Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FESTAS DE VILA VERDE FORAM DE ARROMBA!

Vila Verde: Festas de Santo António encerram em apoteose com concerto dos D.A.M.A.

As Festas Concelhias de Vila Verde terminaram exatamente da mesma forma que começaram, com um espetáculo de grande calibre que trouxe ao centro de Vila Verde largos milhares de pessoas.

A (513).JPG

Os D.A.M.A. não deixaram créditos por mãos alheias e as festividades encerraram em apoteose, com um mar de gente a inundar a Praça de Sto António, que ganhou um brilho especial com imensa moldura humana que vibrou do primeiro com ao último segundo com a atuação dos gigantes da música nacional. Em dia de Sto António, 13 de junho, destaque ainda para o desfile de Marchas Populares de Santo António, para a Grande Sessão de Fogo-de-artifício e para o espetáculo de música tradicional protagonizado pelos Amigos da Paródia de Parada de Gatim.

Milhares de pessoas nas marchas populares

O dia começou com uma Missa Solene em honra de Santo António, padroeiro do concelho de Vila Verde. Durante a tarde, a música popular tomou conta do centro de Vila Verde, com a atuação animada e extremamente divertida dos Amigos da Paródia de Parada de Gatim. Para o final da tarde, estava marcado um dos mais emotivos momentos das Antoninas de Vila Verde com as Marchas Populares de Santo António, que levaram miúdos e graúdos a desfilar num cortejo que encheu o centro de Vila Verde de cor, alegria e animação.

Depois, foi tempo de cada uma das marchas participantes pisar o palco para apresentar a respetiva coreografia. Uma iniciativa inclusiva que uniu crianças, adultos e seniores num ambiente de festa e diversão, que levou à sede de concelho vários milhares de pessoas. O número de participantes também tem subido de forma exponencial e quase duplicou em relação a anos transatos, o que demonstra que esta tradição está de pedra e cal no concelho.

A (633).JPG

Município tinha D.A.M.A. de trunfo na manga

O encerramento foi em apoteose porque o Município de Vila Verde ainda tinha uma D.A.M.A. de trunfo na manga. A conhecida banda nacional não defraudou as expectativas dos largos milhares de pessoas que chegaram de todos os pontos da região para ver a atuação ao vivo deste fenómeno de popularidade e protagonizou um concerto memorável. Os fãs vibraram do primeiro ao último tema, brindaram os artistas com chuvas de aplausos e cantaram todas as músicas em uníssono com os D.A.MA., que iam retribuindo o imenso carinho que receberam por parte da plateia.

A noite encerrou com a tradicional Sessão de Fogo-de-artifício, um belo espetáculo que encheu de cor e arte os céus de Vila Verde. O espetáculo pirotécnico assinalou de forma simbólica o encerramento das Festas Concelhias, que, durante cinco dias, trouxeram ao coração do Minho largos milhares de pessoas, que participaram ou assistiram a dezenas de eventos quem que a tradição e a etnografia assumiram lugar de destaque, promovendo de forma categórica a cultura e o território, enquanto contribuíam em simultâneo para a dinamização e o incremento da economia local, gerando dividendos para associações e empresas vilaverdenses. À genuinidade da cultura minhota juntaram-se grandes nomes da música nacional, numa aliança harmoniosa entre tradição e modernidade que se revelou um enorme sucesso.

DSC_0010.JPG

DSC_0156.JPG

DSC_0200.JPG