Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO CONVIDA A VISITAR QUINTA DE SANTA CRISTINA

2ª Caminhada da Vinha ao copo na Quinta de Santa Cristina

No próximo dia 19 de junho, Domingo, decorrerá na Quinta de Santa Cristina a 2ª Caminhada da Vinha ao Copo. Este evento, já na sua 2ª edição (a 1ª edição decorreu em agosto de 2015), pretende mostrar as diversas fases da vinha, sendo por isso este ano realizada em junho, na fase da floração das vinhas.

cartaz ppt 2a caminhada vinha ao copo.jpg

O ponto de encontro será na Quinta de Santa Cristina pelas 9h00, onde será feito o registo de participantes e entregue o reforço líquido. A caminhada será realizada entre vinhas e floresta, num percurso fácil de cerca de 4km, com uma duração de cerca de 1h30. Durante a caminhada será possível observar as vinhas de castas como trajadura, loureiro, alvarinho ou batoca, uma casta típica da região de Basto que, tendo estado em extinção, está a ser recuperada pela Quinta de Santa Cristina.

O final da caminhada será na adega, espaço que todos os participantes serão convidados a visitar através de uma visita guiada. No final, poderão provar o vinho Branco Escolha Quinta de Santa Cristina e degustar alguns produtos regionais como enchidos, broa de milho e compotas.

A inscrição nesta atividade, que conta com o apoio e participação da Associação local Basto Move.te, tem o valor de 5 euros e deve ser realizada até 15 de junho.

A Quinta de Santa Cristina, com cerca de 40 hectares, tem uma história secular, pertencendo à família há várias gerações. Situada em Veade, Celorico de Basto, faz parte da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, sub-região de Basto, uma das maiores e mais antigas regiões demarcadas do mundo.

Na adega, construída de raiz em 2012 e com uma capacidade instalada de 1 milhão de litros, são atualmente produzidos cerca de 500 mil litros entre vinhos e espumantes brancos, tintos e rosés, que contam já com vários prémios e distinções em concursos nacionais e internacionais. São produzidas 17 referências que são comercializadas em Portugal e países como Brasil, Alemanha ou Luxemburgo, entre outros.