Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FESTA DA ORELHEIRA E DO FUMEIRO ATRAI MAR DE GENTE A CABECEIRAS DE BASTO

Leilão das Orelheiras cumpriu tradição em Cabeceiras de Basto

Meia centena de orelheiras foram ontem, dia 26 de fevereiro, a leilão na Festa da Orelheira e do Fumeiro que encerrou hoje em Cabeceiras de Basto. O leilão das orelheiras e outros produtos oferecidos pelos expositores de fumeiro presentes na festa foi muito participado neste domingo gordo que antecede o dia de Carnaval, atraindo um mar de gente ao Pavilhão Desportivo de Refojos.

17022360_1268748466545390_4568896867457703411_n.jpg

De acordo com a organização do evento, a iniciativa foi “um sucesso” não só pelo volume de negócios gerado, como pela afluência do público que esgotou o produto de muitos expositores/produtores deste certame. Orelheiras, alheiras, presuntos e chouriças foram as iguarias mais vendidas e os produtores mostraram-se muito satisfeitos.

Os Cabeceirenses têm sabido criar sinergias entre a tradição e as novas tecnologias, o que significa que a produção de enchidos/fumeiro desta região mantém os sabores e saberes ancestrais, estimulando a economia local e promovendo o concelho.

Durante o fim de semana foram milhares os visitantes desta 21ª edição do certame que ficou marcado pela atuação de vários grupos de música, dança e cantares ao desafio, jogos tradicionais e teatro. O Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, visitou no passado dia 25 de fevereiro a Festa da Orelheira e do Fumeiro, regozijando-se com a presença de muitos jovens produtores neste certame.

Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto há 21 anos, esta feira tem gerado dinâmicas socioeconómicas relevantes para o comércio e a restauração locais.

A Festa da Orelheira e do Fumeiro, que este ano contou com 80 expositores, ficou assim marcada pela exposição/venda de produtos locais, pela animação musical e pela promoção da ‘Tasquinha’ com os sabores mais característicos desta região nesta época de Carnaval.

Com a Festa da Orelheira e do Fumeiro continua também a aposta do Município de Cabeceiras de Basto nos produtos locais e na promoção e valorização do interior.

16997938_1268748453212058_3152583313202424800_n.jpg