Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

CÂMARA DE CAMINHA APOSTA NA VALORIZAÇÃO DOS CAMINHOS DE SANTIAGO COM A PROMOÇÃODE UMA CAMINHADA E UM CONCERTO

Caminho da História ‘Caminha e o Caminho Português da Costa’e concerto ‘Sons do Caminho’ com o grupo Capella Duriensis – Ensemble Vocal, são as atividades agendadas para o dia 16 de junho

A Câmara Municipal de Caminha está a apostar na divulgação e valorização dos Caminhos de Santiago com a promoção de várias iniciativas. Caminho da História ‘Caminha e o Caminho Português da Costa’e concerto ‘Sons do Caminho’ com o grupo Capella Duriensis – Ensemble Vocal, são as atividades que vão decorrer no dia 16 de junho. Ambas as iniciativas se inserem no âmbito da candidatura de valorização dos Caminhos de Santiago - Caminho Português da Costa - que o Município está a desenvolver.

caminha com história

Caminha dedica mais um dia à promoção dos Caminhos de Santiago, Assim, no dia 16, da parte da tarde, vai decorrer a caminhada ‘Caminho da História: Caminha e o Caminho Português da Costa”, guiada pelo arqueólogo e historiador Joel Cleto, entre a frente marítima de Vila Praia de Âncora e Moledo. Com ponto de encontro às 16H00, no Dólmen da Barrosa, em Vila Praia de Âncora, a atividade carece de inscrição obrigatória. Os interessados deverão proceder à respetiva inscrição 14 de junho, para cultura@cm-caminha.pt(com indicação de nome completo, data de nascimento e contacto).

O concelho de Caminha é profundamente marcado por relevantes marcas históricas e patrimoniais. Tal como já referimos, esta caminhada vai ser acompanhada pelo arqueólogo e historiador Joel Cleto, que vai dar a conhecer parte da herança existente no nosso concelho e, ao mesmo tempo, fará uma abordagem explicativa e histórica dos Caminhos de Santiago.

À noite, pelas 22H00, a Igreja Matriz de Caminha vai acolher o concerto ‘Sons do Caminho’ protagonizado pelo grupo Capella Duriensis- Ensemble Vocal. Este espetáculo será uma ‘viagem musical do século XII ao século XIX’.

Neste ícone do concelho de Caminha, a Igreja Matriz, vamos ouvir músicas de João Lourenço Rebelo (1610-1665) - PanisAngelicus; Organum (sec. XII) - Rex caeli domine; Charles Villiers Stanford (1852-1924) - Threemotets, Op.38: Justorumanimae, Coelosascendithodie, Beatiquorum via; Schubert (1797-1828) - Deutsche Messe D872: ZumEIngang, Zum Gloria, ZumEvangeliumund Credo, ZumSanctus, Nach der Wandlung, Schlussgesang; John Munday (1555-1630) – Fantasia e J.S.Bach (1685-1750) - Motet BWV230: LobetdenHerren, alleHeiden.

Sobre a Capella Duriensis, inicialmente fundada como um grupo musical para aperfeiçoamento do solfejo, podemos dizer que é considerada como "embaixadora" internacional da música sacra portuguesa e é dirigida por Jonathan Ayerst. Os seus programas de concerto são ímpares combinando e contrapondo em simultâneo “obras renascentistas a cappella, com organum medieval, canções populares da Europa Ocidental e Oriental, música sacra da Igreja Ortodoxa Oriental e composições dos séculos XX e XX”.

Desde 2012, a Capella Duriensis tem vindo a promover a cultura musical portuguesa, através da apresentação de concertos profundamente enriquecedores, em mosteiros e monumentos de todo o país.

Recorde-se que “Caminho da História: Caminha e o Caminho Português da Costa” é mais uma iniciativa promovida no âmbito da candidatura da valorização dos Caminhos de Santiago que o Município submeteu ao programa Norte 2020, onde sublinha a importância patrimonial e identitária destes trajetos que foram já classificados pelo Conselho da Europa como Primeiro Itinerário Cultural Europeu.