Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GUIMARÃES VOTA ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

Conheça a lista de propostas admitidas para o Orçamento Participativo de Guimarães 2014. Votação começa esta terça-feira, dia 2 de setembro

Resultado com as 74 propostas admitidas já foi publicado. Votação através da internet começa esta terça-feira e prolonga-se durante um mês.

O Município de Guimarães publicou esta segunda-feira, 01 de setembro, a lista final de propostas admitidas à fase de votação para a edição deste ano do Orçamento Participativo, depois de concluído o período de análise técnica, que decorreu entre 16 de maio e 15 de agosto, e de terem sido publicadas as propostas consideradas inelegíveis à luz do regulamento em vigor, fase à qual se seguiu a apresentação de contra-argumentação dos seus proponentes.

O período de votação decorre entre esta terça-feira, 2 de setembro, e 3 de outubro na plataforma digital do Orçamento Participativo de Guimarães, disponível em <http://op.cm-guimaraes.pt>, mediante a realização de um registo. Os cidadãos podem também exercer o seu voto numa das assembleias de voto que serão oportunamente publicitadas durante o mês de setembro.

Entre as 99 propostas apresentadas, a maior incidência encontra-se na implementação de estruturas de parques e espaços de lazer (34), seguindo-se as áreas da Cultura (14), Desporto (14), Infraestruturas (12), Social (10), Ambiente (6), Tecnologia (4), Educação (3) e Mobilidade (2). Resultante do extenso trabalho de análise técnica que incluiu tarefas como visita aos locais ou reuniões com os proponentes, o número de propostas elegíveis situou-se nas 74, tendo sido consideradas inelegíveis 30 propostas e duas foram alvo de fusão com ideias similares.

No período de análise técnica, a realização da estimativa de custos das propostas elegíveis resultou na segmentação de 46 propostas de projetos com valores até 50 mil euros e 28 propostas de projetos até 100 mil euros. Uma das novidades da edição deste ano é a constante atualização do número de votos de cada uma das propostas para que os cidadãos se mobilizem e escolham aquelas propostas que considerem ser as melhores ideias para reforçar a qualidade de vida no concelho de Guimarães.

A envolvência dos cidadãos na fase de análise técnica constituiu um importante fator para que o processo fosse o mais preciso e completo. A realização de reuniões e de visitas a espaços a intervir, além do estabelecimento de contactos com fornecedores, com o propósito de obter as melhores soluções na estimativa de custos para que cada uma das propostas fossem consideradas viáveis, constituiu uma prioridade dos responsáveis pela organização do Orçamento Participativo.

A preocupação dos cidadãos com o bem-estar comum foi evidente, com os munícipes a demonstrarem uma ampla visão no momento de apresentação das suas ideias, não se limitando a construir propostas para a sua rua ou o seu bairro, mas ideias que influenciam diretamente diferentes pontos do Município de Guimarães.

São vencedores os projetos mais votados pelos cidadãos e que tenham, pelo menos, 500 votos. O resultado da votação com os projetos mais votados será apresentado no dia 10 de outubro na Plataforma do Orçamento Participativo, mecanismo que permite aos cidadãos participarem ativamente no processo de decisão da Autarquia.