Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE INCENTIVA LEITURA DE PRAIA

Quatro bibliotecas em praias de Esposende

O Município de Esposende vai disponibilizar livros, jornais e revistas aos veraneantes, através de quatro bibliotecas de praia que serão instaladas, pelo 22.º ano consecutivo, em Marinhas, Esposende, Ofir e Apúlia. Este projeto pioneiro, à data, revela-se agora imprescindível para os veraneantes que não deixam a leitura entrar em férias, conforme revela a frequência média anual de 20 mil utilizadores.

biblioteca de praia

A programação anual da Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura contempla um importante capítulo para a promoção do livro e da leitura. Para chegar aos leitores em tempo de férias e para despertar o gosto pela leitura, são criados estes quatro pontos avançados de acesso à leitura.

Entre 16 de julho e 3 de setembro, as bibliotecas instaladas nas praias de Cepães (Marinhas), Suave Mar (Esposende), Ofir (Fão) e Apúlia terão disponíveis livros de diversos géneros, jornais, revistas de informação, cultura, viagens, saúde e desporto, para leitura na esplanada ou requisição domiciliária. Os veraneantes têm igualmente à disposição diversas publicações do Município, podendo ainda consultar informação turística sobre o concelho de Esposende.

O projeto das Bibliotecas de Praia é totalmente suportado pelo Município de Esposende e conta, ao nível dos recursos humanos, com a colaboração dos bolseiros, no âmbito do serviço cívico/comunitário que prestam ao abrigo da atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior.

Abertas diariamente, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, as bibliotecas funcionam em praias que se distinguem por ostentarem a Bandeira Azul. A esse galardão soma-se a distinção de praias acessíveis, Apúlia e Cepães, e ainda a distinção da Ramalha, Apúlia, Ofir-Fão, Cepães e de Rio de Moinhos pela reconhecida “Qualidade de Ouro” das suas águas, dos acessos, da vigilância e dos equipamentos.

Assim, a disponibilização destes bens culturais pretende ser um complemento para que as férias dos esposendenses e de quem visita o concelho sejam verdadeiramente aprazíveis.