Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO INTEGRA REDE EUROPEIA PARA CIDADES MAIS CIRCULARES

Plano de ação do projeto prevê a procura de soluções para um novo modelode gestão de resíduos

A cidade de Famalicão está integrada num novo projeto de partilha europeia que tem como objetivo incrementar uma rede de espaços que promovam o consumo sustentável e os circuitos produtivos circulares, para a diminuição da pegada ecológica da comunidade. Procuram-se novas opções na gestão de resíduos que sejam encarados como recursos e que mobilizem os cidadãos para novos negócios com vista ao crescimento coletivo e ao desenvolvimento urbano sustentável e integrado.

48313929611_e110e5354f_o.jpg

Este projeto intiulado “Urban Resource Center” foi aprovado pelo programa URBACT para a dinamização de Redes de Planeamento de Ação e abrange outras 8 cidades europeias, sendo liderado pela cidade de Den Haag (Holanda), tendo por parceiros as cidades de Mechelen (Bélgica), Patras (Grécia), Cáceres (Espanha), Ciudad Real (Espanha), Zagreb (Hungria), Oslo (Noruega), Urzad Miasta Opola (Polónia), Vila Nova de Famalicão (PT), Bucharest 3rd District (Roménia).

As 23 redes aprovadas no passado dia 25 de junho envolvem 26 países europeus, 203 parceiros de 157 cidades, sendo 20 portuguesas. Cada uma destas redes reúne até 10 parceiros.

Dentro do ciclo de vida das Redes de Planeamento de Ação, todos os parceiros irão produzir um Plano de Ação Integrado. Também terão a oportunidade de testar algumas soluções de pequena escala nas suas cidades, desenvolvendo competências, reunindo as partes interessadas locais e construindo parcerias transnacionais. Em setembro realiza-se uma reunião de lançamento para os parceiros líderes dos projetos e peritos temáticos, em Paris, organizada pelo Secretariado URBACT.

Na mesma semana em que foi aprovado este novo projeto, o Município de Vila Nova de Famalicão participava em dois encontros de projetos internacionais de cooperação em curso.

De 24 a 29 de junho, teve lugar na cidade de Fort Collins (Colorado, Estados Unidos), o 2º Learning Exchange, no âmbito do projeto City-to-City Fort Collins-Famalicão, com o apoio do programa da International Urban Cooperation. Técnicos do Município de Vila Nova de Famalicão e técnicos de Fort Collins desenvolveram um extenso programa de troca de experiências e de aprofundamento de ações em curso no quadro das prioridades da cooperação urbana focadas na mobilidade, economia circular e alterações climáticas.

Do programa fez parte a participação no evento “Bike2workday”, durante o qual se incentivou a população a bicicleta nos trajetos para o trabalho.

De 25 a 27 de junho 2019, teve lugar em Kavala na Grécia , a 2ª Reunião Transnacional  da Rede de Transferência “Making Spend Matter”, no âmbito do programa URBACT. Técnicos do Município aprofundaram e exploraram os diversos instrumentos e ferramentas para a aplicação da boa-prática para analise das compras públicas, que inclui o estudo e caraterização das despesas efetuadas por contratação pública, identificação do seu potencial para o impacto local e as medidas e ações que podem ser implementadas e melhoradas.

O Município de Vila Nova de Famalicão constituiu, em conjunto com Preston (Reino Unido), Pamplona (Espanha), Bistrita (Roménia), Kavala (Grécia), Schaerbeek (Bélgica) e Koszalin (Polónia) esta rede de transferência.

O Município conta ainda com o suporte de um Grupo de Apoio Local, composto por diversas entidades locais e regionais relevantes, que acompanham e avaliam o projeto, divulgam e disseminam os resultados e os impactos alcançados.

O “Urban Resource Center” é mais um projeto desenvolvido no âmbito da politica municipal de internacionalização, uma aposta estratégica do executivo de Paulo Cunha.

Neste momento, o Município participa em cerca de 7 projetos internacionais e 8 redes de cooperação, mantendo relações de cooperação com cerca de 80 cidades de 27 países.

48314057307_fcfdc00172_o.jpg