Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BRAGA APRESENTA EM LIVRO ARTE TUMULAR DO CEMITÉRIO DE MONTE D’ARCOS

Obra assinala 146.º aniversário do ‘Campo Sagrado’ Bracarense

 ‘Memorial do Cemitério de Monte D’arcos de Braga - Arte Tumular e seus Eméritos’ é o título do livro que foi apresentado esta Sexta-feira, 1 de Julho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, e que contribui para a memória futura da história da Cidade e do País.

tumul.jpg

A obra, da autoria da escritora Bracarense Alexandra Maria Ferreira de Castro, conta com uma nota introdutória de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, prefácio do arcebispo primaz, D. Jorge Ortiga, e com o registo fotográfico de D. Lourenço José de Almada.

Segundo a autora, o livro “é o resultado de uma pesquisa intensa e de um trabalho diário exaustivo, desvendando segredos desde 1 de Julho de 1870”, data da inauguração do cemitério de Braga. “Os cemitérios são espaços de devoção e oração, de cultura e de história familiar, patrimonial e artística, onde se pode encontrar verdadeiras obras de arte. Neste livro, é possível comprovar a grande riqueza do cemitério de Braga, onde repousam diversas personalidades, desde as mais conhecidas aos mais comuns, que tiveram um papel fundamental na história da sociedade Bracarense e do País”, referiu.

Trata-se de um livro pioneiro, que se debruça sobre a história do cemitério Bracarense, e que dá destaque, as personalidades de grande relevo religioso, social e político.

Para Ricardo Rio, esta obra um “excelente roteiro para uma visita ao cemitério de Monte D’arcos”. Segundo o Autarca, “é importante prestar as condições de dignidade aos nossos antepassados ali sepultados e, ao mesmo tempo, proporcionar condições de conforto aos que diariamente lhes prestam homenagem”. Nesse sentido, continuou, o Município de Braga tem vindo a “cumprir esse desígnio e, em conjunto com toda a equipa do cemitério, são muitas as benfeitorias e transformações que têm contribuído para melhorar significativamente o funcionamento do cemitério de Braga”.

Uma das necessidades mais prementes prende-se com a construção de um tanatório e Ricardo Rio garantiu que esse projecto será uma realidade muito em breve, uma vez que “já foi assinado o contrato com a empresa concessionária, estimando-se que o tanatório esteja em pleno funcionamento em 2017”.

tumul (2).jpg

tumul (3).jpg

tumul (4).jpg

tumul (5).jpg