Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CAMINHA: II EDIÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO APROVOU AS PRIMEIRAS CINCO PROPOSTAS

Encontro de participação decorreu ontem na sede da AMIR, em Moledo. Próxima sessão é já amanhã, dia 8, em Vila Praia de Âncora

O Orçamento Participativo 2016 já tem cinco propostas para análise técnica. O primeiro encontro de participação desta segunda edição, correspondente às freguesias de Caminha e Vilarelho e Moledo e Cristelo, decorreu ontem em Moledo, na sede a AMIR. Com grande afluência, mais de quatro dezenas de pessoas, foi assim possível eleger o número máximo de projetos, cinco, que agora serão alvo de análise técnica.

OP 1.jpg

Na sede da AMIR reuniram-se 43 pessoas, formando oito grupos. Com muitas ideias para o seu concelho, os participantes apresentaram, no conjunto das mesas, 25 propostas. Em consenso, conforme as regras do OP, chegaram depois a oito, as selecionadas e que foram alvo de votação.

Os seus proponentes fizeram depois a apresentação e defesa das suas ideias, abrindo-se a seguir o período de votação, com o seguinte resultado: Requalificação dos Estaleiros do Quintas (34 votos); Execução do arranjo do Cais da Rua, Sul de Caminha (19); Requalificação da Rua D. Urraca em Vilarelho (16); Recuperação do moinho de Vento/Carvoeiro em Moledo (7); Pavimentação do Estradão do Montanhão entre Cristelo e Vilarelho (7);             Retirar águas bravas da Travessa de Santana em Moledo (1) e Arranjo do paredão /sul em Moledo (0).

As finalistas, que agora serão submetidas à apreciação por parte de técnicos do Município de Caminha são:Requalificação dos Estaleiros do Quintas;Execução do arranjo do Cais da Rua, Sul em Caminha;Requalificação da Rua D. Urraca em Vilarelho;Recuperação do moinho de Vento/Carvoeiro em Moledo e Pavimentação do Estradão do Montanhão entre Cristelo e Vilarelho.

O próximo Encontro de Participação é já amanhã, pelas 18h00, em Vila Praia de Âncora, no Centro Coordenador de Transportes.

O Orçamento Participativo de Caminha, implementado pelo atual Executivo, é uma forma de participação cidadão e de reforço da Democracia Local. Através deste instrumento, a Câmara “pergunta” às pessoas o que querem fazer com o dinheiro dos seus impostos, designadamente com o montante pago em termos de participação variável da autarquia no IRS. Este ano a verba total é de 195 mil euros e cada projeto não poderá ultrapassar os 65 mil euros.

Esta é mais uma medida no âmbito da abertura e envolvimento da sociedade que a Câmara vem concretizando. A atribuição de gabinetes aos partidos da oposição, a criação do Provedor do Munícipe, a transmissão online das Assembleias Municipais, o atendimento personalizado aos cidadãos, quer em Caminha, quer em Vila Praia de Âncora, a realização das reuniões de Câmara descentralizadas em todas as freguesias, o debate e votação aberta de grandes projetos como o do Mercado Municipal de Caminha, são outros eixos de atuação do Município.

OP 2.jpg

OP 3.jpg

OP.jpg