Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FRANCESES PROCURAM EM FAMALICÃO MÃO-DE-OBRA QUALIFICADA

Grupo Saint-Eloi criou a CMI no município famalicense onde estão a ser fabricados os painéis metálicos para a renovação da Estação Ferroviária de Bordéus. Mão-de-obra “qualificada e motivada” na origem da vinda de grupo empresarial francês para Famalicão

Foi a existência de mão-de-obra qualificada em Vila Nova de Famalicão e a experiência positiva com os trabalhadores emigrantes portugueses em França que fizeram com que o grupo Saint-Eloi deslocalizasse pela primeira vez em 40 anos parte da sua produção para fora de França. Em Janeiro deste ano nascia assim no concelho famalicense a CMI – Construções Metálicas Industriais, num processo mediado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa e pelos serviços técnicos do projeto Famalicão Made IN.

DSC_2683 (1).jpg

“É aqui que está a mão-de-obra qualificada que precisamos e chegamos à conclusão que é mais fácil trazer a empresa para cá do que continuar a levar os portugueses para lá, com os custos acrescidos que isso acarreta com viagens, estadia e alimentação”, reafirmou hoje o diretor de produção da empresa, Thierry Ferreira, durante a visita do Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, à empresa no âmbito do roteiro Famalicão Made IN e que contou com a presença do presidente do grupo Saint-Eloi, Hervé Gauvrit

Passados seis meses após o início da atividade, as instalações iniciais com cerca de 1000m2 já se tornaram escassas e a empresa deverá brevemente mudar-se para outras instalações com mais do triplo do tamanho. A CMI emprega neste momento 21 pessoas mas até ao final do ano deverão ser pelo menos 60. O plano de investimentos em curso implica um investimento global na ordem dos 5 milhões de euros.

Volume de trabalho não falta! O grupo está a trabalhar com a SNCF, empresa público-privada francesa de caminhos-de-ferro, na renovação das estações ferroviárias francesas. Neste momento na CMI em Portugal estão em produção as estruturas metálicas compostas por mais de 10 mil painéis metálicos que vão suportar os vidros para a renovação da Estação Ferroviária de Bordéus, uma das mais antigas da Europa. “É um trabalho de três anos, a que se juntam outras obras públicas francesas que absorvem 50% da produção do grupo”, anunciou Hervé Gauvrit.

Para o Presidente da Câmara Municipal a vinda do grupo Saint-Eloi para Famalicão é uma “excelente notícia para o município, que confirma a importância e atualidade do trabalho que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão tem vindo a fazer na valorização do ensino profissional no concelho, em articulação com as empresas e escolas do município”. E acrescentou, não escondendo a satisfação pela imagem profissional que os emigrantes portugueses deixam em França: “é bom perceber que o nosso território está bem referenciado ao nível da qualificação dos recursos humanos porque isso, como se comprova neste caso, é um fator acrescido de competitividade e atratividade do concelho.

DSC_2710 (1).jpg