Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FESTA DAS COLHEITAS ATRAIU MULHARES DE VISITANTES A VILA VERDE

Festa das Colheitas. Dezenas de milhares de pessoas participaram na “maior festa de Vila Verde e uma das maiores festas deste país!”

Ao longo de cinco dias consecutivos, 9 a 13 de outubro, a Festa das Colheitas – XXVIII Feira Mostra de Produtos Regionais trouxe a Vila Verde o genuíno pulsar do mundo rural. Encerrou ontem com um dia recheado de iniciativas, com destaque para uma das mais emblemáticas, o XXIII Encontro de Tocadores de Concertina, que atraiu largas centenas de tocadores e voltou a ser muito acarinhado pelo público. Um evento ímpar de valorização da ruralidade, dinamização da economia e promoção da tradição da cultura popular, como frisou o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela.

fcolhviverd (1).JPG

No final, os objetivos foram amplamente alcançados. Para tal, muito contribuiu o empenho do Município de Vila Verde e de todos os parceiros (instituições, empresas, juntas de freguesia, associações, artesãos…) que se associaram a uma programação turístico-cultural que contou com a presença de dezenas de milhares de pessoas. “Deixo uma palavra de reconhecimento. É o trabalho de todos que faz da Festa das Colheitas a maior festa de Vila Verde e uma das maiores festas deste país”, afirmou António Vilela, agradecendo também ao público pela forte adesão ao certame.

fcolhviverd (2).JPG

Orgulho nas raízes

A vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, manteve a toada e fez um balanço muito positivo do evento. “Um hino ao mundo rural, às nossas tradições, à cultura popular… Tudo reunido na mesma festa, onde conseguimos ver toda a nossa essência. Isso orgulha-nos muito!”, referiu, acrescentado que a iniciativa já extravasou fronteiras e atrai visitantes de todo o país e até do estrangeiro. Júlia Fernandes destacou ainda a hospitalidade e genuinidade da população local, bem como a dedicação de todos os envolvidos: “É tudo feito com muito carinho e paixão”.

A Festa das Colheitas – XXVIII Feira Mostra de Produtos Regionais trouxe a Vila Verde os produtos frescos do campo, raças autóctones, gastronomia regional, recriações de práticas ancestrais, espetáculos de música ao vivo e artesanato, entre outros, num programa com mais de 40 iniciativas.

fcolhviverd (3).JPG

Largas centenas de tocadores de concertina

Nem a chuva que se fez sentir no último dia conseguiu esfriar o fulgor da Festa das Colheitas de Vila Verde. Apesar do mau tempo, o público não arredou pé para assistir ao XXIII Encontro de Tocadores de Concertina. Pelo palco passaram mais de 40 grupos e largas centenas de tocadores num hino à música popular organizado pela Associação Etnográfica de Vila Verde – Rancho Típico Infantil de Vila Verde. Em simultâneo, o Parque Industrial de Gême recebia a Corrida de Cavalos a Passo Travado, uma prova que fez as delícias dos amantes das atividades equestres. A organização ficou a cargo da Associação de Amigos do Cavalo – Passo Travado.

O dia começou com uma iniciativa direcionada para os amantes dos desportos em duas rodas com o Passeio de Ciclo Turismo do Cicloclube de Vila Verde. Das duas para as quatro rodas foi um salto de pardal, já que de seguida começou a Concentração e Desfile de Carros Clássicos. Uma atividade promovida pela Associação de Clássicos Rolantes em Antigos de Vila Verde que cativou o interesse dos apaixonados pelas ‘relíquias’ do mundo automóvel. Pelas 11h, com a igreja cheia de devotos e decorada a rigor com os produtos do campo, tempo de agradecer ao céu pelas bênçãos da terra. A Missa das Colheitas foi abrilhantada pelas vozes e melodias afinadas do Grupo Coral e da Academia de Música de Vila Verde e pelas oferendas do Rancho Típico Infantil de Vila Verde.

fcolhviverd (4).JPG

Desporto e natureza

Durante toda a manhã, o recinto recebeu os mais de 400 participantes no II Trail Vale do Homem. Uma iniciativa que incluiu Trail Longo (passou de 24 para 28 km), Trail Curto (14 km) e Caminhada (8km) para que todos pudessem desfrutar da imensa beleza natural das margens do Rio Homem. Depois, os atletas cortaram a meta em pleno recinto da Festa das Colheitas. Paulo Mesquita e Adriana Gomes venceram o Trail Longo, João Martins e Sara Araújo conquistaram o primeiro lugar do pódio no Trail Curto, em masculinos e femininos, respetivamente. A iniciativa dinamizada pela Associação de Freguesias do Vale do Homem premiou os participantes com elementos da cultura local, troféus em cerâmica adornados com pinturas dos motivos dos Lenços de Namorados.

De salientar também que, durante os cinco dias do evento, a XXVIII Feira Mostra de Produtos Regionais brindou o público com o que de melhor e mais genuíno o concelho e a região têm para oferecer. Dos produtos frescos do campo ao artesanato, passando pela gastronomia, queijo, fumeiro, doçaria, vinho… a oferta era ampla e diversificada nos 173 stands expositores presentes no recinto.

fcolhviverd (5).JPG

fcolhviverd (6).JPG

fcolhviverd (7).JPG

fcolhviverd (8).JPG