Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO TRAVA BATALHA DE FLORES

Milhares de pessoas em Celorico de Basto durante a XVI Festa Internacional das Camélias. Galegos rendidos ao esplendor desta flor. Desfile temático com mais de 900 figurantes. Batalha das flores encerrou três dias plenos de atividade.

O mais internacional dos certames organizados em Celorico de Basto decorreu este fim-de-semana e atraiu milhares de pessoas à Capital das Camélias.

_DSC4276.jpg

“Temos procurado valorizar e elevar o nível deste evento que conta, cada vez mais, com o envolvimento de toda a população, com enfoque para o Agrupamento de Escolas, entidades e associações que se envolvem com dedicação, empenho e muito brio para tornar o nosso concelho ainda mais atrativa, com uma decoração muito bem conseguida, e esta festa uma referência efetiva no panorama nacional” disse Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Celorico de Basto ostenta o título de “Capital das camélias” “a grande imagem de marca desta terra e um destino de eleição para muitos turistas” continuou o edil. 

_DSC1154 (1).jpg

De facto, milhares de pessoas passaram por Celorico de Basto sobretudo no domingo, com o “cameliodromo”, um espaço com bancadas criado propositadamente para assistir ao desfile temático “as mais belas histórias na terra das camélias”, repleto. “Hoje batemos certamente mais um recorde, temos uma moldura humana extraordinária, os espaços de estacionamento estão todos lotados, e isso é muito satisfatório e demonstra o crescimento efetivo desta festa com plena afirmação da identidade”. O autarca salientou a importância deste evento na economia local, sobretudo no alojamento e restauração, com “centenas de pessoas a terem que se deslocar para os concelhos limítrofes para almoçar, um certame que movimenta não apenas o concelho mas toda a região.

_DSC4223.jpg

O desfile temático contou com a participação de 900 figurantes contemplando o Agrupamento de Escolas, com a EB2,3/S, o centro escolar da Vila, o centro Escolar da Mota, o Centro Escolar de Gandarela, o centro Escolar de Fermil, o jardim-de-infância de Moreira do Castelo e o jardim de Infância do Rego. Contou ainda com a presença do jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia, os idosos do Celorico a Mexer, o Rancho Folclórico “os Amigos do Castelo”,  a Associação de Solidariedade Social de Basto com o Centro de Atividades Ocupacionais, o ATL e a Creche, e as bicicletas clássicas. Terminado o desfile decorreu a tão esperada batalha das flores, um reavivar da batalha das flores decorrida em 1918 e replicada pelo 2º ano consecutivo.

_DSC4364.jpg

A exposição/concurso abriu portas no sábado, uma exposição com 52 mesas na vertente artística e na vertente variedades. Deste concurso saíram 10 vencedores sendo que para a categoria de melhor cultivar de Camélia de Origem Portuguesa o prémio foi para Rodrigo Leitão, o 1º prémio foi para Pilar Bargiela (Galiza – Espanha) para melhor conjunto de camélias foi para, o 2º premio na mesma categoria foi atribuído a Rosa crespo (Galiza-Espanha) e o 3º prémio foi para o Centro de Saúde de Celorico de Basto. O melhor exemplar de Camélia Japónica foi para Camélias Park Flavius – António Assunção, o Melhor Exemplar de camélias Reticulata foi para casa das Camélias (Boiro-Espanha) e o melhor Exemplar de Camélia Hibrida foi atribuído à Casa de Sta. Maria – António Assunção (Sto. Tirso). No que respeita aos prémios para melhor decoração de mesas com camélias o 1º prémio foi para a Associação Molares com Vida, o 2º prémio foi para a Arosa Casa- Joaquim Belo (Espanha) r o 3º prémio foi para a Universidade Sénior de Celorico de Basto.

_DSC4448.jpg

“Esta continua a ser das festividades mais internacionais promovidas neste concelho com participação ativa nas atividades promovidas. Tivemos os nossos amigos da Galiza, a alcadesa de Cambados, a visita dos nossos amigos de Houilles, concelho geminado com Celorico de Basto e do Brasil. As mesas decoradas estão cada vez mais aprimoradas sendo um ponto forte de atração para os milhares de visitantes que estiveram connosco durante estes dias” concluiu o edil.

No mesmo dia decorreu a eleição das princesas das camélias e da rainha das camélias um evento que contribuiu para acrescentar glamour e elegância à Festa Internacional das camélias.

_DSC4613.jpg

A festa Internacional das camélias contou ainda para a decoração de murais, montras e varandas decoradas com camélias, espantalhos, o mercado de Camélias, com produtos derivados de camélias e produtos endógenos com destaque para o vinho verde, decoração suspensa, o V Raid das Camélias, as mandalas, caminhadas pelos jardins de camélias, visita aos jardins de camélias, exposição de pintura de Vitor Resende, Aurora Bernardo e Alzira Relvas, e a presença do artista “Grafiter” Francisco Camilo que criou, durante o certame, verdadeiras obras de arte.

A Vila de Celorico de Basto manter-se-á engalanada até finais de março.

_DSC4656.jpg

_DSC4662.jpg

_DSC4727.jpg

_DSC4743.jpg

_DSC4854.jpg

54798819_2280883572127091_223027412479246336_o (1).jpg