Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ESPOSENDE APRESENTA BIOGRAFIA DE AGUSTINA BESSA-LUÍS

Biografia de Agustina Bessa-Luís apresentada na Biblioteca Municipal de Esposende

1 de março – 21h00

A Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, vai receber, no próximo dia 1 de março, pelas 21h00, a escritora Isabel Rio Novo para a sessão de apresentação do seu mais recente livro, denominado “O Poço e a Estrada – Biografia de Agustina Bessa-Luís.

biografia Agustina.jpg

A obra é a primeira da coleção “Biografias de Grandes Figuras da Cultura Portuguesa Contemporânea”, editada pela Contraponto, a que se seguirão as de Amália Rodrigues, José Cardoso Pires, Herberto Hélder, Manuel de Oliveira e Natália Correia.

Através de uma pesquisa extensiva e rigorosa, baseada em dezenas de entrevistas, testemunhos, documentários, registos oficiais e textos epistolares, estabelecendo pontes constantes com a obra literária de Agustina, Isabel Rio Novo reconstitui o percurso de vida de uma figura ímpar da cultura portuguesa contemporânea.

Um dos lugares de Agustina foi Esposende, onde viveu nos anos sessenta privando de perto com a amiga Ilse losa, e, apesar do isolamento, visitada por muitos amigos, como Vieira da Silva e Arpad Szenes. Sobre Esposende escreveu alguns dos mais belos textos, entre os quais Memória de Esposende, para além de outros de natureza biográfica, como os que refere em O Livro de Agustina (2017), um dos seus últimos registos autobiográficos: (…) Sem ser de índole marítima, porque o mar não me parece um elemento leal como a terra, em Esposende conheci dias duma perfeita harmonia comigo mesma. As pessoas foram boas para mim, com essa bondade que não se interpreta, só se regista. Nada acontecia e tudo era importante. (…) Nessa altura já me chamavam a eremita de Esposende. Estava a tornar-me típica e, além disso, a ficar bronzeada. (…)

Isabel Rio Novo nasceu e cresceu no Porto, onde fez mestrado em História da Cultura Portuguesa e se doutorou em Literatura Comparada. Ao longo do seu percurso académico, recebeu bolsas da Fundação para a Ciência e Tecnologia, do Instituto Camões, da Fundação Engenheiro António de Almeida e da Fundação Calouste Gulbenkian. Enquanto ficcionista, está representada em várias antologias de contos, é autora da narrativa fantástica O Diabo Tranquilo (2004), a partir de poemas de Daniel Maia-Pinto Rodrigues, da novela A Caridade (2005, Prémio Literário Manuel Teixeira Gomes), do livro de contos Histórias com Santos (2014) e dos romances Rio do Esquecimento (2016, finalista do Prémio LeYa e semifinalista do Prémio Oceanos), Madalena (ainda inédito, Prémio Literário João Gaspar Simões) e A Febre das Almas Sensíveis (2018, finalista do Prémio LeYa).

Esta sessão de apresentação do livro de Isabel Rio Novo enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, uma orientação intencional seguida pelo Município de Esposende, nomeadamente no que se refere a uma Educação de Qualidade (ODS 4) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos (ODS 17).