Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

BLOGUE DO MINHO

Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes do Minho e Galiza

ARCOS DE VALDEVEZ REALIZA SIMULACRO DE INCÊNDIO

Heliporto em Tabaçô recebeu exercício de simulação de incêndio da EDP

A ocorrência de incêndios de grande escala, principalmente na altura do verão, pode colocar em risco os trabalhadores das empresas de eletricidade que terão necessidade de operar nas redes de distribuição. Nessa perspetiva, a Painhas, SA e a EDP - Direção de Rede Clientes Norte sentiram que os meios e conhecimentos das suas equipas são insuficientes, caso surja esta situação de emergência numa frente de trabalho.

simulacro_heliporto_tabaçô (2)

Numa parceria com o GIPS - Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro da GNR, foi possível adquirir conhecimentos para enfrentar este risco, testando situações de fogo real, preparando os colaboradores para uma eventual situação de incêndio de grande dimensão.

Neste sentido teve lugar no Heliporto situado na freguesia de Tabaçô, Arcos de Valdevez, um exercício de simulação de incendio

No final do simulacro foi feita uma breve análise e consequente sensibilização das questões mais significativas sujeitas a melhoria de modo a serem tomadas em consideração em futuros simulacros ou em emergências reais.

simulacro_heliporto_tabaçô (3)

Este exercício visou fundamentalmente adquirir novos conhecimentos de combate e fuga em caso de incêndio; avaliar a prestação do elemento da equipa com a função de vigia, bem como testar a capacidade do mesmo em avaliar a situação e efetuar uma comunicação eficiente com os serviços externos de socorro; exercitar os procedimentos e meios das equipas; avaliar a dificuldade do combate a incêndio e fuga; testar capacidades dos diferentes sistemas de comunicação; treinar os elementos da equipa com procedimentos de segurança; divulgar e aprofundar uma cultura de proteção e segurança junto dos colaboradores; desenvolver procedimentos de planeamento, de coordenação e de conduta de operações que ajudem a melhorar as condições de atuação em situações de emergência grave.

simulacro_heliporto_tabaçô (4)