Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BARCELENSES VISITAM À NOITE ESTAÇÕES ARQUEOLÓGICAS

Arqueologia à Noite está de volta. Dia 4 de março, às 21h, em Vila Cova

O pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, através do Gabinete de Arqueologia, vai dinamizar mais uma sessão do programa Arqueologia à Noite, com a visita às ruínas do Mosteiro de Banho, em Vila Cova, no próximo dia 4 de março, a partir das 21h00.

Arqueologia_à_noite3-2

Esta será a quarta edição do Arqueologia à Noite, depois de se terem visitado as gravuras rupestres da Laje dos Sinais (Carvalhas), das gravuras de Paranhos (Remelhe) e das ruínas do Castelo de Faria (Gilmonde e Milhazes).

A atividade tem a duração de 1 hora e a participação é livre. A concentração far-se-á diante do portal do mosteiro (Rua de São Salvador, Vila Cova; GPS: 41.541438º/ -8.715768º) a partir das 21h00, realizando-se uma curta caminhada até às ruínas da igreja, seguida da interpretação do sítio arqueológico. Aconselha-se o uso de calçado confortável e vestuário adequado às baixas temperaturas.

O Mosteiro de São Salvador de Banho era o centro da antiga paróquia com o mesmo nome, à volta do qual se estruturou uma comunidade monástica da regra dominicana desde os finais do século XI, tendo sido extinto no século XV; a igreja subsistiu como sede da paróquia de Banho até aos inícios do século XIX, altura em que foi anexa à de Santa Maria de Vila Cova.

As ruínas do mosteiro resumem-se à abside do altar-mor da igreja, onde se podem admirar as frestas decoradas com impostas românicas, de motivos vegetalistas e algumas alegorias com figuração humana.

Próximas edições:

6 de maio – Balneário Castrejo de Galegos Sta. Maria

8 de julho – Gravuras Rupestres do Monte de S. Gonçalo