Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO É O MUNICÍPIO DO ANO DO NORTE

Plataforma UM-Cidades premiou projeto Famalicão Made IN entre 93 candidatos

O Município de Famalicão é o Município do Ano 2016 da Região Norte. O galardão foi entregue na passada sexta-feira, 03 de junho, na Gala dos Prémios do Município do Ano 2016, que se realizou na Vila do Bispo. Instituído pela Universidade do Minho, através da sua plataforma UM-Cidades, o Prémio reconhece e premia as boas práticas em projetos implementados pelos municípios com elevados impactes positivos assinaláveis no território, na economia e na sociedade que promovam a sustentabilidade.

Famalicão venceu prémio da Reigão do Norte (1).JPG

O reconhecimento de Vila Nova de Famalicão foi devido motivado pelo desenvolvimento do programa Famalicão Made IN que tem valorizado e promovido a genética empreendedora do município, captado novos investimentos e auxiliado os empresários famalicenses a promoverem e desenvolverem os seus projetos empresariais, para além de ajudar os jovens com ideias empreendedoras a concretizarem os seus projetos. Trata-se de uma ampla e diversificada campanha de valorização e afirmação territorial, direcionada para a exploração do potencial económico do concelho, à qual está associada a assinatura ‘Um Concelho com Marca’, que reforça a ligação de Famalicão a um bom município para viver, estudar, trabalhar e investir.

A edição 2016 dos Prémios Município do Ano teve um recorde de 93 candidaturas de municípios, tendo sido selecionados 36 projetos como finalistas representantes de várias regiões do país, de acordo com a decisão de um júri nacional constituído por nove personalidades independentes e provenientes de áreas diversas, nomeadamente por Paulo J. S. Cruz, presidente do júri e professor da Universidade do Minho; Adelino Soares, presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo; Catarina Selada, diretora da Unidade de Cidades da Inteli e coordenadora da plataforma Smart Cities Portugal; David Pontes, jornalista, subdiretor do Jornal de Notícias; José Rio Fernandes, professor da Universidade do Porto; João Guerreiro, professor e ex-Reitor da Universidade do Algarve; Teresa Heitor, professora do Instituto Superior Técnico; Tomaz Dentinho, professor Universidade dos Açores e presidente APDR; e Vítor Cavaleiro, professor e ex-Vice-Reitor da Universidade da Beira Interior.

Vila Nova de Famalicão estava no grupo Norte, juntamente com Esposende com o projeto “BTT Luso-Galaico”, com Fafe pelo “Terra Justa”, e com Guimarães pelo “Laboratório de Paisagem”.

Para o Presidente da Câmara Municipal é “uma honra e um orgulho ser distinguido por este credibilizado e independente prémio nacional de iniciativa académica que visa reconhecer as boas práticas territoriais que promovam o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade. Significa que estamos no bom caminho e reforça a nossa motivação para continuarmos a afirmar Vila Nova de Famalicão como um dos maiores e mais dinâmicos municípios do país.

Famalicão venceu prémio da Reigão do Norte (2).JPG

Famalicão venceu prémio da Reigão do Norte (3).jpg