Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

GRUPO ASSOCIATIVO DE DIVULGAÇÃO TRADICIONAL DE FORJÃES DANÇA AMANHÃ EM ESPOSENDE

299995992_5443809795699208_1800775416642206444_n.jpg

De acordo com a programação “Folclore na Praça” que levará ao Largo Dr. Fonseca Lima todos os grupos folclóricos do concelho de Esposende até ao próximo dia 30 de Julho. Cabe ao Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães atuar no próximo dia 18 de Junho.

De acordo com o seu historial, O Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães, na freguesia de Forjães, no concelho de Esposende, distrito de Braga, foi fundado a 5 de Maio de 1995. É sócio efetivo da Federação do Folclore Português.

O grupo é composto na sua totalidade por cerca de 65 elementos, estando mais ligados á área do canto cerca de 28/30, sendo maioritariamente mulheres e divide os seus cantares por Cantigas de campo, de serão ou romaria, e cantigas de ciclo natalício.

O grupo designa às suas vozes: "voz de fora" ou "descante" feito por Arminda Sá, Fátima Ferreiro, Ana Amorim e Carlos Pereira.

São alguns exemplos do seu repertório "Infante Suavíssimo", Oiçam a voz dos Sinos", "Reis Magos"; das cantigas de campo ou serão: "O canário", "Chora a Videira", "Velho", "As praias", "Trazes Cordões ao Pescoço", "Maroquinhas", "Se eu morrer não botes dó", "Loureiro", "Coradinha" e "Andorinha".”

Numa celebração e encontro de diversas culturas, o Município promoverá ainda, no dia 4 de agosto, mais uma edição do Festival Internacional de Folclore de Esposende, em coprodução com o Grupo Associativo de Divulgação Tradicional de Forjães.

No ano em que se celebra o 21.º aniversário da Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da UNESCO, o Município continua assim empenhado, em parceria com as coletividades locais, na valorização e dinamização da etnografia, dando cumprimento aos Objetivos de Desenvolvimento Local (ODS) da Agenda 2030 da ONU.

300022482_5443810322365822_4445026678569687806_n.jpg