Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

HÁ “DESORDEM VERTICAL” NA ALA DA FRENTE EM FAMALICÃO

Exposição de Pedro Casqueiro é inaugurada no dia 4 de março, pelas 18h00 e fica patente ao público até 27 de maio

O universo pictórico de Pedro Casqueiro, que explora formas, registos, diagramas, estruturas mentais e visuais denunciando uma pintura de pendor abstratizante, é o próximo desafio de interpretação artística a ser colocado aos visitantes da Ala da Frente - Galeria Municipal de Arte Contemporânea de Vila Nova de Famalicão.

Ala da Frente.jpg

A exposição “Desordem Vertical” vai ser inaugurada no próximo dia 4 de março, sábado, pelas 18h00, com a presença do autor, e estará patente ao público até ao dia 27 de maio de 2017, com entrada livre.

“Na Ala da Frente apresentam-se obras que nos permitem aceder a este universo pictórico de Pedro Casqueiro onde somos desafiados a uma observação cuidada e de atenção demorada, tempo necessário para convivermos com o corpo da Pintura”, refere a propósito da exposição António Gonçalves, curador da galeria

Pedro Casqueiro tem tido um percurso singular, coerente e com uma prática exigente do exercício da pintura. Não se propõe fazer uma representação do abstrato, mas aprofunda a conceção do abstrato. A pintura como forma de pensamento que vai sendo explorada nas mais cuidadas pesquisas, com recurso à cor, às formas geométricas que constroem universos de reflexão, de ironia, de profundidade de observação.

Pedro Casqueiro nasceu em Lisboa em 1959 onde vive e trabalha. Frequentou o curso de Pintura da Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa. Desde de 1981 que tem apresentado o seu trabalho em numerosas exposições individuais e coletivas.

Recorde-se que a Galeria Municipal “Ala da Frente”, assim chamada pelo facto da sala de exposição se encontrar na ala da frente do Palacete Barão da Trovisqueira, e por referência à contemporaneidade e vanguardismo associados ao espaço, foi inaugurada em 30 de maio de 2015, tendo iniciado o seu percurso com uma exposição de obras de Jorge Molder. Seguiu-se Rui Chafes, o vencedor do Prémio Pessoa 2015, com a mostra “Exúvia”, José Pedro Croft, com “Prova de Estado”, e Pedro Cabrita Reis com “Ridi Pagliaccio”.

FICHA TÉCNICA

Título da exposição: "Desordem Vertical"

Autor: Pedro Casqueiro

Data: 4 de março de 2017 a 27 de maio de 2017

Horário: Terça a Sexta das 10h00 às 17h30. Sábado das 14h30 às 17h30.

Encerra aos domingos e feriados.

Entrada: Gratuita