Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BANDA POP ATUA EM PONTE DE LIMA

Cochaise. 2 de Maio – 22h00 – Teatro Diogo Bernardes

Uma das maiores revelações dos últimos tempos no denominado pop português, os Cochaise sobem ao palco do Teatro Diogo Bernardes no próximo sábado, dia 2 de Maio, às 22h00, num concerto que garante surpreender todos os espectadores, tendo em conta estarmos perante uma das bandas mais promissoras no panorama musical nacional e a apresentação do novo disco, editado no presente mês de Abril, ou seja, o segundo concerto com interpretações dos temas que fazem parte do mais recente trabalho.

cochaise[1]

"Finalizámos agora o nosso terceiro longa duração, ao qual decidimos chamar 'Cochaise'. É um conjunto de dez canções trabalhadas no sentido e ao encontro da palavra e estamos inteiramente felizes por vos podermos apresentar o resultado. Letras cuidadas sobre pessoas e sentimentos, harmonias coloridas, ritmos pegajosos para danças dolorosas" (Cochaise).

Os Cochaise são Cláudia Sambado (voz), Filipe Sambado (guitarra e voz), Alexandre Pereira (guitarra e voz), Luís Barros (bateria) e Adriano Fernandes (baixo) e lançaram os discos «Mini-Homónimo», «Se Amanhã não Chovesse» e «Já Te Digo Qualquer Coisa» (EP) em 2011, 2013 e 2014, respectivamente. O novo disco (homónimo), acabado de sair, é de Abril de 2015.

Há mais coerência na trágica condição amorosa dos Cochaise. Sofre-se por ignorância e por se saber demais. A maturidade não é sapiência, mas a vacinação e a catarse encontram-se à distância de uma garrafa de vinho.

Paulo Cecílio (bodyspace.net), em relação à “banda com raízes em seis localidades diferentes (a saber: Lagos, Lisboa, Albufeira, Porto, Amadora, Bobadela)”, afirma que “desde Mini Homónimo, de 2011, que por aqui estamos certos de estar na presença de uma das grandes revelações do pop rock nacional, capaz de compor canções orelhudas aliadas a letras espertas – uma espécie de Clã sem sotaque do norte. No entanto, a visibilidade é escassa: para além do grupo de amigos que os vai acompanhando, onde se encontram todos os grandes da Cafetra e todo o grande Diego Armés, os Cochaise ainda são uma mina escondida na floresta que é a música portuguesa.”

Bilhetes à venda e mais informações no Teatro Diogo Bernardes, pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt