Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

FAMALICÃO: AMADEU DINIS É O NOVO PRESIDENTE DA ANESPO E QUER O ENSINO PROFISSIONAL COMO A “PRIMEIRA ESCOLHA” DO PAÍS

AFS_1662.jpg

Diretor da CIOR e agora presidente da Associação Nacional de Escolas Profissionais é um dos “Rostos de Famalicão Região Empreendedora Europeia”

“Se durante muito tempo o Ensino Profissional foi considerado o parente pobre da Educação, hoje é visto como uma oportunidade”. A convicção é de Amadeu Dinis, rosto da Escola Profissional CIOR, em Vila Nova de Famalicão, e agora também o rosto da Associação Nacional de Escolas Profissionais – a ANESPO.

O docente famalicense, que assumiu a direção da CIOR em 1996, conhece a oferta educativa profissional como ninguém e sabe bem o quanto esta tem sido fundamental para o crescimento e desenvolvimento dos territórios.

“A escola não tem que dar conteúdos, a escola tem que dar competências e da CIOR saem todos os anos excelentes jovens, tão bem preparados para prosseguirem estudos na universidade, como para ingressarem no mercado de trabalho e serem excelentes profissionais”, garante.

A consolidação do Ensino Profissional é, de resto, o grande desafio que tem pela frente enquanto presidente da ANESPO. “Temos que fazer ver às famílias que o Ensino Profissional é a primeira escolha do nosso país e não a segunda”.

Uma aposta há muito abraçada pela comunidade famalicense, nomeadamente pela autarquia, a quem Amadeu Dinis teceu rasgados elogios pela forma “pioneira como tem encarado a área da Educação”, mas também pelo tecido empresarial que hoje olha para os estudantes do Ensino Profissional como “potenciais ativos das suas empresas”.

“Famalicão é um concelho extraordinário no que toca à criação de emprego de qualidade, com um grupo de clusters interessantíssimos, desde a indústria aos serviços, e os nossos cursos vão ao encontro daquilo que Famalicão necessita”, acrescentou, apontando a título de exemplo o projeto da CIOR para a implementação de um Centro Tecnológico Especializado (CTE) para o setor da Metalomecânica.  

O percurso do diretor da CIOR e a sua recente eleição para a frente da direção da ANESPO mereceram a atenção do presidente da autarquia, Mário Passos, que o apontou como um dos Rostos de Famalicão Região Empreendedora Europeia. “Esta eleição não acontece por acaso. É fruto de muitos anos de dedicação à escola e ao Ensino Profissional e estou certo de que também na ANESPO o Amadeu Dinis dará um excelente contributo ao país”.

Recorde-se que ao longo deste ano e através do Roteiro “Os Rostos da EER”, Mário Passos dará a conhecer muitos dos nomes que ajudam a posicionar Vila Nova de Famalicão como uma das maiores e mais pujantes economias do país e a impulsionar o ADN empreendedor do concelho.

AFS_0157.jpg