Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ATRIZ REGINA DUARTE SOBE AO PALCO EM FAMALICÃO

Atriz brasileira Regina Duarte apresenta “Bem-Vindo Estranho” no grande auditório da Casa das Artes, em Famalicão, de 21 a 24 de abril

O mês de abril marca o regresso de um dos maiores nomes da representação brasileira à Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. “Bem-Vindo Estranho”, assim se chama a peça que traz Regina Duarte de volta ao espaço cultural famalicense - uma casa que a atriz conhece bem, depois de aqui se ter apresentado, pela primeira vez, em 2004.

A peça, que ficará pelo grande auditório de 21 a 24 de abril, leva-nos numa viagem até à capital londrina para conhecer a conturbada relação de Jaki e Elaine, mãe e filha de classe trabalhadora, interpretadas por Regina Duarte e Mariana Loureiro. Uma relação alternada entre o afeto e a manipulação, que “entra em erupção” com a chegada de Joseph (Kiko Bertholini), o misterioso namorado de Elaine.

Baseado na obra “Be Mine”, da britânica Angela Clerkin, “Bem-Vindo Estranho” conta com a direção do também brasileiro Murilo Pasta. Os bilhetes para as quatro sessões do espetáculo já se encontram à venda e têm o custo de 22 euros, reduzindo para metade para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural.

Mas o regresso de Regina Duarte é apenas um dos muitos destaques da programação do próximo mês da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.

Na música, incontornável referência para o concerto dos Hot Air Balloon, que se preparam para apresentar em Famalicão o seu primeiro trabalho discográfico - “Behind the Walls”. Uma performance harmoniosa, íntima e delicada, agendada para o dia 16 de abril, no café-concerto.

No dia 30, sábado, o café-concerto recebe também o mais recente projeto musical de Gabriel Gomes (Sétima Legião e Madredeus) e Luís Varatojo (Naifa, Peste & Sida e Despe e Siga) –Fandango. Um projeto que nasce de uma mistura entre a música eletrónica e instrumentos acústicos e que resulta numa mistura exótica de melodias portuguesas com beats de eletrónica.

Ainda na música, destaque para a atuação, no dia 3 de abril, da Orquestra de Jazz da Escola Profissional de Música de Espinho, e para o recital de canto e piano de Carla Caramujo (soprano) e João Paulo Santos (piano), no dia 9 de abril.

No mês em que se celebra o Dia Mundial da Dança, a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão vai também associar-se às comemorações da data. Primeiro com a apresentação, nos dias 16 e 17, do bailado “Contrapassos” e ainda com espetáculo “A Ballet Story”, de Victor Hugo Pontes, no dia 30.

E porque abril é também o mês em que se assinala a “Revolução dos Cravos”, a Casa das Artes apresenta, no dia 24, “E um dia fez-se Abril”, um recital de poesia dita e cantada, sob o signo da liberdade.

Por fim, destaque ainda para o cinema que continua a ser uma das grandes apostas do espaço cultural famalicense. “Alvin e os Esquilos: A Grande Aventura”, “Salve, César!”, “O Amor é Lindo…Porque Sim!” e “Os Oito Odiados” são algumas das propostas cinematográficas para este mês de abril.

Recorde-se que para os portadores do Cartão Quadrilátero Cultural, e em alguns casos para estudantes, o preço dos espetáculos na Casa das Artes reduz para metade. Mais informações no site oficial do espaço cultural famalicense, em www.casadasartes.org.