Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA QUER REPLICAR MODELO DE INOVAÇÃO SUECO

Responsáveis locais em visita a Lund

O Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o Reitor da Universidade do Minho, António Cunha, e o Director do INL, Lars Montelius, encontram-se a realizar uma visita a diversas instituições da cidade sueca de Lund, mundialmente conhecida pela capacidade de articulação entre os centros de conhecimento, o tecido empresarial e as instituições públicas, enquanto base para o desenvolvimento de uma estratégia de especialização inteligente em sectores de elevado valor acrescentado e com um forte teor tecnológico.

IMG_4331.JPG

Devidamente alinhado com a estratégia definida para a Região de Skäne, no Sul da Suécia, e com a designada área da Grande Copenhaga, em ligação à vizinha Dinamarca, este território tem assistido à criação de inúmeras valências científico-tecnológicas, capazes de atrair algumas das principais empresas mundiais de sectores de vanguarda, suportar um intenso processo de geração de novas empresas e alimentar a criação de milhares de postos de trabalho qualificados.

Segundo o Presidente da Autarquia Bracarense, Ricardo Rio, a realização desta visita revela-se um elemento extremamente útil no apoio à estratégia que o Município tem vindo a desenvolver em ligação com parceiros como a UM, o INL, a InvestBraga e o tecido empresarial, visando a criação de iniciativas como o Med-Tech e a Innovation Arena.

Encontrando-se estes projectos numa fase de concepção e de contactos exploratórios, temos tudo a ganhar em seguir as melhores práticas à escala global, de forma a tornar estas iniciativas o mais impactantes possível, no mais curto espaço de tempo”, garantiu. Por acréscimo, lembrou, “qualquer destas iniciativas carece da sua integração em redes de colaboração mundiais, sendo que existem já hoje condições para envolver instituições e projectos de Braga em parcerias internacionais e é para isso que estamos a trabalhar”,

Também o Reitor da Universidade do Minho realçou a oportunidade da visita, enfatizando “o especial interesse e potencial da Universidade para aprofundar parcerias nas áreas da nanotecnologia, da medicina e dos Materiais e Tecnologias Quânticos, em linha com o recentemente criado Quanta LAB”. Para António Cunha, “o reconhecimento internacional de que hoje podemos usufruir nestas áreas abre-nos portas para a participação em projectos que marcarão o futuro da Universidade e da Região em que nos inserimos”. 

Por sua vez, o Director do INL, o sueco Lars Montelius, expressou “a sua particular satisfação por poder colocar as suas ligações pessoais e profissionais ao serviço do desenvolvimento de Braga”, dando nota de que “também para o processo de afirmação e crescimento do INL no plano internacional é vital a ligação aos países escandinavos”. “O INL tem um conjunto de recursos extraordinários no plano material sob padrões internacionais e está a crescer significativamente os seus recursos humanos. Estão reunidas as condições para reforçar o seu impacto no tecido económico e na sociedade e Braga terá muito a ganhar com isso”, concluiu.

A delegação de Braga inclui ainda o Pró-Reitor Fernando Alexandre e a Responsável pela Área da Inovação do INL, Paula Galvão, tendo estabelecido contactos com o Presidente da Câmara Municipal de Lund, Anders Almgren, com o Reitor da Universidade de Lund, Torbjörn von Schantz, e o responsável pela Divisão Estratégica da Região de Skäne, Lennart Svensson.

Nos dois dias em Lund, os responsáveis das instituições de Braga mantiveram uma intensa agenda de visitas, na qual se incluíram estruturas como a Medicon Village, o Ideon Science Park, a NanoLund e diversas start-ups de sectores ligados à sustentabilidade, telecomunicações e smart cities.

De igual forma, tiveram também oportunidade de visitar os locais em que se estão a desenvolver dois dos projectos mais relevantes no plano das infra-estruturas de apoio à investigação fundamental a nível Europeu: o Laboratório Max IV e a Science Village Scandinavia (onde será implementado o projecto da ESS – European Spallation Source), projecto de elevado interesse nacional, para um valor global de investimentos na ordem dos 2,3 mil milhões de Euros.