de Lima é porventura uma das mais exuberantes que se pode contemplar em todo o país. E, ano após ano, a cada edição das Feiras Novas, Ponte de Lima faz capricho por melhorar sempre a qualidade e os motivos artísticos dos arcos e da iluminação em geral dos monumentos da “bila”.

41337002_10217967866294799_6514796124753100800_n

Perde-se nos tempos a origem dos arcos de festa ou romaria que certamente estão na origem da nova forma de ornamentação iluminada. Por ocasião das festas, as gentes das respectivas localidades montavam um enorme arco em madeira, com motivos ornamentais que fazem lembrar as artes das rendeiras, magníficas obras de artesanato, geralmente de existência efémera. Para o efeito, as pessoas iam recolher as varas à floresta, geralmente ao baldio, aproveitando os troncos esguios de pouco rendimento.

Com o tempo – e o aparecimento da luz eléctrica que nalgumas aldeias tardou a chegar! – apareceram os arcos feitos em série e pintados com moldes, os quais eram iluminados por extensos “cordões” de lâmpadas, assinalando o local da festa e os respectivos percursos de acesso. E os tradicionais arcos de romaria foram caindo em desuso… apenas alguns concelhos como Barcelos procuram manter a tradição!

A beleza que a iluminação artística confere aos arraiais nocturnos tem levado a um aperfeiçoamento constante desta arte, proporcionando às festas uma excepcional decoração sempre muito apreciada pelo povo.

Fotos: José Carlos Vieira

41086322_10217970390237896_6952481965417168896_n

41320112_10217970393397975_3995355282283692032_n

41332507_10217970392757959_3228216952908414976_n (1)