Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CELORICO DE BASTO COMEMORA DIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Celorico de Basto celebra dia Internacional da Pessoa com deficiência com “Conversas com sentido”

Várias figuras ilustres marcarão presença numa sessão designada “Conversas com Sentido”, sobre o tema “Vamos ganhar a luta contra a violência sobre a pessoa com deficiência”, no próximo dia 3 de Dezembro, pelas 15h00, no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência”.

Dia da Pessoa com Deficência (3)

A ação contará com a presença do Provedor Intermunicipal do Cidadão com Deficiência da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Carlos Fernando Peixoto, com um técnico/a da APAV- Braga, com o ativista dos direitos das pessoas com deficiência, cocriador do Movimento “Sim, nós fodemos”, membro da Comissão Coordenadora dos (d)Eficientes Indignados e da direção do Centro de Vida Independente, Rui Machado e com a Conselheira Municipal para a Igualdade, Helena Martinho.

O evento surge de uma organização entre o Município de Celorico de Basto e o CLDS3G e encontra-se enquadrado na III Semana para a Igualdade.

Este “conversas com sentido” será aberto pelo Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, que já fez saber da importância de eventos deste género quando está em causa a “igualdade de oportunidades, de direitos, numa sociedade que tem que aprender a respeitar cada um de igual forma, nas suas diferenças. É preciso de facto, refletir nestes temas e combater todas as formas de violência que muitos vivem diariamente”.

De facto, o evento pretende despertar para a temática levando ao debate público num contexto de reflexão onde sejam encontradas estratégias e desafios que combatam eficazmente a violência que assola, tantas vezes, a pessoa com deficiência. “Não pretendemos apenas sensibilizar, pretendemos com isto levar a uma tomada de posição, uma reflexão conjunta que leve a alterar comportamentos, normas, leis, sensibilidades. Pretendemos chegar a conclusões efetivas do que fazer para erradicar a violência sobre a pessoa com deficiência, praticando a verdadeira inclusão”, disse Carlos Peixoto, Provedor Intermunicipal para o Cidadão com deficiência da CIM-TS.

A ação é aberta à população mas dirige-se preferencialmente a públicos estratégicos nomeadamente responsáveis e técnicos de instituições locais, elementos da Rede Social Local e da Rede Integrada de Intervenção em Violência Doméstica.

No mesmo dia, o Centro de Atividades Ocupacionais, irá desenvolver uma ação de rua, com os utentes que integram a instituição, com o intuito de promover a inclusão e pessoas portadoras de deficiência e a convivência social.